TESTEMUNHAS DE JEOVÁ - ALIANÇAS PODE, ANIVERSÁRIOS NÃO? POR QUÊ?

ASSUNTO - ALIANÇA DE CASAMENTO E ANIVERSÁRIOS

TJ A VERDADE É LÓGICA - O fato de algumas alianças de casamento ter origem no paganismo não significa que todas as alianças de casamento ou todas as origens das alianças de casamento tenham origem no paganismo. Por isso, podemos usar alianças de casamento, mesmo que alguns povos pagãos as tivessem criadas. Aliás, há obras de conhecimento humana. como Enciclopédias, que falam que os judeus usavam alianças de casamento. Mas não há sequer uma obra que diga que os judeus celebrassem aniversários natalícios. 



CRISTÃO APOLINHO - Seu argumento é tolo! Origem só tem uma! O resto é cópia. Aliás, a seita que o Sr. pertence, prezado TJ, afirmou categoricamente que as alianças de casamento e até outros apetrechos gão que vocês mesmo usam, como os vestidos de noiva, têm origem pagã. Veja:

Revelação – Seu Grandioso Clímax está Próximo! (1989), página 236, rodapé:  “O emprego de templos, e estes dedicados a certos santos, e enfeitados em ocasiões com ramos de árvores; incensolâmpadas e velasofertas votivas ao restabelecer-se de doenças; água benta; asilos; dias santos e estações, uso de calendários, procissões, bênçãos dos campos, vestimentas sacerdotais, a tonsura, a aliança nos casamentos, o virar-se para o Oriente, imagens numa data ulterior, talvez o cantochão e o Kyrie Eleison [o canto “Senhor, Tende Piedade”], são todos de origem pagã e santificados pela sua adoção na Igreja.” 

Portanto, não seja mentiroso, tentando fazer o seu leitor engolir a seco a besteira de que vocês usam aliança de casamento porque teve povo pagão que criou a aliança e teve povo que não era pagão que criou a aliança. Isto é tolice! Não existe nada que afirme que os judeus criaram alianças de casamento. E se não foram judeus, a origem foi pagã. A hipocrisia da seita de vocês é exatamente esta: Usar alianças com a desculpa de que não se a usa com o intuito pagão e não reconhecer que o intuito dos cristãos ao celebrar aniversários natalícios nada tem a ver com paganismo.




TJ A VERDADE É LÓGICA - Mas em Gênesis 41:42 mostra que Faraó deu a José um anel de selar, que era símbolo da autoridade que ele dava a José. Então, um servo de Deus usou um anel. E nem adianta vir dizer que anel é uma coisa, aliança é outra. Qualquer dicionário define anel como aliança de noivado ou aliança de casamento. 





CRISTÃO APOLINHO - Você, aqui, está cometendo a falácia da falsa comparação. Ou seja, você está comparando usos do mesmo objeto para fins diferentes. Vou fazer uma ilustração: É errado o cristão ter tabaco ou folha de tabaco em casa? A resposta é não! O tabaco é uma planta, uma criação de Deus. Mas e usar o tabaco para cheirá-lo? Neste caso, o cristão não usa! Portanto, da mesma forma, ocorre com as alianças de casamento e os aniversários natalícios. Um cristão pode simbolizar uma união de casamento com uma aliança? Pode! Mas e se no momento de os noivos realizarem a troca de alianças, um pai de Santo pedisse para eles também usarem um par de alianças idênticas abençoadas pelos sete orixás que o guiam - um cristão poderia as usaria? Claro que não! Da mesma forma, os aniversários natalícios. Um cristão pode celebrar um aniversário natalício? Pode. Mas imagine que logo após a festa de aniversário de um cristão, o mesmo pai de santo aparecesse na casa do cristão e o convidasse para eles irem imediatamente a seu centro de macumba pois ali eles fariam uma festa para celebrar o aniversário desse mesmo cristão, com as bênçãos de todos os pais de santo da região e dos mesmos sete orixás que os guiam - o cristão participaria? Não! Portanto, o seu argumento baseado em Gênesis 41:42 está errado! O fato de servos de Deus usar alianças ou anéis como símbolo de autoridade não significa que eles usariam qualquer anel ou aliança. É o motivo pelo qual se usaria tal objeto que determinaria o uso deste ou não. E o mesmo se dá com os aniversários. Quando os celebramos, não é para adorarmos a deuses falsos.

