APOSTILA - DEZESSEIS RAZÕES PARA NÃO SER TESTEMUNHA DE JEOVÁ - NÍVEL INICIANTE

Este estudo especial é apenas um resumo para uma pessoa analisar os fatos e decidir se deve ou não se tornar Testemunha de Jeová. Apesar de amarmos os membros dessa organização e apreciarmos muitas verdades que ensinam, e respeitarmos o seu direito de exercer a sua fé aqui no Brasil e ao redor do mundo, e de até orarmos por eles, convidamos você a analisar os ensinos TJs. Lembre-se de que discordar deles não é perseguição religiosa, pois se assim fosse, o simples fato de os TJs discordarem de outros grupos indicaria que eles também perseguem. Esperamos que os TJs que lerem este texto entendam nosso grande carinho por eles e que nos digam se concordam ou não conosco. Ao mesmo tempo, pedimos que transformem este texto numa apostila de dez ou onze páginas, e espalhem-na por e-mail ou em página impressa a todos os irmãos, a fim de que eles iniciem o aprendizado sobre os TJs e seus ensinos. Um estudo abençoado para você.

HERESIA 1 - Se consideram a única religião verdadeira e, por isso, se Jesus voltasse hoje, apenas 1 em cada 1.000 pessoas na face da terra poderia ser salva.[1]

RESPOSTA CRISTÃ – A religião verdadeira é um modo de vida (Tiago 1:27), em imitação a Cristo (1 Pedro 2:21). A Igreja verdadeira, edificada por Jesus Cristo (Mateus 16:18) é a união de todos os verdadeiros crentes pelos quais Ele morreu (Efésios 5:25), chamada na Bíblia de corpo de Cristo (1 Coríntios 12:27; Efésios 4:12), e NÃO UMA SEITA FUNDADA EM 1874 por um tal de Russell. A salvação está apenas no relacionamento genuíno de fé na pessoa de Jesus Cristo. (Atos 4:12) Só para você ter uma ideia, os TJs, por crerem que apenas eles são o povo de Deus, proíbem suas crianças em idade escolar de orar o Pai-Nosso juntamente com colegas católicos ou evangélicos. Isto porque consideram católicos e evangélicos como parte do mundo de Satanás. Por isso são uma seita, ou um grupo que se divide e se aparta da fé cristã milenar para apregoar que apenas ele é povo de Deus.

HERESIA 2 - Afirmam que todas as outras Igrejas são parte da religião falsa, chamada na Bíblia de Babilônia, a Grande.[2]

RESPOSTA CRISTÃ – Babilônia, a Grande, refere-se, de fato, a toda forma de religião errônea e anticristã, e que principalmente opõe-se à Igreja Cristã. (Apocalipse 18:4, 20) Inclui seitas como a dos testemunhas-de-jeová que caíram de paraquedas depois de uma colossal história da Igreja de Cristo, e que atacam o povo de Deus acusando-os de serem falsos cristãos. E que ensinam todas as heresias apresentadas neste estudo. Pedro as chama de seitas destrutivas. – 2 Pedro 2:1.

HERESIA 3 – Negam a doutrina da Trindade afirmando que apenas o Pai é o Deus Verdadeiro[3], que Jesus é a primeira criatura do Pai[4], e que o Espírito Santo não é um ser pessoal, mas apenas o a força ativa de Deus ou o poder de Deus em ação.[5]

RESPOSTA CRISTÃ – A Bíblia ensina que o Pai é Deus (1 Coríntios 8:5), o Filho é Deus (João 1:1, 3; 20:28), o Espírito Santo é Deus (Atos 5:3, 4), mas Deus é um só. (João 17:3) Jesus jamais é chamado de primeira criatura de Deus, mas é o primogênito de Deus porque por ter criado todas as coisas com o Pai e o Espírito Santo, ele é o HERDEIRO da criação. (Colossenses 1:15, 16) Jesus é chamado de Deus verdadeiro (1 João 5:20), e disse: Eu sou a verdade (João 14:6) Apenas Deus é a verdade. (Romanos 3:4) Jesus é a palavra que é a verdade. (João 1:1; 17:17) O Espírito Santo é um ser pessoal, não uma força, pois Ele dá poder e enche os cristãos (Atos 1:8; 2:4; Romanos 15:13) e pratica ações atribuídas a seres pessoais, como ensinar, guiar, e inclusive falar apenas o que tiver ouvido. (João 16:13, 14) Pode-se até mentir contra Ele (atos 5:3, 4) e entristece-lo. – Efésios 4:30.

HERESIA 4 - Se recusam a doar sangue ou receber uma transfusão de sangue.[6] Inclusive, mesmo que orientado pelo médico para armazenar o próprio sangue para usar numa cirurgia alguns dias depois (sangue autólogo)[7], a TJ não pode aceitar. É pecado usar o próprio sangue estocado.

