ADVENTISTAS DO SÉTIMO DIA - ELLEN G. WHITE SE ENCONTROU COM ENOQUE EM OUTRO PLANETA?


Sabemos que em lugar nenhum a Bíblia ensina a existência de vida em outros planetas, ou galáxias. Mas a falsa profetisa da Igreja Adventista do Sétimo Dia, Ellen G. White, afirmou ter tido a seguinte experiência num diálogo interplanetário, conforme o livro dela Vida e Ensinos, páginas 96-98:

“O Senhor me proporcionou uma vista de outros mundos. Foram-me dadas asas, e um anjo me acompanhou da cidade a um lugar fulgurante e glorioso. A relva era de um verde vivo, e os pássaros gorjeavam ali cânticos suaves. Os habitantes do lugar eram de todas as estaturas; nobres, majestosos e formosos. Ostentavam a expressa imagem de Jesus, e seu semblante irradiava santa alegria, que era uma expressão da liberdade e felicidade do lugar. Perguntei a um deles por que eram muito mais formosos que os da Terra. A resposta foi: 

- Vivemos em estrita obediência aos mandamentos de Deus, e não caímos em desobediência, como os habitantes da Terra. 

Vi então duas árvores. Uma se assemelhava muito à árvore da vida, existente na cidade. O fruto de ambas tinha belo aspecto, mas o de uma delas não era permitido comer. Tinham a faculdade de comer de ambas, mas era-lhes vedado comer de uma. Então meu anjo assistente me disse:

- Ninguém aqui provou da árvore proibida; se, porém, comessem, cairiam.”

Então fui levada a um mundo que tinha sete luas. Vi ali o bom e velho Enoque que tinha sido trasladado. Em sua destra havia uma palma resplendente, e em cada folha estava escrito: "Vitória." Pendia-lhe da cabeça uma grinalda branca, deslumbrante, com folhas, e no meio de cada folha estava escrito: "Pureza", e em redor da grinalda havia pedras de várias cores que resplandeciam mais do que as estrelas, e lançavam um reflexo sobre as letras, aumentando-lhes o volume. Na parte posterior da cabeça havia um arco em que rematava a grinalda, e nele estava escrito: "Santidade." Sobre a grinalda havia uma linda coroa que brilhava mais do que o Sol. Perguntei-lhe se este era o lugar para onde fora transportado da Terra. Ele disse:

- Não é; minha morada é na cidade, e eu vim visitar este lugar. 

Ele percorria o lugar como se realmente estivesse em sua casa. Pedi ao meu anjo assistente que me deixasse ficar ali. Não podia suportar o pensamento de voltar a este mundo tenebroso. Disse então o anjo:
- Deves voltar e, se fores fiel, juntamente com os 144.000, terás o privilégio de visitar todos os mundos e ver a obra das mãos de Deus.” - Vida e Ensinos, páginas 96-98.
Você acredita que para uma pessoa ser batizada na IASD ela precisa já ter lido um livro ou uma publicação de Ellen G. White?

Agora, quanto à visão:
  1. Onde a Bíblia ensina que pessoas fiéis a Deus, trasladadas, como Enoque, Elias, precisaram de asas para receberem essa bênção? 
  2. Como pode uma senhora ter visto uma coroa que brilhava mais que o sol, ali mesmo para onde ela supostamente voou? Ela e as pessoas no local teriam sido torradas! Não parece mais um sonho?
  3. Como achar que Enoque, debaixo do pecado adâmico, teria ido para um planeta de sete luas, onde ali ninguém havia pecado? Onde a Bíblia ensina haver pessoas em outros mundos físicos, em carne e osso, sem pecado? 
  4. E que heresia é essa de um anjo do Senhor, assistente dela, ter-lhe dito que "se ela fosse fiel" iria, com os 144 mil, visitar outros mundos? Onde a Bíblia ensina isso?
  5. E para que asas? Para impulsionar o voo no espaço sideral, onde há ausência de ar? Quem estuda a fundo a história dessa visão, confirmada em 1847, sabe muito bem que Ellen G. White estava se referindo ao planeta Júpiter e suas luas, conforme Joseph Bates, líder do movimento na época, admitiu. (Great Second Advent Movement, página 258) E em outros livros, ela descreveu as pessoas ali como altas, majestosas e formosas. Em Júpiter? 
Mas talvez os adventistas me perguntem: Onde Ellen G. White disse que ela foi a Júpiter? No texto acima, quando analisado isoladamente, realmente não se disse, mas falou de outros mundos, o que não faz nenhuma diferença. Todavia, o esposo de Ellen G. White, James White, escreveu em seu livro, em 1847, que sua esposa havia sido levada a Júpiter, Saturno e a um outro que ele não menciona. Quer a prova disso? Só ver o PDF do livro, abaixo:

A Word To a Little FLock [Uma Palavra ao Pequeno
Rebanho], página 27, JAMES WHITE.
 Aqui afirma: "Ela foi guiada para planetas como Júpiter, Saturno, e eu acho que a um outro. Após ela voltar da visão, ela pode dar uma clara descrição de suas Luas, etc. É bem sabido que ela nada conhecia de astronomia, e não podia responder uma pergunta em relação aos planetas antes de ela ter tido esta visão".
Assim, mesmo que os adventistas digam que quem escreveu este livro foi o esposo de Ellen G. White, e não ela, por que ela nunca desmentiu isso? Segundo, mesmo que afirmem que, no texto não se diz que E.G.W. encontrou-se com Enoque em Saturno, mas afirme que ela esteve em outros planetas e numa outra ocasião encontrou-se com Enoque, que diferença isso faz? Terceiro, mesmo que me desafiem a provar não haver vida em outros mundos, respondo que o ônus da prova cabe a quem acusa, a quem inventa, a quem postula. O fato de os astrônomos encontrarem planetas no Universo que poderiam ser compatíveis com a Terra não serviu jamais de prova que haja pessoas majestosas vivendo por lá.

Mas e pelas Escrituras, há provas de que não há vida em outros planetas? Não diretamente, nessas palavras, mas:
  1. Gênesis 1:1 afirma que Deus criou os céus e a terra, mostrando que apenas um planeta foi criado para ter vida; 
  2. O Salmo 115:16 afirma que os céus pertencem a YHWH, mas a terra [e não outros planetas] Ele deu aos filhos dos homens; 
  3. A Bíblia jamais menciona vida em outros mundos, a não ser céu (mundo espiritual) e terra (mundo físico); 
  4. A Bíblia menciona "novos céus e nova terra" (2 Pedro 3:13), Jesus fala sobre herdar o reino dos céus e a terra (Mateus 5:3, 5), mas nada de vida em outros mundos. E mesmo que Hebreus fale que Deus criou os "mundos" (no grego: aionas), isso não significa que esses mundos sejam habitados. Literalmente, Hebreus 1:2 e 11:3, usam aiônas com o significado de "séculos", "eras", melhor traduzido por "mundos". 
  5. Por fim, uma visão de uma "profetisa" depender apenas de provas científicas por falta de evidências Bíblicas é uma grande incoerência!
Nem o pai da mentira seria capaz de uma criancice astronômica como essa! Em Júpiter? Ou em outro planeta qualquer? E com asas? Apenas uma informação adicional: No livro Early Writings (Primeiros Escritos), página 32, E. G. W. disse que foi levada a um planeta de sete luas. Que planeta era esse? Bem, depois que descobriram a oitava lua em Júpiter, os editores tiveram a audácia de editar o livro com os dizeres: "Eu vi oito luas".

Além de toda essa "estória" absurda, a IASD usa as palavras de E. G. W., de outro livro dela, como alerta para quem desacredita no que ela escreve (plagiando ou não). Observe:
“Ai de quem mover um bloco ou mexer num alfinete dessas mensagens. A verdadeira compreensão dessas mensagens é de vital importância. Os destinos das almas dependem da maneira em que são elas recebidas” (Ellen G. White, Primeiros Escritos, Editora Casa Publicadora, Tatuí – SP; 1995 – páginas 258, 259).
Com a maior tranquilidade, os cristãos verdadeiros podem mover o bloco, mexer no alfinete, na linha, no tricô inteiro daquilo que essa senhora escreveu. Nossa vida eterna depende só da graça de Deus, por meio da fé em Cristo Jesus, e não de se crer naquilo que acabamos de examinar. De forma alguma quero incitar o ódio religioso contra a IASD, mas sim o sentimento de compaixão por milhões de pessoas vítimas de uma senhora com visões desse tipo, que afirmou ter feito viagens interplanetárias, e com ASAS ainda por cima. Criticam corretamente as tradições da Igreja Católica Romana mas obrigam seus adeptos a crerem nas tradições de Ellen G. White, todas elas fora da Bíblia. - Pr. Fernando Galli.

Postagens mais visitadas deste blog

TESTEMUNHAS DE JEOVÁ - DESCULPAS PARA JUSTIFICAR SUAS FALSAS PROFECIAS PARA 1914, 1925 E 1975

APOSTILA - RAZÕES PARA JAMAIS SER TESTEMUNHA DE JEOVÁ - NÍVEL INICIANTE 1

ESBOÇOS DA FÉ - QUE TIPO DE UVAS VOCÊ PRODUZ? - ISAÍAS 5:1-7