sábado, 24 de fevereiro de 2018

TESTEMUNHAS DE JEOVÁ E SEU ESCRAVO FIEL E DISCRETO HIPER MEGA GIGA TERA POWER!


O escravo fiel e discreto (agora conhecido como servo fiel e prudente, como nossas bíblicas há séculos dizia) de Mateus 24:45-47, segundo os Testemunhas de Jeová, refere-se ao Corpo Governante, atualmente oito homens responsáveis pela obra mundial da seita. Veja como esse servo fiel e prudente se considera à luz da Bíblia. Depois, veja nosso comentário.

"O “escravo fiel e discreto” possui abundantes credenciais. Segue uma lista parcial das designações bíblicas e proféticas que se aplicam ao restante dos seguidores ungidos de Jesus ou são representadas neles desde o notável ano de 1919:

(1) A esposa de Noé, Gên. 7:7; (2) os anjos enviados a Ló, Gên. 19:15; (3) Rebeca, Gên. 24:64; (4) José e Benjamim, Gên. 45:14; (5) a respiga deixada para trás, Lev. 19:9; (6) os dois espias que chegaram a Raabe, Jos. 2:4; (7) Baraque, Juí. 4:14; (8) Jefté, Juí. 11:34; (9) Noemi e Rute, Rute 2:2; (10) os guerreiros israelitas de Davi, 2 Sam. 18:1; (11) Jeú, 2 Reis 10:11, 15; (12) Mordecai e Ester, Ester 4:13; (13) Jó, Jó 42:10, 13; (14) a filha do Rei, Sal. 45:13; (15) homens de benevolência, Sal. 50:5; (16) grupo íntimo, Sal. 89:7; (17) Sear-Jasube, Isa. 7:3; (18) luz das nações, Isa. 60:3; (19) grandes árvores de justiça, Isa. 61:3; (20) ministros de nosso Deus, Isa. 61:6; (21) cacho preservado, Isa. 65:8; (22) servos chamados por outro nome, Isa. 65:15; (23) homens que tremem da palavra de Deus, Isa. 66:5; (24) nova nação nascida, Isa. 66:8; (25) Jeremias, Jer. 1:10; (26) povo de Jeová no novo pacto, Jer. 31:33; (27) vigia perseverante, Eze. 3:16-27; (28) homem vestido de linho, Eze. 9:2; (29) povo purificado, Eze. 36:29-32; (30) moradores no meio da terra, Eze. 38:12; (31) o exército do céu, Dan. 8:10; (32) santuário restaurado (purificado), Dan. 8:14; (33) os que são sábios, Dan. 11:33; (34) aquele que se mantém na expectativa, Dan. 12:12; (35) toda a carne que recebe espírito, Joel 2:28; (36) Jonas, Jon. 3:1-3; (37) menina do olho de Jeová, Zac. 2:8; (38) restante liberto, Zac. 2:7; (39) um judeu, Zac. 8:23; (40) filhos de Levi, Mal. 3:3; (41) trigo, Mat. 13:25; (42) filhos do reino, Mat. 13:38; (43) trabalhadores no vinhedo, Mat. 20:1; (44) os convidados à festa de casamento, Mat. 22:3-14; (45) os escolhidos, Mat. 24:22; (46) águias, Mat. 24:28; (47) escravo fiel e discreto, Mat. 24:45; (48) virgens discretas, Mat. 25:2; (49) irmãos do rei, Mat. 25:40; (50) pequeno rebanho de ovelhas, Luc. 12:32; (51) o mendigo Lázaro, Luc. 16:20; (52) ovelhas ‘neste aprisco’, João 10:1-16; (53) ramos da videira, João 15:4; (54) palácio real de Davi, Atos 15:16; (55) herdeiros com Cristo, Rom. 8:17; (56) o restante, Rom. 11:5; (57) ramos da oliveira, Rom. 11:24; (58) os santos, 1 Cor. 6:2; Rev. 16:6; (59) templo, 1 Cor. 6:19; (60) nova criação, 2 Cor. 5:17; (61) embaixadores de Cristo, 2 Cor. 5:20; (62) congregação de Deus, Gál. 1:13; (63) parte do descendente de Abraão, Gál. 3:29; (64) Israel de Deus, Gál. 6:16; (65) corpo de Cristo, Efé. 1:22, 23; (66) soldados de Cristo Jesus, 2 Tim. 2:3; (67) casa sob Cristo, Heb. 3:6; (68) sacerdócio santo, 1 Ped. 2:5; (69) nação santa, 1 Ped. 2:9; (70) associação de irmãos, 1 Ped. 2:17; (71) sete congregações, Rev. 1:20; (72) vinte e quatro pessoas de idade avançada, Rev. 4:4; (73) Israel espiritual, Rev. 7:4; (74) gafanhotos, Rev. 9:3; (75) duas testemunhas, Rev. 11:3; (76) duas oliveiras, Rev. 11:4; (77) semente da mulher, Rev. 12:17; (78) Nova Jerusalém, Rev. 21:2; (79) a noiva de Cristo, Rev. 22:17; 19:7; (80) testemunhas de Jeová, Isa. 43:10." - A Sentinela 1 de setembro de 1981, p. 27.

RESPOSTA CRISTÃ - Nem o Papa católico possui tantos títulos, alguns desses bem altissonantes. Inacreditável como eu consegui ser quase 17 anos TJ e ter engolido isso! Como fui enganado por Satanás! Em nenhum desses textos se afirma que se refere ao escravo fiel e prudente, ou ao corpo governante TJ. 

Pobres dos membros da Grande Multidão TJ que não podem ter nenhuma dessas oitenta credenciais! Seria muito interessante abordarmos TJs com essa declaração bizarra da revista A Sentinela. Ao perguntarmos para o TJ se ele é da Grande Multidão e ouvir a resposta com 99,84% de chances de ser SIM, seria interessante perguntar olhando em cada credencial acima:

Pergunta 1 - Onde a Bíblia diz, em Gênesis 7:2, que apenas o escravo fiel e discreto pode ser considerado como esposa de Noé? Resposta: Em lugar nenhum.

Faça isso com cada ponto até o TJ cansar. Quando ele cansar, entregue a ele o texto todo e peça a ele para continuar esse exercício mental em casa, para que ele descubra que em no máximo 40 linhas há 80 mentiras ou ensinos errados! - Pr. Fernando Galli.

sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

HUMOR - UMA TESTEMUNHA DE JEOVÁ DO A VERDADE É LÓGICA NUMA AULA DE TEOLOGIA



PROF. RAIMUNDO - Seu Tejotando Lero, me responda sem enrolação, em que sentido Jesus é Deus?

TEJOTANDO LERO - Amado mestre, não seria no mesmo sentido que Moisés e os juízes são chamados de Deus, conforme Êxodo 7:1 e o Salmo 82:6

PROF. RAIMUNDO - Não, seu burro! Moisés era pecador, e os juízes eram mais pecadores ainda. Jesus era deus pecador?