TJ A VERDADE É LÓGICA - Mas uma coisa é aliança, que em si não tem nada a ver com paganismo, outra coisa é uma festividade pagã ser tratada como cristã. Por exemplo, em Êxodo 32:5, lemos sobre Arão ter construído um altar diante de um bezerro de ouro, e depois convocou o povo para fazer uma festividade para Jeová. Mas o contexto mostra que Jeová condenou aquela festividade. Ou seja, com isso aprendemos que mesmo que tentemos usar festas pagãs com a intenção de agradarmos a Deus, ainda assim isso é pecado. Por isso, vocês da Cristandade, parem de usar o caso das alianças como desculpa para FARREAR e entendam que o verdadeiro Cristianismo sempre se preocupou com pureza na adoração a Deus.


CRISTÃO APOLINHO - Fazer festa, em si, também não tem a ver com paganismo! O que demonstra que uma festividade é pagã ou não é: (1) A quem eu quero adorar com a festa? (b) O que eu uso para adorar a Deus com a festa? No caso dos judeus, eles quiseram adorar a Jeová, em Êxodo 32:5. Então, no primeiro requisito, estavam bem intencionados. Mas o que tornou a festa deles errada? Vejamos o que a Bíblia diz: 

"Vai, desce, porque o teu povo, que tiraste da terra do Egito, se corrompeu; depressa se desviou do caminho que lhe ordenei. Fizeram para si um bezerro de fundição, adoraram-no, ofereceram-lhe sacrifícios e disseram: Aí está, ó Israel, o teu deus, que te tirou da terra do Egito." - Êxodo 32:7, 8.

Portanto, por que Deus condenou aquela festividade? Porque eles adoraram um bezerro de ouro, não a Jeová. Imagine um casal de cristãos trocando alianças numa festa de casamento. Daí, o noivo percebesse que a aliança de casamento tem um desenho, uma "Nossa Senhora Aparecida" dos católicos. Ele usaria tal aliança? Claro que não! A aliança em si não é o problema, nem a festa de casamento, para um pequeno sinal de adoração falsa ali contaminaria toda a festa. Da mesma forma, os aniversários natalícios. Comer bolo é errado? Não! Cantar Parabéns a Você, seguido de oração em agradecimento a Deus por mais um ano de vida do cristão é errado? Não! Mas e se no bolo de aniversário viesse um desenho: Uma "Nossa Senhora Aparecida" dos católicos? O cristão permitiria isso na festa? Não! Então, prezado TJ, você é uma baita fariseu que cria regras que a Bíblia não cria, e além disso interpreta mal as Escrituras. 

Comentários

  1. Mais uma vez a sabedoria do mundo foi humilhada.

    "A língua dos sábios adorna a sabedoria, mas a boca dos tolos derrama a estultícia." Provérbios 15:2

    Esse grupo é um grande exemplo daqueles que tropeçam na palavra sendo desobedientes, para o que também foram postos. (1 Pedro 2:8)

    Deus abençoe ricamente seu ministério Fernando Galli. Amém

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Seus comentários devem contem no máximo 1000 caracteres

Postagens mais visitadas deste blog

VÓ ROSA - APOSTILA PARA ESTUDAR AS CRENÇAS DA SEITA

CONGREGAÇÃO CRISTÃ NO BRASIL - LIBERTANDO-SE DE UMA INVERDADE CABELUDA

ESBOÇOS DA FÉ - QUE TIPO DE UVAS VOCÊ PRODUZ? - ISAÍAS 5:1-7

O QUE SIGNIFICA SER MANSO?

APOSTILA - DEZESSEIS RAZÕES PARA NÃO SER TESTEMUNHA DE JEOVÁ - NÍVEL INICIANTE

MAÇONARIA - UM SEGREDO SOBRE AS ORIGENS DE SEUS SINAIS SOLENES.

CARACTERÍSTICAS DO VERDADEIRO AMIGO - PROVÉRBIOS 17:17

COMUNIDADE CRISTÃ AMOR E GRAÇA - ALGUMAS DE SUAS HERESIAS

DEBATE: BATISTA X ADVENTISTA: OS ESCRITOS DE ELLEN G. WHITE - INSPIRADOS POR DEUS OU NÃO? (PROFESSOR AZENILTO BRITO X FERNANDO GALLI)