quarta-feira, 27 de setembro de 2017

TESTEMUNHAS DE JEOVÁ QUESTIONAM: COMO JESUS É ÚNICO DA ESPÉCIE SE O ESPÍRITO SANTO É OUTRO DA MESMA ESPÉCIE?


Debater com quem não sabe em que cremos é um grande desafio. Um deles, do grupo TJ virtual chamado A VERDADE É LÓGICA, publicou o seguinte quadrinho, tentando apontar uma contradição de nós, trinitários. Veja o print abaixo e confira a seguir qual o erro da argumentação deles.

FONTE: A VERDADE É LÓGICA (FACEBOOK DE TJs)
RESPOSTA CRISTÃ - Esse argumento é fantástico. Perfeito. Mas contra os unicistas, que acreditam que o Pai, o Filho e o Espírito Santo são a mesma pessoa, com funções diferentes. Sou eternamente grato ao pessoal do A Verdade é Lógica, pelo brilhante argumento. Eu nunca teria pensado em usá-lo contra os unicistas, se não fosse esses caras. Sinto-me devedor de vocês, queridos. 

Deixando a gozação de lado, esse argumento não fere em nada a Doutrina da Trindade. Por quê? Vamos ler o texto de João 1:18: "Ninguém jamais viu a Deus. O Deus unigênito, que está ao lado do Pai, foi quem o revelou."  Jesus é o único da espécie por ter apenas Ele sido chamado de Deus Unigênito. Nem o Pai, nem o Espírito Santo são Deuses Unigênitos. Mas na Trindade, há Três Pessoas Divinas, iguais em natureza, pois cada uma delas é plenamente Deus, mas Deus é um só. Sendo assim, não é apenas o Filho que é Deus, mas o Pai e o Espírito Santo. Portanto, o Espírito Santo é outro Consolador da mesma espécie que Jesus, pois é tão Deus como Jesus (MAS NÃO É DEUS UNIGÊNITO). 

O problema TJ é ver em nossa crença contradição onde não há. É como a história do Charles, que era casado com a Maria. O Charles deu um beijo no rosto da empregada, uma tal de Rose, e sua esposa, a Maria, pôs na cabeça que era um beijo enamorado*. Mas será que era? Admitindo que o Charles não mente, a melhor pessoa para explicar o beijo é o Charles. Mas na ótica TJ, a melhor pessoa para explicar o caso é a Maria. Fazer o que?! - Fernando Galli.
____________________________

* Eu não sei de onde que me inspirei para citar uma ilustração dessas. Será que foi de um filme que já assisti?

TESTEMUNHAS DE JEOVÁ - DESCULPAS PARA JUSTIFICAR SUAS FALSAS PROFECIAS PARA 1914, 1925 E 1975



[VEJA APOSTILA INÉDITA - RAZÕES PARA VOCÊ JAMAIS SER TJ. CLIQUE AQUI!!!] Como o maior perito em Testemunhas de Jeová do planeta terra, afirmo que os TJ previram a volta de Cristo para 1914, 1925 e 1975. Neste artigo, mostrarei as provas disso e como esta organização, quer oficialmente por meio de suas publicações, quer por seus apologistas virtuais tentam mascarar ou diminuir a seriedade dessas falsas profecias, ou até justificar tais aberrações com uma argumentação típica de quem não é humilde para reconhecer erros. 

Quais as Provas?

Primeiro lugar, Russel previu a volta de Cristo para 1914. Vejamos:
PREVISÃO PARA 1914 - ""Não vemos nenhuma razão para mudar os números, nem poderíamos nós mudá-los se quiséssemos. Eles são, nós cremos, datas de Deusnão nossas. Tenha em mente que o fim de 1914 não é a data do começo, mas do fim do tempo de tribulaçãoNão vemos qualquer razão para mudarmos de opinião..." - Torre de Vigia de Sião de 15/7/1894, p. 1677 (reimpressão em inglês)
""...o fim pleno do tempo dos Gentios... será alcançado em 1914 A. D... esta data será último limite para o domínio dos homens imperfeitos... a Igreja [será] levada para casa em um arrebatamento... porque cada membro reinará com Cristo..." Estudos das Escrituras II, 1888, pp. 76,77 (em inglês)".
RESPOSTA CRISTÃ - Datas de Deus? Não! Datas de homens. Qual a desculpa depois do fiasco? A velha de sempre, aquela que todo movimento heterodoxo dá para justificar seus fiascos: "Acertamos a data, erramos o acontecimento. Ou seja, algo aconteceu em 1914: Jesus se tornou Rei empossado nos céus, em vez de voltar para trazer o fim. Ele, Jesus, voltou invisivelmente!"

O pior de tudo é ver a organização TJ apregoar que a religião deles é a certa pois apenas eles haviam discernido em 1914 a volta invisível de Cristo. Mas isto é uma tremenda mentira, pois a organização TJ não discerniu isso em 1914 coisa nenhuma! Demorou um bom tempo para eles justificarem o fiasco afirmando que Jesus havia se tornado Rei empossado em 1914. Isto se deu nos dias de Rutherford, depois da morte de Russell, em 31 de outubro de 1916, quando o fim chegou para ele. 
PREVISÃO PARA 1925 - ""Seja como for, há evidência de que o estabelecimento do Reino na Palestina será provavelmente em 1925dez anos mais tarde do que nós uma vez tínhamos calculado [isto é, 1915]." - O Mistério Consumado, 1917, p. 128 (em inglês). 
"A data 1925 é ainda mais distintamente indicada pelas Escrituras, pois é fixada pela lei que Deus concedeu a Israel."- A Sentinela de 1/9/1922, p. 262  (em inglês). 
"Temos tanta razão, ou mais, para crer que o reino será estabelecido em 1925 do que Noé tinha para crer que haveria um dilúvio?... nosso pensamento é que 1925 está marcado definitivamente nas escrituras... Quanto a Noé, os cristãos agora têm mais sobre o que apoiar sua fé do que Noé tinha..." - A Sentinela de 1/3/1923, p. 106  (em inglês). 
"Por conseguinte, nós podemos esperar confiantemente que 1925 marcará o retorno de AbraãoIsaqueJacó e os profetas fiéis da antiguidade... um cálculo simples dos jubileus traz-nos a este importante fato." - Milhões que Agora Vivem Nunca Morrerão, 1920, pp. 88-90 (em inglês)"
RESPOSTA CRISTÃ - Rutherford, O BÊBADO, depois que suas profecias sobre 1925 não se cumpriram, nem sobre o fim, nem sobre o retorno dos profetas fiéis da antiguidade, chegou a dizer que se sentiu um asno. Mas na verdade, ele deveria ter se sentido como Russell também deveria ter se sentido - UM TREMENDO DE UM FALSO PROFETA.
PREVISÃO PARA 1975 - ""Devemos presumir, à base deste estudo, que a batalha do Armagedom já terá acabado até o outono de 1975 e que o reinado milenar de Cristo, há muito aguardado, começará então? Possivelmente... A diferença talvez envolva apenas semanas, ou meses, não anos.""
RESPOSTA CRISTÃ - É verdade que, oficialmente, o Corpo Governante TJ nunca afirmou claramente que o fim viria em 1975. Eles disseram aqui possivelmente. Mas a cronologia deles levou todos os Tjs da época a crerem que o fim viria em 1975. Como? Eles raciocinavam assim: Cada dia criativo de Gênesis tem 7.000 anos cada um, incluindo o último dia de descanso de Jeová, o sábado. Ensinavam que viviam no sábado de Jeová. Assim, pelos cálculos do Corpo Governante, em 1975 completar-se-iam 6.000 anos da criação de Adão. E esses 6.000 anos somados aos 1.000 anos de reinado de Cristo perfariam os 7.000 anos do último dia de Gênesis. Sendo assim, seria em 1975 que iniciaria os 1.000 anos de reinado de Cristo, logo, o Armagedom teria que vir até 1975. 