TEJOTANDO LERO - Ah, claro! Eu apenas estava testando suas reações, amado mestre. Jesus não seria Deus no mesmo sentido que o diabo é deus, em 2 Coríntios 4:4?

PROF. RAIMUNDO - Não, seu jumento! O diabo é mais pecador ainda que Moisés, e é o Pai da mentira, mas Jesus é a verdade! – João 14:6.

TEJOTANDO LERO - HA HÁ HÁ! É claro, amado mestre! Percebo que és um exímio teólogo. Bom, então, meu caro propedeuta ... não me diga que Jesus é Deus na mesma acepção que os anjos são deuses, conforme alguns manuscritos hebraicos sugerem no Salmo 8:4?

PROF. RAIMUNDO - Não, seu bufento! Jesus foi usado pelo Pai para criar os anjos, logo, Jesus não pode ser Deus na mesma acepção que uma criatura criada por ele ! Olha, você não merece, mais eu vou lhe ajudar. Jesus é Deus por ser JE..... JE..... JE.......

TEJOTANDO LERO - Capitei sua mensagem, angelical guru! Jesus é Deus por ser Gente boa, tanto que quando ele apareceu para Tomé, Tomé levou um susto tão grande com esse gente boa que disse: Meu Senhor e meu Deus......

PROF. RAIMUNDO - Gente boa? Expressão de susto desse tamanho em grego? Seu Fernando Galli, me socorra, pelo amor de Deus.

FERNANDO GALLI - Pois não mestre. Jesus é Deus porque Ele é Jeová, o qual é tanto o Pai, quanto o Filho, quanto o Espírito Santo, já que a Bíblia identifica as Três Pessoas Divinas como YHWH.

PROF. RAIMUNDO - Cabra bom! Queria ter um filho assim! O Sr. está reluzente!

FERNANDO GALLI - Nem tanto mestre!

PROF. RAIMUNDO - Eu diria que o Sr. está perspicaz.


FERNANDO GALLI - Nem tanto, mestre!

--------------------

Assim como o Corpo Governante já chamou os ex TJs apóstatas (eu, no caso) de pessoas que tem problemas mentais..... também usamos acima do mesmo humor por eles usados. HAHAHA. É óbvio que nenhuma TJ é burra, jumento ou bufento. 

domingo, 18 de fevereiro de 2018

APOLOGISTAS TJS - HEBREUS 1:5 PROVA QUE JESUS NÃO É UM SER ANGÉLICO?


Conforme bem sabemos, Hebreus capítulos 1 e 2 foram escritos para provar que Jesus NÃO É ANJO, mas superior aos anjos. Por isso, em Hebreus 1:5, 13 faz-se perguntas para provar que Jesus NÃO É ANJO, ou seja, não tem a natureza de anjo. Vejamos as perguntas:
1:5 - "Pois a qual dos anjos disse alguma vez: Tu és meu Filho, hoje te gerei? E outra vez: Eu lhe serei Pai, e ele me será Filho?"
1:13 - "Mas a qual dos anjos disse alguma vez: Assenta-te à minha direita até que eu ponha os teus inimigos como estrado de teus pés?"
A resposta a estas perguntas é: NENHUM DELES, ou seja, NENHUM DOS ANJOS! Pois a nenhum deles Deus disse tu és meu Filho e hoje eu te gerei, mesmo porque Jesus é o Filho Unigênito (gerado na eternidade) e os anjos nunca foram gerados, mas criados. E a nenhum anjo Deus disse senta-te à minha direita. 

Hebreus, além de mostrar que a nenhum anjo Deus jamais disse tais coisas, ainda prova que Jesus não é anjo porque JESUS É O PRÓPRIO DEUS. Como?

1. Jesus é herdeiro de todas as coisas (1:2), porque tudo foi criado por meio dele. Ele fundou a terra e estendeu o próprio céu. (1:10) Ou seja, Jesus fez exatamente o que YWHW fez segundo o Salmo 104:2, 4: Estendeu os céus e fundou a terra. Só um cego não enxerga que Jesus é YHWH como Deus! Por isso, não foi para anjos que YHWH disse as coisas acima, mas a alguém que participou em criar tudo, inclusive os anjos. Só um filho do demônio para insistir que Jesus é criatura angelical.

2. Os anjos adoram a Jesus. (1:6) É claro que tais apologistas vão dizer que Jesus vive sendo homenageado lá no céu, porque aquela obra LIXO chamada de Tradução do Novo Mundo verte Hebreus 1:6 como se os anjos prestassem homenagem a Jesus, não o adorassem. Mas se Jesus é um deus como os anjos também são chamados de deuses (Salmos 8:3, 4), então os anjos poderiam ser homenageados também, não é verdade? Mas ninguém faz isso, não é mesmo? Nem nós, que somos inferiores a eles. - Hebreus 2:7. 

3. Jesus é a representação exata do ser de Deus. (1:3) Nenhum anjo o é. Mas Jesus é por quê? Porque só as Pessoas da Trindade podem ser a representação exata do ser de Deus, por isso cremos que cada Pessoa da Trindade é perfeitamente Deus, e não 1/3 de Deus conforme essa ralé de refutadores da Trindade alegam. 

4. O próprio Deus, aqui evidentemente o Pai, chama Jesus de Deus e de Senhor, igualzinho a Tomé, que chamou Jesus de meu Senhor e de meu Deus. (João 20:28) Veja o texto:
"Sobre os anjos ele (O PAI) diz: De seus anjos ele faz ventos, e de seus ministros, labaredas de fogo.  Mas sobre o Filho diz: O teu trono, ó Deus, subsiste pelos séculos dos séculos, e o cetro do teu reino é cetro de equidade. Amaste a justiça e odiaste o pecado; por isso Deus, o teu Deus, te ungiu com óleo de alegria, mais do que a teus companheiros; e também diz: Tu, Senhor, no princípio fundaste a terra, e os céus são obras de tuas mãos". - Hebreus 1:7-10.
Veja que os TJs virtuais ensinam que Tomé chamou Jeová de Deus e de Senhor, em João 20:28, mas o próprio Pai se refere a Jesus como Deus e Senhor, e a Bíblia diz que há um só Deus e um só Senhor. (1 Coríntios 8:5, 6) Pois Deus e Senhor são palavras intercambiáveis para o Pai, o Filho e o Espírito Santo. Mas os anjos não são Deus nem Senhor, nem representação exata do Ser de Deus, nem fundaram a terra e estenderam os céus. E muito menos Davi, que no Salmo 45:6, 7 é chamado de "deus", e este texto é usado para Jesus num sentido muito mais amplo do que quando se referiu a Davi. Dirão os TJs: Mas Hebreus 1:9 diz que |Jesus tem um Deus. Não há dúvida, pois Jesus é perfeitamente Deus e perfeitamente homem, por isso, sobre Jesus se diz que Ele é Deus em sua divindade, e tem um Deus, devido a sua humanidade. Mas os TJs jamais entenderão isso facilmente, pois nem acreditam que Jesus é homem ressuscitado, pois negam a ressurreição corpórea de Jesus. Ou seja, é uma heresia atrás da outra. Típico de uma seita que mudou de ensinos 336 vezes. 

