APOLOGISTA TJ TENTANDO PROVAR QUE NÃO EXISTE TORMENTO ETERNO


O Site A Verdade é Lógica lançou tem um vídeo, tentando provar que não existe tormento eterno. Gostaria de que você observasse como se destrói por completo as alegações deles contrárias à crença no inferno de fogo. Não farei isso de forma muito exaustiva, pois tenho apenas dez minutos para refutá-los, porque o almoço está na mesa. Vejamos argumento, por argumento:
ARGUMENTO TS 1 - Quando lemos Apocalipse 20:10 que o diabo foi lançado no lago de fogo, o que se quer dizer com isso? Vamos ler Apocalipse 20:14. Aqui diz que a morte e o hades foram lançados no lago de fogo. Esta é a segunda morte. Então veja que a morte e o hades, seres impessoais, foram lançados no lago de fogo, os quais não podem ser torturados. Se a segunda morte é o lago de fogo, o que você acha que acontece com a morte e o hades quando eles são jogados no lago de fogo? Para você saber a resposta, leia Apocalipse 21:4. Aqui diz: "E não haverá mais morte". Isto significa que a morte não vai mais existir. Agora leia 1 Coríntios 15:26. O último inimigo a ser destruído é a morte. Assim sendo, o que acontece com aquilo que é lançado no lago de fogo, tal qual a morte, o hades, o diabo? Não é óbvio que aquilo que cai no lago de fogo é destruído. 
RESPOSTA CRISTÃ - Vamos ler o relato todo, de Apocalipse 20:12-15? 
12 Vi os mortos, grandes e pequenos, em pé diante do trono, e abriram-se alguns livros. Então, abriu-se outro livro, o livro da vida, e os mortos foram julgados pelas coisas que estavam escritas nos livros, segundo as suas obras.
13 O mar entregou os mortos que nele havia, e a morte e o além (Hades) entregaram também os mortos que neles havia. E eles foram julgados, cada um segundo as suas obras.
14 A morte e o inferno foram jogados no lago de fogo. Esta é a segunda morte, o lago de fogo.
15 E todo aquele que não se achou inscrito no livro da vida foi jogado no lago de fogo.
É importante lermos o texto todo, não fazer como esses atormentados pelo diabo fazem, pinçando texto e palavrinhas fora do contexto. 
Em Apocalipse 20:14, a morte e o hades, e no contexto o mar, termos literalmente impessoais, mas aqui estão sendo tratados com se fossem lugares, como que entregando os mortos que neles estão, conforme Apocalipse 20:12-14. Neste texto, retrata-se a morte, o Hades e o mar como que entregando os mortos por eles retidos, para serem julgados. João aqui claramente está citando a profecia de Daniel 7:10; 12:1, 2. Lemos ali: "Ele se assentou para julgar, e os livros foram abertos. [...] Mas naquele tempo, o teu povo, todo aquele cujo nome estiver escrito no livro, será liberto. Mas dos que dormem do pó da terra ressuscitarão, uns para a vida eterna, e outros para a vergonha e o desprezo eteno." Em outras Palavras, João está reiterando que os que foram para o lago de fogo sofrerão a vergonha e o desprezo eterno. Mas como se eles estarão em estado de inexistência? Como serão, por exemplo, desprezados por Deus para sempre, se não estarão "vivos" para sentir este desprezo?

Outro ponto: Por que o lago de fogo se chama segunda morte? Porque há dois tipos de morte. A primeira é a morte física. Esta será destruída, conforme a Bíblia. Como último inimigo, a morte será destruída. (1 Coríntios 15:26) Nem os salvos, nem os condenados para sempre, passarão mais por ela. E para título de gozação, ela continuará apenas no paraíso terrestre das Testemunhas de Jeová, pois a seita ensina que depois dos mil anos, qualquer pessoa que desafiar a Jeová morrerá. (AHAHAHAHA) Mas a segunda morte é o estado em que a pessoa se encontra espiritualmente diante de Deus. Por isso Jesus fala deixem que os mortos enterrem seus mortos. (Mateus 8:22; Lucas 9:60) E Paulo diz que antes de nossa conversão a Cristo, estávamos mortos em nossos pecados e delitos. (Efésios 2:1, 5) Então, assim como a morte, simbolicamente, um lugar que entregará seus mortos (os que sofreram a primeira morte e agora são ressuscitados), assim a segunda morte (outro lugar) receberá os que foram julgados adversamente e não nasceram de novo (João 3:3 - quem não nasce de novo não verá o reino de Deus). Assim, os mortos condenados vão para o lago de fogo, chamado de segunda morte, porque todos ali continuam mortos em seus pecados e delitos para todo o sempre! Como diz Daniel, para vergonha e desprezo eterno!