RESPOSTA CRISTÃ – A Bíblia ensina a não comer sangue (Gênesis 9:4; Levítico 17:10-12) e abster-se de sangue (Atos 15:28, 29). Essa ordem proíbe a tratar o sangue, símbolo de vida, como comida. Transfusão de sangue, embora alimente o corpo, não é comida, assim como a gasolina alimenta o carro mas não é comida para o carro. Transfusão de sangue é um modo de usarmos o símbolo da vida para salvar uma vida. Todos os textos que proíbem o sangue eram entendidos como se referindo a não comer sangue daquilo que se havia matado para ser comido, quer de animais ou pessoas mortas ou que estavam morrendo. Por isso, Tertuliano, no século II, fala dos cristãos que se negavam a beber o sangue dos gladiadores feridos por lança e que agonizavam no chão. Comer sangue nada tem a ver com transfusão. Se uma pessoa morrendo de fome receber uma transfusão, isto não matará sua fome. Se uma pessoa perdeu três litros de sangue e comer chouriço, seu sangue não será reposto. O mais absurdo é que os TJs aceitam remédios feitos com frações de sangue vindas do sangue de outras pessoas. Onde a Bíblia ensina que transfusão de sangue é pecado, mas usar suas frações não é? Ora, se Deus proibiu Adão e Eva comer da árvore do bem e do mal, poderiam Adão e Eva comer frações dessa fruta? Óbvio que não! E sobre os TJs não permitirem o uso do próprio sangue estocado antes da cirurgia, os textos bíblicos usados referem-se ao uso do sangue em animais mortos para serem comidos. Nada a ver com a tentativa de prolongar ou salvar a vida de pacientes. Portanto, o ensino TJ sobre o sangue é uma heresia sem tamanho que já levou muitas crianças à morte. Quer que seu filho seja o próximo?

HERESIA 5 - Não comemoram aniversários natalícios, Natal e ano novo, pois afirmam que tais celebrações têm origem no paganismo.[8] No caso dos aniversários natalícios, não o celebram também porque nas duas menções dessa celebração na Bíblia, foram assassinados o chefe dos padeiros de Faraó e João Batista[9]. – Gênesis 40:20-22; Marcos 14:6-10.

RESPOSTA CRISTÃ – É bem verdade que estas e outras celebrações tem origem nas religiões pagãs antes de Cristo. Todavia, hoje ninguém celebra a tais para adorar deuses falsos. Com o tempo, a Igreja Cristã cristianizou tais festas de modo que, apesar de haver aqueles que as celebram por pura diversão, há cristãos que as comemoram para glorificar o Deus da Bíblia, pois quer comais, quer bebais, façais tudo para a glória de Deus. (1 Coríntios 10:31) Por exemplo, os TJs usam alianças de casamento. Tais alianças têm origem no paganismo. O mesmo ocorre com o vestido de noiva, usado também pelos TJs. Jesus ensinou o batismo em água. (Mateus 28:20) Mas qual a origem do batismo em água? No paganismo! Nem por isso Jesus deixou de usá-lo como símbolo de conversão. Portanto, o que importa não é a origem da celebração, mas como hoje ela é encarada. É como nadar num rio onde em sua nascente ele é bem sujo, mas cem quilômetros mais adiante ele é límpido e considerado apropriado para o nado. O mesmo se dá com essas festividades. Em sua nascente, elas eram pecaminosas e até os cristãos as evitavam. Mas mais à frente no tempo, elas, quando feitas para glorificar a Deus, em nada ferem a prática da vida cristã. E no que se refere aos aniversários natalícios, o fato de se mencionar na Bíblia que pessoas foram assassinadas nestas ocasiões não significa que hoje não podemos celebrá-los, afinal, que cristão mandaria matar pessoas em sua festa de aniversário?

HERESIA 6 - A liderança mundial dos TJs se chama Corpo Governante, e estão sediados nos Estados Unidos. Acreditam que os sete homens que compõem o Corpo Governante são o Escravo Fiel e Discreto, de Mateus 24:45-47, e que toda a literatura TJ distribuída, incluindo A Sentinela e Despertai!,  são o alimento espiritual dado por Deus a eles para ser passado a todos os TJs. Assim, nenhuma TJ pode discordar dos ensinos do Corpo Governante, pois quem discordar deles será expulso da seita.  Ensinam que o Corpo Governante é o canal de comunicação entre Deus e os homens, e quem não confiar neles não avançará na estrada da vida, não importa quanto se leia a Bíblia.[10] 

RESPOSTA CRISTÃ – O Escravo Fiel e Discreto (ou prudente) de Mateus 24:45-47 não se refere a apenas sete homens, mas a todos os cristãos verdadeiros que alimentam uns aos outros com a Palavra de Deus. Quando pregamos o evangelho de Cristo, estamos alimentando o mundo com a Palavra de Deus, e quando fazemos discípulos, estamos alimentando novos membros da Igreja. (Mateus 28:19, 20) Em outras palavras, é um símbolo da Igreja, a qual recebeu esta comissão de alimentar espiritualmente o mundo e a si mesma. Quando Jesus voltar desejará encontrar sua igreja agindo assim. O mais interessante é que os TJs ensinavam até 2013 que o número de pessoas que compõem o escravo fiel e discreto era de 144 mil, mas depois mudaram de ensino. Passaram a ensinar que apenas os líderes mundiais da seita, de 1919 para cá, são quem de fato compõem tal escravo simbólico. A pergunta é: Onde a Bíblia ensina isso? Em lugar nenhum!

