TESTEMUNHAS DE JEOVÁ - SE JESUS É O ÚNICO DEUS VERDADEIRO, COM QUEM ELE ESTAVA NO PRINCÍPIO? - JOÃO 1:1.


Essa plaquinha tola acima foi publicada por um TJ apologista. Ele propõe um brilhante argumento: Lemos em João 1:1 que no princípio [Jesus] era a Palavra, e a Palavra estava com Deus, e Deus era a Palavra (Em grego). Então, o raciocínio lógico TJ é: Como Jesus é o único Deus verdadeiro se ele estava com o único Deus verdadeiro? Outros ainda questionam: Se Deus é toda a Trindade, como Jesus pode estar com Deus (a Trindade)? 

A resposta é: Não há dúvidas que Deus é o Pai, o Filho e o Espírito Santo. Três pessoas num só Deus. Quando perguntamos O que é Deus?, a resposta Deus é Deus. Deus é a natureza, a essência e a substância da Trindade. Mas quando perguntamos Quem é Deus, a resposta é: O Pai, o Filho e o Espírito Santo. Assim, o que Jesus é? Deus! O que o Pai é? Deus! O que o Espírito Santo é: Deus. Mas quem é Jesus? Jesus é uma pessoa da Trindade, a qual é o que? Deus! De onde tiramos isso? De João 4:24: Nós adoramos O QUE conhecemos. Em grego, "o que" é neutro, enfatizando a divindade, não a pessoa. 

Ocorre que esta divindade (natureza, essência e substância divina) encontra-se e a mesma no Pai, no Filho e no Espírito Santo, pois essas Três Pessoas são o mesmo Deus. Não são três substâncias diferentes, como certos apologistas TJs acham que cremos.

Com isso em mente, entendemos por que a Bíblia chama de Deus (e não 1/3 de Deus) isoladamente o Pai. (João 6:27; 1 Coríntios 8:6; 15:24; Efésios 5:20) Entendemos por que a Bíblia chama de Deus (e não 1/3 de Deus) isoladamente o Filho. (João 1:1; 20:28; Hebreus 1:8) E entendemos por que a Bíblia chama o Espírito Santo de Deus (e não 1/3 de Deus). Em outras Palavras, como há um só Deus na Trindade, e cada pessoa da Trindade é plenamente o mesmo Deus, logo a Bíblia chama a cada pessoa pelo que cada uma delas é: Deus. 

Por exemplo, Jesus chama o Pai de único Deus verdadeiro. (João 17:3) Na mente e lógica TJs, Jesus, caso fosse o Deus verdadeiro, não poderia chamar o Pai de único Deus verdadeiro, pois isso excluiria Jesus de ser este mesmo Deus. Mas este argumento demonstra que os TJs precisam depender de achar que na Trindade há uma soma de divindade em cada pessoa, tipo 1/3 + 1/3 + 1/3 para chegarmos no resultado final 1 DEUS. Não é à toa que um membro integrante desses apologistas TJs já ousou perguntar na Internet:

Site Tradução do Novo Mundo Defendida
Essa pergunta, uma das 51 que um desses ignorantes nos fazem, prova que não sabem em que cremos e refutam, por extensão, o que não cremos também. Não há somas de pessoas na Trindade, pois ambas são o mesmo Deus, e Jesus não é 1/3 de Deus. Quando a Igreja diz Primeira, Segunda e Terceira Pessoa da Trindade, é uma forma didática de ensinar aos cristãos a ordem como Deus revelou suas o ministério de cada Pessoa da Trindade.

Por isso, então, quando em João 1:1 lemos que a Palavra (ou o Verbo), que é Jesus, estava com Deus, entende-se que antes de tudo ser criado, lá no princípio, só havia Pai, Filho e Espírito Santo. Jesus estava com Deus por que sempre teve um relacionamento com o Pai e o Espírito Santo. O que era Jesus? O mesmo Deus que o Pai e o Espírito Santo. Então, a pessoa de Deus estava com o Pai e o Espírito Santo, que são o mesmo Deus. Mas o próprio Jesus era Deus.

Em João 1:1, lemos em grego que DEUS ERA A PALAVRA. Por que João articula ou usa a palavra Deus sem artigo, mas usa artigo diante de palavra? Propositalmente, João inverte a oração. Em vez de escrever a Palavra era Deus, ele escreve Deus era a Palavra. Por que fez isso? Para mostrar O QUE ESSA PALAVRA ERA: DEUS! Ou seja, a essência, a natureza e a substância da Palavra é divina, um ser divino, sendo que apenas Deus pode ser um ser divino. O texto visa falar do atributo ou característica da palavra. Qual? Deus!, ou seja, divino.

Satanás, o diabo, sempre lutou para rebaixar Jesus. Ele faz os asseclas de seus líderes de seitas execrarem de seus corações a fética e pútrida ideia de que Jesus é um deus, por ser um anjo, já que anjos na Bíblia são chamados de deuses. Todavia, a Bíblia põe Jesus em pé de igualdade ontológica com o Pai e o Espírito Santo, não com os anjos. Enquanto vemos na Bíblia expressões do tipo em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo(Mateus 28:20), a Bíblia diz que os anjos ADORAM Jesus. - Hebreus 1:6.

Assim, em João 1:1, João não pretendeu dizer que Jesus está com toda a Trindade, mas afirmar que Ele é Deus assim como o Pai e o Espírito Santo, sendo ele mesmo Deus. 

Outros tolos argumentam: O filho de um pai é tão humano quanto o pai, não é a mesma pessoa ou o mesmo ser que o Pai. Da mesma forma, o filho de Deus é divino, mas não é a mesma pessoa ou ser que o Pai. Mas esse argumento é ridículo! Pois compara homens com Deus. Seria como afirmar que Deus não pode ser uma trindade porque nenhuma criatura pode. Pois é! Partir do humano ou do animal para entender o divino é da mesma estupidez que um TJ dizer: Não pago as minhas contas em Sorocaba, nem trabalho direito para as Lojas Rovê (kkk, eu disse Rovê), porque os animais não pagam contas. (KKKKK!!!!, muito sutil!) 

Outros ainda argumentam: Eu sou da mesma natureza que meu filho, mas não da mesma essência, porque natureza tem a ver atributos e essência ter a ver com o ser. Então, meu filho e eu podemos ser da mesma natureza, por termos atributos parecidos, mas não somos da mesma essência, já que somos seres diferentes. Da mesma forma, Jesus e o Pai podem ser da mesma natureza, mas não podem ser da mesma essência, já que são seres diferentes. Dá até pena de ignorantes como esses! Pessoas diferentes podem ter sim a mesma essência (identidade) - a humana natureza (a qualidade). E na Trindade, as Três Pessoas são distintas, pois cada uma delas é uma pessoa, mas possuem a mesma natureza, mas não são separadas, pois possuem a mesma substância e essência.

E, por fim, argumentam: Assim como na frase Deus é Luz, a luz não pode ser Deus, da mesma forma na frase e a Palavra era Deus, a palavra não pode ser o próprio Deus. Para essa resposta, tenha paciência e assista ao meu vídeo onde eu arraso com essa argumentação TJ.



- Pr. Fernando Galli.


Comentários

Postar um comentário

Seus comentários devem contem no máximo 1000 caracteres

Postagens mais visitadas deste blog

ESBOÇOS DA FÉ - QUE TIPO DE UVAS VOCÊ PRODUZ? - ISAÍAS 5:1-7

VÓ ROSA - APOSTILA PARA ESTUDAR AS CRENÇAS DA SEITA

A IMPORTÂNCIA DE SUPORTARMOS UNS AOS OUTROS