As Desculpas da Organização TJ

DESCULPA 1 - (a) "NÓS ERRAMOS, MAS OS DISCÍPULOS DE JESUS TAMBÉM ERRARAM."  - "Como é que isso aconteceria? Parecia razoável para os Estudantes da Bíblia que isso incluiria a glorificação de quem quer que ainda estivesse na Terra e que havia sido escolhido por Deus para participar no Reino celestial com Cristo. Mas como se sentiram quando isso não ocorreu em 1914? A The Watch Tower de 15 de abril de 1916, declarou: “Cremos que as datas revelaram ser bem corretas. Cremos que os Tempos dos Gentios findaram.” Contudo, candidamente acrescentou: “O Senhor não disse que a Igreja toda seria glorificada em 1914. Nós meramente inferimos isso e, evidentemente, erramos.” Nisto eles eram um tanto semelhantes aos apóstolos de Jesus. Os apóstolos conheciam e achavam que criam nas profecias concernentes ao Reino de Deus. Mas em várias ocasiões eles tinham falsas expectativas quanto a como e quando estas se concretizariam. Isto levou alguns ao desapontamento. — Luc. 19:11; 24:19-24; Atos 1:6."

(b) "As TJs não usam os servos de Deus para justificar seus erros. Usamos apenas os exemplos bíblicos como argumento para mostrar que nenhum servo de Deus deixou de ser servo de Deus por ter expectativas erradas. O fim não deixará de vir porque as TJs tentaram calculá-lo no passado." - A PATOTA DO A VERDADE É LÓGICA.

RESPOSTA CRISTÃ - Por que esta desculpa ou justificativa é mentirosa e perniciosa? Primeiro, porque os discípulos não previram o estabelecimento do reino num ano marcado. Eles, como toda a igreja durante os séculos, sempre achou que Cristo poderia vir a qualquer momento. Jesus pode vir amanhã! A qualquer momento! Mas e os TJs na época de 1914? Eles puseram DATA MARCADA! E Jesus já havia dito que acerca daquele dia e daquela hora só o Pai sabia! (Mateus 24:36; Marcos 13:32) Portanto, comparar-se com os discípulos da época de Jesus para dar a impressão que isso é normal, justificável, é uma tentativa muito SEM LÓGICA, você não acha? Outro ponto é: Quem foi TJ sabe que se um TJ pecar grave e for ser julgado pelos anciãos, se esse pecador disser: Eu errei, mas o irmão fulano também errou", esse pecador será julgado como não arrependido, pois está tentando diminuir a gravidade do seu pecado por afirmar que outros erraram como ele. Que pena que o Corpo Governante repete o mesmo erro. Erramos, mas os discípulos também erraram. 

Sobre a desculpa do pessoal do A VERDADE É LÓGICA, a Bíblia diz que Deus rejeita sim quem faz profecias ou prevê o futuro, usando o nome de Deus, e não se cumpre. Russell, o fundador do movimento TJ, disse que seus cálculos eram datas de Deus! E Deuteronômio 18:20-22 afirma que o profeta deveria ser morto! Uma coisa é esperar, outra coisa é pôr datas, e levar a organização inteira a ter falsas expectativas. A história mostra que houve muitos TJs, antes de 1975, que chegaram a vender o que tinham, para gastar seu dinheiro na pregação, antes que se completassem 6.000 anos da criação. 

DESCULPA 2 - "PREVIMOS DATAS PORQUE QUERÍAMOS VER O CUMPRIMENTO DOS PROPÓSITOS DE JEOVÁ". - "Em certas épocas, os Estudantes da Bíblia tinham esperanças e expectativas que têm sido ridicularizadas pelos críticos. Todavia, todas essas esperanças e expectativas arraigavam-se num desejo sincero de ver o cumprimento daquilo que esses cristãos zelosos reconheciam ser as infalíveis promessas de Deus." - Proclamadores do Reino, p. 631.

RESPOSTA CRISTÃ - A Bíblia já dizia há mais de 2.500 anos antes dessas falsas profecias TJs como reagir quando se tem a expectativa de que se cumpra uma profecia. Veja: "Pois a visão é ainda para o tempo determinado e se apressa para o fim. Ainda que demore, espera-a; porque certamente virá, não tardará." (Habacuque 2:3) Portanto, onde foi que Habacuque ensinou a se pôr datas para o cumprimento da visão? Em lugar nenhum! Esta desculpa sem vergonha parece a história do sujeito que não conseguia fazer o pênis dele ficar erecto para ter relações com sua esposa. Um dia, ele saiu com uma moça 20 anos mais jovem e, empolgado, conseguiu fazer seu pênis ficar erecto. Mas quando sua esposa descobriu, ele deu a seguinte desculpa: "É que eu tinha o desejo sincero de ver o comprimento daquilo que você, meu amor, reconhecia ser a infalível promessa minha de te fazer feliz na cama." 

DESCULPA 3 (TJs VIRTUAIS) - "SE JESUS DISSE QUE VIRIA NUMA HORA EM QUE NÓS NÃO PENSÁVAMOS, ISTO QUER DIZER QUE MUITOS PENSARIAM QUE ELE VOLTARIA NUMA HORA ERRADA!""A Bíblia diz que "... o Filho do homem vem numa hora em que vocês não pensam". Isso implica que os servos de Deus pensariam que Jesus viria antes de ele realmente vir." - PATOTA DO "A VERDADE É LÓGICA". 