Além de nagar toda essa evidência acima, os TJs do A Verdade é Lógica escreveram que Hebreus 1:5, 13 não provam que Jesus não é anjo, mas apenas que ele é superior aos anjos. Afirmam isso da seguinte forma:


Seu Apolinho, me socorra aqui!

CRISTÃO APOLINHO - Afirmar que Hebreus 1:5 não está excluindo Jesus de ser anjo assim como em Atos 23:9 não está excluindo os anjos de ser espíritos é uma comparação bizarra. Em primeiro lugar, os fariseus achavam que poderia ter sido um espírito ou um anjo que tivesse falado com Paulo, mas esse espírito NÃO PODIA TER SIDO UM DEMÔNIO, pois se diz que não viram nada de errado em Paulo! Se não viram nada de errado nele, esse espírito era um demônio? Visto que Paulo falou sobre ter visto Jesus na estrada de Damasco e esta história tornou-se conhecida, os escribas do partido dos fariseus com certeza imaginavam que Paulo pudesse ter visto este corpo espiritual de Jesus novamente. E sendo na hipótese dos fariseus um espírito de um judeu falecido, chegaríamos à conclusão: Os fariseus podiam até crer que um anjo é um espírito, mas não espírito de um falecido, logo, espírito de falecido não é anjo. Se entendermos esse texto na perspectiva dos fariseus da época, a comparação TJ cai por terra. E aí teríamos que perguntar: Onde no texto diz que Jesus é anjo? Em lugar nenhum, pois em grego se sugeriria duas possibilidades: Ou anjo, ou Jesus. Portanto, não são a mesma coisa, pois no contexto judaico dos fariseus, espíritos de quem morriam não eram anjos, embora anjos sejas espíritos.

Agora, a burrice maior desse TJ picareta na arte de interpretar a Bíblia é comparar uma frase que expressa uma verdade divina em Hebreus 1:5 com uma frase que expressa uma possibilidade da parte dos opositores do Cristo! Vão ser ruins de exegese e hermenêutica nos quintos dos infernos!

O mesmo problema ocorre em comparar Hebreus 1:5 com Salmos 82:7, pois comparam uma verdade divina, indubitável, com um escárnio divino, ou seja, no Salmo 82:6, 7, Deus chama os juízes de deuses e filhos do altíssimo, de forma zombeteira, porque na verdade eles não eram deuses autênticos e muito menos filhos de Deus autênticos, por isso não tinham nenhuma superioridade em relação a homens, como de fato eram. Ou seja, Deus comparou aqui uma função mal usada (deuses) com a natureza pecaminosa deles. NADA A VER EM COMPARAR ESSE TEXTO COM HEBREUS 1:5, ONDE ESTÁ EM PAUTA NATUREZAS PERFEITAS ANGELICAIS E A DIVINA DE JESUS!
____________

- Apolinho, muito obrigado. Hoje você estava angelical!
- Nem tanto, mestre! Nem tanto!
____________

Só há uma possibilidade que nós, trinitários, cremos que Jesus seja anjo, sem ter a natureza angelical. Assim como os anjos de cada uma das sete igrejas da Ásia, em Apocalipse 2 e 3 se referem a homens, não porque são anjos literalmente, mas porque são usados de alguma forma como mensageiros, assim também o Logos, Jesus, antes de vir a Terra, manifestou-se como Anjo do Senhor, não porque é anjo literalmente, mas porque atuou como mensageiro do Pai. E isso não atrapalha em nada em nossa crença na Trindade, já que o Filho é submisso ao Pai e submissão não influencia em nada na divindade de Jesus. - Pr. Fernando Galli.

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

ABERRAÇÕES PENTECOSTEIRAS - PASTORA LEVA IRMÃS PARA ASSISTIR A 50 TONS DE LIBERDADE!


Numa cidade do interior de São Paulo, a esposa de um pastor levou as irmãs da igreja - umas oitenta, para assistir ao filme 50 TONS DE LIBERDADE. Nossa equipe de apologistas, quando viram as fotos no facebook das irmãs, com os cartazes do filme atrás delas, simplesmente não acreditamos no que víamos. Vejam os posts de algumas delas no facebook da pastora:



Evidentemente que não revelaremos o nome da Igreja nem os perfis omitidos aqui, por uma questão de ética. Veja quanta insensibilidade para com as artimanhas de Satanás! A ignorância espiritual da segunda irmã é tão aberrante quanto o português dela: "séquiço".

Quando entramos em contato com a pastora da Igreja, pois o telefone da Igreja dela aparecia no facebook dela, ela, como a maioria das pastoras ignorantes em Bíblia, tentou se justificar da seguinte forma: "E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará. (João 8:32) Portanto, não interfira em nossa liberdade." No dia seguinte, conseguimos falar com o esposo dela, o Apóstolo da Igreja, e ele afirmou: "Estou tomando as necessárias providências para resolver a questão com esses cristãos relapsos." Mas era a esposa dele a relapsa!

Ou seja, estamos numa crise brava. Não sou perfeito, minha igreja não é perfeita, mas eu não posso me calar diante desse jeitinho brasileiro de ser crente. O filme deve ser tão nojento, que trata do sexo sadomasoquista. Se você é membro de uma igreja que incentiva mulheres a ver filme pornográfico no cinema, VOCÊ PRECISA URGENTEMENTE SE RETIRAR DESSA IGREJA. Saí dela, povo meu, diz a Bíblia (Apocalipse 18:4). - Pr. Fernando Galli.


terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

PEDALADAS TJS PARA JUSTIFICAR MUDANÇAS DE ENSINOS


O Site O Apologista da Verdade a todo custo tentam justificar as 336 mudanças de ensinos da seita a qual pertencem. Veja a forma como usaram 2 Tessalonicenses 2:2 para levar seus leitores a crer que mudar de ensinos faz parte de aperfeiçoar conhecimentos.



RESPOSTA CRISTÃ - Não há dúvida que pessoas humildes, caso reconheçam que erraram algumas interpretações no passado, podem mudar de ensinos. Mas a liderança da Igreja fazer isso 336 vezes e ainda se proclamar como única religião verdadeira? Isto seria jogar a humildade no lixo. É o caso da seita TJ e de seus apologistas virtuais trambiqueiros amoitados atrás de fakes e páginas sem a correta identificação. 

Agora, vamos aos três textos usados pelo testemunha de Satanás para justificar as mudanças de ensino de seus irmãos TJs.

