MARIONETES TJS DO CORPO GOVERNANTE - 1 CORÍNTIOS 8:5 FALA SOBRE DEUSES FALSOS? QUEM POSSUI NATUREZA DIVINA?


O Apologista TJ, contrariamente ao que a seita dele ensina oficialmente, teima em afirmar que os "deuses quer no céu" de 1 Coríntios 8:5 inclui os anjos de Jeová, quando nós, teólogos cristãos, e a seita dele afirmamos que se referem a deuses falsos. O apologista do verdade-é-lógica desesperadamente quer considerar "deuses quer no céu" como anjos de Jeová para enfiar Jesus no meio deles, como um deus menor que o Pai. Veja o que ele escreveu:


RESPOSTA CRISTÃ - Deuses falsos são seres ou atribuições dadas a seres que, existindo ou não, não são deuses coisa nenhuma, em qualquer acepção que a palavra "deus" possa ter. Vejamos alguns exemplos:

Satanás, o diabo, é um deus falso? A Bíblia o chama de deus deste século. (2 Coríntios 4:4) Embora a pessoa de Satanás seja real, ele não é deus de fato, pois a Bíblia diz que não há outro Deus além de YHWH. Isaías 44:8b: "Por acaso há outro Deus além de mim? Não, não há Rocha! Não conheço nenhuma." Portanto, o ensino dos TJs Corpo Governante está correto:
"... a mais antiga autoridade escrita sobre religião, a Bíblia, descreve como um deus falso, atuando por meio duma serpente, engodou os nossos primeiros ancestrais para que adotassem um proceder desastroso. Até hoje sofremos os resultados penosos da estratégia usada por ele. (Gênesis 3:1-13, 16-19; Salmo 51:5) [...] Jeová Deus tem o propósito de limpar seu nome de todo o vitupério que o falso deus Satanás tem lançado sobre ele." - A Sentinela 1 de janeiro de 1992, página 4.
Satanás existe como pessoa? Sim! Mas é Deus? Nunca! É como se descobríssemos que João é um falso médico. Ele, como pessoa, existe, mas não é médico. Satanás é adorado como deus, mas ele não é deus coisa nenhuma. 

E os anjos, chamados de deuses no Salmo 8? São deuses? Sim, mas na mera acepção de representarem, com poder, o Deus da Bíblia. Eles não são deuses por natureza, mas quando agem a serviço de Deus, são deuses. Nem nessa acepção Satanás é deus, pois ele não é representante de Deus. Para o diabo, compete a pergunta se ele é um deus falso ou verdadeiro. É falso, porque não representa ao Deus da Bíblia. 

Assim, enquanto apenas o Deus verdadeiro é Deus ESSENCIALMENTE, POR NATUREZA, e apenas Ele possui natureza divina, todos os outros seres chamados de deuses por representar a Deus portam não a natureza divina, mas um título, a saber, "deus". Neste grupo, estão anjos, Moisés (Êxodo 7:1), os Juízes (Salmo 82:1, 6). Para estes, não compete a pergunta se são deuses falsos ou verdadeiros, pois a palavra "deus" atribuída a eles trata-se de título. Por isso que não se menciona servos de Deus dizendo a eles: MEU DEUS!

Então, a pergunta é: Jesus é um deus falso? Não! Nem os cristãos, nem os TJs, diriam que Jesus é um falso deus. Resta determinar se Jesus é chamado "DEUS" na acepção de apenas ser representante de Deus, portando assim o título "deus", ou por ele ser DEUS por essência, ser Deus por natureza. 

Os TJs dirão que em João 7:29 se diz que Jesus é representante de Deus. Concordamos que Jesus, por proceder do Pai (que é o que está escrito em grego) representou Deus aqui na terra. Mas será que Jesus é apenas representante de Deus? Não, Ele é o próprio Deus, que na Pessoa do Filho, representou a Deus, o Pai. Jesus, no princípio, estava com Deus (o Pai e o Espírito Santo e o próprio Jesus era divino, Deus por natureza). (João 1:1) A Bíblia diz que Tomé disse a Jesus: "Ho kyrios mou kai ho theós mou" (O Senhor de mim e o Deus de mim). (João 20:28) E além disso diz que os anjos de Deus o adoram. (Hebreus 1:6) Portanto, Jesus não é deus falso como o diabo, não é deus por título, mas é Deus por natureza. As únicas Pessoas que possuem natureza divina são o Pai, o Filho e o Espírito Santo. Por quê? Porque sempre foram Deus por natureza.

