O INCRÍVEL TESTEMUNHO DE UM EX-A VERDADE É LÓGICA

Mais próximo da Verdade!
O depoimento que você irá ler agora é um dos mais chocantes que você já leu na internet. Ele é uma radiografia de um grupo de gente disposta a qualquer atitude para defender suas crenças. É a revelação de um Ex-A Verdade é Lógica - grupo de apologistas virtuais TJs que denegriam pessoas no anonimato. Ele me procurou para contar tudo. A condição para que essa matéria fosse publicada seria ele aparecer na WEB CAM, no meu Skype, com o rosto sem nada na frente, que ele informasse seu telefone, que ele, com a WEB CAM do celular fosse até a frente de sua casa e mostrasse a fachada dela, que provasse que era membro do A Verdade É Lógica. Quando ele abriu a WEB CAM, em questão de 20 segundos o identifiquei facilmente como um dos rostos divulgados na internet como membro do grupo pirata. Boa leitura.
________________

Eu não posso ainda revelar meu nome. Mas podem continuar me chamando de A Verdade É Lógica. Fui usado por três anos por um grupo de fanáticos religiosos. Eu era convicto das doutrinas do Corpo Governante. Era obediente a ele já por anos. 

Eu tinha certas habilidades com os idiomas originais da Bíblia e lia muitos livros de filosofia, mas meus conhecimentos não podiam ser usados como Testemunha de Jeová. Eu era proibido de escrever meus próprios livros sobre as doutrinas que eu acreditava, pois apenas o Corpo Governante pode fazê-lo. Foi aí que conheci o grupo A Verdade É Lógica. Eles me convidaram para participar do grupo, mas fui alertado que não poderia me identificar, porque o Corpo Governante e os anciãos de minha congregação poderiam até me desassociar por rebeldia caso viessem a ler artigos meus ou vissem a minha foto. De fato, o Corpo Governante não permite que TJs criem seus sites para defender a fé TJ. 

No início, eu achava os integrantes do A Verdade é Lógica um grupo de pessoas maravilhosas. Numa reunião que tivemos, logo no início de minha inclusão no grupo, estabelecemos que o Corpo Governante TJ atual estava fazendo uma defesa da fé precária em relação aos sites anti-TJs, e que os apóstatas estavam ganhando terreno na internet. Precisaríamos unir nossas forças sem jamais nos revelarmos, para que sites apóstatas e opositores à nossa fé fossem desmascarados e refutados impiedosamente. Eu me considerava um membro paralelo do Corpo Governante, sem que seus membros soubessem disso. Quando eu entrava no Salão do Reino e via os irmãos de minha congregação falando bem dos vídeos e da página do Facebook do A Verdade é Lógica, eu me sentia como um agente secreto a serviço do Reino. A mulher que eu amava tinha orgulho de mim, pois eu e mais outros TJs estávamos ajudando os irmãos de língua Portuguesa, no Brasil e fora daqui, a defender a fé cristã. 

Eu também participava de grupos de discussão no facebook, e através deles semeei muitas dúvidas na mente de católicos, espíritas e evangélicos convidados a participar desses debates. Eu me orgulhava em Jeová de poder "ajudá-los" a sair de Babilônia, a Grande, o Império Mundial da Religião Falsa. Tudo ia bem, até que apareceu ele - o Pr. Fernando Galli. Até então, eu não o conhecia. E quando ouvi falar de seus argumentos contra os ensinos do "povo de Jeová", eu até o subestimei. Comecei a lê-los, e até a comentá-los com o grupo A Verdade É Lógica. Mas eles decidiram não refutar o tal pastor, porque TJs são proibidos pelo Corpo Governante a refutar apóstatas. Foi aí que veio a primeira dúvida:
Se o grupo A Verdade É Lógica é fiel ao Corpo Governante em não refutar os apóstatas, por que este grupo é meio que infiel por publicar matérias de forma anônima no Youtube e no Facebook?
Quando questionei isso ao grupo, eles disseram: "Fazemos isso porque o Corpo Governante não é tão eficiente como nós em refutar apóstatas. Todas as igrejas da cristandade têm especialistas em apologética, mas as Testemunhas de Jeová não! Então, nem sonhe em se revelar."