ERRO 1 - Quem estava cometendo o erro de afirmar que o dia do Senhor já havia chegado, conforme 2 Tessalonicenses 2? A liderança da Igreja Cristã naquela época, de forma oficial, com cartas escrita pelos líderes apóstolos e pastores, ou os leitores da Igreja em Tessalônica? Ora, mas a resposta é muito simples: Paulo pede aos tessalonicenses para não MUDAREM FACILMENTE O SEU MODO DE PENSAR (ou perder o bom senso). (2 Tessalonicenses 2:1) 

Logo, não eram os apóstolos, a quem os TJs afirmam ter sido, pasmem!, o Corpo Governante da época. Então, temos um problema com o texto do Apologista da Verdade: Ele está usando erros cometidos por membros comuns da Igreja, em focos isolados, para justificar 336 mudanças de ensinos do Corpo Governante TJ (aqueles que supostamente o jeová-TJ usa para preservar a doutrina da seita deles). 

Ademais, Paulo está chamando os caras que ensinavam que o dia do Senhor já estava logo aí de gente que perde o bom senso, que em grego nitidamente se refere a pessoas que ficam mudando de opinião. Quem, meus assíduos leitores, fica mudando de ensinos sempre, e já previu que o dia do Senhor viria em 1914, 1925 e 1975?

E pior, Paulo está dizendo que muitos poderiam estar sendo perdendo o bom senso devido a um espírito (ou mensagem inspirada, não da Bíblia e dos apóstolos), mas de pessoas que poderiam escrever cartas em nome de Paulo ou de outros apóstolos, daí Paulo terminar sua carta inspirada afirmando que ele tinha aquele jeito de escrever. (2 Tessalonicenses 3:17) Em outras Palavras, Paulo estava alertando sobre farsantes!!!!!!

E antes que refutem com o texto de Atos 1:6, 7, onde os apóstolos, e não leigos, perguntaram a Jesus se era naquele tempo que o reino de Israel seria restabelecido, apenas refuto assim: Os apóstolos fizeram direitinho! Perguntaram a Jesus numa refeição, em particular. (Atos 1:4) Nada de terem ensinado toda a multidão que seguia a Jesus sem antes perguntar ao mestre. Então, eu pergunto: Quando as Testemunhas de Jeová previram a volta de Jesus para 1914, 1925 e 1975, já sabendo que Jesus nunca havia ensinado a se prever datas (Mateus 24:36; Marcos 13:32), para quem elas perguntaram? Para Jesus? Não! Para a Bíblia? Não! Simplesmente, não perguntaram! Responderam! E sabe para quem? Nem preciso dizer mais nada! Fulminante, não acha?

ERRO 2 - O erro do Apologista da Verdade em achar que apenas os TJs, no tempo do fim, iriam procurar conhecer mais as interpretações do livro de Daniel. (Daniel 12:4) Tal apologista insinua, por trás das linhas, que Daniel estava pensando numa seita fundada por Russell em 1874. Mas na verdade, todos os cristãos estudiosos, já muito antes da seita TJ surgir em cena, já buscavam interpretar o livro de Daniel porque sempre acreditaram estar vivendo nos últimos dias. Pense um pouco: Você acharia realmente que o conhecimento abundante do qual Daniel estava falando era um conjunto de interpretações da Bíblia com 336 revisões (isso se eu contei certo, e fora as que virão!!!)? Daniel disse conhecimento abundante, e não INTERPRETAÇÃO MUTANTE, típica de quem anda na escuridão e nem sabe onde tropeça. - Provérbios 18:4.

ERRO 3 - Em Daniel 12:9, 10, não temos a menor dúvida de que SE PURIFICARÃO, SE EMBRANQUECERÃO E SERÃO REFINADOS pode incluir novos horizontes de entendimento das profecias de Daniel, mas tem muito mais a ver com a obra de Cristo que nos purifica de todo o pecado (1 João 1:7), com o sacrifício de Jesus que embranquece as vestimentas dos salvos (Apocalipse 7:9-13) e com os efeitos da Palavra de Deus na vida do salvo, a qual é como prata refinada purificada sete vezes. (Salmos 12:6) Então, pense bem: VOCÊ CHAMARIA DE PURIFICAÇÃO, EMBRANQUECIMENTO E REFINAMENTO o conhecimento servido por uma seita que vive mudando suas interpretações? A Bíblia diz refinada sete vezes, não 336 vezes. E eu sinceramente jogaria qualquer prato ou ouro que precisasse sofrer 336 refinamentos e outros ainda por vir! Que tal você fazer o mesmo?

ERRO 4 - Em 1 Coríntios 13:12 Paulo não estava falando do entendimento oferecido pela seita TJ, desde 1874 até agora. Pois se fosse assim, os dons de línguas teriam cessado apenas quando Russell inaugurou a seita TJ. Nem os TJs creem nisso, pois afirmam que cessou, conforme 1 Coríntios 13:8, com a morte do último apóstolo, após o término do Cânon bíblico. Então, esse apologista TJ está viajando em suas vãs filosofadas. Agora, se Paulo afirma que os dons cessariam quando viesse o que é completo ou perfeito, e esse completo e perfeito ainda não está completo e perfeito na seita TJ, pois o conhecimento TJ vive mudando, então, queridos TJs, vamos começar a treinar. Repitam comigo:

De canta..... De canta côbias..... (Vamos, repitam rápido!)
Súbia névia! Ribamaxuricanta! (Agora junta tudo!) 

De canta..... De canta côbias Súbia névia! Ribamaxuricanta!..................

Como conclusão, o grande erro TJ é achar que só eles estão certos porque só eles mudam, sendo que sempre estiveram errados e sempre estão certos. E esses defensores da seita TJ, desesperados por sinal, não se cansam de enxergar em textos como Provérbios 4:18, Daniel 12:4, 9, 10; 1 Coríntios 13:12, o que não era a intenção original de seus escritores inspirados. Haja paciência! - Pr. Fernando Galli.

IGREJA ADVENTISTA DO SÉTIMO DIA - PONHA ELLEN G WHITE NO DEVIDO LUGAR DELA.

Analisando as crenças Adventistas do Sétimo Dia com rigor e honestidade, entendi que afirmam crer na Suficiência das Escrituras. A IASD oficialmente se pronuncia: 

"1. As Santas Escrituras do Antigo e Novo Testamento foram dadas por inspiração de Deus, encerram uma revelação todo-suficiente de Sua vontade aos homens e são a única regra infalível de fé e prática (2 Tm 3:15-17)." - Questões de Doutrina, página 35.

Portanto, se creem que a Bíblia é suficiente, para que crer em EGW como inspirada por Deus e seus escritos com autoridade para a Igreja? Não faz sentido se, oficialmente declaram a Bíblia como suficiente, enxergar EGW como escritora de textos tão inspirados quanto a Bíblia. Mesmo que ensinem que EGW foi inspirada, não para acrescentar doutrinas à Bíblia, mas para interpretá-la, é CRIANCICE ESPIRITUAL E o pior é que outros adventistas ainda afirmam que nem para interpretar a Bíblia Deus a inspirou.