HERESIA 07 - Quando um TJ é expulso da seita, toda TJ é proibida de conversar com o excluído, não se podendo dizer sequer um oi. Mesmo que a pessoa expulsa for uma mãe, os filhos poderão conversar só o necessário com ela.[11] Usam textos como 1 Coríntios 5:9-11 e 2 João 7-11, os quais proíbem cristãos de comer com pessoas expulsas e cumprimenta-las (no grego diz saudar).

RESPOSTA CRISTÃ – Não há dúvidas que a Bíblia exorta a excomungar ou excluir pessoas em pecados crassos e que jamais se arrependem do que sempre fazem. Mas proibir de sequer dizer “oi” a elas é um exagero típico de seitas extremistas em suas interpretações errôneas da Bíblia. Em 1 Coríntios 5:9-11, fala-se de não comer com pecadores em sérios erros pois uma refeição com tais significava associação íntima, como se não houvesse nenhum problema com os pecados praticados pelos em repreensão. Mas em momento algum se proíbe a toda igreja de encontra-los na rua, por exemplo, e falar-lhes uma palavra bíblica para retornarem a servir a Deus como igreja. A Bíblia fala que até os anjos nos céus se alegram quando um pecador se arrepende. (Lucas 15:10) E quanto a 2 João 7-11, ali o texto se refere a pregar um ‘cristo’ não ensinado na Bíblia, não vindo na carne, heresia ensinada mais tarde pelos gnósticos. Quem agisse assim não deveria receber os cumprimentos ou saudações cristãs como “a paz”, “graça e paz”, o ósculo ou beijo santo praticado em muitas igrejas na época. É esse cumprimento que a Bíblia proíbe, pois a pessoa não mais se identifica como parte da Igreja Cristã, e passou a ensinar um outro Cristo. Graças a esse exagero TJ, muitos ex-tjs são negligenciados por sua própria família, até mesmo aqueles que, sem cometer pecado algum, deixam de ser TJs para se tornarem membros de uma igreja cristã. Um absurdo!

HERESIA 8 - Devido a uma péssima interpretação de certos textos bíblicos, proíbem seus membros de ser policiais[12] e servir o exército[13], afirmando que Isaías 2:4 ensina os cristãos a transformar suas armas em relhas de arado, que João 17:14 proíbe os cristãos de fazer parte do mundo e que 2 Coríntios 10:3, 4 nos ensina que nossas armas não são carnais mas espirituais.

RESPOSTA CRISTÃ – A Bíblia ensina que as autoridades são constituídas por Deus e colocadas ali para seus devidos fins. (Romanos 13:1-7) Policiais e membros do exército, marinha e aeronáutica são parte dessas autoridades. Pedro não era uma autoridade, por isso quando tentou defender Jesus usando a espada, Jesus lhe disse: “Guarda a tua espada; porque todos os que lançarem mão da espada, à espada morrerão”. (Mateus 26:52) Mas toda autoridade pode e deve usar armas para a defesa da pátria e de sua propriedade. Tanto que os TJs chamam a polícia quando sua casa está sendo invadida por ladrões. Se ser policial é fazer parte do mundo e, por conseguinte, fazer a vontade de Satanás, então por que chamam quem serve ao diabo para proteger sua casa? Sobre não fazer parte do mundo, se Deus coloca as autoridades em seus devidos lugares (Romanos 13:1), então não é errado um cristão ser esta autoridade. Sobre transformar espadas em relhas de arado, isto só será possível quando não houver mais necessidade de defesa, ou seja, apenas no reino dos céus, onde nem morte haverá mais. (Apocalipse 21:3, 4) Ademais, a Bíblia compara o cristão como um soldado armado. (Efésios 6:13-17) Será que Deus usaria, na Bíblia, uma comparação dessas se fosse pecado ser um soldado ou alguém que vai à guerra defender seu país? Sobre nossas armas não serem carnais, Paulo apenas estava afirmando que para demolir os falsos ensinos não era necessário usar armas, por exemplo, para matar falsos cristãos. Usamos a Bíblia para lutar contra falsos mestres, como estamos fazendo aqui.