RESPOSTA CRISTà- O fato de Jesus voltar numa hora em que não pensamos, POIS ELE VOLTARÁ COMO LADRÃO, OU SEJA, SEM HORA MARCADA, não significa que devamos marcar a hora para a volta do ladrão, não é mesmo? (Apocalipse 16:15) Além do mais, a frase "virá numa hora que vocês não pensam" não significa que Jesus estaria justificando alguém do erro de marcar datas, pois o próprio Jesus não incentivou marcar datas. (Mateus 24:36; Atos 1:6, 7) E outro ponto: Esse picaretas do A VERDADE É LÓGICA deveriam dizer a verdade, ou seja, o Corpo Governante TJ entende Lucas 12:40 não como cristãos pensando numa data para a volta de Cristo e Jesus vindo em outra. O Corpo Governante entende assim: "(Lucas 12:40) Alguns que servem a Jeová já por muitos anos podem perder o senso de urgência quanto ao tempo em que vivemos. Talvez até cheguem à conclusão de que o fim pode estar bem longe ainda. " (A Sentinela 1 de janeiro de 2003, p. 18.) Ou seja, o Corpo Governante interpreta corretamente, neste caso: Jesus vir numa hora em que não pensais significa nos pegar de surpresa, achando que iria ser depois, não antes! Esses do A VERDADE É LÓGICA estão prestando um desserviço até mesmo aos TJs! Não é à toa que não revelam sua identidade, porque se o fizessem já teriam sido expulsos de sua religião, a qual os PROÍBE DE FAZER SITES PARA DEFENDER A FÉ TJ. 

DESCULPA 4 (TJs VIRTUAIS) - "SE HABACUQUE AFIRMA QUE SE DEVE ESPERAR PELO CUMPRIMENTO DA VISÃO, ENTÃO É POSSÍVEL QUE ALGUNS PENSEM EM DATAS PARA O CUMPRIMENTO DA VISÃO ANTES MESMO QUE ELA SE CUMPRA."Habacuque 2:3 nos aconselha para que 'continuemos na expectativa' do fim ainda "que se demore". Algo somente demora se quem espera pensa que esse algo vem antes de realmente vir. O fim não pode demorar sem que se espere que ele venha antes do dia estipulado por Deus." - A PATOTA DO A VERDADE É LÓGICA.

RESPOSTA CRISTà- O fato de se esperar pelo cumprimento da volta de Cristo, mesmo que estejamos ansiosos de ver as promessas de Deus se cumprirem, não nos autoriza a por datas para tal cumprimento. Esses do A VERDADE É LÓGICA escreveram isso na página do FACEBOOK deles com a intenção de explicar porque no passado os TJs esperaram o fim com data marcada. Ou seja, eles até reconhecem em outros textos que erraram no passado, mas aqui estão tentando diminuir o tamanho do fiasco.

DESCULPA 5 (TJs VIRTUAIS) - NÓS NUNCA AFIRMAMOS QUE NOSSAS CRONOLOGIAS ERAM INFALÍVEIS. "Muitos argumentam que os servos de Deus nunca previram datas. Mas isso é irrelevante. A pessoa que argumenta isso apenas quer achar alguma base para ter como criticar as TJs. Os irmãos nunca disseram que seus cálculos cronológicos eram infalíveis. Ao contrário, eles diziam que eram apenas conjecturas."

RESPOSTA CRISTÃ - Como são mentirosos! O fato de algumas vezes terem dado a entender que poderia não se cumprir suas profecias ou interpretações da profecia através de falsas profecias não anula o fato de, conforme vimos mais acima, eles terem dito que seus cálculos eram datas de Deus! Ora, se eram datas de Deus, não estavam afirmando que eram infalíveis? Ou será que achavam que Deus poderia falhar? Basta reler as provas acima sobre 1925 e ver-se-á como se tinha CERTEZA de que o cálculo simples estava correto. Só que não! 

DESCULPA 6 - NÃO SOMOS FALSOS PROFETAS. NÃO TEMOS O DOM DA PROFECIA. SEMPRE CREMOS NISSO! - "Nunca disseram: ‘Estas são as palavras de Jeová.’ The Watchtower (A Sentinela), publicação oficial das Testemunhas de Jeová, já disse: “Não temos o dom da profecia.” (Janeiro de 1883, página 425) “Nem desejamos que os nossos escritos sejam reverenciados ou considerados infalíveis.” (15 de dezembro de 1896, página 306) A Sentinela disse também que terem alguns o espírito de Jeová “não significa que os que servem agora como testemunhas de Jeová são inspirados. Não significa que os escritos nesta revista A Sentinela são inspirados e infalíveis e sem erros”. (Setembro de 1947, página 135) “A Sentinela não se diz inspirada em suas pronunciações nem é dogmática.” (15 de agosto de 1950, página 263) “Os irmãos que preparam essas publicações não são infalíveis. Seus escritos não são inspirados assim como eram os de Paulo e dos outros escritores bíblicos. (2 Tim. 3:16) E assim, às vezes, tornou-se necessário corrigir conceitos, conforme o entendimento se tornou mais claro. (Pro. 4:18)” — 15 de agosto de 1981, página 19." - Despertai, 22 de março de 1993, p. 4. 

RESPOSTA CRISTà-  Em primeiro lugar, nem precisava afirmar com tamanha veemência que os TJs não têm o dom da profecia. Isto é um fato constatável, pois não acertam uma previsão de fim do mundo com data marcada. Gastaram tinta à toa. Em segundo lugar, o falso profeta, em Israel não era apenas aquele que fazia previsões para o futuro. Era aquele também que interpretava erradamente as Escrituras para o povo de Deus, ou que interpretava erradamente os sinais de Deus. Veja o que o próprio Corpo Governante escreveu sobre como identificar um falso profeta em Israel: "Se sua mensagem contradissesse a vontade e as normas reveladas de Deus, ele era falso." (Estudo Perspicaz das Escrituras, página 338, Volume 3) Portanto, a organização TJ, ao previr a volta de Cristo para 1914, 19225 e 1975, mesmo não fazendo uma profecia nova, mas interpretando uma profecia ERRADAMENTE (prevendo o fim com data marcado), INCORREU NO ERRO DE CONTRADIZER A VONTADE E AS NORMAS DE DEUS, reveladas na BÍBLIA. Sabe qual? As de Mateus 24:36, Marcos 13:32 e Atos 1:6, 7: NÃO SE DEVE ESTIPULAR DATAS PARA O FIM, POIS APENAS DEUS SABE O DIA E A HORA! 

Conclusão

Talvez, você esteja pensando: Mas que culpa teriam os TJs de hoje se foram TJs lá do passado que se tornaram falsos profetas? Não seria a mesma coisa que culpar todos os profetas de Deus do ano 600 a.C. para frente pelas falsas profecias de falsos profetas israelitas que viveram antes deles? Esta é uma excelente pergunta. Mas eu tenho uma resposta melhor que excelente: NÃO VEMOS NAS ESCRITURAS UM ÚNICO PROFETA VERDADEIRO DE DEUS, NEM UM ÚNICO SERVO VERDADEIRO DE DEUS, tanto no Antigo como no Novo Testamentos, DAREM SEQUER UMA ÚNICA DESCULPA, como fazem os TJs, PARA JUSTIFICAR OU DIMINUIR O GRAU DO ERRO DOS FALSOS PROFETAS QUE OS PRECEDERAM!!!! Pois se o fizessem, seriam tão errados quanto os falsos profetas! Por isso, eu dou graças a Deus de poder ser instrumento de Deus para escancarar com os defensores dos falsos profetas TJs do passado. São tão errados quanto eles! - Fernando Galli.
________________________________

Veja a prova documental sobre as desculpas do site A VERDADE É LÓGICA:


sábado, 23 de setembro de 2017

TESTEMUNHAS DE JEOVÁ - QUERUWIM E SUAS MALANDRAGENS PARA IMPESSOALIZAR O ESPÍRITO SANTO


Queruvim é o responsável pelo site Tradução do Novo Mundo Defendida. Ele é um grande covarde, que corre de debater comigo na TV ou nas rádios. Observe a seguir os argumentos que usou para provar que o Espírito Santo de Deus é apenas a força ativa (ou o poder) que emana de Jeová, e não um ser pessoal como nós, cristãos, defendemos.