VIDA CRISTÃ - O TESTEMUNHO DO ESPÍRITO SANTO DE QUE SOMOS FILHOS DE DEUS

Desde a conversão a Cristo o crente, regenerado pelo Espírito Santo, torna-se filho espiritual de Deus. (João 1:12; 3:3; Gálatas 3:26) Paulo, em sua carta aos Romanos, escreve que o Espírito de Deus dá testemunho com o nosso espírito de que somos filhos de Deus. (Romanos 8:16, 17) Como exatamente isto pode ser percebido? A seguir, uma reflexão pessoal sobre isto.

domingo, 11 de fevereiro de 2018

APOLOGISTAS TJS ANÔNIMOS - COMO EXPLICAM QUE O ESPÍRITO SANTO FALA DAQUILO QUE OUVE


O site CENTRAL DE DEFESA BÍBLICA publicou a resposta mais imbecil que um ser humano pode dar ao questionamento COMO PODE O ESPÍRITO SANTO ser uma força se Ele fala o que ouve, e não fala de si mesmo? (João 16:13) É inacreditável a resposta que nos deram. Observem como nos responderam:


RESPOSTA CRISTÃ - Esse argumento de que "SE O ESPÍRITO SANTO  FOSSE JEOVÁ, COMO SE PODERIA DIZER QUE JEOVÁ NÃO FALARIA DE SUA PRÓPRIA INICIATIVA deveria ser feito a quem acredita que Jeová e o Espírito Santo são a mesma pessoa, ou seja, os UNICISTAS.

Mas nós que cremos na Trindade, com uma abundância de provas bíblicas, sabemos que YHWH são Três Pessoas, e que nenhuma delas age independentemente das outras. Na Trindade, o Pai, quando propõe criar o homem, diz: FAÇAMOS O HOMEM A NOSSA IMAGEM, SEGUNDO A NOSSA SEMELHANÇA. (Gênesis 1:26) O Pai não age sozinho na Trindade. (Não me venham dizer, HEREGES, que o Pai estava dizendo FAÇAMOS para um anjo chamado Jesus, pois se assim fosse seríamos a imagem de Deus e de anjo). Assim, na Trindade, cada Pessoa age em conjunto. E isso vemos no batismo de Jesus (Mateus 3:16, 17), no batismo cristão (Mateus 28:19, 20) e no derramar do amor, da graça e da comunhão do Pai, Filho e Espírito Santo. (2 Coríntios 13:13) Nenhuma Pessoa da Trindade age independentemente da outra, pois como isto seria possível se as TRÊS PESSOAS SÃO O MESMO DEUS?

Isto mostra que quem escreveu o texto TJ acima não sabe em que cremos e ainda nos acusa de sermos antitrinitários!

Mas o pior vem agora! O autor da matéria TJ afirmou que de acordo com João 16:13 o Espírito Santo falaria do que ouve, não porque é um ser pessoal, mas porque na verdade são os homens a quem Ele inspira que falam do que ouvem, e ainda comete a aberração de afirmar que se trata de uma figura de linguagem chamada metonímia de continente pelo conteúdo! (Eu provo que não é!) Veja com paciência a argumentação do Central de Defesa Bíblica, e leia minha refutação FULMINANTE:



RESPOSTA CRISTÃ - Que rolo! Acima, os TJs virtuais afirmam que quando se diz que o Espírito Santo falou, quem falou de fato foram as pessoas inspiradas. Mas o site pirata das TJs, A VERDADE É LÓGICA, afirmou que é Jeová quem fala, não as pessoas. Veja:


Embora seja verdade que homens falaram da parte de Deus conforme eram movidos por Espírito Santo (2 Pedro 1:21), de onde que esses TJs virtuais tiram essa ideia de que o Espírito falar do que ouve em João 16:13 é uma metonímia do continente pelo conteúdo, querendo dizer que Jesus falou do Espírito Santo se referindo às pessoas inspiradas, que ouviriam para escrever a Bíblia, por exemplo?

Não é metonímia de continente pelo conteúdo

Será que é metonímia de continente pelo conteúdo em João 16:13, 14? Tal figura de linguagem substitui o continente (por exemplo, a embalagem, o prato) pelo produto (conteúdo). Exemplo:

- Ele comeu dois pratos. 

Pratos é o continente usado no lugar do conteúdo, por exemplo, feijão. O que se quis dizer então é que ele comeu dois pratos (continente) de feijão (conteúdo).

Então eu pergunto: O que esse tipo de metonímia de continente (aquilo que contém algo) pelo (= no lugar de) conteúdo (o que está contido) tem a ver com João 16:13? NADA!

Quem é o conteúdo e o continente nessa picaretagem de argumento TJ ao interpretar João 16:13? Suponhamos que o Espírito Santo fosse realmente a força ativa de Jeová. Então, segundo a Bíblia, ficamos cheios do Espírito Santo. (Atos 2:4) Logo, os cristãos são o continente (aqueles que contêm algo, isto é, o "espírito santo TJ") e o "espírito santo TJ" o conteúdo (aquilo que está contido nos cristãos). Então, o que Jesus usou em João 16:13? O continente no lugar do conteúdo ou o conteúdo no lugar do continente? Vamos ler?


Ué! Jesus usou nessa frase o conteúdo, ou seja, o "espírito santo TJ". Se ele usou o conteúdo no lugar do continente, logo não houve a metonímia de continente pelo (ou no lugar do) conteúdo, pois o continente seriam os crentes (E NÃO EXISTE METONÍMIA DE CONTEÚDO PELO CONTINENTE)! SIM!, nessa explicação TJ, Jesus não usou o continente (crentes) pelo (= no lugar) do conteúdo, mas fez o contrário: Usou o conteúdo ("espírito santo TJ") no lugar do continente. *

Esses apologistas TJs (não os TJs sérios) ainda no afã de impessoalizar o Espírito Santo, chegam a ensinar algo totalmente diferente dos ensinos oficiais da seita deles. Por exemplo, o Corpo Governante TJ ensina oficialmente que os verbos praticados pelo Espírito Santo em João 16:13, 14 (ouvir, falar, ensinar, anunciar, glorificar) são uma forma de se personificar o Espírito Santo. Veja:
"Personificação não prova personalidade. É verdade que Jesus falou do espírito santo como “ajudador” e falou de tal ajudador como ‘ensinando’, ‘dando testemunho’, ‘dando evidência’, ‘guiando’, ‘falando’, ‘ouvindo’ e ‘recebendo’. Ao fazer isso, o grego original mostra que Jesus, às vezes, aplicava o pronome pessoal masculino a este “ajudador” (paracleto). (Veja Jo 14:16, 17, 26; 15:26; 16:7-15.) No entanto, não é incomum, nas Escrituras, que aquilo que realmente não é pessoa seja personalizado ou personificado." - Estudo Perspicaz das Escrituras, p. 33, Volume 2.
Se é personificação, a linguagem usada é PROSOPOPEIA. Então como pode ser metonímia? Pense bem: Se o Corpo Governante oficialmente afirma que o verbo "ouvir" é uma forma de se personificar o Espírito Santo em João 16:13, então quando esses TJs desobedientes ao Corpo Governante afirmam que em João 16:13 quem ouve e fala são na verdade pessoas que falam do que ouvem, a teoria da PERSONIFICAÇÃO CAI POR TERRA, pois agora são pessoas quem praticam essas ações.

