segunda-feira, 31 de maio de 2010

EVANGELISMO - NÃO SE ACANHE DE FALAR A VERDADE COM A BÍBLIA

Os tempos mudaram. A expressão "Jesus te ama" virou clichê, embora não deixe de ser uma verdade inquestionável. Deus é amor! (1 João 4:8) Conhecer o amor de Cristo excede todo entendimento. (Efésios 3:19) E o que é conhecer o amor de Cristo?
"É conhecer o próprio Cristo em uma experiência cada vez mais abrangente, e ter seu permanente e abnegado amor reproduzido em nós mesmos". - Comentário Bíblico Pentecostal Novo Testamento, página 1233. 2a. Edição. 2004. CPAD.
Quando conhecemos a Cristo, conhecimento este inesgotável, precisamos expressar esse amor por falar algumas verdades às pessoas. É óbvio que há assuntos que elas não estarão ainda preparadas para ouvirem. - João 16:12. 

Todavia, aqueles que se negam a crer nos ensinos de Jesus precisam ouvir a verdade! Então, embora seja bom fazer elogios, não acho correto dizer aos espíritas: "Parabéns por suas boas obras. Isso mostra que você é uma pessoa de Deus." Ou então aos budistas: "Que bom que você vê Deus numa flor, na água, nas estrelas. Tudo é Deus! Deus é tudo!" Ou aos questionadores da Bíblia: "Aprecio saber que você é um questionador. Jesus ama essas pessoas, pois ele mesmo questionava." Com nossas palavras temperadas com sal, a verdade precisa caminhar. Por isso, nossas tentativas de lançar uma base para acordo mútuo com essas pessoas têm limites. Não podemos elogiar o que não é para ser elogiado. Paulo elogiou os atenienses por serem religiosos (Atos 17:22), mas não elogiou suas crenças, nem os considerou como filhos de Deus porque de fato não eram. Segundo a Bíblia, só é filho de Deus quem recebe a Jesus, quem tem fé verdadeira em Jesus. (João 1:12; Gálatas 3:26) Em nosso evangelismo para com os que negam a Bíblia como a inteira Palavra de Deus, ou para com espíritas que negam a salvação pela morte sacrificial de Cristo Jesus, não podemos ter receio ou vergonha de dizer ao pecador: "Deus exige isso de você!", "Você precisa mudar, segundo a Bíblia", "a Bíblia diz assim, você precisa reavaliar seus conceitos". 

Já conheci muitas pessoas que não creem na Bíblia, e elas dizem com sinceridade: "Nem tudo é verdade na Bíblia." Eu posso elogiar a sinceridade da pessoa, mas não posso elogiar a crença dela. Outros me disseram: "Não creio em tudo o que Jesus falou." Novamente, posso agradecer a pessoa por ter dito o que pensa, mas não posso compactuar com o que pensa. Então, como evangelizar essas pessoas? 

Primeiro, entender que é o Espírito Santo quem convence o pecador. - João 16:8. 

Segundo, entender que nem todos serão convencidos. Por quê? Ineficiência do Espírito Santo? Não! Acha mesmo que alguém resistiria ao poder do Espírito Santo de convencer a menos que não fosse escolhido desde a fundação do mundo? - Efésios 1:3-5. 

Terceiro, somos instrumentos de Deus para convencer os "escolhidos" antes da fundação do mundo. E quem não foi escolhido? Bem, predestinação não se discute! Eu creio piamente nessa doutrina. E evangelizo porque Deus me deu essa Grande Comissão: Discipular pessoas de todas as nações e pregar até mesmo para aqueles que jamais se arrependerão, pois no julgamento isso será usado contra eles. Lembra-se do profeta Jeremias? Deus o enviou para pregar e avisou: Ninguém te ouvirá! E a minha alegria é não saber quem foi escolhido e quem não foi, assim, sempre terei a esperança amorosa de ver se converter até quem Deus sabe que jamais se converterá. Assim, quando uma pessoa é teimosa, orgulhosa, diz-se ser a dona da sua vida e faz o que bem entende, e crê no que melhor lhe convém, minha única saída é persistir por amor a ela, mas sempre lhe dizendo a verdade com ousadia. 

