CATOLICISMO ROMANO - QUANDO NASCEMOS DE NOVO?


Um certo ex-cristão batista, agora católico romano, apareceu no Youtube aqui no Brasil argumentando que nascer de novo não é receber Jesus Cristo no coração como único e suficiente Salvador, mas ser batizado nas águas, pela atuação do Espírito Santo. Vamos assistir a este vídeo e analisarmos com todo o respeito a argumentação dele? Onde ele está certo e onde ele está errado? Caso você seja católico, a você, meu irmão, uma abençoada leitura.


Resumo do Vídeo
  • Todas as vezes que Deus inicia uma coisa é com água e Espírito.
  • Gênesis 1:1, 2 - Aqui vemos o Espírito Santo movendo-se sobre a água. A vida começa.
  • Gênesis 6 - Noé e sua arca, e uma pomba que representa o Santo Espírito de Deus. Em 1 Pedro 3:18-21 diz que Noé e sua família foram salvos através da água e isto corresponde ao batismo que vos salva. A humanidade recomeça.
  • Os filhos de Israel estão na terra do Egito sob a perseguição do Faraó. Faraó representa o Diabo, o Egito representa o mundo e a escravidão o pecado. Deus os liberta através do Cordeiro pascal e depois os conduz pelo Mar Vermelho. E o que está acima deles é um pilar de fogo de noite e um pilar de nuvem de dia. É o Espírito Santo de Deus sobre as águas novamente. Nasce depois uma nova nação.
  • Então, todas as vezes que Deus inicia alguma coisa é com água e Espírito.
  • Nos dias do profeta Ezequiel, falando da restauração da nação de Israel, Deus promete aspergir água pura sobre Israel para que eles fossem purificados de todas as impurezas e dos ídolos deles, e Deus poria o Espírito dentro deles para que eles andassem nos estatutos divinos. - Ezequiel 36:25, 26.
  • Jesus surge e João Batista está no deserto. Jesus desce às águas e o Espírito vem sobre ele.
  • Então, Jesus disse a Nicodemos: Quem não nascer de novo (da água e do Espírito) não vê o Reino de Deus.
  • No Pentecostes, quando o Espírito desceu em línguas de fogo, Pedro diz: Arrependei-vos e sede batizados para remissão de pecados. - Atos 2:38.
  • No caso do Eunuco Etíope, o Espírito disse s Filipe para encontrar-se com ele, e o Eunuco foi batizado num corpo d' água. - Atos 8:26-39. (Adicionei essa também).

RESPOSTA CRISTÃ - É realmente edificante ver como o Espírito Santo age ao dar vida, ao fazer tudo renascer. Achamos muito interessante o uso que o Espírito Santo faz da água, mas a água em si não dá vida, logo, ela é um símbolo. Nascer de novo, ou nascer da água e do Espírito, ou simplesmente nascer do Espírito (João 3:8), sem dúvida nenhuma, é a conversão a Cristo. Vejamos:

1. O batismo, na época dos judeus e dos apóstolos, era um símbolo da entrada de um indivíduo numa comunidade. Logo, ser batizado (Mateus 28:20) é símbolo de que o indivíduo entrou na Igreja de Jesus e recebeu o único batismo de Efésios 4:5. Qual? A Bíblia diz: "Pois todos fomos batizados por um só Espírito para ser um só corpo, quer judeus, quer gregos, quer escravos, quer livres; e a todos nós foi dado beber de um só Espírito." - 1 Coríntios 12:13. 

Percebeu como, de fato, ocorre o verdadeiro batismo? Pelo Espírito Santo, para sermos um só corpo! Corpo de quem? De Cristo! Veja: "Vós sois o corpo de Cristo e, individualmente, membros desse corpo." (1 Coríntios 12:27) E perceba também que Paulo chama este batismo de "beber de um só Espírito"? 

Agora, compare essas palavras com as de Jesus, quando disse à Samaritana sobre a verdadeira água que dá vida: "Mas quem beber da água que eu lhe der nunca mais terá sede; pelo contrário, a água que eu lhe der se tornará nele uma fonte de água a jorrar para a vida eterna." (João 4:14) A mulher quis beber daquela água imediatamente (João 4:15) E Jesus, indiretamente, aponta para ela a necessidade de conversão: "Chama o teu marido" (João 4:16) que na verdade NÃO ERA O MARIDO DELA. (João 4:17) Ela precisava de conversão de seus pecados, de abandonar sua vida imoral! No contexto, beber da água que Jesus daria significava mudar de vida, seguir a Jesus, se entregar a ele, ou seja, É CRER EM JESUS. (João 4:21) É adorar a Deus em Espírito e em verdade. (João 4:24) É crer que somos purificados pela sangue de Cristo. (1 João 1:7) É aceitar este sacrifício verdadeiramente. E isto é simbolizado pelo batismo em água. 