Dois dias depois, eu ouvi falar de um ancião TJ chamado Pedro Calvache. Ele fazia vídeos no Youtube, e estão ali até hoje, nos quais ele revela seu nome e mostra a sua face. Foi aí que eu tive minha segunda dúvida:
Se o Corpo Governante não aprova fazer matérias e vídeos na internet, e por isso não podíamos dizer quem éramos, por que o ancião Pedro Calvache podia fazer seus vídeos e matérias, revelando sua identidade? 
Quando levei esse assunto para o grupo A Verdade É Lógica, dois deles me responderam pelo Whatsapp: Deixa o Pedrão quieto! Ele é poderoso onde atua. Mas nós não vamos correr o risco. Então, depois dessa resposta, passaram-se quatro meses. Eu desencanei disso, mas eu confesso que lia todas os textos do Pr. Fernando Galli sobre o que ele discordava nos ensinos TJs. Então, tive uma brilhante ideia, para juntos refutarmos, não o Pr. Galli, mas os argumentos dele em si. Fui categórico em sugerir: Para refutá-lo, não precisamos mencionar que o argumento veio dele, mas apenas mencionar os argumentos e refutá-los. Foi quando o proprietário do site O Apologista da Verdade me respondeu: "Eu já refutei dois ou três argumentos dele, mas esse Quebrando o Galho refuta a gente de novo, e eu acho que não convém ficar refundo ele. Melhor é refutar quem, na maioria dos casos, desiste logo." Ao ler isso num e-mail, me surgiu a terceira dúvida:
Qual o problema de refutar os argumentos iniciais e as réplicas do Pr. Fernando Galli, sem mencionar o nome dele? Eu mesmo tenho já algumas dúvidas que os argumentos dele me geraram na mente!
Mas, como eu tinha medo de que me tirassem do grupo por ser tão insistente, preferi ficar calado. Eu continuava a ler as matérias do Pr. Galli. E várias delas começaram a mexer com o meu interior. Eu via muito mais lógica em suas respostas, principalmente quando ele questionava nossas crenças que não sobre a Trindade, ensino este que não creio ainda. As matérias dele questionando a interpretação do Corpo Governante sobre nós, membros da Grande Multidão, não sermos ainda filhos de Jeová, realmente soaram como irrefutáveis. Foi então que procurei os anciãos de minha congregação para me responderem os questionamentos do Pr, Fernando Galli, e fiz isso sem mencionar o nome dele. E os anciãos me disseram: "Irmão, nós também não temos muitas respostas no momento para estes questionamentos. Por que o irmão não escreve para a Sociedade Torre de Vigia." Foi exatamente o que eu fiz. 

Mas a resposta para vinte e dois questionamentos veio em apenas dez linhas. Em resumo, afirmava que a criação, segundo Paulo, que geme aguardando a revelação dos filhos de Deus, conforme Romanos 8:22, 23, é a grande multidão, portanto, se a grande multidão aguarda a revelação dos filhos de Deus, isto significaria que os membros da grande multidão não poderiam ser ainda filhos de Deus. Mas o problema é que esta foi uma das perguntas dentre as dez que eu havia feito: Como a criação que geme, desde os dias de Paulo, são pessoas da grande multidão, se elas começaram a ser ajuntadas em 1935? Nem os anciãos de minha congregação se deram por satisfeitos. Eles simplesmente, pediram para que eu esperasse em Jeová. Foi aí que eu comentei o caso com o mais destacado membro do A Verdade é Lógica, e ele disse: "Eu acho que o Corpo Governante ainda vai receber uma nova luz de Jeová e rever isso."