Em quarto lugar, amo falar de Jesus porque me significa agradecer pelo que Ele me fez: Morreu por mim. Mas talvez você me questione: "Eu não creio que Deus escolheu uns para serem salvos e consequentemente outros não serão". Nesse caso, não entro em discussão. O que sugiro a você é: Fale mesmo assim a verdade para os homossexuais, para os adúlteros, para as prostitutas. Fale a verdade também para os corruptos, os assassinos. Não tenha medo de compartilhar as verdades da Bíblia. Aliás, quem não crê na Bíblia com certeza quer viver sem prestar contas de seus atos a Deus. Sabe que pratica o que Deus odeia, e por isso quer crer em seus conceitos. Só nos resta persistir em ajudar essas pessoas, conforme nos permitem. 

E o que você fará com a expressão "Jesus te ama"? Deixe pelo seu modo de vida o contradizente perceber isso. Mas acima de tudo, fale desse amor em verdade, na verdade e com verdade e de verdade. Faça de tudo para ganhar pessoas, adapte-se a elas, ponha-se no lugar delas (1 Coríntios 9:19-23), mas quando elas, depois de tantos esforços em ajudá-las, mostrarem-se orgulhosas, insensíveis à Palavra de Deus, irredutíveis em seus pecados, não desejando mudar (Atos 3:19), então, no meu caso, faço uma pergunta franca:
"Amigo(a), você crê ou não que a Bíblia está certa, que Jesus é a verdade, e que você só terá a salvação pela graça de Deus através da fé, e não através do que você acha que tem que ser feito (Efésios 2:8, 9)?"
Se a resposta não for a que Deus positiva, procurarei ajudar outras vezes, mas sempre usando a Bíblia como meu livro de fé e prática em todos os assuntos que ela trata, nos seus 31.173 versículos. Quanto ao pecador não escolhido desde a fundação do mundo, ele morrerá insensível, e caminhará para o inferno. Entendeu, agora, por que Paulo diz sobre os que saem da Igreja para nunca mais voltar, que saíram porque não eram dos nossos? (1 João 2:19) Por isso, falemos a verdade de Cristo, com coragem, doa a quem doer. Não se envergonhe do evangelho e das verdades atreladas a ele. (Romanos 1:16) Muitos escolhidos desde a fundação do mundo só serão convertidos quando ouvirem as verdades em alto e bom som - Fernando Galli.

quinta-feira, 20 de maio de 2010

FELIZ 22 DE MAIO PARA O FALSO PROFETA HAROLD CAMPING

Guarde a Data! Retorno de Cristo
21 de Maio, 2011.
Guilherme Miller para 21 de maio de 1843 e 22 de maio de 1844 (Advestistas do Sétimo Dia). Joseph Smith Jr para 1894 (Mormonismo). Charles Taze Russell para 1914 (Testemunhas de Jeová). Joseph Franklyn Rutherford para 1925 (Testemunhas de Jeová). Corpo Governante para 1975 (Testemunhas de Jeová). William M. Braham para 1977 (Tabernáculo da Fé). David Berg para 1993 (A Família de Deus). Harold Camping para 21 de maio de 2011 (Family Stations).

quarta-feira, 19 de maio de 2010

OS MAIORES EXEMPLOS DE FALTA DE DECORO E ZELO NOS TEMPLOS CRISTÃOS.

.O Salmo 69:9 diz: "Pois o zelo da tua casa me consumiu." O evangelista João, ao narrar Jesus expulsando do templo os comerciantes, escreveu sobre a reação daquelas testemunhas do fato: "Lembraram-se os seus discípulos de que está escrito: O zelo da tua casa me consumirá." - João 2:17. 

Ter zelo pela casa de Deus significa que apreciamos considerá-la como um local especial para a adoração a Deus, e fazemos de tudo para que haja decência e ordem entre os que ali estão. Já passei das 350 igrejas visitadas no ministério apologético-evangelístico que Deus me presenteou. Quantos exemplos de respeito pela casa de adoração! Mas infelizmente, vi de tudo. 

