TESTEMUNHAS DE JEOVÁ - APOLOGISTA TJ (CENTRAL DE DEFESA BÍBLICA) TENTANDO JUSTIFICAR AS FALSAS PROFECIAS TJS


O site extra oficial anônimo TJ escreveu uma matéria tentando justificar as falsas profecias TJ e seus erros de interpretação. Vamos refutar cada ponto das malandragens textuais dessas marionetes do Corpo Governante? Vejamos:


RESPOSTA CRISTÃ - Veja como se desconstrói essa argumento. De fato, é uma inclinação humana querer que o fim venha logo. Como eu gostaria que viesse agora! Mas quem disse que o fato de aqueles discípulos, que ainda não haviam recebido o Espírito Santo em Pentecostes para serem conduzidos a toda a verdade, terem achado que Jesus voltaria logo e antes de João morrer, que isso dá autorização para uma seita de maus intérpretes da Bíblia previr o fim para 1914, 1925 e 1975? E há uma grande diferença entre achar que Jesus voltaria enquanto João vivesse, o que poderia incluir um período de sessenta anos, e estipular datas à custa de cronologias bizarras.

Outro ponto: Uma coisa é discípulos entenderem errado palavras de Jesus difíceis de entender e soltarem boatos errôneos, outra coisa é espalhar interpretações erradas de palavras de Jesus impossíveis de ser entendidas erroneamente. Vou explicar melhor. Quando Jesus disse a seus discípulos: Se eu quiser que João fique vivo até que eu venha, o que importa isso a você, ele simplesmente não quis dar nenhuma pista de mais ou menos quando o fim viria. Podia ser antes de João morrer ou depois. A verdade é: Jesus sempre deixou explícito: A minha volta é iminente e apanhará de surpresa. Assim, Jesus não deu a menor pista para eles. Por isso, eles entenderam errado. Mas o interessante é que NEM TODOS ENTENDERAM ERRADO, pois o próprio João, que escreveu seu evangelho, afirma em João 21:23 que Jesus jamais quis dizer aquilo que alguns haviam entendido. (João 21:23) Ou seja, como é horrível um TJ usar a Bíblia sem entendê-la corretamente! Não é à toa que já mudaram 336 vezes de ensino. (Leitores, este número pode mudar a qualquer instante.)

Mas será que sobre pôr datas para a volta de Cristo se enquadra no caso de João, se tratando de um caso parecido? De jeito nenhum! Jesus já havia sido categórico: Ninguém, exceto o Pai, sabe o dia. (Mateus 24:36) Quanto a isso, não tem como entender errado. Só mesmo um falso profeta poderia sugerir, com muita certeza ou pouca, qualquer data marcada. Portanto, cai por terra essa desculpa desse TJ assecla de seus mentores e amos da fé - o Corpo Governante. 

Continuando com a desculpa do Apologista TJ da Central de Defesa Bíblica: 


RESPOSTA CRISTÃ - Em primeiro lugar, queremos afirmar ao apologista TJ que rejeitamos todo falso profeta, seja ele um TJ, um mórmon, ou até mesmo os muitos em nosso meio evangélico e protestante. O fato de haver falsos profetas dentro da nação de Israel, falando, interpretando e predizendo o que Deus jamais havia dito, não implicava que toda a nação de Israel estava em pecado e que não havia povo de Deus na terra. 

Em segundo lugar, a resposta que damos aos TJs, a saber, os apóstolos tinham falsas expectativas, mas eles não publicavam isso como se fosse mensagem de Deus assim como as TJs fazem é um excelente argumento, tanto que é verdadeiro, POIS DEUS NUNCA OS DIRIGIU A DIVULGAR POR ESCRITO BOBAGENS, ao passo que o falso deus-TJ (o Corpo Governante) o faz constantemente. Mesmo que seja verdade o ponto central do argumento TJ, que todos nós ansiamos a volta de Jesus, isso não significa que aqueles primeiros discípulos de Jesus ensinassem isso como doutrina, como resultado de uma reunião com oração, como supostamente fazem os membros do corpo governante ao preparar e aprovar matérias e novas luzes para os seus asseclas e escravos espirituais. Portanto, nossa resposta cristã não é coisa nenhuma falácia da observação irrelevante. Vejamos agora outro suposto erro que o tal Central de Defesa Bíblica diz que fazemos:


RESPOSTA CRISTÃ - Em primeiro lugar, concordamos em gênero, número e grau, e até nos ajoelhamos de gratidão a Deus, pelo fato de os TJs não se considerarem inspirados e inerrantes. Uffa! Analisando as 336 mudanças de ensinos dessa seita, somente um desinteligente para acreditar nisso! E muito menos têm o dom de profecia, pois quando interpretam uma profecia, fazendo uma profecia e marcando datas para o fim, [COISA QUE NEM OS DISCÍPULOS OUSARAM A FAZER (exceto falar tempos e épocas em Atos 1:8, o que não é estipular datas, pois até eu acho que estou no tempo e na época do fim - isso a igreja sempre creu!)], NÃO ACERTAM UMA! E a função de um profeta em Israel não era apenas falar de eventos futuros, mas de interpretar a Lei ensinando que era Deus quem o dirigia àquela interpretação. Ora, a seita TJ faz exatamente isso! Ela não mais prediz, de fato, o fim com datas marcadas, mas interpreta tão erroneamente a Bíblia que só no livro Climax de Revelação, livro usado pela seita para explicar Apocalipse e que revisa dezenas de interpretações anteriores a este livro, sim, esta seita teve que fazer 70 alterações neste livro Clímax de Revelação. Sim, eu disse 70! E ai se uma TJ sair dizendo que discorda de sequer uma interpretação do Corpo Governante! 

Em segundo lugar, vale informar: Usar erros de alguns apóstolos para justificar o erro absurdo de se previr a volta de Cristo com data marcada soa-me como o Pedrinho, que havia jogado pedra na janela do vizinho e ao ser pego em flagrante disse à polícia: Eu fiz isso, mas o Joãozinho também fez. E quando o Paulinho diz: Eu nunca fiz, o Joãozinho diz: Você é um mal rapaz. O certo é fazer como eu, que fiz errado, não vou fazer mais. Como você nunca errou nisso, para ter a chance de mudar, então você é um mal rapaz e eu sou bom; aliás, o único bom rapaz. Se eu visse o Pedrinho falar isso, certamente o chamaria de picareta!!!! Vejamos a última parte da argumentação do Central de Defesa Bíblica:


RESPOSTA CRISTÃ - Não é o local nem quem cometeu o erro que nos fará considerar um grupo seita ou não. Pois eu mesmo já errei! Já mudei! Já achei que o fim não passaria do ano 2000. Que não chegaríamos onde chegamos. Como o nobre TJ apologista afirma, todos nós temos anseio pela volta de Cristo. Mas imagine se eu cometesse os mesmos erros dos outros em esperar o fim com muita ansiedade, e me proclamasse a única religião verdadeira? Quão tolo eu seria! É o que os TJs fazem. É por isso que não aceitamos os erros deles, mas aceitamos os erros dos apóstolos! Eles nunca ensinaram que uma denominação religiosa seria a única verdade, como fazem todas as seitas. Então, não exigimos perfeição coisa nenhuma do Corpo Governante, apenas expomos seus erros para ajudar o máximo de TJs possível a sair dessa seita. E Deus, para a glória dEle, já me ajudou a arrancar mais de 200 TJs dessa seita, sendo que várias delas são crentes, hoje. - Pr. Fernando Galli.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

TESTEMUNHAS DE JEOVÁ - DESCULPAS PARA JUSTIFICAR SUAS FALSAS PROFECIAS PARA 1914, 1925 E 1975

APOSTILA - RAZÕES PARA JAMAIS SER TESTEMUNHA DE JEOVÁ - NÍVEL INICIANTE 1

ESBOÇOS DA FÉ - QUE TIPO DE UVAS VOCÊ PRODUZ? - ISAÍAS 5:1-7