HERESIA 09 - Anulam o voto nas urnas, por não confiam nos governos humanos, pois ensinam que votar ou ser político, mesmo que honesto, é fazer parte do mundo.[14]

RESPOSTA CRISTÃ – Realmente, não devemos fazer parte do mundo. Mas onde a Bíblia ensina a não participarmos do voto que escolhe as autoridades colocadas por Deus? (Romanos 13:1) Em lugar nenhum! A Bíblia inclusive fala de homens de Deus que ocuparam cargos políticos até mesmo em nações pagãs. José foi chamado de senhor do Egito, ou seja, depois do Faraó, José ocupava o maior cargo político. (Gênesis 42:30) Sadraque, Mesaque e Abdenego, bem como Daniel, também ocuparam posições políticas de destaque. Daniel, por exemplo, fazia parte da corte do Rei. (Daniel 2:49) Os TJs confundem fazer parte do mundo por ser político corrupto com ser político cristão e exercer boa influência num sistema humano, como José, Sadraque, Mesaque e abdenego, e Daniel, exerceram. Se não houvessem verdadeiros cristãos políticos o mundo poderia estar bem pior. E são a estes cristãos políticos que às vezes alguns TJs vão pedir terrenos para construir seus locais de reuniões. Se ser político é, necessariamente, fazer parte do mundo, por que pedir ajuda e favores a eles? Não tem algo de errado nisso? A título de exemplo, a Bíblia fala contra o comércio desonesto e poluído com o sistema anticristão. Fala-se dos comerciantes da terra que enriqueceram através da exploração religiosa. (Apocalipse 18:3) Pergunte aos TJs: Ser comerciante desonesto é fazer parte do mundo, mas e ser comerciante honesto, é também? Claro que não! Há TJs comerciantes honestos. Da mesma forma, há políticos desonestos aos montes, mas há os honestos e cristãos genuínos ao mesmo tempo. Portanto, precisamos ser seletivos ao escolher governantes humanos para nos representar.

HERESIA 10 - Os TJs ensinam que apenas já são filhos de Deus os que têm a esperança de viver no céu, ou seja, os 144 mil, dos quais apenas uns 18 mil estão vivos hoje, dentre as quase 8 milhões de TJs. Ou seja, apenas 0,22% dos TJs no mundo. A imensa maioria dos TJs, ou seja, 99,77% deles (cerca de 7,9 milhões) NÃO SÃO FILHOS DE DEUS AINDA, mas só serão depois dos mil anos de reinado de Cristo. Por enquanto esses 99,77%, chamados de Grande Multidão e de Outras Ovelhas, são apenas amigos de Deus.[15]

RESPOSTA CRISTÃ – Como uma organização pode arvorar-se em ser a única religião verdadeira se ela ensina que 99,77% de seus asseclas não são filhos de Deus? Para nós da Igreja Cristã, todos os que têm fé verdadeira em Jesus são filhos de Deus. A Bíblia ensina: Somos filhos de Deus pela fé em Cristo Jesus. (Gálatas 3:26) Lemos em João 1:12 que a tantos quantos receberam Jesus, Deus deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus. Então, como pode um verdadeiro cristão ter fé em Jesus e não ser filho de Deus, mas ser apenas amigo de Deus? Onde a Bíblia ensina isso? Em lugar nenhum!

HERESIA 11 – Os TJs ensinam que os membros dos 144 mil, de Apocalipse 7:4-8 e 14:1-4 irão viver no céu, e a Grande Multidão, de Apocalipse 7:9-13 (que são as outras ovelhas, de João 10:16 na ótica TJ) viverão aqui na terra. Assim, ensinam que os 144 mil constituem os novos céus e a grande multidão a nova terra, conforme entendem 2 Pedro 3:13.[16]

RESPOSTA CRISTÃ – Não há nenhum texto na Bíblia que ensine que os 144 mil viverão num lugar diferente da Grande Multidão ou Outras Ovelhas. Na linguagem judaica, herdar a terra (Salmo 37:29) era sinônimo de herdar as bênçãos de Deus, não de viver no Paraíso aqui na terra literal. Diga-se de passagem, Paulo diz que o Paraíso fica no terceiro céu, não aqui na terra. (2 Coríntios 12:2-4) A questão é: Os novos céus e a nova terra ficam exatamente no mesmo lugar. E os TJs terão que ser obrigados a admitir isso, pois ensinam que os velhos céus (os governos humanos) e a velha terra (as pessoas más) estão todos aqui na terra, vivendo no mesmo lugar. Então, qual o problema em admitir que os novos céus e a nova terra serão nos céus – o lugar que Jesus prometeu aos salvos? (João 14:1-3) Se esta terra já nos foi dada (Salmo 115:16), qual o problema em admitir que a nova terra será no céu? Ademais, citar Apocalipse 5:9, 10 para raciocinar que haverá aqueles que reinarão sobre a terra, logo se estarão sobre a terra, terão que governar sobre quem está aqui..., bem, isto não é correto, pois a própria revista A Sentinela já admitiu que este texto não foi escrito para provar que uns irão para o céu e outros para a terra, pois a palavra grega epí indica sobre no sentido régio, ou seja, o Presidente Temer governa sobre nós, mas não está no céu. Reinar sobre não implica que o governo precisa estar no céu e os governados na terra.[17]