Senti-me triste de ver tantos crentes permitirem que em seus templos ocorram as seguintes evidências de falta de zelo para com o templo:
(1) Portas de banheiros com os dizeres: "Jesus Cristo não te salvou dessa"; "Meu msn é ............. Adicionem-me, em nome de Jesus" e "Eis aqui o gaxofilásseo do seu intestino." (Além de tudo, o poeta é um analfabeto). É inacreditável isso! Em uma dessas igrejas, o zelador me disse: "Não adianta, a gente pinta, eles escrevem de novo." 
(2) Bíblias com figurinhas do POKEMON, ou nas mãos de criancinhas que, para ficarem quietas, suas mamães - que nada imtam o exemplo de Lóide e Eunice (2 Timóteo 1:5) - permitem que seus pimpolhos rabisquem, cuspam e fiquem lambendo as Bíblias. Que excelente exemplo para imitar os pais judeus que educavam os filhos na Lei de Deus. - Deuteronômio 6:6, 7. 
(3) Pastor colocar na capa traseira da Bíblia o distntivo do time do Corínthians. Perfeito exemplo de ensinar o povo a se concentrar na Palavra de Deus, não é mesmo? 
(4) O pastor me disse que reformou os trinta bancos do templo, e encontrou 71 chiclets grudados, e até vários cocozinhos de nariz, e alguns cocozões impregnados sutilmente pelos little pigs da igreja. Lindo! Que carinho pelo patrimônio do templo em que se cultua a Deus! 
(5) Vi vários jovens com fone de ouvido ouvindo a jogos de campeonatos regionais pelo rádio no meio do louvor. E um deles com as mãos erguidas! Foi gesto de adoração, ou foi gol? Sim, gol contra ao Reino de Deus e ao apreço pelo privilégio de louvar a Deus entre os irmãos em Cristo. 
(6) Uma equipe de coreografia feminina usando shorts acima do joelho. E pior, nenhuma irmã idosa entre elas, pois se o objetivo é louvar através da dança, por que não chamar as veteranas? 
(7) Dentro do templo, o pastor e sua equipe de liderança, ao demonstrarem como que o antigo Israel celebrava suas festividades, resolveu inovar e trouxe um cavalo branco para dentro do templo. Ele encheu de cocô o local. Quanta reverência cavalar e imprudência querer impressionar a platéia com um cavalo de raça, cujo dono alugou o white-horse por apenas 1.000 reais. Bom, se tem pastor ganhando 25, 30, 50, 100 mil por mês, por que o dono do cavalo não podia receber milão? Já que nossos missionários estão tão satsfeitos com seus salários, para que reclamar da "oferta cavalar"? 
(8) O pastor da Convenção Batista Brasileira, da região de Mauá, tem o lindo costume de, ao iniciar o culto, ele vem pelos fundos do corredor central, e por onde ele passa, a sua unção é tão maravilhosa que os crentes caem no chão. Ohhhhh! Que tremendo, não? Que unção poderosa! Bíblica por sinal. Mas por que a CBB não exclui essa igreja de sua convenção? Eu $ei, mas prefiro não falar $obre i$$o. 
(9) Já vi dois diáconos com cheiro de álcool no culto. São os dialconos. Vi também irmãos sem cargos irem ao culto com cheiro suave de vinho e pinga. É o fogo do Espírito, não é? 
(10) Essa é a pior de todas. Acho quase impossível você ter visto algo igual. Só eu vi. Nem sei se deveria mencionar, porque trata-se de um caso tão isolado. Será que menciono? Posso pensar? Pensei, e vou mencionar. Mas não generalize, por favor. Irmãos venderem objetos de seus negócios pessoais, que nada têm a ver com o servir a Deus, e tudo dentro do templo, e com pessoas assinando os cheques, enquanto o culto começava. Que objetos? Jóias, cocada, produtos da AVON, irmãos agiotas negociando com seus possíveis lesados por juros imorais, contrários à Palavra de Deus. Por favor, irmão(ã), só eu vi isso. Não generalize.
(11) Um pastor contou-me que viu uma de suas ovelhas cortando as unhas do pé enquanto ele pregava.
Com tudo isso em mente, a que conclusão chegamos? Que aqueles sem reverência cristã nos templos deveriam ficar em casa em vez de discipularem outros com esses péssimos exemplos de conduta errônea. Ops, esqueci de dizer que há templos batistas com o esquadro maçom dentro de suas depenências. - Fernando Galli.