Vejamos como é muito fácil refutar biblicamente, não com achismos, os argumentos desse apologista TJ fujão. Veja o primeiro argumento dele:


RESPOSTA CRISTÃ - Enche pessoas? Sim! Mas de que? Do poder dEle! Jesus disse: Recebereis PODER ao descer sobre vós o Espírito Santo. (Atos 2:4) Ficar cheio do Espírito Santo é ficar cheio do que o Espírito Santo nos dá. A linguagem figurada não está na expressão "Espírito Santo", mas na palavra "encher", afinal de contas, se a palavra "encher" fosse usada em Atos 2:4 e Êxodo 31:3 em sentido literal, o Espírito Santo teria que ser literalmente um líquido, ou vento. Mas não é. Que o Espírito Santo tem poder, e não é o poder de Deus, vemos em Romanos 15:13, onde Paulo usa a expressão "poder de Espírito Santo". Vamos trocar "Espírito Santo" por poder, em Romanos 15:13, é ver o que encontramos? "PODER DE PODER. É óbvio que isto seria ridículo. É poder de quem tem poder, ou seja, o Espírito Santo. 

Todos os outros textos que o herege Querubim cita segue a mesma regra. O Espírito Santo é a Pessoa da Trindade que infunde poder nos servos e filhos de Deus. E este poder pode vir sobre as pessoas, estar ativo sobre elas, ser simbolicamente derramado  pois o Espírito Santo não é líquido, pode ser parcelado porque o poder do Espírito Santo é distribuído conforme a vontade de Deus, pode ser simbolicamente soprado, pois assim como Deus soprou vida no homem (Gênesis 2:7), assim também soprou poder do Espírito Santo nos apóstolos de Jesus. Vejamos mais um argumento infundado e típico de um professor de grego para inglês ver:


RESPOSTA CRISTÃ - A maior parte dos textos que falam do Espírito Santo não o tratam como sendo algo, mas alguém. Esse "Queruvim" é mentiroso como ele só! Em primeiro lugar, ele ensina que o Espírito Santo é apenas o poder de Deus porque Pedro diz em Atos 2:33 que o Espírito Santo é chamado de "isto", que em grego é gênero neutro. Será que o uso de artigo neutro para o Espírito Santo o torna impessoal? A resposta é um sonoro não! Qualquer aluno de grego, no primeiro ano de curso num seminário teológico, já aprende que artigos, pronomes, substantivos neutros não são fatores conclusivos para se determinar natureza (pessoalidade ou não) de um ser. Por exemplo, a Biblia diz que Deus é amor. (1 João 4:8) Em grego, amor é uma palavra feminina. Deus é mulher? Não! Jesus é chamado de criança, menino em grego. (Mateus 2:8, 20) Mas a palavra paidion é gênero neutro. Jesus é algo ou alguém? Alguém, óbvio. A Bíblia diz que Deus é espírito. (João 4:24a) Deus é coisa por espírito ser palavra neutra? Não!

Por outro lado, usar a frase por que está triste o teu espírito (1 Reis 21:5) para explicar quem é o Espírito Santo de Deus é uma palhaçada teológica sem tamanho. É uma falácia de falsa comparação, pois enquanto Deus é espírito, o homem tem um espírito. São significados diferentes. Somente um asno a lá Rutherford (ele disse que se sentiu um asno quando não veio o fim que ele havia previsto para 1925) para se esquecer que espírito é uma palavra polissêmica. E afirmar que o espírito da pessoa é uma força que dela emana não tem o menor respaldo bíblico, pois nada emana de nós, mas de Deus. Vejamos agora outro argumento que nada tem a ver com a verdade de Deus:


RESPOSTA CRISTÃ - Todos estes textos, de fato, são substantivos neutros, e não se referem a seres pessoais. Parece convincente? Em mim, nem me fez cócegas. Comparar substantivos neutros não polissêmicos com "espírito", que é polissêmico, demonstra a infantilidade desse pobre sujeito sem predicado algum na arte de interpretar a Bíblia. Batismo, nome, vestimenta, barco, montanha, tem sempre o mesmo significado. Mas espírito pode se referir a fôlego de vida impessoal (Eclesiastes 3:21), seres espirituais pessoais, como os anjos e os demônios. Creio nem precisar perder meu tempo para refutar uma idiotice dessas. Vejamos o último argumento do sofismático Queruwim, o fujão!


RESPOSTA CRISTà- Corretíssimo. Todos os textos acima contêm casos de personificação. Mas a pergunta é: QUEM DISSE QUE O FATO DE AS PALAVRAS ACIMA SEREM PERSONIFICADAS, QUE O ESPÍRITO SANTO ESTÁ SENDO PERSONIFICADO TAMBÉM? Se eu fosse um budista, ou adepto da cientologia cristã, eu poderia argumentar que o Pai de Jesus, na verdade, é uma força, e que todos os textos que tratam o Pai como pessoa, é mera personificação. Os TJs vão dizer que o como a Bíblia não diz o nome do Espírito Santo, então isso prova que ele é um ser impessoal, todavia, o ser não precisa de nome para ser o que é. Isso é abobrinha de desesperados. A própria seita Tj já admitiu que o nome Jeová foi um nome que Deus deu a si mesmo para se relacionar com o homem, logo, desde a eternidade até a criação, o Deus TJ nunca teve nome. 

Espero estar sendo de ajuda, principalmente àqueles que se deixam levar pela lábia de falsos profetas, e depois se veem obrigados a pedir socorro. - Fernando Galli.

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

TESTEMUNHAS DE JEOVÁ - 332a. MUDANÇA DE ENSINO: PARA SER ANTEPASSADO DE JESUS NÃO PRECISA MAIS SER PRIMOGÊNITO.


Brilhou a luz de novo na seita TJ! O "jeová TJ" mandou um raio de luz que mudou a seguinte interpretação. Anteriormente, a seita TJ ensinava que para um israelita fazer parte da linhagem do Messias, ele tinha que ter direitos de primogenitura. Mas agora, passaram a entender o que NÓS JÁ ENTENDÍAMOS HÁ SÉCULOS!!!!! Veja:

"No passado, nós entendíamos que a resposta a essa pergunta era “sim”. Isso parecia estar de acordo com Hebreus 12:16. Esse texto diz que Esaú não dava valor às coisas sagradas e que “abriu mão dos seus direitos de primogênito em troca de uma só refeição”. Então, parecia que, quando Jacó comprou de Esaú os “direitos de primogênito”, ele automaticamente passou a ser um antepassado do Messias. — Mat. 1:2, 16; Luc. 3:23, 34Mas alguns relatos bíblicos nos ajudam a ver que um israelita não precisava ter os direitos de primogênito para ser antepassado do Messias. Veja algumas provas disso." - A Sentinela de Dezembro de 2017, p. 14, 15.

