TESTEMUNHAS DE JEOVÁ E SEU DEUS BANANA

Em textos passados, Já provei aqui que o "jeová" TJ não é onipresente, pois ensinam que Ele reside apenas no céu. Ele não está em toda a parte para a seita TJ. E também não é onisciente, porque sempre Ele tem algo a aprender com o futuro - basta querer saber, e este deus fica sabendo o que vai acontecer. É o deus da sabedoria seletiva. Se ele não quiser saber, não ficará sabendo. Por isso acreditam que seu deus TJ não sabia que Adão e Eva iriam pecar.

Como se não bastasse estes elementos num currículo ruim, os TJs me saem com outra característica de seu divino "jeová". Ele não cura nem faz a pessoa viver menos. Observe:

A Sentinela de Março de 2017, p. 21. Edição de Estudo.
Meu caro leitor, que "deus" é esse? Creem os TJs que com a morte do último apóstolo, as curas cessaram. É verdade que no meio evangélico e protestante há correntes de interpretação bíblica que defendem a cessação dos dons de maravilhas, mas ainda assim admitem que Deus pode curar mesmo assim, sem dar dons de curar para seus filhos. Mas afirmar que Deus não cura e que não se pode esperar por Deus para vivermos mais? Qual é a base bíblica para isso? Nenhuma!

Alguns TJs alegam que pelo fato de os relatos de curas na Bíblia diminuírem conforme o cânon bíblico é completado faz com que Deus cesse de curar enfermos e de realizar outros milagres. Outros ainda afirmam que Jesus não aprova mais curas pois chamará de obreiros do que é contra a lei àqueles que fizeram obras de maravilhas. (Mateus 7:21-23) Todavia, será que esses argumentos resistem à uma análise melhor das Escrituras? A resposta é não. Diminuir os relatos de cura conforme a Bíblia vai se encerrando não significa que não se deve esperar a cura divina. No máximo indicaria que os dons de curas e maravilhas teriam cessado. (Não afirmei que creio assim) Deus cura a quem Ele quiser. E quanto aos obreiros do que é contra a lei, eles serão condenados não pelos milagres que fizeram em nome de Jesus, pois se o fizeram, é porque Jesus e seu Pai havia concedido o milagre. Se curar fosse fazer obras do que é contra a lei, esta lei estaria escrito na Bíblia e o próprio Jesus, com seus apóstolos, seriam considerados obreiros do que é contra a Lei. A verdade é que aqueles aos quais Jesus condenará como obreiros do que é contra a Lei acabaram por se desviar da fé e agindo exatamente ao contrário do que faziam antes: suas obras deixaram de ser corretas, feitas em nome de Jesus, para praticarem aquilo que a Bíblia condena. Então, por isso, Jesus lhe dirá: Nunca vos conheci, apartai-vos de mim! - Mateus 7:23.

Entre servir um deus banana desses, que mais parece uma visita num quarto de hospital do que um Deus atuante e servir qualquer outro deus falso, por favor, decida isso no cara e coroa - qualquer resultado dará na mesma! - Fernando Galli.

18 comentários:

  1. Boa tarde!!
    Primeiramente, gostaria de elogiar a iniciativa da página em promover o conhecimento bíblico. E aproveitando a oportunidade gostaria de fazer duas perguntas.

    Qual o sentido de Deus dar uma ordem a Adão sabendo que ele iria pecar??
    Qual o sentido de Deus criar um anjo sabendo que ele iria se desviar e prejudicar a humanidade?

    Essas perguntas não são para confrontar o autor, mas para saber o seu ponto de vista.
    Desde já agradeço e um grande abraço...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A resposta é o amor de Deus. Deus decidiu criar e mesmo sabendo que criaria seres sem pecado, ele sabia que toda criatura é infinitamente inferior ao infinitamente superior, Deus. Então, ele sabia que devido a esta diferença, o homem pecaria. Poderia ter desistido, mas não o fez. Por quê? Porque ele também sabia de você, de mim, e de outros, que buscariam a verdade de Deus. Este é o sentido: Deus conta o final desde o princípio (Isaías 46:9, 10) Não diz que ele sabe quando quer. Isto seria ridículo! Seria como crer num Deus que aprende com o futuro. Não creio num "deus" desses. Deus sabia de tudo. E pensou em nós. É aí que ele nos predestinou antes da fundação do mundo. - Efésios 1:3, 4.