REINTERPRETANDO AS APARÊNCIAS

.Espalharam pela intenet uma lista bem criativa sobre os tipos de crentes que há nas igrejas. Como tenho procurado me concentrar no que as pessoas têm de bom, proponho aqui uma reinterpretação do significado destes tipos, a fim de que possamos amar mais irmãos cujos apelidos não lhe são tão favoráveis. Analisemos e reinterpretemos:
(1) Crente chiclet - mastiga a Palavra, mas não engole. Reinterpretação, a partir daqui, (R): Sofre ataques pessoais, mas não se desfaz. 

(2) Crente piolho - vive importunando a cabeça dos outros. (R): Faz todos colocarem a mão na consciência (essa é filosófica). 

(3) Crente pipoca: vive dando pulo. (R): Sempre presente em ocasiões felizes (por isso que não se serve pipoca em velório). 

(4) Crente carrapato: vive colado nos outros. (R) Sempre agarrado na Palavra. 

(5) Crente Sanguessuga - vive sugando os irmãos. (R) Vive se beneficiando do sangue de Cristo. 

(6) Crente 007 - agente secreto do Reino de Deus: jamais se identifica. (R): Investiga os crimes contra a Palavra de Deus e denuncia o erro. 

(7) Crente denorex - parece mais não é. (R): Ele ajuda a tirar coisas ruins da cabeça dos outros. 

(8) Crente Kiko do Chaves - ele não se mistura com essa gentalha. (R): Ele é um tesouro para a Igreja. 

(9) Crente 6h - sempre pedindo para os outros orarem por ele: Seis ora por mim?" (R) Sempre pede para orarmos pelos outros: Seis ora por aquela irmã doente? 

(10) Crente pão pulman: miolo mole, casca grossa, chato e quadrado. (R): Fortalece os outros, vive com seus semelhantes e perseverá com eles até amorte

(11) Crente kodak - vive de revelação. (R): O retrato da vida cristã. 

(12) Crente celular - só vive desligado ou fora de área. (R): Nos facilita ouvir a voz de quem amamos. 

(13) Crente nuvem - segue todo o vento que passa. (R): Alivia-nos de discussões calorosas. 

(14) Crente elevador - está sempre subindo e descendo na igreja. (R): carrega os outros até se quebrar. 

(15) Crente Zagallo - os irmãos têm sempre que engoli-lo. (R): Um líder que nos ajuda a conquistar vitórias. 

(16) Crente DVD - deita, vira e dorme no culto. (R): Dedica-se, vence e descansa no Senhor. 

(17) Crente DVD + R - deita, vira e dorme, e ronca no culto. (R): Dedica-se, vence e descansa no Redentor. 

(18) Crente Raimundo - um pé na Igreja e outro no mundo. (R) Prega na igreja e no mundo. 

(19) Crente rocombole - sempre enrolado. (R): Sempre guarda o melhor no mais profundo do seu ser. 

(20) Crente estações do ano - Instável e inconstante em sua conduta. (R): Ele muda sempre para se adequar a gostos diferentes. 

(21) Crente quiabo - vive escorregando. (R): Fácil de ser engolido. 

(22) Crente pinguim - vive na frieza espiritual. (R): Vive muito bem com a frieza espiritual à sua volta. 

(23) Crente papel higiênico - seu destino final é no lixo. (R): Ajuda os irmãos a limpar suas burradas

(24) Crente jegue - o pastor sempre pergunta: Por que você não veio ont ont ont ont ont? (R) Todos admiram-no dizendo: Que bom que você foi ont, ont, ont, ont, ont

(25) Crente maçom - adora Jesus na igreja, e GADU no Loja. (R): Misericórdia! - Fernando Galli.

domingo, 9 de maio de 2010

TESTEMUNHAS DE JEOVÁ - JESUS É BOM? POR QUÊ?

...E certo governante interrogou-o dizendo: “Bom Instrutor, por fazer o que hei de herdar a vida eterna?.  Jesus disse-lhe: “Por que me chamas de bom? Ninguém é bom, a não ser um só, Deus.” - Tradução do Novo Mundo.

Nesta passagem temos a impressão de que Jesus nega ser bom justamente por causa da resposta que ele dá a tal governante, mas se voltarmos ao texto e atentamente dentro do contexto veremos que Ele não nega sua bondade mas responde ao jovem com uma pergunta:
“Porque me chamas bom?...”

sexta-feira, 7 de maio de 2010

O CONCEITO DE PALAVRA DE DEUS EM NOSSO CONTEXTO VERSUS O CONCEITO BÍBLICO.