Ou seja, a luz do "jeová-TJ" se adequou ao nosso entendimento, pois qualquer um pode perceber que nem sempre um antepassado do Messias, em sua Genealogia, era o primogênito, como o caso de Judá e de Davi, por exemplo. - Lucas 3:34; 1 Samuel 16:10, 11; Mateus 1:5, 6.

Ou seja, mais um ensino em que a seita TJ se adéqua ao que às Igrejas Cristãs já criam! Que deus "jeová" é esse que deixa primeiro o lado negro da força saber a verdade, para depois ensinar a verdade para seu povo? - Fernando Galli.

sábado, 9 de setembro de 2017

TESTEMUNHAS DE JEOVÁ - JÁ ENSINARAM QUE O DIABO CRIOU ALGUNS INSETOS!


Quem criou os insetos? Jeová! Mas todos os insectos? Sim! Inclusive aqueles que nos prejudicam? Sim! Não teria sido o diabo o criador de alguns deles, como o Aedes Aegypt? Não! Mas pasmem, prezado leitor! Você poderia imaginar que a seita que se apregoa a única religião verdadeira já ensinou que alguns insetos foram criados pelo Diabo? A mais pura verdade! Veja com seus próprios olhos!

REVISTA THE GOLDEN AGE, 19 DE DEZEMBRO, página 168. 

A tradução do trecho em amarelo: Provavelmente, o Senhor fez alguns dos insetos úteis. Sem dúvida o diabo fez alguns dos outros. O Senhor é o melhor arquiteto.

Veja a capa da revista The Golden Age, de 19 de dezembro de 1923.


Estas palavras formam um dos ensinos mais bizarros que a seita TJ já ousou ensinar. Atribuir uma obra divina a Satanás é blasfemar contra o Espírito Santo de Deus, assim como afirmar que Jesus expulsava demônios através de Belzebu. - Mateus 12:24-32.

É óbvio que os TJs não ensinam esta besteira atualmente. Mas pus isto para questionar algo: Esta seita apregoa que Jeová, até 1919, havia purificado o templo da organização terrestre dele contra os ensinos falsos. Mas que limpeza mal feita foi essa? Além de comemorarem o Natal até 1927, em 1923 estavam ensinando que o Diabo era criador inferior ao Senhor! Somente um falso deus poderia ter feito uma faxina espiritual tão mal feita assim! Parece a empregada doméstica que, desejando terminar o serviço mais cedo, empurra para debaixo do tapete as migalhas ou até a sujeira maior! Que "jeová" do cão é esse! 

Definitivamente, nunca foi o SANTO SANTO SANTO DEUS YAHWEH DAS ESCRITURAS, a quem eu tanto amo, que teria escolhido esses horrorosos intérpretes da Bíblia para serem seu povo! Querido Deus Jeová dos Exércitos, MUITO OBRIGADO, EM NOME DE JESUS, POR TER ME LIBERTADO DE UMA SEITA, QUE DURANTE MUITOS ANOS, PECOU CONTRA O ESPÍRITO SANTO DE DEUS, por atribuir obra criativa a uma criatura e além disso a Satanás! - Fernando Galli.

quarta-feira, 6 de setembro de 2017

TESTEMUNHAS DE JEOVÁ - OS MEMBROS DOS 144 MIL, QUANDO MORREM, AJUDAM JEOVÁ A REVELAR VERDADES?


Todos sabemos que os TJs acreditam que apenas 144 mil viverão no céu. Para essa seita, os 144 mil começaram a ser juntados no Pentecostes, de modo que este número ainda não está completo, pois todo ano há novos professando ser da classe ungida. Atualmente, os TJs creem haver uns 20 mil ainda vivos. Mas e os que já partiram para o céu? Bem, vou contar-lhes uma das piores heresias e mentiras que Satanás ensina através dessa seita. Você sabia que eles acreditam que quando um desses 144 mil morre, ele é usado por Jeová para transmitir verdades aos TJs, no caso, ao Corpo Governante, aqui na terra? Veja:

"Desde o tempo do apóstolo João, e até o dia do Senhor, cristãos ungidos ficaram curiosos quanto à identidade da grande multidão. Portanto, é apropriado que um dos 24 anciãos, representando os ungidos já no céu, estimule o raciocínio de João por fazer uma pergunta pertinente: “E, em resposta, um dos anciãos me disse: ‘Quem são estes que trajam compridas vestes brancas e donde vieram?’ Eu lhe disse assim imediatamente: ‘Meu senhor, és tu quem sabes.’” (Revelação 7:13, 14a) Sim, este ancião podia achar a resposta e dá-la a João. Isto sugere que os ressuscitados do grupo dos 24 anciãos talvez estejam envolvidos em transmitir verdades divinas hoje em dia. Os da classe de João, na Terra, da sua parte, ficaram sabendo da identidade da grande multidão por observarem de perto o que Jeová realizava no meio dela. Chegaram a reconhecer prontamente os brilhantes lampejos de luz divina, que adornaram com cores brilhantes o firmamento teocrático em 1935, no tempo devido de Jeová." - Clímax de Revelação, p. 125.

Pode algo soar mais diabólico do que isso? Onde está o erro grosseiro dessa interpretação? Os 24 anciãos aqui representa toda a igreja redimida por Cristo já no céu, composta de judeus (doze tribos) e cristãos (doze apóstolos). João, aqui, está descrevendo como um representante da Igreja já no céu conta a ele, QUE VEIO ESTAR NO DIA DO SENHOR (1:9), quem é a grande multidão, e como recebeu a ordem de escrever o que via. Foram visões que significavam algo. Neste caso, João está descrevendo a visão que teve, que se tornou parte do livro de Apocalipse.

O fato de o representante dos 24 anciãos revelar a João quem é esta grande multidão não significa que hoje os membros da Igreja já no céu ficam revelando ou transmitindo mensagens de Jeová para uma liderança de Igreja. A identidade dessa grande multidão já foi revelada NA VISÃO INSPIRADA DO APOCALIPSE. São pessoas que sairão da grande tribulação que ainda ocorrerá, não ocorreu. Já começa aí a tolice de achar que o ajuntamento da grande multidão se deu em 1935. Se assim fosse, como entender que muitos deles já morreram sem ter passado pela grande tribulação? Inclusive, o contraste entre o número definido de 144 mil com um número que ninguém podia contar se dá pelo seguinte motivo: Os que já estão no céu são um número determinado. Os que ainda passarão pela grande tribulação não se sabe, só Deus, pois homem algum podia contar.