      Excluir
    2. Mas se Deus já traçou o que vai acontecer em nossas vidas, como faremos nossas escolhas? Alguém escolhe ser ateu? Alguém escolhe ser cristão ou Deus determina quem vai ser e quem não vai ser? Isso não seria injustiça?

      Excluir
    3. Como eu disse, Deus sabia que ao criar seres humanos, devido a infinita inferioridade entre criatura e Criador, o homem pecaria. Então, Deus não criou o pecado, mas criou seres que Ele já sabia que pecariam; e em sua soberania decidiu salvar algumas pessoas já antes da fundação do mundo. São os predestinados de Efésios 1:3, 4.

      Sobre ser cristão? A Bíblia diz que antes estávamos mortos em pecados e delitos. (Efésios 2:1, 2 5) Mortos em sentido espiritual não reagem espiritualmente ao evangelho. Morto não decide querer a salvação. Por isso, a Salvação vem pela graça de Deus (favor imerecido), não das obras (méritos próprios). (Efésios 2:8-10) A salvação é um querer de Deus. Deus salva todos aqueles que Ele quis salvar. Não existe essa de Deus tentar salvar a todos e não conseguir salvar a maioria. Assim, se sou cristão hoje, é porque Deus quis, não eu. É uma graça irresistível que alcança os predestinados.

      Deus determina quem não vai ser? Não! Pois todos nascemos assim, condenados. Não precisa Deus determinar nada, neste caso. Mas Ele determina sim os que serão salvos!

      Excluir
    4. Acredito que nossas escolhas determinam o nosso futuro. A partir do momento que Deus determina os que serão salvos, automaticamente ele determina os que não serão. Agora, todos nós temos a chance de ser salvos. Longe está do verdadeiro Deus agir parcial e injustamente.
      -Ele deu condições para que Adão fizesse sua própria escolha. Baseado nisso ele o julgou. Será que não existia a possibilidade de Adão obedecer a Deus??
      - Se antes de criar o homem ele já determinou quem seria salvo, qual o sentido de coisas como: Arrependimento, amor, justiça?
      -Coitado de Judas!!!! Antes de nascer Deus determinou que ele seria um traidor. E, mesmo assim foi culpado por Deus. Isso parece justo?

      Excluir
    5. Auto lá! Eu disse que Deus predestina pessoas à Salvação, não a trair, etc. Eu fiz xixi hoje às 14h. Eu não fui predestinado a fazer xixi nesta hora. Eu quis fazer xixi. Deus não usou de sua graça irresistível para eu não resistir à vontade e fazer em tal hora. A predestinação tem a ver com a salvação. Muito bem. Posto isso, quero lhe afirmar que Deus tem os critérios dele para predestinar pessoas à salvação e outras não. Eu não sei quais foram. Mas para mim isto é um ensino bíblico claro. Ensinar que Deus deixa o homem decidir se quer ser salvo ou não significa afirmar que é a vontade do homem que decide a salvação ou não, e a Salvação é uma obra divina, não humana. Aqueles que são predestinados à salvação se arrependem e se convertem, porque não resistem à graça de Deus. Pensemos assim: Você agora é Deus. E você vê dez homens que desejam se matar, pulando de uma ponte. Qual das três opções é a mais bíblica?

      (a) Deus faz com que os dez, no final, não pulem da ponte, por amor a eles. O Espírito Santo de Deus convence os dez a não fazer isso.

      (b) Deus faz com que dois não pulem da ponte. Deus deseja salvar a vida apenas de dois, e os dois que ele escolhe reagem ao convencimento de Deus. Deus envia pessoas para avisar os dez, mas como é Deus quem convence e não as pessoas, apenas os que Deus predeterminou que seu infalível Espírito Santo os convenceria decidem não pular da ponte. Os outros, Deus não determina que eles sejam escolhidos e eles morrem.

      (c) Deus deixa os dez decidir: Você quer ou não pular da ponte?

      A Primeira opção é a do universalismo, que apregoa que todos, sem exceção, se converterão e serão salvos. A Bíblia não ensina isso.

      A segunda poderia ser questionada: Como um Deus amoroso não escolheria os outros oito. Mas se tivesse escolhido também, cairíamos no universalismo.