Num contexto tão marcado pela descrença no Deus Criador é tão comum observar pessoas questionarem a Palavra de Deus como um guia seguro para fazermos a vontade de Deus. 

Livro antigo, palavras adulteradas no decorrer da história, linguagem arcaica com difícil compreensão, inúmeras contradições - estes entre tantos outros julgamentos precipitados fruem de mentes que nem sequer já leram a Bíblia toda, nunca estudaram os idiomas originais - hebraico, aramaico e grego, jamais estudaram teologia, hermenêutica e exegese, e para piorar as evidências de sua má formação bíblica, deixam-se levar pela opinião de críticos, falsos mestres e pseudo pastores infiltrados entre cristãos, como se suas ideias fossem a expressão pura da verdade. 

Em contrapartida, Jesus disse: "A tua palavra é a verdade". (João 17:17) O salmista disse: "Lâmpada para o meu pé é a tua palavra, e luz para os meus caminhos". (Salmo 119:105) Quem está com a razão? 

Parece-me que tanto os críticos como os não-críticos da Bíblia sempre se beneficiam das verdades bíblicas, há milênios ali escritas. Por exemplo, o amor ao próximo quando praticado evita as guerras, a violência, as famílias destruídas. (João 13:34, 35) O perdão faz as pessoas viverem mais felizes, sem precisar remoer mágoas que tiram noites de sono tão necessárias. (Efésios 4:32) A fé no Deus Criador une as pessoas numa verdadeira religião - o Cristianismo, e evita conflitos religiosos; para isso basta entender que Deus não deseja religiosos, mas praticantes dos ensinos de Jesus Cristo delineados na Bíblia. - Efésios 4:5.

Os que evitam as obras da carne, como a inveja, bebedices, glutonaria, rixa, ciúmes, dissensões, prostituição, idolatria, entre outras (Gálatas 5:19-21) parecem ser menos felizes e até vivem menos, na média, do que os que obtêm o fruto do Espírito Santo de Deus: amor, alegria, paz, benignidade, bondade, fé, fidelidade, mansidão e domínio próprio (Gálatas 5:21, 22) E parece também que os que negam a inspiração da Bíblia, juntamente com sua autoridade, sua suficiência, sua necessidade e eficácia, e também sua inerrância, o fazem porque lhes é bem cômodo viverem sem precisar prestar contas ao Deus Criador e sua Palavra. 

Um exemplo disso são os pastores teólogos liberais e néo-ortodoxos que afirmam: A Bíblia contém a Palavra de Deus, mas não é plenamente a Palavra de Deus. Então, questiono: Como sabem o que é e o que não é Palavra de Deus? É simples. Talvez digam em seus corações pecaminosos: "Como eu não sou mais irrepreensível (1 Timóteo 3:2), pois já adulterei, então meu conceito pessoal é que este pecado de ser infiel é uma violação de leis humanas, e não divinas, que visavam proteger a família. Hoje, como canta uma certa dupla sertaneja, 'mas quem é que não tem uma outra, prá alegrar a vidinha? Arroz com feijão enjoa. Tem que ter uma misturinha', Deus entende e perdoa." E assim também fazem com outros pecados. 

Parece que a Bíblia lhes deve ser a Palavra de Deus apenas quando não pisa em seu calo. Quanto aos que permitem o pecado para ampliar suas arrecadações financeiras, terão um dia uma derradeira aula de Bíblia com o próprio Autor dela - Deus. Quanto às vítimas desses críticos, precisamos com amor ensiná-las quão maravilhosamente se pode viver por se crer na Bíblia como um livro cem por cento inspirado por Deus. A Ele, agradeçamos pela Palavra Verdadeira, a qual concebemos como inspirada por Deus porque recebemos a Cristo como único e suficiente Salvador. Tem como não sair falando sobre as verdades contidas neste livro? - Fernando Galli.

QUANDO VOCÊ SE SENTIR FRACO...

Na jornada cristã, há momentos de intensa alegria advindos de um inspirador relacionamento com Deus Pai, Filho e Espírito Santo. Mas ocorrem épocas para muitos quando o sentir-se fraco e sem forças para continuar pode irromper - um tremendo e avassalador desejo de descontinuar. 