Muito melhor é crer que Pai, Filho e Espírito Santo trabalham juntos na edificação da Igreja. O Pai, o Cabeça da Trindade, envia o Filho, por isso o Filho é um ser pessoal, e o Pai e o Filho enviam o Espírito Santo, por isso, o Espírito Santo é um ser pessoal. (João 3:16; 14:16, 26; 15:26; 16:13, 14) O Filho não ensina o que vem dele, mas o que vem daquele que o enviou, então, Jesus é um ser pessoal. (João 7:16) Da mesma forma, o Espírito Santo não ensina de sua própria iniciativa (João 16:13, 14), mas ensina (USANDO TAMBÉM O POVO DE DEUS, É ÓBVIO) do que ouve, portanto, ele é um ser pessoal.

Observe o que Jesus disse em João 12:49: "Pois não falei por mim mesmo; mas o Pai, que me enviou, ordenou-me o que dizer e o que falar." Da mesma forma, o Espírito Santo não falaria por ele mesmo, ou de sua própria iniciativa, mas deixa nas mãos do Pai aquilo que deve ser falado aos homens. Portanto, tanto Jesus como o Espírito Santo não falam de si mesmos, mas do que ouvem certamente do Pai!!!!!

Tanto o Pai quanto Espírito Santo e o próprio Jesus dão testemunho de Jesus, o que os torna seres pessoais. Veja:
"Eu dou testemunho de mim mesmo, e o Pai que me enviou também dá testemunho de mim." - João 8:18.
" Quando vier o Consolador, que eu vos enviarei da parte do Pai, o Espírito da verdade, que procede do Pai, esse dará testemunho acerca de mim." - João 15:26.
Jesus NÃO ensinou o que os TJs alegam!

Será que poderia ter passado na mente de Jesus que o Espírito da Verdade falaria do que ouviria no sentido de os discípulos inspirados dele falarem do que ouviriam? A resposta é não! Por quê? Leiamos o relato de João 16:15. Ali Jesus, depois de falar que o Espírito Santo falaria o que tivesse ouvido, Jesus diz:
"Tudo quanto o Pai tem é meu; por isso eu vos disse que ele, recebendo do que é meu, o anunciará a vós." - João 16:15.
Ou seja, Jesus afirma que "ele", o Espírito Santo, recebendo do que é de Jesus, anunciaria a vós. De quem o Espírito Santo ouviria então? De Jesus! E a quem ele falaria? A "vós", ou seja, aos discípulos. Portanto, se quando o Espírito Santo ouve e fala se referisse aos discípulos inspirados, com quem Jesus já estava falando, esses discípulos anunciariam a eles mesmos o que tivessem ouvido, o que seria um absurdo! Seria como se Jesus tivesse dito: "Tudo quanto o Pai tem é meu; por isso eu vos disse que VOCÊS, recebendo do que é meu, o anunciará a VOCÊS.

E por fim, NUNCA O CORPO GOVERNANTE ENSINOU QUE EM JOÃO 16:13 ocorre uma metonímia. Nem a seita TJ ensina isso oficialmente.

Portanto, VAMOS JOGAR NO LIXO essa argumentação desses falsos TJs desobedientes ao Corpo Governante, desleais à própria seita deles, que se expressam no anonimato, escondidos atrás de fakes para poderem fazer chacota dos nomes de teólogos famosos e publicar matérias e sites totalmente desaprovados pela liderança mundial TJ. - Pr. Fernando Galli.

-----------------------
* E olha que eu consultei dois professores de Português renomados, com livros editados e tudo mais, e eles me disseram: Não se trata de metonímia de continente pelo conteúdo já que Jesus usou o conteúdo, ou seja, a frase normal, como se disséssemos Comi dois pratos de feijão. 

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

APOLOGISTAS TJS - PODER DE PODER OU PODER DO ESPÍRITO SANTO? - ROMANOS 15:13.


Num de meus desafios aos apologistas TJs do site a Verdade É Lógica, questionei: Se o Espírito Santo é o poder de Deus, como fica Romanos 15:13 onde lemos sobre poder do Espírito Santo? Pois se trocarmos "Espírito Santo" por "poder", teríamos como resultado poder de poder.  Veja qual foi a resposta que me mandaram:


RESPOSTA CRISTÃ - Vamos ver quem matou a aula de interpretação de texto?  

Verdades do Argumento TJ acima:

- O texto realmente está falando dos EFEITOS causados pelo Espírito Santo na vida do cristão;
- O fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, bondade, benignidade, fé, brandura, autodomínio. - Gálatas 5:22, 23.
- Os que esperam em Jeová renovarão suas forças. - Isaías 40:31.

Mas a questão continua de pé, pois: (a) Se o Espírito Santo é o poder de Deus, e não um ser pessoal, mesmo produzindo ou nos dando poder (Atos 1:8), a Bíblia usa a expressão "poder do Espírito Santo". Logo, o Espírito Santo TEM PODER. É como Jesus: Ele é o poder de Deus (1 Coríntios 1:24) e dá poder aos discípulos através do Espírito Santo. Jesus prometeu: Recebereis poder ao descer sobre vós o PODER? (Atos 1:8) Ora, se o Espírito Santo fosse o poder de Deus, Atos 1:8 ficaria totalmente sem sentido. Fico imaginando Jesus, em off, dizendo para Pedro: Meu amigo, você vai receber poder quando o poder de Deus descer sobre você. É meio estranho, não acha? 

Somando-se ao argumento meu acima, vamos para Romanos 15:13, 18, 19 TAMBÉM!!!!! Vamos usar a Bíblia TJ?
"Que o Deus que dá esperança encha vocês de toda alegria e paz por meio da sua confiança nele, para que transbordem de esperança pelo poder do espírito santo. Pois não me atreverei a falar de coisa alguma a não ser daquilo que Cristo realizou por meu intermédio para que as nações fossem obedientes. Ele agiu por meio das minhas palavras e ações, pelo poder de sinais e milagres e pelo poder do espírito de Deus." - Romanos 15:13, 18, 19, TNM 2015.
Veja claramente que é o poder do Espírito Santo que nos faz transbordar de esperança.
Veja claramente que Jesus agiu na vida de Paulo pelo PODER de sinais e pelo PODER do Espírito de Deus. 
Veja, então CLARAMENTE, que não tem o menor cabimento afirmar que Jesus agiu na vida de Paulo pelo PODER de sinais e pelo PODER DE PODER! Isso seria ridículo! 