Por fim, afirmo como sempre: Em toda argumentação desses sectários condenados ao fogo do inferno, existe uma malandragem, um sofisma, um erro de raciocínio. Perceba que no argumento dele acima ele diz: 

"Se a segunda morte é o lago de fogo, o que você acha que acontece com a morte e o hades quando eles são jogados no lago de fogo? Para você saber a resposta, leia Apocalipse 21:4. Aqui diz: "E não haverá mais morte". Isto significa que a morte não vai mais existir."

Aonde está a malandragem? É que a morte que não vai mais existir é aquela experimentada pelos humanos, enquanto aqui na terra sofrem, choram, sentem dor. Mas a segunda morte vai existir para sempre, até na concepção TJ, pois ela, segundo os ensinos oficiais da seita, é um símbolo de inexistência eterna. Logo, no conceito TJ, essa segunda morte precisará existir para sempre a fim de que os mortos permaneçam destruídos para sempre. Veja:

"‘Mas a Bíblia diz que o Diabo será atormentado para sempre no lago de fogo’, poderá alguém salientar. (Revelação 20:10) Que significa isso? Quando Jesus estava na terra, os carcereiros eram às vezes chamados de “atormentadores” ou “algozes”. “E, indignado, o seu senhor o entregou aos atormentadores, até que pagasse tudo o que devia.” (Mateus 18:34, Almeida, rev. e corr.; Fi) Visto que os que são lançados no “lago de fogo” vão para a “segunda morte” da qual não há ressurreição, estão, a bem dizer, encarcerados para sempre na morte. Permanecem mortos, como que na custódia de carcereiros, por toda a eternidade. " - Poderá Viver Para Sempre, pp. 87, 88.

Vamos agora para o outro argumento, pois tenho apenas seis minutos para ir ao almoço. Minha esposa já está me "atormentando". 
ARGUMENTO TS 2 - Sobre Apocalipse 20:10, precisamos entender em que sentido o Diabo será atormentado. Lemos em Mateus 8:29 que os demônios que estavam numa pessoa perguntaram para Jesus: "Veio aqui nos atormentar antes do tempo determinado?" Então, será que Jesus iria torturar aqueles espíritos maus? Vejamos o que o demônio tinha em mente ao usar a palavra atormentar? Em Lucas 4:34, os demônios perguntam: "Vieste destruir-nos?" Percebeu, então, a ligação entre os sentidos? Num texto disse atormentar-nos, e no outro destruir-nos. Logo, atormentar significa destruir. Ademais, aqueles demônios rogavam a Jesus que ele não os mandasse para o abismo, conforme Lucas 8:31. Eles sabiam com certeza que no futuro eles passariam um tempo inativos no abismo, conforme Apocalipse 20:2, 3, e depois eles serão lançados no lago de fogo, ou seja, a destruição.
RESPOSTA CRISTÃ - Quem atormentará os demônios? Deus! Não que Deus ficará com uma tina de gasolina e um garfinho na mão, lá no inferno. Mas será Deus porque o local de tormento eterno foi criado evidentemente por Deus. Lemos na Bíblia: "Malditos, afastai-vos de mim para o fogo eterno, preparado para o Diabo e seus anjos. (Mateus 25:41) Quem dirá estas palavras a esses malditos? O Rei, Jesus. (Veja Mateus 25:34) E ele dirá: Afastai-vos de mim. Ou seja, quero vocês longe de mim! Para onde eles deveriam ir? Para o fogo eterno, não só destinado aos que não se converteram a Cristo aqui na terra, mas ao diabo e seus anjos. Então, é Deus, é Jesus, quem os atormentará no sentido de que é o próprio Deus o "construtor" de tal lugar preparado para o essa corja de maus intérpretes da Bíblia, que se acham membros da única religião verdadeira, que vivem mudando de ensinos, servindo de pedra de tropeço para muito gente. 