Por incrível que pareça, o Corpo Governante TJ diz que para o próprio Jeová, a palavra DEUS é um título. Observe:
"Sem dúvida, todos os seus conhecidos têm um nome. Deus também tem um nome pessoal para distingui-lo de todos os outros. Alguém talvez pergunte: ‘Mas o nome dele não é “Deus”?’ Não, porque “Deus” é apenas um título, assim como “Presidente”, “Rei” e “Juiz” são títulos." - Poderá Viver para Sempre no Paraíso na Terra, p. 41, par. 18.
Isto é uma blasfêmia contra o Deus da Bíblia. A grande diferença entre o Deus verdadeiro dos deuses falsos e dos que usam o título deus é que YHWH - Pai, Filho e Espírito Santo - é Deus por natureza, e os outros são meros títulos, uns legítimos, outros ilegítimos, dados a criaturas. A pergunta é: Jesus é Deus por natureza ou por título? Veja o que a seita TJ afirma sobre Jesus e sua natureza:
"Existência Pré-humana. A vida da pessoa que se tornou conhecida como Jesus Cristo não começou aqui na terra. Ele mesmo falou da sua vida celeste pré-humana. (Jo 3:13; 6:38, 62; 8:23, 42, 58) João 1:1, 2, fornece o nome celeste daquele que se tornou Jesus, dizendo: “No princípio era a Palavra [“Verbo”, Al; CBC; gr.: Lógos], e a Palavra estava com o Deus, e a Palavra era um deus [“era divina”, AT; Mo; ou “de natureza divina”, Böhmer; Stage (ambas em alemão)]." - Estudo Perspicaz, Volume 2, p. 534, 
"A “natureza divina” requer uma mudança de natureza por meio de morte e ressurreição, conforme o apóstolo Paulo torna claro em Primeira Coríntios, capítulo 15. Ele explica que o cristão tem de morrer e tem de ser ressuscitado num corpo diferente, um espiritual, o que requer uma mudança. — 1Co 15:36, 38, 44, 49, 51." - Estudo Perspicaz, Volume 3, p. 65. 
"Jesus tinha de morrer, despindo-se do corpo de carne, para que pudesse receber a mudança para a “natureza divina” por ser ressuscitado “no espírito”. — 2 Ped. 1:4; 1 Ped. 3:18." - A Sentinela 1 de outubro de 1974, p. 606.
Pasmem! Para os TJs Jeová Deus tem natureza divina, Jesus também tem, POIS MORREU E FOI RESSUSCITADO, e todos os que forem ressuscitados para morar no céu (os 144 mil) terão também (a Bíblia diz sobre os salvos participarem da natureza divina, ou seja, ter comunhão (em grego) com a natureza divina, não que terão a natureza divina. - 2 Pedro 1:4.

Veja que absurdo! Ensinam que Jesus tinha a natureza divina no princípio, que deixou de ter a natureza divina enquanto esteve na terra e só a reouve quando foi ressuscitado de sua morte!!! Ou seja, é o pior "jesus" que já conheci na minha vida. Ele não é o mesmo hoje, ontem e sempre (Hebreus 13:8) porque não apenas deixou de existir por três dias mas também deixou de ter a natureza divina enquanto homem. É uma porcaria de "jesus". Um falso "jesus". Literalmente, um "outro jesus". 

Portanto, embora devamos tratar bem a pessoa TJ, respeitar o direito dela de praticar a crendice dela, devemos evitar que a porta da nossa casa, desde a calçada, seja contaminada espiritualmente por demônios que tentam trazer até nós conceitos errôneos sobre Deus e os falsos deuses. Bíblia neles, irmãos! São pessoas maravilhosas, mas terrivelmente equivocadas! - Fernando Galli.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

VÓ ROSA - APOSTILA PARA ESTUDAR AS CRENÇAS DA SEITA

CONGREGAÇÃO CRISTÃ NO BRASIL - LIBERTANDO-SE DE UMA INVERDADE CABELUDA

ESBOÇOS DA FÉ - QUE TIPO DE UVAS VOCÊ PRODUZ? - ISAÍAS 5:1-7

O QUE SIGNIFICA SER MANSO?

APOSTILA - DEZESSEIS RAZÕES PARA NÃO SER TESTEMUNHA DE JEOVÁ - NÍVEL INICIANTE

MAÇONARIA - UM SEGREDO SOBRE AS ORIGENS DE SEUS SINAIS SOLENES.

CARACTERÍSTICAS DO VERDADEIRO AMIGO - PROVÉRBIOS 17:17

COMUNIDADE CRISTÃ AMOR E GRAÇA - ALGUMAS DE SUAS HERESIAS

DEBATE: BATISTA X ADVENTISTA: OS ESCRITOS DE ELLEN G. WHITE - INSPIRADOS POR DEUS OU NÃO? (PROFESSOR AZENILTO BRITO X FERNANDO GALLI)