ANÚNCIO SOBRE A IGREJA ADVENTISTA DO SÉTIMO DIA


Até 16 de janeiro de 2016, considerávamos a Igreja Adventista do Sétimo Dia como seita do diabo, sendo impossível haver salvos ali. Mas a partir da data mencionada, mudamos nossa posição, ensinando que a IASD era uma Igreja Cristã com sérios problemas doutrinários, mas que por crerem na Trindade, não poderiam ser mais tachados de seita. 


Todavia, continuamos nosso estudo, e como parte de uma sociedade secreta de estudos religiosos (nada a ver com maçonaria ou coisa do tipo, mas apenas um grupo de 40 estudiosos, de vários países, pesquisamos com gravações nas IASD, entrevistas formais e informais, e depois de 1 ano e meio de pesquisa mais aprofundada, chegamos a conclusão de que deveríamos mudar de opinião. 

Antes, nossa preocupação era de não pôr os Adventistas na mesma categoria que estão os TJs e os Satanistas, ou seja, misturar grupos que não creem na Trindade com os que creem, e chamá-los de seita. Afinal, tínhamos a preocupação de chamar de hereges membros do corpo de Cristo, o que seria pecado.

Entretanto, chegamos à conclusão, melhor apresentada no vídeo acima, que a IASD, devido a seu exclusivismo religioso, praticado por 89,1% de seus membros analisados em vários países, impede que nós consideremos a IASD, como uma organização religiosa, que representa o corpo de Cristo. Por quê?

A IASD realmente considera os evangélicos irmãos em Cristo, por isso nos chamam de irmãos, diferentes do caso de eles chamarem, por exemplo, os TJs de irmãos, pois neste caso, para a IASD, os TJs são irmãos por descenderem de Adão e Eva. Mas no nosso caso, eles realmente nos consideram irmãos em Cristo, MAS FORA DA ÚNICA IGREJA REMANESCENTE ORGANIZADA AQUI NA TERRA. O proselitismo deles se deve ao fato de serem arminianos e crerem na perda de salvação. Assim, eles admitem que se um irmão em Cristo morrer antes de o Papa fazer o decreto dominical, obrigando a todos a guardarem o Domingo, esse cristão será salvo mesmo sendo, por exemplo,  um batista, pois a fé dele em Jesus foi suficiente para salvá-lo. Mas se esse mesmo batista morrer depois do decreto dominical e não guardar o sábado, ele perderá a salvação, e neste caso, sua fé em Jesus já não será suficiente para salvá-lo, pois o fato de ele não guardar o sábado indicará que ele deixou de ser até mesmo parte do corpo de Cristo. Isto explica porque a IASD é tão exclusivista, a ponto de desejarem que todos nós nos tornemos parte da IASD para que, quando o Papa dar o supracitado decreto, sejamos contados como membro da única igreja remanescente viva naquela época. Por votação unânime, consideramos isso HERESIA DE PERDIÇÃO. 

Assim, afirmamos que a IASD, como instituição religiosa, NÃO É IGREJA DE CRISTO, mas pode conter salvos nela (já explico). Embora eles creiam na Trindade, que foi um passo importante dado pela IASD décadas atrás, devido a seu exclusivismo religioso, praticado por quase 90% de seus membros analisados, eles não sabem ser Igreja de Cristo, principalmente porque são influenciados por sua pseudo profetisa Ellen Gould White a crerem que os cristãos que deixaram de guardar o sábado serão punidos. 

Mas a pergunta que não quer calar é: Pode um adventista ser um salvo pertencendo a essa instituição sectária? Sim, admitimos que por a IASD crer na Trindade, um ASD pode ouvir uma pregação e entendendo que Jesus é Deus, Senhor e Salvador da vida dela, vir a se converter a Cristo. Isto não ocorreria jamais vindo de uma pregação de um satanista ou de um TJ, cujo Deus não é triúno. Mas este adventista convertido a Cristo, devido aos erros da IASD, precisa sair dali e buscar uma Igreja denominação que seja uma expressão da Igreja de Jesus Cristo. Isto só seria reversível se a IASD se arrependesse de seus erros doutrinários, considerasse EGW como uma mera estudiosa da Bíblia, deixasse de ensinar a falsa profecia do decreto dominical e do sábado como sinal distintivo do crente após a promulgação de tal decreto. Neste caso, poderíamos admitir que teria havido uma conversão da instituição religiosa IASD. 

Portanto, nós amamos essa nova visão, pois ela é equilibrada e sensata. Ela até nos ajuda a entender como Cristo teve uma igreja de salvos durante os séculos IV e XVI, quando embora a Igreja Católica Apostólica Romana tornou-se desviada na doutrina soteriológia e em outras heresias de perdição, mas mesmo assim, por crerem na Trindade, muitos católicos poderiam ter ouvido em meio às mentiras católicas uma verdade essencial - a Trindade - que poderia levar vários católicos a entender o cerne do evangelho de Cristo e serem salvos. Ou seja, foram salvos não pela ICAR em si, mas porque uma mensagem verdadeira, em meio às mentirosas, foi-lhes ensinada e eles receberam o Cristo Deus, Senhor e Salvador de suas vidas. 

Sendo assim, é com muita tristeza que comunicamos: NÃO CONSIDERAMOS MAIS A IASD, POR SEUS CRIMES TEOLÓGICOS DE SECTARISMO, COMO EXPRESSÃO DA IGREJA DE CRISTO, mas afirmamos SER POSSÍVEL UM ASD OUVIR UMA MENSAGEM DE SALVAÇÃO ALI E, POR ATO DA GRAÇA E MISERICÓRDIA DE DEUS SE TORNAM UM SALVO ESTANDO, POR ENGANO, NUM GRUPO RELIGIOSO EXCLUSIVISTA E SECTÁRIO E, PORTANTO, A MENOS QUE A IASD SE ARREPENDA DE SEUS DESVIOS DA FÉ, esses salvos com certeza deixarão a IASD no tempo de Deus. - Pr. Fernando Galli.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

TESTEMUNHAS DE JEOVÁ - DESCULPAS PARA JUSTIFICAR SUAS FALSAS PROFECIAS PARA 1914, 1925 E 1975

APOSTILA - RAZÕES PARA JAMAIS SER TESTEMUNHA DE JEOVÁ - NÍVEL INICIANTE 1

ESBOÇOS DA FÉ - QUE TIPO DE UVAS VOCÊ PRODUZ? - ISAÍAS 5:1-7