Quem são, de fato, os que revelam ou transmitem os ensinos para o Corpo Governante? É óbvio que são Satanás e seus anjos demoníacos. O simples fato de essa seita já ter mudado 331 vezes de ensinos já mostra que a fonte de tais ensinos não é confiável. Vem de um falso deus maldito que será lançado no lago de fogo e enxofrem juntamente com seus anjos mensageiros. Enquanto isso, a Igreja já no céu está lá, sem contato com o mundo nosso aqui, pois não têm parte alguma com os assuntos que ocorrem debaixo do sol. - Eclesiastes 9:3-11.

Agora imagine o ponto: Charles Taze Russell previu a volta de Cristo para 1914. Mas o fim chegou para ele em 1916, quando morreu. Daí, conforme a seita ensina, ele e todos os membros dos 144 mil que já tinham morrido desde o ano 33 d.C, foram ressuscitados em 1919 para viver com Jesus nos céus. A partir de então, Russell seria um dos 144 mil já nos céus aptos para transmitir verdades ao "povo de Jeová" aqui na terra. Com isso em mente, perguntamos: Onde é que Russell estava lá no céu quando o "povo de Jeová" previu a volta de Jesus em 1925 para restabelecer o reino de Deus na Palestina? Eu acho que ele estava defecando, com Baal, resolvendo um assunto importante, ou jogando truco. E pior, onde ele estava quando o corpo governante insinuou que provavelmente o fim viria em 1975? Defecando de novo?

Portanto, sou grato a Deus por ter sido liberto de uma seita que recebe mensagens de supostos seres celestiais, que na verdade são espíritos demoníacos. - Fernando Galli.

MARIONETES DO CORPO GOVERNANTE - O CORPO GOVERNANTE ENSINA MESMO QUE OS DEUSES DE 1 CORÍNTIOS 8:5 SÃO ANJOS?


Os apologistas virtuais TJs estão desesperados, pois haviam usado 1 Coríntios 8:5 para provar que os deuses quer nos céus se referem a anjos de Jeová, tudo isso com a tentativa de incluir Jesus entre eles. Como fui 17 anos TJ, DENUNCIEI: Mentira! O Corpo Governante não ensina isso coisa nenhuma! (A menos que mudaram isso há alguns segundos e eu não fiquei sabendo). Provei por A + B, com referências da própria seita, que oficialmente o corpo governante aplica os deuses de 1 Coríntios 8:5 a deuses falsos e inexistentes. Tanto que colocam em 1 Coríntios 8:5 a palavra deuses entre aspas: "deuses". Não contentes com as provas concretas, o famoso QUERUBIM, proprietário do site Tradução do Novo Mundo Defendida, fez outra tentativa fazer para provar que os deuses quer nos céus de 1 Coríntios 8:5 se refere a anjos de Jeová. Vejamos o que ele aprontou:


Parece convincente? Não! Nem um pouco! As referências de 1 Coríntios 8:5 apontadas no CD ROM da Biblioteca da Torre de Vigia não visam explicar quem são os deuses de 1 Coríntios 8:5, mas apenas apontar que os anjos também são chamados de deuses, E ISSO A GENTE JÁ SABE, CONCORDA, E ENSINA. A questão é: Quem são, para o Corpo Governante e para nós, os deuses quer nos céus de 1 Coríntios 8:5? Como já havíamos mostrado em outra matéria [clique aqui], todas as provas que encontramos na literatura TJ explicando quem são esses deuses de 1 Coríntios 8:5 são deuses falsos, tanto que na Bíblia TJ aparece entre colchetes, porque não são deuses de fato. 

Veja ainda mais uma tentativa fracassada do mesmo enganador acima:


Aqui o mentiroso TJ está tentando provar novamente que os deuses de 1 Coríntios 8:5, na opinião oficial da seita TJ, referem-se a anjos, MAS ELE ESTÁ ERRADO! ESTÁ MENTINDO DESCARADAMENTE! Tenta manipular os fatos. Ele menciona que na Tradução do Novo Mundo Revisada de 2015, ocorrem três referências para explicar quem são esses deuses: Salmo 82:1; Salmo 82:6; João 10:34, 35. Estes dois últimos usam a palavra deuses para se referir ao juízes. Concordamos. 

Mas segundo o mentiroso, a TNM 2015 cita Salmos 82:1, onde diz que Jeová toma sua posição na assembleia divina e julga entre os deuses. Então, o nobre TJ afirma que a seita dele, por citar como referência de 1 Coríntios 8:5 o Salmo 82:1, quer ensinar que esses deuses de 1 Coríntios 8:5 são anjos. Será que a seita TJ afirma mesmo que são? Vejamos o que A Sentinela 15 de dezembro de 1986, página 28 diz, ao explicar o Salmos 82:1:
"Como é que Deus “julga no meio dos deuses”? Evidentemente, os “deuses” eram os juízes de Israel. Eram chamados de deuses, porque eram poderosos na sua capacidade judicativa. Jeová, o Supremo Juiz, tinha o direito divino de entrar no meio de tais juízes para repreendê-los por deixarem de julgar segundo as leis dele. — Isaías 33:22; Salmo 82:2-4."
Agora vejamos o que A Sentinela 15 de julho de 2006, página 11 afirmou sobre quem são os deuses do Salmos 82:1, 6:
"82:1, 6 — Quem são os chamados de “deuses” e de “filhos do Altíssimo”? Ambas as expressões se referem a juízes humanos em Israel. Isso é apropriado, pois deviam servir como porta-vozes e representantes de Deus. — João 10:33-36."
Percebeu? Tanto os deuses de Salmo 82:1 e de 82:6 se referem ao mesmo grupo de juízes de Israel. E nós concordamos!!!! E o mentiroso TJ está tentando enganar seus leitores afirmando que a TNM 2015, no texto de 1 Coríntios 8:5, cita o Salmo 82:1 para se referir a anjos, tudo isso com a intenção de fazer seus leitores acreditarem que Jesus é um desses deuses que estão nos céus. Conversa fiada!

Fui 17 anos TJ. Ninguém aqui no Brasil sabe tanto quanto eu sobre o que essa seita ensina ou já ensinou! O que me revolta é que eu tenha que mostrar o que essa seita realmente ensina para enganadores malandros e para os enganados! - Fernando Galli.

segunda-feira, 4 de setembro de 2017

ESBOÇOS DA FÉ - SER SANTO PORQUE DEUS É SANTO


INTRODUÇÃO
  • Como podemos ser santos como Deus é santo?
  • Que ajudas temos para buscarmos a santidade?

A Santidade de Deus tem dois aspectos. 
  • Moral – Deus é absolutamente Santo porque Ele é absolutamente distinto de sua criação e exaltado acima delas em majestade infinita.

  1. 1 Samuel 2:2 – Não há ninguém santo como o SENHOR.
  2. Êxodo 15:11 – Poderoso em santidade.
  3. Isaías 57:15 – Deus possui nome santo e habita num lugar alto e santo.
  • Ética – Separação do mal moral, isto é, o pecado. É neste sentido que temos que ser santos como Deus é. Ele é o nosso padrão.