Depois disso, eu passei a enfraquecer na fé TJ, mesmo colaborando com o grupo A Verdade É Lógica. E quando nos reuníamos pela Web Cam, ou trocávamos e-mails, e eu via ofensas e xingamentos contra os opositores TJs, principalmente contra o Pr. Fernando Galli e um ex-ancião TJ, o Osmanito, passei a conhecer o outro lado dos integrantes desse grupo. Mas algo piorou ainda mais a situação. Um deles entrou em contato com um TJ da cidade de Araraquara, vizinha da cidade de Américo Brasiliense, SP, onde o Pr. Fernando Galli, ex-TJ, mora. O responsável pelo site O Apologista da Verdade disse que publicaria uma matéria baseada em informações confidenciais sobre o passado do Pr. Fernando Galli. Quando li a matéria, com o título Radiografia da Apostasia, notei que o nome Fernando Galli fora omitido, mas o texto afirmava categoricamente que enquanto o Galli era TJ, professor de Inglês e servo ministerial, não gostava de trabalhar, e por isso os anciãos não o recomendaram para ser tradutor em Betel, em Cesário Lange-SP, e que ele vivia fazendo palestras contra o povo de Jeová nas igrejas como forma de sustentar sua vida. E um dos membros do A Verdade É Lógica me contou que mandou e-mails para TJs de Araraquara e Américo Brasiliense com os dizeres: "A vingança é de Jeová, mas não custa participar dela um pouquinho."

Depois de uns dois dias dessa matéria ser publicada, o Pr. Fernando Galli escreveu uma matéria afirmando com humildade que o texto, embora não mencionasse o nome dele, estava falando dele, pois esses foram os boatos que as TJs de sua cidade e região soltaram após ele se tornar membro da Igreja Batista, e também que havia uma grande contradição no texto, pois se os anciãos não o recomendaram a ser tradutor em Betel por não gostar de trabalhar, então por que o recomendaram para ser servo ministerial? Ao ler essa texto, perguntei aos integrantes do A Verdade É Lógica e ao Apologista da Verdade:
Não há uma contradição nessa informação? Como alguém não é recomendado para ser tradutor em Betel por não gostar de trabalhar, mas é designado servo ministerial?
Sabe qual a resposta que um deles me deu? Foi essa: "O Quebrando o Galho é um apóstata desgraçado. Fizemos a matéria baseado em testemunhos de quem o conheceu pessoalmente, e que ouviu histórias de sua própria ex-esposa. Se for mentira, o azar é dele, pois ele mente também contra o povo de Jeová."

Depois disso, eu não tive mais dúvidas. Eu estava no meio de gente que abraçara um conjunto de crenças, mas não o próprio Deus Jeová, a quem tanto amo. Eu via o Pr. Fernando Galli referir-se ao grupo A Verdade É Lógica como gente desocupada. Eu fiquei com muita pena dele, inclusive, quando vi o desespero dele, penso eu, em se explicar sobre o texto Radiografia da Apostasia, algo que ele não precisava ter feito.

A partir de setembro de 2017, criei vários fakes no facebook para abordar os próprios membros do A Verdade É Lógica, e em mensagens in box meus fakes eram ofendidos (tenho tudo isso registrado) por eu defender as crenças do Pr. Fernando Galli e do Pr. Osmanito. Eis aqui uma lista de todas as ofensas que meus fakes recebiam pelo simples fato de insistir em discordar deles:

1. Analfabeto funcional.
2. Burro.
3. Tolo.
4. Safado.
5. Otário.
6. Desgraçado.
7. Porca que voltou ao lamaçal.
8. Filho do demônio.
9. Babaca.
10. Maldito.
11. Zé Ruela.
12. Tapado.
13. Cagão em Bíblia.
14. Sem escrúpulos.
15. Porco demoníaco.
16. Enrolador.
17. Fale sem vergonha.
18. "Vai dormir com o Fernando Galli".
19. "Vai ajudar a cuidar da mãezinha do Gallinha Velha; coitada dessa mãe nas mãos de um apóstata."
20. Belzebu virtual.
21. Desprovido de intelecto.
22. Jumenta de Balaão.

Criei uns 40 fakes no Youtube, e quando comentava nos vídeos do Pr. Galli, eu via fakes usados pelos integrantes do A Verdade É Lógica denegrindo tanto o Galli quanto os meus fakes. Eu tenho quase cem páginas com essas provas em mãos, vindas de meus fakes no Facebook e no Youtube, as quais já foram enviadas ao Pr. Fernando Galli.