      A terceira parece ser a mais bonitinha. Mas como você reagiria se visse dez pessoas querendo pular da ponte? Você deixaria elas escolherem mesmo? Seria amoroso você ver tais pessoas mortas em seu equilíbrio decidirem isso? Apenas tentaria avisá-las? OU À FORÇA PUXARIA OS DEZ? Se você tivesse poder para impedi-las de fazer isso, o que você faria? Eu salvaria as dez pessoas, contra a vontade delas. Mas Deus não faz isso com todos, segundo a Bíblia.

      Se a primeira é um absurdo, a segunda e a terceira hipótese são as mais discutidas. E aí: Vendo Deus que o homem nasce morto em seus pecados e delitos, seria amoroso ele deixar o homem decidir? O Homem realmente tem condições de decidir uma decisão espiritual se ele está morto espiritualmente? Das três, eu prefiro a segunda, pois Deus salva quem ele predestinou, e quem foi predestinado, quando ouve a mensagem, reage favoravelmente. Quem não foi predestinado, não reage, pois não recebeu a graça salvífica. Sendo assim, 100% da vontade de Deus é feita: Todos os que ele quer salvar são salvos e todos os que ele não quer salvar não são salvos. Mas afirmar que Deus quer que todos (não os predestinados, mas todas as pessoas sem exceção) sejam salvos e não conseguir salvá-las apesar de tentativas, sinceramente? Não creio nisso!

      Excluir
    6. Respeito o seu ponto de vista e concordo em algumas partes.

      1°- Concordo que quem decide é Deus. No entanto, acredito que ele faz isso baseado nas ESCOLHAS E INTENÇÔES CONSCIENTES QUE TEMOS. A partir do momento que obedecemos o que está escrito na bíblia, estamos fazendo uma ESCOLHA.
      2°-A partir do momento que Deus determina salvação para algumas pessoas, automaticamente ele condena outras.
      3°-A bíblia diz que devemos nos achegar a Deus e ele virá até nós. O primeiro passo é da pessoa e não de Deus.
      4°-Existia a possibilidade de Adão obdecer a Deus? Existia a possibilidade de Judas não trair a Jesus?

      Sobre a ilustração...
      Acredito que um Deus de amor gostaria que todos fossem salvos. No entanto, AS ESCOLHAS que esses homens fizeram determinaram o resultado. Olhando as atitudes e intenções de tais homens, Deus irá exercer o seu papel de Juiz.

      Mesmo pecadores nós temos condições de entender o que é certo e o que é errado. Por isso Deus providenciou as escrituras.

      Pense no caso de Jó...
      A acusação do Diabo foi justamente essa. Ele afirmou que jó só servia a Deus por interesse e comodidade. Então Deus permitiu que Jó fosse provado.

      Ele mostrou que um homem pecador, mesmo em condições difíceis, pode sim fazer a ESCOLHA CERTA. Se Jó já fosse um homem salvo, qual o sentido do Diabo fazer tudo isso??

      A bíblia determina o que a pessoa deve fazer para ter a salvação. Basta ela ESCOLHER OBEDECER.

      Excluir
    7. ok... vou deixar aqui para os leitores se decidirem. Obrigado por seus valiosos comentários!

      Excluir
    8. Obrigado!!
      Gostei da postura respeitosa do amigo...
      mas gostaria de ver a sua opinião sobre o ponto de número 4 da última resposta que mandei

      Forte abraço.

      Excluir
    9. Do nosso ponto de vista, sim. Do de Deus, não. Deus conta o final desde o começo. Então, ele sabia que Adão iria pecar. E por que o alertou a não pecar? Porque agindo assim, Deus estabeleceu uma lei. E Adão desobedeceu esta lei. Se Deus sabia que Adão iria pecar, e colocou ao redor dele todas as contingências para o pecado de Adão - serpente, lei, árvore - então, foi da vontade permissiva de Deus que Adão pecasse. Eu disse permissiva, não decretiva.

      Um exemplo atual: Há a possibilidade de você não pecar amanhã, entre 14 e 15 horas? Para você e eu, há. Mas e para Deus? Sabendo ele do futuro, e que você vai pecar às 14:23, há a possibilidade de ocorrer diferente?

      Excluir
    10. A liberdade de escolha e a predestinação são incompatíveis.

      Analisando o seu comentário podemos concluir que:
      - É IMPOSSÍVEL ADÃO FAZER A COISA CERTA.
      -Antes de existir Adão já estava condenado(pq jamais poderia contrariar oq Deus sabia)
      -Deus sabia que Adão pecaria e mesmo assim deu uma ordem para ele. Depois do pecado, o próprio Deus atribuiu culpa a Adão. Coitado!!!