HERESIA 12 – Os TJs ensinam que apenas os 144 mil, dentre os quais apenas uns 18 mil estão vivos, podem tomar do pão e do vinho. Os demais da grande multidão, ou seja, 99,77% da seita TJ, não podem participar desses emblemas, devendo passa-los apenas de mão em mão.[18]

RESPOSTA CRISTÃ – Não há sequer um texto na Bíblia ensinando que apenas os 144 mil podem beber do vinho e comer do pão. Jesus diz que quem se alimenta de sua carne (pão) e bebe do seu sangue (vinho) tem a vida eterna. (João 6:54) Nem Jesus, nem qualquer outro escritor da Bíblia, ensinou que uns participariam da ceia (Comemoração da Morte de Cristo), outros não. Perceba que a Bíblia afirma que todas as vezes que comerdes deste pão e beberdes do cálice proclamais a morte do Senhor, até que ele venha. (1 Coríntios 11:26) Perceba que comer do pão e beber do vinho é a forma de proclamar a morte do Senhor, e não passa-lo de mão em mão, como fazem 99,77% dos membros desta seita. Onde a Bíblia ensina que apenas os 144 mil deveriam proclamar a morte do Senhor? E como a Grande Multidão (99,77% dos TJs) não podem participar desses emblemas se em Apocalipse 7:9-13 ela é descrita como tendo suas vestes embranquecidas no sangue do Cordeiro? Onde a Bíblia ensina que pessoas purificadas pelo sangue de Cristo não podem participar de beber o vinho, símbolo do sangue que os purificou? (Veja 1 João 1:7) Que heresia! Os TJs tentam argumentar dizendo que apenas os 144 mil são descritos como comprados da Terra, sendo assim, apenas eles saem da terra para ir aos céus, portanto, apenas eles podem participar dos emblemas. Mas o problema é que João vê uma grande multidão no céu (Apocalipse 19:1) louvando a Deus pela salvação. Todas as vezes que a Bíblia fala de grande multidão, ela sempre se refere a humanos. Então, todos os que são desta grande multidão de salvos, que também são comprados pelo sangue de Cristo que paga o resgate para sua salvação, irão da terra para o céu também, então, os TJs deveriam permitir sua participação também nos emblemas. Quantos erros, não acha?

HERESIA 13 - Os TJs acreditam que Jesus se tornou Rei nos céus em 1914. A Bíblia não ensina isso! Jesus é o nosso Rei dos reis e Senhor dos senhores, conforme Apocalipse 19:13, e não ensina que Ele é Rei apenas de 1914 para cá![19]

RESPOSTA CRISTÃ – A Bíblia ensina que Jesus é o Rei dos reis. (Apocalipse 19:13) Qualquer conta mágica e forçada que se faça para chegar no ano de 1914 é uma grande mentira, pois não faz sentido o Rei dos reis reinar apenas de 1914 para cá. Até o Rei Herodes sabia que Jesus nasceu rei dos judeus! (Mateus 2:2) O fato de Jesus, ao retornar aos céus, sentar-se à direita de Deus, esperando que seus inimigos sejam postos debaixo dos seus pés (Hebreus 1:13) não significa que ele não reinava enquanto esperava. Jesus se despediu de seus discípulos dizendo que estariam com eles até o fim do mundo. (Mateus 28:20) Apocalipse 1:5, na “bíblia” dos TJs, diz que Jesus é o governante dos reis da terra. Mas não diz que isso se dá a partir de 1914! Quanta bobagem, não acham? A verdade é que esse ensino TJ foi uma forma muito malandra de se tapar o enorme buraco que uma falsa profecia deles causou. Os TJs ensinaram, quando ainda se chamavam Estudantes Internacionais da Bíblia, que Jesus voltaria em 1914 para arrebatar a sua igreja. Como isso não aconteceu, aqueles “estudantes” deram, com o tempo, uma bela desculpa: Acertamos a data, mas erramos o acontecimento. (É a desculpa que toda seita dá para justificar suas voltas de Cristo marcadas por data que jamais acontecem!) Ou seja, passaram a ensinar que em 1914 algo realmente havia acontecido: Jesus teria se tornado Rei nos céus. Que absurdo!