Mas eu guardei o melhor para o final! Com que base bíblica essas falsas TJs virtuais, que escrevem camuflados para não serem descobertas pelo Corpo Governante, afirmam que NÃO CREEM QUE O ESPÍRITO SANTO TENHA O ATRIBUTO DO PODER, MAS QUE APENAS PRODUZA PODER? Onde a Bíblia ensina isso? Em lugar nenhum! Creem com base na sua própria crença. Veja:
2 Coríntios 12:9 - "A fim de que o poder de Cristo repouse sobre mim." Então, Cristo tem poder.
Colossenses 2:12 - "Fostes ressuscitados pela fé no poder de Deus". Então, Deus tem poder.
Atos 26:18 - "Que se convertam das trevas para a luz, e do poder de Satanás para Deus." Então Satanás tem poder.
Romanos 15:13, 19 - "Poder do Espírito Santo." - Então, O ESPÍRITO SANTO NÃO TEM PODER? Isso é piada, não é mesmo?
E depois de ter escrito a matéria, o autor LOGICÃO ainda posta dois comentários ridículos! Veja:



Para responder a estes questionamentos, vamos invocar a ajuda de nosso querido Apolinho, o destruidor dos argumentos dos apologistas TJs.

CRISTÃO APOLINHO - Que argumentos ridículos! São amadores na arte da argumentação. Se intitulam "Lógica", mas nunca estudaram Lógica numa Universidade. Vamos desmontar o primeiro argumento dele?

Primeiro erro: Não se comparam palavras polissêmicas com monossêmicas. "Sinais" ou "milagres" são sempre sinais ou milagres, mas a palavra "espírito" tem vários significados: Vento, inclinação, ser espiritual, etc.

Segundo erro: O próprio autor do texto afirma que o Espírito Santo nos dá poder. Mas "sinais" ou "milagres" não dão poder a ninguém. Logo, a comparação acima é ridícula. Afirmar que assim como poder de sinais não torna sinais pessoa, logo poder do Espírito Santo não torna Espírito Santo pessoa é uma comparação descabida, pois o Espírito Santo dá poder, mas os sinais ou milagres não dão.

Terceiro erro: O autor do texto (ruinzinho, por sinal; já vi melhores) afirmou que não acredita que o Espírito Santo tenha poder, mas disse acima que o Espírito Santo dá poder. Como é possível o Espírito Santo dar algo que Ele não tem?

Agora, vamos para a segunda postagem-argumento. Deus é amor, mas o amor não é Deus. Então, logo, a comparação é tola, típica de pré-amadores. Além do que as estruturas gramaticas das frases "Deus é amor" e "amor de Deus" são totalmente diferentes em grego. Isso é que dá faltar na aula de grego, logo no primeiro dia!

Muito agradecido, Pr. Fernando Galli. Precisando, é só chamar!
____________________

Obrigado, Apolinho! Veja que ainda por cima, o camarada afirma: "O espírito santo dá poder, e por meio deste poder podemos ter alegria, paz, esperança." Só enrolou! O poder dá poder? O Espírito Santo dá Espírito Santo? Deus usa o poder para nos dar poder? E acho que quem faltou nas aulas de português é o autor A Verdade É Lógica, que por sinal não entende nada de lógica! - Pr. Fernando Galli.

APOLOGISTAS TJS DO A VERDADE É LÓGICA E O "espírito santinho" DO deusinho DELES

Verdade é Lógica Interpretando a Bíblia

Os TJs desobedientes  do site A VERDADE É LÓGICA, que vivem nas altas horas da madrugada postando porcaria na internet, não são homens de me responder uma pergunta: COMO O ESPÍRITO SANTO DE JEOVÁ PODE SER UMA FORÇA ATIVA SE ELE NÃO FALA DE SUA PRÓPRIA VONTADE, MAS FALA APENAS AQUILO QUE OUVE? Tentando tapear os outros, escreveram o seguinte em sua página do facebook, sobre este ponto:


RESPOSTA CRISTÃ - Eu tenho a ligeira impressão de que essa casta de demônios virtuais, que são desobedientes até mesmo à liderança mundial das verdadeiras TJs, escrevem essas abobrinhas ao som da música abaixo:


Palhaçadas a parte, dignas da teologia tupiniquim, vamos fulminar com o argumento deles? Vamos! João 16:13 diz que o Espírito Santo não falaria de si mesmo, mas diria aquilo que tivesse ouvido. Então, eu vivo há 10 anos perguntando e desafiando as TJs sérias e os TJs apologistas virtuais:

SE O ESPÍRITO SANTO É UMA SINÉDOQUE OU METONÍMIA DE JEOVÁ, OU OUTRA FIGURA DE LINGUAGEM QUALQUER, SENDO UMA FORÇA, UM PODER, COMO É QUE ELE NÃO FALA DE SI MESMO MAS APENAS DO QUE TIVER OUVIDO?

Veja as respostas mais ridículas que eu já recebi:

1. "O espírito santo de Jeová não é o próprio Jeová em Pessoa, mas é algo pertencente a Ele, pois é DE DEUS, então, assim quando se diz que ele diz quer-se dizer que é Deus quem disse." - Rose Ball Russell.

RESPOSTA CRISTÃ - Huuuuuuuum! Que resposta mais imbecil! Ela não explica, mas complica João 16:13. Pois se o Espírito Santo dizer algo significa que é Jeová quem diz, então Jeová não diria de si mesmo, mas diria apenas o que tiver ouvido? De quem? Do ET de Varginha? Muito melhor é a explicação Trinitariana. Deus Pai, Filho e Espírito Santo são o mesmo Deus. A Pessoa do Pai é o cabeça da Trindade e decide o que o Filho e o Espírito Santo dizem aos homens. Por isso, nem Jesus, nem o Espírito Santo falavam de sua própria vontade, mas daquilo que o Pai prescrevia. Jesus não falava nada de sua própria iniciativa. O Espírito Santo também não! É exatamente isso que Jesus quis dizer em João 16:13.

2. "Se a Bíblia diz "espírito santo de Deus", então troque "espírito santo" por Deus, e fica "Deus de Deus. Isso não tem lógica." - Thompson Linux Afanásio INSS. 

RESPOSTA CRISTÃ - "De Deus" equivale a divino. Espírito Santo Divino. Em Filho de Deus, "de Deus" também equivale a "divino", assim, temos o Filho divino. Agora eu pergunto: Como ficaria Romanos 15:13, onde lemos "poder do Espírito Santo" na Tradução do Novo Mundo e em outras versões? Troquemos "Espírito Santo" por "poder" ou "força ativa". O que teremos? Poder de poder? Poder de força ativa? Ridículo, não é mesmo? Isto mostra que o Espírito Santo tem o poder, e não que é o poder em si. 