      Como Adão poderia obedecer essa lei?

      Excluir
    11. Bom, o fato de Deus saber que Adão pecaria não significa que Deus predestinou Adão a pecar, pois se assim fosse Deus seria o autor do pecado. Deus simplesmente deu a ordem sabendo que Adão não obedeceria. Todavia, se Deus deu a ordem sabendo que Adão iria pecar, isto significa que Deus quis que assim acontecesse.

      Agora qual a sua alternativa? QUe Deus não sabia que Adão iria pecar? Desculpe-me, mas eu não lhe autorizo a pregar um deus assim aqui. Deus banana não!

      Excluir
    12. Calma amigo... não estou pregando nenhum Deus banana. Acredito que Deus pode realizar suas obras sem precisar olhar para o futuro. Agora, saber que Adão pecaria e mesmo assim dar uma ordem a ele, mostra que a ordem de Deus foi totalmente inútil.

      No seu penúltimo comentário, vc disse q Adão desobedeceu a Deus. O que significa desobedecer????


      -Não obedecer, RECUSANDO-SE a acatar ordens, comandos ou o que foi estabelecido em forma de leis, preceitos etc.

      Qual a minha alternativa???
      - Deus nos deu a liberdade de escolha.
      - Ao criar o ser humano, Deus queria que a humanidade seguisse sem pecado. Mas, as escolhas de suas criaturas mudaram isso por um momento. Deus irá AGIR para cumprir o seu propósito.
      - Acredito que o futuro é incerto e que nossas escolhas vão construí-lo.
      - Como disse, Deus não precisa saber o que vai acontecer pra realizar seus propósitos. A partir do momento que ele toma conhecimento do futuro, automaticamente ele determina o que vai acontecer. Mas, quando não faz isso ele deixa que o futuro seja construído.

      A minha intenção não é ofender ninguém!!! Mas, acredito que esse espaço possa ser usado para conversarmos sobre assuntos bíblicos. Peço desculpas se ofendi o amigo com algum comentário. Forte abraço!!

      Excluir
    13. Prezado, o seu conceito de Deus é deturpado. A sua frase "Deus não precisa saber o futuro para realizar seus propósitos" é errônea para Deus. Dá a entender que ele não o futuro, apenas quando quer. Então, ele está sempre aprendendo com o futuro, com as coisas que descobre. De coração? Não creio num Deus assim. Agradeço seus comentários, mas não estou interessado nem que as pessoas venham a saber mais sobre seu deus banana. Grato.

      Excluir
  2. os obreiros que são contra a lei que jesus mencionou, não eram seus apóstolos e outros irmãos do primeiro século. E cadê a "análise das escrituras" que vc falou? preciso mostrar os textos em que dizem sobre o poder de satanás, seus anjos e seus ministros da religião falsa? as inúmeras igrejas que estão fazendo milagres em nosso tempo, as quais vivem em conflito umas com as outras sobre ensinamentos sem falar da vida imoral de seus líderes, acha mesmo que Jesus ou seu pai está realizando tais milagres (se é que existem?)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá. Obrigado por sua sinceridade. Há muitos chamados, poucos escolhidos. Esses muitos são joio, e na verdade não fazem milagres, mas enganam. Deus ainda não separou o joio do trigo. O fato de maus líderes fazerem falsos milagres, e alguns até com operação dos demônios, não significa que não haja milagres de Deus na igreja hoje. Há igrejas sérias. Quando ocorre um suposto testemunho de milagre, investigamos, orientando a pessoa a dar as devidas provas. Estamos fazendo a nossa parte. Como não temos evidência alguma de que cessaram os milagres, nenhuma mesmo, preferimos crer apesar de haver tantos enganando e sendo enganados. A verdade não se acoa por causa da mentira.

      Excluir
  3. pre destinado, e destinado , qual a diferença pr galli.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para mim, quase nenhuma. Entendo que a palavra predestinado se refere ao ato de Deus determinar os que serão salvos ou não, e destinados é à compreensão humana do ato de predestinar. Tipo assim: Deus predestinou os salvos. Observamos hoje muitos destes, que foram destinados à salvação, entre nós.

      Excluir

Seus comentários devem contem no máximo 500 caracteres