  1. Jó 34:10 – Longe de Deus está o praticar a maldade e fazer o mal.
  2. Habacuque 1:13 – Tu que és tão puro de olhos, que não podes ver o mal e não podes contemplar a maldade.
  3. Isaías 6:5 – Ai de mim, porque sou homem de lábios impuros e os meus olhos viram o Rei.
A Santidade de Deus é revelada na lei moral implantada no coração do homem. 
  • Na lei dada a Israel. Ela tinha por finalidade nos conduzir a Cristo. Neste sentido, Cristo é o fim (ou finalidade) da lei. – Romanos 10:4.

A suprema revelação da santidade de Deus foi dada em Jesus Cristo. Ele refletiu em sua vida a perfeita santidade de Deus. 
  • Jesus Cristo deixou-nos um modelo para seguirmos seus passos. – 1 Pedro 2:21.
  • A Bíblia nos mostra como Jesus era santo:

  1. Hebreus 7:26 - Porque precisávamos de um sumo sacerdote como este: santo, inocente, imaculado, separado dos pecadores, tendo-se tornado mais sublime que o céu.
  2. A Bíblia diz que podemos imitar a Jesus Cristo. – 1 Coríntios 11:1.
  3. Jesus é o padrão humano e perfeito de santidade. Por isso, a Bíblia nos exorta a sermos como ele em santidade.
  4. 2 Pedro 3:14 - Por isso, amados, enquanto aguardais essas coisas, esforçai-vos para que sejais achados em paz por ele, imaculados e irrepreensíveis. 
O sacrifício expiatório de Jesus nos torna santos, pois somos lavados, purificados e justificados por ele, de modo que Jesus, ao levar nossos pecados a Deus, somos declarados justos. – 1 Coríntios 6:9-11.

  • Atos 13:39 - E por meio dele, todo o que crê é justificado de todas as coisas de que não pudestes ser justificados pela lei de Moisés.
  • Romanos 3:24 - Sendo justificados gratuitamente pela sua graça, por meio da redenção que há em Cristo Jesus.
  • Romanos 5:1- Portanto, justificados pela fé, temos paz com Deus, por meio de nosso Senhor Jesus Cristo.
  • Hebreus 10:10, 14 - É nessa vontade que fomos santificados pela oferta do corpo de Jesus Cristo, feita de uma vez por todas. [...] Pois com uma só oferta aperfeiçoou para sempre os que estão sendo santificados.
A Intimidade com o Espírito Santo de Deus nos mantém no caminho de santidade.
  • É interessante que o AT fala muito mais vezes que Deus é santo do que no NT. Isto se dá porque é na Terceira Pessoa da Trindade, o Espírito Santo que Deus comunica Sua santidade a Seu povo.
  • O Espírito Santo convence o homem do pecado (João 16:8), regenera o homem (João 3:3-6), dá ao salvo o selo e a garantia de salvação (Efésios 1:13, 14) e dá o seu fruto para vivermos uma vida em oposição às obras da carne. – Gálatas 5:19-23.
A Palavra de Deus nos ajuda a sermos santos, separados do pecado e do próprio Satanás.

  • A Bíblia é a voz de Deus quando nos desviamos do caminho. – Isaías 30:21.
  • Ela nos ensina a olharmos para Cristo e a distinguir o certo do errado.

  1. João 13:17 – Se sabeis estas coisas, felizes sois se as praticardes.
  2. Hebreus 5:14 - Mas o alimento sólido é para os adultos que, pela prática, têm suas faculdades morais exercitadas para distinguir entre o bem e o mal.
  3. 1 Tessalonicenses 5:22 – Evitai tudo o que é mau.
  4. Tiago 4:7 Assim, sujeitai-vos a Deus, mas resisti ao Diabo, e ele fugirá de vós.
  5. 1 Coríntios 10:31 - Portanto, seja comendo, seja bebendo, seja fazendo qualquer outra coisa, fazei tudo para a glória de Deus.
CONCLUSÃO 
  • Podemos ser santos como Deus é santo, pois:
  •  Podemos viver separados do pecado;
  • O Sacrifício de Jesus Cristo nos traz justificação e santidade.
  • O Espírito Santo de Deus participa de nossa salvação, nos regenerando, agindo como o selo e a garantia de nossa salvação.
  • A Bíblia nos ensina a fazer tudo para a glória de Deus, a fugirmos do pecado e, sujeitando-nos a Deus, fugirmos de tudo o que é mau.  - Fernando Galli.

domingo, 3 de setembro de 2017

MARIONETES TJS DO CORPO GOVERNANTE - 1 CORÍNTIOS 8:5 FALA SOBRE DEUSES FALSOS? QUEM POSSUI NATUREZA DIVINA?


O Apologista TJ, contrariamente ao que a seita dele ensina oficialmente, teima em afirmar que os "deuses quer no céu" de 1 Coríntios 8:5 inclui os anjos de Jeová, quando nós, teólogos cristãos, e a seita dele afirmamos que se referem a deuses falsos. O apologista do verdade-é-lógica desesperadamente quer considerar "deuses quer no céu" como anjos de Jeová para enfiar Jesus no meio deles, como um deus menor que o Pai. Veja o que ele escreveu:


RESPOSTA CRISTÃ - Deuses falsos são seres ou atribuições dadas a seres que, existindo ou não, não são deuses coisa nenhuma, em qualquer acepção que a palavra "deus" possa ter. Vejamos alguns exemplos:

Satanás, o diabo, é um deus falso? A Bíblia o chama de deus deste século. (2 Coríntios 4:4) Embora a pessoa de Satanás seja real, ele não é deus de fato, pois a Bíblia diz que não há outro Deus além de YHWH. Isaías 44:8b: "Por acaso há outro Deus além de mim? Não, não há Rocha! Não conheço nenhuma." Portanto, o ensino dos TJs Corpo Governante está correto:

"... a mais antiga autoridade escrita sobre religião, a Bíblia, descreve como um deus falso, atuando por meio duma serpente, engodou os nossos primeiros ancestrais para que adotassem um proceder desastroso. Até hoje sofremos os resultados penosos da estratégia usada por ele. (Gênesis 3:1-13, 16-19; Salmo 51:5) [...] Jeová Deus tem o propósito de limpar seu nome de todo o vitupério que o falso deus Satanás tem lançado sobre ele." - A Sentinela 1 de janeiro de 1992, página 4.

Satanás existe como pessoa? Sim! Mas é Deus? Nunca! É como se descobríssemos que João é um falso médico. Ele, como pessoa, existe, mas não é médico. Satanás é adorado como deus, mas ele não é deus coisa nenhuma. 

E os anjos, chamados de deuses no Salmo 8? São deuses? Sim, mas na mera acepção de representarem, com poder, o Deus da Bíblia. Eles não são deuses por natureza, mas quando agem a serviço de Deus, são deuses. Nem nessa acepção Satanás é deus, pois ele não é representante de Deus. Para o diabo, compete a pergunta se ele é um deus falso ou verdadeiro. É falso, porque não representa ao Deus da Bíblia. 