Hoje, dia 07 de abril, às 8 da manhã, telefonei ao Pr. Galli. Disse quem eu era, ele me revelou que não acreditava. Ele impôs condições para que pudesse continuar a conversa comigo, e eu confiei nele. Abri meu Skype, revelei quem eu sou, e este texto me foi reenviado para que eu o reenviasse novamente ao Pr. Galli com minha assinatura. Assim o fiz.

Quero me dirigir a todos vocês, os que leem os artigos do site do Pr. Galli, e pedir-lhes perdão por ter maltratado não-TJs e "opositores" das Testemunhas de Jeová. Eu não pretendo mais ser TJ. Por enquanto, não posso lhes revelar minha identidade, senão serei desassociado e perderei o convívio com pessoas que até sustentam meu comércio. No momento certo tomarei a decisão de me desassociar. Senti repugnância de ter feito parte de um grupo de pessoas mal educadas, estúpidas. Sou grato aos vídeos do Pr. Galli, porque eles me ajudaram a entender muitos erros que o Corpo Governante comete. Sobre a Trindade, eu realmente não acredito. Não há quem me convença dela.

Ao Pr. Fernando Galli dirijo-me com meu pedido de perdão. Não concordo com algumas atitudes do citado pastor. Mas seus argumentos são irrefutáveis contra várias interpretações das Testemunhas de Jeová."
_____________________________________

COMENTÁRIO CRISTÃO - Eu sou grato a este jovem que confiou a mim esse testemunho. Eu não tenho a menor dúvida que ele era um dos membros do A Verdade É Lógica. Nenhuma dúvida. O texto acima sofrerá alguns adendos durante os próximos dias. 

Quero externar a seguir meu total respeito à Organização Religiosa Testemunhas de Jeová - o lado sério dela, incluindo a Sociedade Torre de Vigia de Bíblias e Tratados e seus representantes legais, bem como um grande número, mais da metade com certeza, de TJs super educadas que nos abordam com palavras sábias. Mesmo discordando em gênero, número e grau das crenças TJs, eu reconheço que a maioria dos TJs não agem como esse pessoal do A Verdade É Lógica, que foram obrigados a se retirar urgentemente da internet, sob a pena de serem desassociados. Eu já sei de tudo. Já sei até o infeliz que escreveu a matéria Radiografia da Apostasia, e quem passou informações sobre a minha pessoa. 

Por fim, durante essa guerra espiritual terrível contra o grupo A Verdade É Lógica, da qual saímos vencedores íntegros, sei que acabei usando um vocabulário um tanto agressivo, o qual muitos poderiam entender que foram dirigidos para todos os TJs em geral. Mas não foram. Mesmo assim, eu admito que errei. Pequei contra Deus porque às vezes não soube separar a conduta de anônimos com o lindo exemplo de abnegação de TJs sérios, que mesmo errados teologicamente, defendem sua fé com respeito. Em honra e reconhecimentos destes, bem como da imagem exemplar de comportamento da Sociedade Torre de Vigia de Bíblias e Tratados, prometo reler em três meses todas as matérias que escrevi sobre os TJs e remover quaisquer palavras desrespeitosas que por ventura tenham sido usadas a uns, mas que acabaram sendo entendidas como se referissem a todos.

E em homenagem também ao jovem cujos olhos se abriram para reconhecer com que tipos de elementos se meteu, criamos um avatar do avatar do A Verdade É Lógica, numa aparência transformada, como já dando passos necessários para conhecer a VERDADEIRA VERDADE LÓGICA DA BÍBLIA. - Pr. Fernando Galli.
____________________________________________

Obs.: 

O avatar acima foi adquirido pela internet, pago, e seus direitos autorais pertencem ao Pr. Fernando Galli.

Sou o responsável por todas as revelações do texto acima, e assumo o que está escrito acima como se fosse da minha autoria, pois de fato escrevemos este textos juntos, pelo SKYPE, das 20h até 0:12h, do dia 08.04.2018.




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ESBOÇOS DA FÉ - QUE TIPO DE UVAS VOCÊ PRODUZ? - ISAÍAS 5:1-7

VÓ ROSA - APOSTILA PARA ESTUDAR AS CRENÇAS DA SEITA

A IMPORTÂNCIA DE SUPORTARMOS UNS AOS OUTROS