Para uns, é como se um pecado de estimação, ou simplesmente um único e singular tropeço, os impedisse de serem ouvidos por Deus. Para outros, é um desconsiderar a realidade de Deus em suas vidas. Junto a essa fraqueza, uma consciência pesada pode surgir, e progredir para se tornar, rapidamente ou não, cauterizada. Pecado x Cruz - quem vencerá em seu viver? Cristo já venceu, para sempre. Em Cristo somos mais que vencedores. - Romanos 8:37

Sentir-se sem forças para se levantar é horrível. Lutar contra o pecado - mais ainda, principalmente quando ele já se apossou de nosso modo de vida. Você se sente assim? Seus pecados te condenam tanto que se sente um lixo? Ou você foi um dos que se deixaram ser enganados por aproveitadores, confiando a esses impostores da fé grandes quantias, e estes lhe disseram que você teve fé para doar mas não para receber, e por isso blasfemou? 

Ei! Levante-se! Jesus venceu por você. Olhe as estrelas do céu que declaram a glória de Deus (Salmo 19:1) e vislumbre como será maravilhoso viver para sempre no Reino celestial de Deus! Diga ao diabo e a seus servos: "Jesus é a minha vitória. Vou retornar a ele. Ele é a razão do meu viver. Não quero ser mais fraco na fé. Quero ler a Bíblia e meditar nela todos os dias. Vou orar sempre. Vou me reunir com meus irmãos em Cristo. Vou falar de Jesus." 

Por favor, aja assim, busque ajuda. Recue de seus pecados. E não deixe falsos cristãos que te odeiam lhe pregar na cara seus pecados passados como forma de te desencorajar. Com Jesus, quando há arrependimento sincero e uma nova postura, sempre há um recomeçar. Te amo em Cristo Jesus. - Fernando Galli.

UMA IGREJA DE CRENTES COM O DIABO NO CORPO?

Igreja Local (de Witness Lee) - Já ouviu falar? O fundador desse movimento, Sr. Witness Lee, O fundador desse movimento, Sr. Witness Lee, declarou:
"(2) Só pode existir uma igreja em cada cidade e a Igreja Local é independente de todas as igrejas. (3) Os crentes devem quebrar sua lealdade às suas igrejas e estabelecer uma Igreja Local. Não tente ser neutro. Não procure reconciliar as denominações com a Igreja Local." - O que Cremos e Praticamos nas Igrejas Locais, página 12.
Esse grupo em seus livros apregoa ser errado as igrejas cristãs possuírem nomes, como "Igreja Batista", Igreja Assembléia de Deus", visto que a Bíblia não dá nome às igrejas. Todavia, a Bíblia não proíbe dar nome às igrejas. Não são as denominações que são salvas, mas as pessoas, por isso, o nome que as pessoas dão às suas igrejas apenas as identifica como grupo e não como a única Igreja pela qual Jesus morreu por ela. (Efésios 5:25) 

Ademais, a igreja local não é sinônimo de Igreja de Cristo, necessariamente, pois numa igreja local há não-salvos, mas a Igreja de Cristo só possui salvos. Seria incorreto "denominacionar" a Igreja que Jesus fundou (Mateus 16:18), mas não a igreja como grupo de pessoas. Assim, perguntamos: Onde a Bíblia ensina que só pode haver uma igreja em cada cidade? E que declaração é essa de os crentes quebrarem sua lealdade com as igrejas e estabelecer uma Igreja Local? 

Nós, crentes, estamos em nossas respectivas igrejas locais, todas elas servindo ao Deus Pai, Filho e Espírito Santo (Um Deus em Três Pessoas Distintas). Imagine uma cidade com 20 milhões de habitantes ter uma única igreja local! Ou todas as igrejas sem nome, dificultando a identificação do que cada uma crê: Se tem presbitério, se batiza apenas por imersão, se crê em Maria e nos santos!

Tão ruins em sua declaração, não nos surpreende a seguinte afirmação sobre os personagens que supostamente habitam no crente. Veja o que apregoam:
"Agora, todos eles estão em nós: Adão, o ego, está na nossa alma; Satanás, o Diabo, está em nosso corpo; e o Deus Triúno está em nosso espírito?" - A Economia de Deus, página 220.
Mas a Bíblia diz: "Acaso, não sabeis que o vosso corpo é santuário do Espírito Santo, que está em vós, o qual tendes da parte de Deus, e que não sois de vós mesmos?" (1 Coríntios 6:19) 

Gosto não se discute. Se há"crentes" que preferem achar que possuem o Diabo no corpo deles, respeito. Eu sei que tem mesmo. Mas no meu corpo e na Igreja Cristã moram o Espírito Santo, conforme o texto acima, e o Pai e o Filho também, conforme João 14:23. 