Assim, enquanto apenas o Deus verdadeiro é Deus ESSENCIALMENTE, POR NATUREZA, e apenas Ele possui natureza divina, todos os outros seres chamados de deuses por representar a Deus portam não a natureza divina, mas um título, a saber, "deus". Neste grupo, estão anjos, Moisés (Êxodo 7:1), os Juízes (Salmo 82:1, 6). Para estes, não compete a pergunta se são deuses falsos ou verdadeiros, pois a palavra "deus" atribuída a eles trata-se de título. Por isso que não se menciona servos de Deus dizendo a eles: MEU DEUS!

Então, a pergunta é: Jesus é um deus falso? Não! Nem os cristãos, nem os TJs, diriam que Jesus é um falso deus. Resta determinar se Jesus é chamado "DEUS" na acepção de apenas ser representante de Deus, portando assim o título "deus", ou por ele ser DEUS por essência, ser Deus por natureza. 

Os TJs dirão que em João 7:29 se diz que Jesus é representante de Deus. Concordamos que Jesus, por proceder do Pai (que é o que está escrito em grego) representou Deus aqui na terra. Mas será que Jesus é apenas representante de Deus? Não, Ele é o próprio Deus, que na Pessoa do Filho, representou a Deus, o Pai. Jesus, no princípio, estava com Deus (o Pai e o Espírito Santo e o próprio Jesus era divino, Deus por natureza). (João 1:1) A Bíblia diz que Tomé disse a Jesus: "Ho kyrios mou kai ho theós mou" (O Senhor de mim e o Deus de mim). (João 20:28) E além disso diz que os anjos de Deus o adoram. (Hebreus 1:6) Portanto, Jesus não é deus falso como o diabo, não é deus por título, mas é Deus por natureza. As únicas Pessoas que possuem natureza divina são o Pai, o Filho e o Espírito Santo. Por quê? Porque sempre foram Deus por natureza.

Por incrível que pareça, o Corpo Governante TJ diz que para o próprio Jeová, a palavra DEUS é um título. Observe:
"Sem dúvida, todos os seus conhecidos têm um nome. Deus também tem um nome pessoal para distingui-lo de todos os outros. Alguém talvez pergunte: ‘Mas o nome dele não é “Deus”?’ Não, porque “Deus” é apenas um título, assim como “Presidente”, “Rei” e “Juiz” são títulos." - Poderá Viver para Sempre no Paraíso na Terra, p. 41, par. 18.
Isto é uma blasfêmia contra o Deus da Bíblia. A grande diferença entre o Deus verdadeiro dos deuses falsos e dos que usam o título deus é que YHWH - Pai, Filho e Espírito Santo - é Deus por natureza, e os outros são meros títulos, uns legítimos, outros ilegítimos, dados a criaturas. A pergunta é: Jesus é Deus por natureza ou por título? Veja o que a seita TJ afirma sobre Jesus e sua natureza:
"Existência Pré-humana. A vida da pessoa que se tornou conhecida como Jesus Cristo não começou aqui na terra. Ele mesmo falou da sua vida celeste pré-humana. (Jo 3:13; 6:38, 62; 8:23, 42, 58) João 1:1, 2, fornece o nome celeste daquele que se tornou Jesus, dizendo: “No princípio era a Palavra [“Verbo”, Al; CBC; gr.: Lógos], e a Palavra estava com o Deus, e a Palavra era um deus [“era divina”, AT; Mo; ou “de natureza divina”, Böhmer; Stage (ambas em alemão)]." - Estudo Perspicaz, Volume 2, p. 534, 
"A “natureza divina” requer uma mudança de natureza por meio de morte e ressurreição, conforme o apóstolo Paulo torna claro em Primeira Coríntios, capítulo 15. Ele explica que o cristão tem de morrer e tem de ser ressuscitado num corpo diferente, um espiritual, o que requer uma mudança. — 1Co 15:36, 38, 44, 49, 51." - Estudo Perspicaz, Volume 3, p. 65. 
"Jesus tinha de morrer, despindo-se do corpo de carne, para que pudesse receber a mudança para a “natureza divina” por ser ressuscitado “no espírito”. — 2 Ped. 1:4; 1 Ped. 3:18." - A Sentinela 1 de outubro de 1974, p. 606.
Pasmem! Para os TJs Jeová Deus tem natureza divina, Jesus também tem, POIS MORREU E FOI RESSUSCITADO, e todos os que forem ressuscitados para morar no céu (os 144 mil) terão também (a Bíblia diz sobre os salvos participarem da natureza divina, ou seja, ter comunhão (em grego) com a natureza divina, não que terão a natureza divina. - 2 Pedro 1:4.

Veja que absurdo! Ensinam que Jesus tinha a natureza divina no princípio, que deixou de ter a natureza divina enquanto esteve na terra e só a reouve quando foi ressuscitado de sua morte!!! Ou seja, é o pior "jesus" que já conheci na minha vida. Ele não é o mesmo hoje, ontem e sempre (Hebreus 13:8) porque não apenas deixou de existir por três dias mas também deixou de ter a natureza divina enquanto homem. É uma porcaria de "jesus". Um falso "jesus". Literalmente, um "outro jesus". 

Portanto, embora devamos tratar bem a pessoa TJ, respeitar o direito dela de praticar a crendice dela, devemos evitar que a porta da nossa casa, desde a calçada, seja contaminada espiritualmente por demônios que tentam trazer até nós conceitos errôneos sobre Deus e os falsos deuses. Bíblia neles, irmãos! São pessoas maravilhosas, mas terrivelmente equivocadas! - Fernando Galli.

sexta-feira, 1 de setembro de 2017

AS MARIONETES DO CORPO GOVERNANTE


Queremos informar que todas as heresias dos TJs virtuais serão refutadas num espaço de nosso site especialmente dedicados a eles. Por quê? Porque atacam nossas crenças no anonimato, visto que a própria seita deles os proíbe de escrever sites de defesa de sua fé. São desobedientes à própria seita que defendem. Além disso, não se identificam porque como a seita deles muda em média três ensinos por ano, se eles se identificarem defendo um ensino e este for mudado, vai ficar feio para eles. E como se não bastasse, brincam com os nomes das pessoas que discordam. Nem vamos mencionar isso aqui, pois o que fazem é típico da seita deles. Com vocês, MARIONETES DO CORPO GOVERNANTE. (EM BREVE)

TESTEMUNHAS DE JEOVÁ - MAIS UM HEREGE VIRTUAL: O PUBLICADOR DO REINO


Entre a nata de "especialistas" TJs em "bíblia", surgiu mais um aventureiro para defender os ensinos da seita TJ. Este site tem fulminado com todas as argumentações TJs, tanto oficiais quanto as paraguaias. Vejamos algumas das heresias que o tal Publicador do Reino da Seita TJ comenta?

DESAFIO AO FALSO PROFETA ROMILSON FERREIRA

Estou desafiando este falso profeta a sofrer, ou eu ou ele, as consequências de se agir como falso profeta. Ele previu datas para arreba...