TESTEMUNHAS DE JEOVÁ - MUDANÇAS DE ENSINOS QUE ME PASSARAM DESPERCEBIDAS - 333 a 336.


Eu queria pedir perdão a meus leitores por ter deixado passar despercebidas várias mudanças de ensinos da seita TJ nos últimos cinco anos. Até 05.10.2017, eu havia catalogado 332 delas, mas graças a Deus acabei descobrindo outras. Como eu havia publicado cada mudança de ensino nos últimos anos, todas enumeradas, estas novas luzes nos últimos cinco anos serão enumeradas a partir e 333. Vejamos uma saraivada de luzes do "jeová-TJ" despejadas sobre o Corpo Governante:


COMENTÁRIO CRISTÃO - É inacreditável como há mudanças de ensinos TJs que se adequam ao que nós já cremos há muito tempo. É como se o "jeová-TJ" adaptasse as suas novas luzes aos ensinos das igrejas que os TJs chamam de Babilônia, a Grande, o império mundial da religião falsa. Veja, por exemplo, como isso é verdade. O livro Daniel - Introdução e Coemntário, página 99, de Joyce G. Baldwin, publicado em 1983 pela Editora Vida Nova, afirmou sobre esses reinos serem dos dias de Daniel. Veja: "O Deus do céu, em contraste, realizará o seu firme propósito de estabelecer um reino duradouro nos dias destes reis: a expressão e vaga, pois nenhum rei havia sido mencionado desde Nabucodonosor; porem, e natural assumir que o autor pensava nos reis do último reino mencionado. Enquanto os outros impérios mundiais haviam sido sucessivamente derrubados por outros conquistadores, ninguém poderá tomar de assalto a este aqui mencionado. Embora os reinos pareçam ter sido consecutivos, há aqui uma sugestão de que possam ser contemporâneos." Que deus tolo é esse que permite seu Corpo Governante ensinar errado de 1874 a 2012, ou seja, 138 anos, e quando manda uma nova luz de interpretação, passa ensinar exatamente como as igrejas de Babilônia, a grande? Que deusinho falso, não é mesmo? Próxima!


COMENTÁRIO CRISTÃO - Realmente não é uma mudança importante, mas só em 2012 que o "jeová-TJ" mandou a luz incluindo Mordecai e Ester no cumprimento de Gênesis 49:27. Mas a próxima mudança dá o que pensar. Veja:


COMENTÁRIO CRISTÃO - O que mais impressiona é que omitiu-se aqui uma forma anterior de todas para designar anciãos e servos ministeriais. Antigamente, era por votação, ou eleição. Depois sim que passou a haver uma indicação enviada dos anciãos para o Corpo Governante, com a aprovação do superintende de circuito. Depois que o Corpo Governante aprovava a designação, anunciava-se o novo ancião ou servo ministerial. Décadas depois, em 2014, mudou-se para o ensino atual. Anciãos e servos ministeriais são designados pelo superintendente de circuito, juntamente com os anciãos das congregações locais. O que mais chama atenção é que depois de 140 anos de história TJ é que ELES SE APROXIMARAM MAIS DO PROCEDIMENTO PADRÃO DO PRIMEIRO SÉCULO. Ou seja, em 90% das Igrejas evangélicas e protestantes, são os pastores locais e suas respectivas igrejas que ordenam os pastores e diáconos. O novo jeito TJ está bem mais próximo de nossas igrejas os ordenarem, as quais fazem isso HÁ SÉCULOS! Que piada! É o "jeová-TJ" se adequando às supostas igrejas do diabo. Próxima:


COMENTÁRIO CRISTÃO - A primeira interpretação era aberrante. Qualquer jumento em história de Israel e linguagem hebraica entenderia que os sete pastores e oito príncipes não poderiam ser uma liderança pequena em favor de muitos em Israel. Assim, se formos entender um cumprimento de Miqueias 5:5 para os nossos dias, teríamos que entender como toda forma de Deus proteger sua igreja, seja através de quem for. Ou seja, sete é símbolo de perfeição, e oito, um pouco mais que perfeição. Parece significar que Deus providencia quantos forem necessários para proteger a Igreja de Cristo. A nova interpretação TJ se aproximou mais do que já cremos. Todos os bons comentários de Miqueias que contextualizam o 5:5 aos nossos dias entendem como eu defendo acima. Em 2008, o Pr. Hernandes Dias Lopes lançou um comentário de Miqueias onde ele afirma que se refere a todos os meios que Deus usa para proteger a Igreja (e não à uma pequena liderança em Israel e muito menos na Igreja). Parabéns, ó "jeová-TJ"!!!!! O senhor está chegando lá! - Pr. Fernando Galli.
_________________________________

Observação: Os TJs virtuais de plantão, desesperados, andam se justificando dessas interpretações mudantes, 336 agora (nas minhas contas e isso se eu não percebi outras). Sua argumentação tem sido a seguinte: Não é lindo e maravilhoso o povo de Jeová reconhecer erros? Não é isso uma demonstração de humildade? A RESPOSTA É NÃO. Quando alguém erra uma interpretação e a muda, ele não deveria julgar os outros errados e apenas ele certo, pois ele pode ter mudado para uma interpretação errada novamente. A seita TJ muda sempre porque todas as outras velhas luzes não eram de Jeová, senão não precisariam de serem corrigidas. A verdade é uma só: Parece PIADA uma seita ensinar que é Jeová quem dá novas luzes de entendimento para o Corpo Governante, sendo que 336 dessas luzes precisaram ser corrigidas. E ainda se acham os únicos adoradores a compor a única religião verdadeira. 03:03 da manhã, bom dia a todos! Para mim, boa noite!

Comentários

  1. muito bom Pastor Fernando já estou mais atualizado agora

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Seus comentários devem contem no máximo 1000 caracteres

Postagens mais visitadas deste blog

ESBOÇOS DA FÉ - QUE TIPO DE UVAS VOCÊ PRODUZ? - ISAÍAS 5:1-7

VÓ ROSA - APOSTILA PARA ESTUDAR AS CRENÇAS DA SEITA

A FAMÍLIA INTERNACIONAL (OS MENINOS DE DEUS) - DENÚNCIA SOBRE A SEITA DO SEXO.