HERESIA 14 – Os TJs negam a existência de um inferno de fogo. Afirmam que um Deus amoroso jamais queimaria pessoas no fogo para sempre, pois isso nunca passou pelo coração de Deus. (Jeremias 7:31) Para os TJs, os iníquos deixarão de existir, em vez de existir para sempre num lugar de tormento eterno. – Salmos 37:10, 11.[20]

RESPOSTA CRISTÃ – Apelar para a razão humana não é um bom método de entender a pessoa de Deus. Se assim fosse, poderíamos perguntar: Foi justo e amoroso da parte de Deus mandar os matar até mesmo crianças quando Israel invadiu os amalequitas? (1 Samuel 15:3) Não poderíamos afirmar que isto não era justo visto que o próprio Deus havia dito que os filhos não deveriam ser mortos devido ao erro dos pais? (Deuteronômio 24:16) A questão é: Deus é Soberano, e Ele faz o que quer! Os israelitas murmuraram quarenta dias antes de entrar na terra prometida, e Deus, devido a este pecado, os puniu, fazendo-os perambular quarenta anos no deserto, ou seja, devido a um pecado, Deus fez os quarenta dias se tornarem quarenta anos. Seria isso justo? Para nós, poderia soar que não, mas se foi Deus quem determinou isso, foi justo sim! Quanto a Jeremias 7:31, o que nunca passou ao coração de Deus foi queimar crianças no fogo em sacrifício a Moloque, um falso deus. Com certeza, quando Deus mandou fogo sobre Sodoma e Gomorra, havia crianças ali. (Judas 7) Mesmo assim, Deus as feriu, sem pena! Portanto, se a Bíblia diz que os ímpios serão atormentados dia e noite, para todo o sempre, não podemos reinventar o texto conforme a nossa emoção. (Apocalipse 20:10) Se Jesus promete mandar ímpios para o fogo eterno preparado para o diabo e seus anjos (Mateus 25:41), temos que concordar! Não faz o menor sentido Deus ter criado este fogo eterno para o diabo e seus anjos se isto se refere ao que acontece até mesmo com um mosquito: morreu, acabou! O tormento eterno é para os que sofrem a segunda morte. (Apocalipse 20:14) A primeira morte é a física, a segunda é o estado em que todo pecador se encontra e se encontrará para sempre: mortos em seus pecados e delitos. (Efésios 2:1, 5) Outros TJs ensinarão que quem morreu foi absolvido de seu pecado (Romanos 6:7) e que o salário do pecado é a morte (Romanos 6:23), logo, se a própria morte paga o pecado da pessoa, ela não teria pecados para pagar no inferno. Mas isto é um erro absurdo de interpretação. A morte no contexto de Romanos 6:7 é morrer com Cristo, pois Ele morre em nosso lugar. Assim, quem morre com Cristo é o salvo, que morre para o mundo, logo, seus pecados são perdoados. Não se trata de morte literal. E no contexto de Romanos 6:23, não se diz que a morte paga os nossos pecados, mas que a recompensa ou salário que o pecado dá ao pecador é a morte, mas a recompensa que Cristo dá é a vida eterna.

HERESIA 15 - Embora ensinem que são a única religião verdadeira, já mudaram 331 vezes de ensinos, ou até mais. Ensinam que essas mudanças ocorrem porque Jeová dá novas luzes aos líderes mundiais da seita, pois Provérbios 4:18 afirma que a vereda dos justos é uma luz que brilha mais e mais até ser dia.[21]

RESPOSTA CRISTÃ – Não há dúvidas que o entendimento da Palavra de Deus é progressivo. Mas no caso dos TJs, ele parece mais uma luz que se apaga para acender outra, não uma nova luz que se soma à anterior. Muitas vezes, os TJs literalmente cancelam a luz anterior que criam ter sido dada por Deus a eles para ensinar algo totalmente diferente. Outras vezes, esta luz parece mais um pisca-pisca, pois mudam de um ensino X para Y e, às vezes, com o tempo, voltam a ensinar o X novamente. Veja, por exemplo, o que aprontaram com o caso: É correto aceitar remédios feitos com frações de sangue?

1a. LUZ – É correto usar remédios feitos com frações de sangue. "O uso de frações de sangue para criar tais anticorpos não é o mesmo que tomar sangue. […] Seria, portanto, assunto de decisão individual quanto a aceitar ou não tais tipos de medicação."[22]

2a. LUZ – É errado usar remédios feitos com frações de sangue. "É errado suster a vida mediante infusões de sangue, plasma, glóbulos vermelhos ou várias frações de sangue? Sim! ... Quer seja sangue integral quer fração de sangue ... a lei divina se aplica". [23]

3a. LUZ – É correto (novamente) usar remédios feitos com frações de sangue. "Que dizer, então, do uso dum soro que contenha apenas uma fração minúscula de sangue […]? Cremos que isto deve ser decidido pela consciência de cada cristão."[24]

4a. LUZ – É errado (novamente) usar remédios feitos com frações de sangue. "Certos fatores plasmáticos da coagulação acham-se agora em amplo uso... todos receberam sangue integral, plasma ou derivados sanguíneos que continham os fatores. Naturalmente, os verdadeiros cristãos não utilizam este tratamento potencialmente perigoso, acatando a ordem da bíblia de ‘abster-se de sangue’".[25]