Assim questionamos: Então o Corpo de Cristo seria composto de pessoas com o Diabo no corpo? E outra: Se a Bíblia diz que "aquele que pratica o pecado procede do diabo", e não que tem o Diabo no Corpo, por que ensinar que todos os cristãos, principalmente aqueles que não praticam o pecado, mas lutam contra ele, tem o Diabo no corpo? 

Bom, deixe-me preparar-me para ir à minha igreja local, aqui no meu bairro, pois ali há muitos cristãos que não tem o Diabo no corpo.  - Fernando Galli.

sábado, 1 de maio de 2010

MORRE EX-MEMBRO DO CORPO GOVERNANTE

Foi com lágrimas nos olhos que recebi a notícia da morte de Raymond Victor Franz, aos 2 de junho de 2010. Com ele, tive o privilégio de conversar várias vezes por telefone, nos idos de 1999 e 2000, antes e depois da minha libertação da seita testemunhas-de-jeová. Lembro-me que poucos dias antes de minha comissão judicativa (nome que as TJs dão a uma reunião quando os anciãos decidem se irão expulsar o pecador ou não da seita), telefonei para Raymond, confessando minha consternação por tudo o que estava passando e ainda iria passar. Ao perguntar-lhe "e se eu for desassociado?", ele respirou fundo e disse-me: "Desde minha saída e exclusão da organização testemunhas-de-Jeová, aprendi a desenvolver uma relação pessoal com Deus digna da liberdade que Jesus Cristo me conferiu." Ao me sentir triste, ele me disse: "Suas lágrimas cairão, mas o Soberano Senhor Jeová saberá como enxugá-las". Raymond Franz foi um ícone da mais alta credibilidade em desmascarar esse seita infame, babilônica e de cunho satânico. Ousou a escrever dois livros que ajudaram muitas TJs e até os cristãos apologistas a entender o que significa ser escravo de um sistema diabólico e controlador de vidas, e responsável pela morte de milhares de pessoas vítimas de proibições legalistas de vacinas, transplantes de órgãos e, até hoje, de transfusões de sangue. Provou com uma autoridade inquestionável como Deus age na vida de pessoas escravizadas e as liberta de sistemas enganosos. Seus dois livros, Crise de Consciência e Em Busca da Liberdade Cristã, colocaram o Corpo Governante no devido lugar que eles mereciam: No lixo, embora com palavras muito mais polidas do que as minhas. Sem desejar reverenciá-lo, beijei mui ternamente seu livro Crise de Consciência, instrumento usado por Deus para narrar a incrível história de um líder mundial da seita TJ, que foi expulso da seita por discordar de sua liderança. Louvo a Deus por toda a iniciativa deste homem corajoso e dedicado ao estudo da Bíblia e em ajudar seus ex-irmãos TJs a se livrarem das garras malditas do Corpo Governante das TJs. Neste homem, inspirei-me veementemente para escrever mais de uma centena de páginas, em 1999, para que os anciãos as lessem e me dissessem: Você se arrepende de tudo o que escreveu e promete crer 100% nos ensinos do Corpo Governante? Louvo ao meu Deus Pai, Filho e Espírito Santo pelo dia 15 de novembro de 1999, quando através da minha desassociação, pude com o tempo receber o verdadeiro Deus da Bíblia em minha mente e em meu coração. Hoje, graças à liberdade adquirida em Cristo Jesus, posso discordar de meus irmãos batistas sem precisar tremer diante de homens. Raymond Victor Franz foi um presente de Deus para os apologistas cristãos de nossos tempos. Que Deus possa levantar outros homens como ele, dentro da seita TJ e em outras, para desmascarar os ensinos de Satanás. - Fernando Galli, 03 de junho de 2010, em luto.

ADVENTISTA

IGREJA ADVENTISTA DO SÉTIMO DIA – PARTE DE SEUS PIONEIROS NÃO CRIAM NA TRINDADE! Todos sabemos que a Igreja Adventista do Sétimo Dia se con...