3. "Ahhhhh! Descobri algo que não é pessoa, e fala o que ouve, e está na Bíblia!!!!! Salmos 98:8  diz: "Batam palmas os rios; juntos regozijem-se os montes." Os rios e os montes aqui se referem às pessoas que neles estão. Elas batem palmas e falam devido certamente a algo que ouviram". Logo, os rios e os montes falam do que ouvem, mas rios e montes não são pessoas." - Daniela Chico.

RESPOSTA CRISTà- Nem responder nada! Precisa?

Então senhores do A Verdade é Lógica, SEJAM MACHOS E RESPONDAM: SE O ESPÍRITO SANTO É UMA SINÉDOQUE OU METONÍMIA DE JEOVÁ, OU OUTRA FIGURA DE LINGUAGEM QUALQUER, SENDO UMA FORÇA, UM PODER, COMO É QUE ELE NÃO FALA DE SI MESMO MAS APENAS DO QUE TIVER OUVIDO? - Pr. Fernando Galli.

sábado, 3 de fevereiro de 2018

TJS VIRTUAIS - SEUS EX-ADEPTOS SÃO APÓSTATAS E DEIXARAM O POVO DE DEUS?


Esta matéria tem como meta refutar um texto publicado pela grupo TJ virtual A VERDADE É LÓGICA. Veja abaixo como esses TJs afirmam que abandonar a essa organização significa apostatar e abandonar o povo de Deus. Por que pensam assim? Quais os erros do texto abaixo? 


RESPOSTA CRISTÃ - Lidar com argumentos heréticos é como tentar descobrir, em meio a muitas ou várias verdades alistadas por eles, qual a mentira central da argumentação deles que, retirada do texto e refutada, desmonta toda a argumentação dos hereges. Vamos descobrir no texto acima qual é a mentira TJ central e fazer o argumento dele ruir?

Em primeiro lugar, a comparação entre saber se alguém é apóstata e saber se a bebida é veneno é ridícula! Os TJs são mestres em comparações tolas. Por quê? Porque O VENENO matará ou no mínimo prejudicará a pessoa em qualquer circunstância. Ele é sempre veneno. Mas nem todo apóstata é mau ou prejudicial. Basta perguntar a um TJ: Quem apostatou do Islamismo, Budismo, Xintoísmo, Judaísmo, Espiritismo, Igreja Católica, e se tornou TJ, é um apóstata tão mau quanto o veneno? O TJ dirá: Não! Logo, fica claro que logo no início já ocorre a falácia da falsa comparação. Ela só é verdade quando se crê que o movimento do qual a pessoa apostatou é a Igreja Verdadeira de Jesus. Sem contar em outros erros nessa comparação tola que não pretendemos nos aprofundar aqui. Basta imaginar que um veneno experimentado não tem mais volta, mas um apóstata do mal experimentado não significa necessariamente que nos prejudicará. Irá depender do sistema de defesa da fé do atacado pelo apóstata.

Outra tolice, então, é: Será que 1 João 2:19 - saíram dos nossos porque não eram dos nossos - esta se referindo àqueles que abandonam as TJs? Na verdade, por ser um estudioso em movimentos pseudo-cristãos, descobri que todas elas, SEM EXCEÇÃO, usam este mesmo texto para tachar seus ex-membros de apóstatas. Até uma organização criminosa poderia valer-se dele para rotular seus desertores. E eu não estou nem um pingo interessado em crer que 1 João 2:19 se refere a uma religião que mudou 341 vezes de ensinos e previu a volta de Jesus para 1914, 1925 e 1975. E você, está? 

Ademais, quem disse que um israelita deixar Israel (nos tempos bíblicos) e ir para o Egito está para um TJ abandonar o grupo e ir para uma outra igreja? Para essa equivalência ser verdadeira, precisa-se provar histórica, bíblica e teologicamente que a organização TJ é a única religião verdadeira. 

Daí, vem a mentira central. O autor desse texto risível e pueril usa Atos 15:14 para provar que a "religião" dele é a certa por ter o nome de Deus incluso no nome da  religião dele: Testemunhas de Jeová, o povo para o nome dEle. Então, ecoa por trás das linhas a pergunta: Qual é a única religião que carrega em seu nome a palavra JEOVÁ? Somente os TJs. Logo, quem abandona as TJs abandona o povo para o nome de Deus. Qual o erro ridículo desse argumento? Simples! Desde o primeiro século, a Igreja Cristã tem sido este povo para o nome de Deus. Mas qual igreja naqueles idos se chamava Testemunhas de Jeová, ou portava o nome "Jeová" em sua logo marca? NENHUMA! Portanto, um vez identificado que para ser povo de Deus não é necessário pertencer a um grupo religioso que porta JEOVÁ em seu nome, vemos a grande farsa do 'intelecto' TJ desmoronar. Fica claramente provado que Atos 15:14 não está se referindo a uma organização fundada em 1870 por um adolescente de 18 anos (nem Jesus iniciou ministério com essa idade!), muito menos a um grupo do primeiro século chamado Testemunhas de Jeová, mesmo porque não havia mesmo!

Por fim, afirmo com muita alegria: Eu sou um apóstata das TJs. E como tenho plena e absoluta certeza de que as TJs não constituem a única religião verdadeira, considero-me um apóstata de uma religião falsa. Logo, apostatei de um grupo sectário para fazer parte da Igreja de Cristo, a qual existe desde o Pentecostes de 33 d.C., ou próximo disso, e NUNCA foi conhecida com o nome Testemunhas de Jeová como prova de que eram o povo de Deus. Por outro lado, reconheço que há ex-TJs que deixaram a organização mas continuam mortos em seus pecados e delitos e continuam caminhando para a perdição eterna. (Efésios 2:1-5; Mateus 7:23) Então há apóstatas TJs que se converteram a Cristo, e apóstatas TJs que apenas trocaram de caminho errado. 

Prezados irmãos, cuidado com os apologistas TJs. Aperfeiçoe-se na fé e na doutrina. Assim, você será como quem lida com veneno de cobras. Você aprenderá a lidar com elas, sem ser contaminado pelo veneno delas. O veneno dessas religiões estranhas à fé cristã são as heresias. Mas as cobras em si não são o maior problema. Só não deixe elas te picarem. 

Lucas 10:19 diz: "Eu vos dei autoridade para pisar serpentes e escorpiões, e autoridade sobre todo o poder do inimigo; nada vos fará mal algum." - Pr. Fernando Galli.

ADVENTISTA

IGREJA ADVENTISTA DO SÉTIMO DIA – PARTE DE SEUS PIONEIROS NÃO CRIAM NA TRINDADE! Todos sabemos que a Igreja Adventista do Sétimo Dia se con...