5a. LUZ – É correto (mais uma vez) usar remédios feitos com frações de sangue. - "Alguns cristãos acham que aceitar uma pequena quantidade de derivado de sangue para tal fim não é ... desrespeito pela lei de Deus... adotamos atitude de que esta questão precisa ser resolvida por cada pessoa, por decisão pessoal."[26]

A pergunta que não quer calar é: Como se pode confiar numa seita que suas supostas luzes mais parecem um pisca-pisca? Onde a Bíblia fala de poder ou não poder fazer uso de frações de sangue? Em lugar nenhum! A própria literatura TJ adverte para os cristãos não vacilarem entre opiniões diferentes sobre pontos de doutrina, pois ficar mancando entre duas opiniões tem a ver com a indecisão, se é Jeová ou a Baal que se deve adorar. – 1 Reis 18:21.

HERESIA 16 – Os TJs ensinam que não há vida após a morte, pois Eclesiastes diz que os mortos não estão cônscios de absolutamente nada. (Eclesiastes 9:5, 10)[27] Sendo assim, quando Jesus morreu, ele deixou de existir por três dias[28] e foi ressuscitado como um ser espiritual, e não com seu corpo glorificado.[29]

RESPOSTA CRISTÃ – A Bíblia ensina sim vida após a morte. Os mortos não estão cônscios, ou não sabem de nada, do que acontece debaixo do sol, ou seja, na realidade humana. (Eclesiastes 9:4-11) Se não sabem é porque estão vivos em algum lugar para não saber do que ocorre aqui e se envolver com as coisas da terra. Ademais, Jesus ensinou na parábola do Rico e do Lázaro a vida após a morte (embora o tema central da parábola não fosse este). (Lucas 16:19-31) Será que Jesus contaria uma parábola usando uma mentira (de haver vida após a morte) como pano de fundo? Será que Jesus, ao ser transfigurado, viu o que seria uma mentira pagã, ou seja, Moisés vivo após sua morte? (Mateus 17:1-5) E as almas dos que foram mortos clamando por justiça em Apocalipse 6:9, 10 – não é isso vida após a morte?
Sobre Jesus ter deixado de existir durante três dias, bem, isto é uma blasfêmia satânica! Jesus é o mesmo ontem, hoje e eternamente. (Hebreus 13:8) Como poderia ter deixado de existir? Ele é o pai da eternidade! (Isaías 9:6, 7) Como o Pai da Eternidade fica inexistente? Jesus ensinou que seu corpo seria destruído, mas em três dias ele mesmo o ressuscitaria. (João 2:19-21) Portanto, o espírito de Jesus não morreu após a sua morte física. Durante sua morte e depois de sua ressurreição, por uns quarenta dias, Jesus não subiu aos céus, para junto do Pai (João 20:17), mas foi ao paraíso, ou o terceiro céu (2 Coríntios 12:2-4) com o ladrão que morreu ao lado de Jesus, na cruz, a quem Jesus disse: Em verdade, em verdade, te digo: Hoje estarás comigo no paraíso. (Lucas 23:43) Isto não foi ressurreição ainda, nem para Jesus, pois havia sido apenas vivificado no espírito (1 Pedro 3:18). O mesmo se deu com o ladrão. Mas Jesus, três dias depois, teve seu espírito unido ao seu corpo e foi ressuscitado. Foi seu corpo que fora agora vivificado pela ressurreição, e todo este processo ocorrerá com todos os salvos que morreram e num piscar de olhos (1 Coríntios 15:51, 52) quando Jesus voltar. Sim, nossos corpos serão vivificados pelo Espírito Santo de Deus. Veja: E, se o Espírito daquele que ressuscitou Jesus dentre os mortos habita em vós, aquele que ressuscitou Cristo Jesus dentre os mortos há de dar vida também aos vossos corpos mortais, pelo seu Espírito, que em vós habita. – Romanos 8:11.
Os Tjs, infelizmente, por não crer nessa verdade bíblica, afirmam que Jesus foi ressuscitado em espírito e que, ao aparecer a seus discípulos, materializou-se num corpo diferente. Tentam provar isso por racionar: Se ele deu seu corpo para morrer por nós, não poderia pegá-lo de volta. Todavia, a Bíblia diz que ele deu sua vida por nós (1 João 3:16), sendo que Ele mesmo afirmou: Dou a minha vida para retomá-la. (João 10:17) Se os TJs estivessem certos em seu primeiro argumento, Jesus não poderia ter tomado de volta a vida que ele havia dado por nós. O segundo argumento é: Jesus não usou o mesmo corpo que tinha porque seus discípulos demoravam para reconhece-lo. Todavia, a Bíblia explica que isto acontecia não porque ele usava outro corpo, mas porque seus olhos foram impedidos de reconhecê-lo até que seus olhos fossem abertos. (Lucas 24:16, 31) Que horrível não conhecer as Escrituras!