2. O nascer de novo implica em sairmos do estado de mortos nos pecados e delitos e recebermos vida juntamente com Cristo, num ato de graça da parte de Deus, por meio da fé. Fé em quem? Em Jesus, evidentemente. (Efésios 2:1-10) Logo, nascemos de novo quando o Espírito Santo nos convence do pecado (João 16:8) e, então, depositamos fé genuína, resultante da ação deste Espírito que nos lava e nos regenera. Veja: "Não por méritos de atos de justiça que houvéssemos praticado, mas segundo a sua misericórdia, ele nos salvou mediante o lavar da regeneração e da renovação realizadas pelo Espírito Santo." - Tito 3:5. 

É cremos de corpo e alma que Jesus morreu por nós, e através de sua morte e ressurreição somos regenerados (nascemos de novo). Veja a Bíblia falar: "Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que nos regenerou para uma viva esperança, segundo a sua grande misericórdia, pela ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos." - 1 Pedro 1:3. 

É nos deixar ser transformados em novidade de vida (conversão) pela Palavra de Deus que prega Jesus como único e suficiente Salvador de nossas vidas. Veja: "Fostes regenerados não de semente perecível, mas imperecível, pela palavra de Deus, que vive e permanece." - 1 Pedro 1:23. 

É vivermos ligados a Cristo pela fé. Veja: "Portanto, se alguém está em Cristo, é nova criação." (2 Coríntios 5:17) É a experiência de ser salvo através do único nome dado debaixo dos céus pelo qual temos de ser salvos - Jesus (Atos 4:12), por cremos nEle. - Atos 16:30, 31.

3. O crer na mensagem de Noé significaria salvação através da água, pela ação do Espírito Santo de Deus. A água, em si, não tem poder de salvar, mas foi um símbolo do que Deus faria através de Cristo (Noé), nos conduzindo a um lugar seguro, a sua Igreja (Arca), pela ação do Espírito Santo (pomba). 

Em outras palavras, seguir Noé foi o "nascer de novo" da época, e as águas simbolizaram essa salvação. Para os judeus que atravessaram o Mar Vermelho, seguir Moisés foi o "nascer de novo", e as águas daquele mar simbolizaram a salvação de Deus através de Moisés (1 Coríntios 10:2 diz que eles foram batizados em Moisés). Por isso se diz que o povo creu em Iavé (Jeová) e em Moisés. (Êxodo 14:31) E no contexto da Igreja, seguir em fé (conversão) a Jesus que morreu para nos salvar, e foi ressuscitado, é o nascer de novo, sendo que as águas do batismo simbolizam nossa conversão a ele. 

4. Por fim, arrepender-se e ser batizado. Só se arrepende quem entende a finalidade de tal ato. Só quem já tem fé se arrepende para se entregar a Jesus Cristo, para nascer de novo, pois o mesmo Espírito Santo que regenera dá a fé e o arrependimento, tendo nós a responsabilidade de aceitar a oferta de Jesus. Assim, o batismo é uma consequência do ato de salvação pela graça por meio da fé, pois é uma obra que todo cristão deve fazer como prova de que ele foi criado para as boas obras, já que é um salvo, um nascido de novo. - Efésios 2:8-10.

Conclusão

Devemos, então, ser batizados? Sim, pois Jesus nos ordenou. O batismo salva? Depende o que se quer dizer com isso. O batismo com Espírito Santo salva porque é a ação do Espírito Santo, a terceira Pessoa da Trindade, em regenerar o homem, e isto só ocorre quando o homem decide receber Jesus como seu único e suficiente Salvador. Mas afirmar que a água do batismo simbólico salva é dividir com a verdadeira água que nos salva (o sangue de Cristo) os méritos da salvação. - Pr. Fernando Galli.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ESBOÇOS DA FÉ - QUE TIPO DE UVAS VOCÊ PRODUZ? - ISAÍAS 5:1-7

TESTEMUNHAS DE JEOVÁ - DESCULPAS PARA JUSTIFICAR SUAS FALSAS PROFECIAS PARA 1914, 1925 E 1975

VÓ ROSA - APOSTILA PARA ESTUDAR AS CRENÇAS DA SEITA