Mas não há textos que falam em o diabo ser destruído? Em grego, o verbo apollumi NÃO SIGNIFICA DESTRUIR TOTALMENTE, em seu significado primário. Quem diz isso são nossos dicionários, produto de muitos anos de pesquisa da parte de doutores em línguas originais, não de desconhecidos virtuais que nem sequer tem qualquer qualificação em línguas originais. Veja o Dicionário de W. E. Vive, como define apollumi:


São nessas obras que devemos confiar, não em vendedores de luminárias, sapateiros, ancião TJ que tem fama de ser caloteiro em Sorocaba, encostados do INSS, estoquistas de supermercados. Assim, Satanás será destruído sim, na acepção de perecer para sempre, de sofrer o desprezo e a vergonha eterna. Por isso que a Septuaginta e até os demônios usam atormentar, morrer, destruir como termos intercambiáveis.  E uma perguntinha: 

TERIA SENTIDO DIZER QUE A EXTINÇÃO COMPLETA DO DIABO FOI PREPARADA PARA ELE E SEUS ANJOS, E AS PESSOAS ÍMPIAS, SE ATÉ MESMO UMA AMEBA MORRE PARA SEMPRE? Vão atormentar outros! 
ARGUMENTO TS 3 - E para não ficar mais dúvida nenhuma, vejamos Ezequiel 3:20: "Quando o justo se desviar da sua justiça e praticar o mal, e eu puser diante dele um tropeço, ele morrerá". Você viu algum tormento neste texto? Não! Mas você sabia que a expressão um tropeço aqui, na Septuaginta Grega, foi traduzida por tormento? A palavra é basanizo, e é a mesma usada em Apocalipse 20:10. Então, qual será, de acordo com Ezequiel 3:20 esse tropeço ou tormento que as pessoas receberão? A morte! Elas não continuarão vivas, sendo torturadas. Esse tormento é o tropeço, por assim dizer, do diabo. Aquilo que derrubará ele. Então, o tormento eterno é o tropeço eterno, a morte eterna. Isto está em harmonia com 2 Tessalonicenses 1:9, que na Nova Tradução na Linguagem de hoje diz que os maus serão castigados com a destruição eterna e ficarão longe da presença do Senhor. Então, eles sofrerão destruição eterna. A palavra grega ali, hóletros, significa morte eterna, e não transmite nenhuma ideia de tormento. O próprio Satanás, conforme diz Hebreus 2:14, também terá uma destruição eterna. Lá diz que Jesus morreu por nós para que pudesse destruir o diabo, que tem poder sobre a morte. 
RESPOSTA CRISTÃ - Eu tenho dois minutos para começar o almoço. Sim, concordamos em gênero, número e grau que tropeço é o mesmo que tormento. E que eles serão destruídos para sempre!!!! Em grego, todas essas palavras indicam um processo contínuo. Tanto que em 2 Tessalonicenses 1:9 se diz que os que serão destruídos para sempre ficarão longe da presença de Deus. Como pode alguém que deixou de existir em qualquer universo possível ficar longe diante de Deus? Só na cabeça de otários, asseclas do próprio Demônio! Na literatura judaica, uma pessoa que tropeça é alguém perdido (Provérbios 4:18, 19) que não tem a luz de Deus. O tropeço será para a vergonha e desprezo eterno. 

Como consideração final, Jesus, na parábola do Rico e do Lázaro, jamais usaria uma mentira de Satanás (o tormento após a morte) para mostrar uma verdade bíblica. Ele aponta para um rapaz que depois da morte foi para o Hades e lá sofria. O Hades, quando não significa sepultura, em sentido simbólico é o lugar que devolverá os mortos para serem considerados eternamente mortos diante de Deus, sendo que após devolver os mortos nele para serem ressuscitados e julgados, serão lançados no lago de fogo, o lugar onde só há pessoas no estado de segunda morte. Ali sofrerão para todo o sempre. 

Agora, vou almoçar. Terminei 20 segundos antes. Estou indo, amor! - Pr. Fernando Galli.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ESBOÇOS DA FÉ - QUE TIPO DE UVAS VOCÊ PRODUZ? - ISAÍAS 5:1-7

TESTEMUNHAS DE JEOVÁ - DESCULPAS PARA JUSTIFICAR SUAS FALSAS PROFECIAS PARA 1914, 1925 E 1975

VÓ ROSA - APOSTILA PARA ESTUDAR AS CRENÇAS DA SEITA