Conclusão
Este texto foi o resultado de horas de pesquisa, da parte de um filho de Deus que ama os testemunhas-de-jeová, mas dedica seu tempo e energia em refutar as heresias deste movimento, do qual fiz parte quase 17 anos. Hoje, como cristão, procuro ser instrumento do Espírito Santo de Deus para arrancar dessa seita o máximo número de pessoas possível. Alegro-me em saber que fui usado por Deus para ajudar mais de 200 pelos meus cálculos, e fico feliz de saber que vários destes são cristãos de verdade. Glórias a Deus por isso. Se você precisar de mais informações, adicione-me no WHATSAPP: 16 99454-3942. Deus seja louvado! - Fernando Galli.






[1] “Quem, então, são os que formam o corpo de verdadeiros adoradores hoje? Não hesitamos em dizer que são as Testemunhas de Jeová.” – Poderá Viver Para Sempre no Paraíso na Terra, p. 190.
[2] “A influência da antiga Babilônia permeou não só a cristandade, mas todas as partes da Terra. Entendeu-se assim que Babilônia, a Grande, é o inteiro império mundial da religião falsa.” – Proclamadores do Reino, p. 147.
[3] “João 17:3: “Cristo nunca é descrito como sendo o Deus Todo-Poderoso, e muito menos como o único Deus.” Apenas o Pai é chamado de “o único Deus verdadeiro.” – A Sentinela 1 de Abril de 2014, p. 15.
[4] “Jesus foi a primeira criação de Deus e o único criado diretamente por ele. É por isso que é chamado de Filho unigênito de Deus.” – A Sentinela 1 de Dezembro de 2012, p. 16.
[5] “Espírito santo emana de Jeová em quantidade ilimitada. É o poder de Deus em ação. De fato, em Gênesis 1:2 a Bíblia refere-se ao espírito santo como “força ativa” de Deus.” – Achegue-se a Deus, p. 40.
[6]  “As Testemunhas de Jeová não aceitam tratamentos que entram em conflito com os princípios bíblicos. Por exemplo, não aceitam transfusões de sangue porque a Bíblia proíbe o uso de sangue para sustentar a vida. (Gênesis 9:4; Levítico 17:1-14; Atos 15:28, 29)” – A Sentinela 1 de Fevereiro de 2011, p. 27.
[7] “Lemos que se um caçador matasse um animal para alimento, “neste caso [tinha] de derramar seu sangue e cobri-lo com pó”. (Levítico 17:13, 14; Deuteronômio 12:22-24) Assim, o sangue não devia ser usado para nutrição ou de qualquer outra forma. Se fosse tirado de uma criatura e não usado em sacrifício, era necessário desfazer-se dele na terra, o escabelo de Deus. — Isaías 66:1; compare com Ezequiel 24:7, 8. Isso claramente torna proibido certo uso comum de sangue autólogo — a coleta pré-operatória, o armazenamento e posterior infusão do sangue do próprio paciente.” – A Sentinela 1 de março de 1989, p. 30.
[8] Obviamente, à luz dos fatos a respeito das festas de fim de ano, lemas como “Jesus, a razão do Natal” soam vazios. Se você lamenta o comercialismo e a conduta inadequada ligadas ao Natal, bem como suas desprezíveis origens pagãs, não desanime.” – A Sentinela 15 de Dezembro de 2005, p.7.
[9] Tudo o que está na Bíblia tem uma razão de estar ali. (2 Tim. 3:16, 17) As Testemunhas de Jeová notam que a Palavra de Deus relata desfavoravelmente as celebrações de aniversários natalícios, de modo que as evitam. – Raciocínios à Base das Escrituras, p. 37.
[10] “A menos que estejamos em contato com este canal de comunicação, não avançaremos na estrada da vida, não importa quanto leiamos a Bíblia”. - A Sentinela de 1 de agosto de 1982, p. 27.
[11]Um simples ‘Oi’ dito a alguém pode ser o primeiro passo para uma conversa ou mesmo para amizade. Queremos dar este primeiro passo com alguém desassociado? [...] Depois de ouvir um discurso numa assembleia de circuito, um irmão e sua irmã carnal se deram conta de que precisavam mudar o modo como tratavam a mãe, que morava em outro lugar e havia sido desassociada seis anos antes. Logo depois da assembleia, o irmão ligou para a mãe e, depois de reafirmar seu amor por ela, explicou que não falaria mais com ela, a não ser que um assunto familiar importante exigisse esse contato. - Ministério do Reino, de Agosto de 2002, pp. 3, 4.
[12] “Mais tarde fizeram-se arranjos para um estudo bíblico com este homem receptivo. Finalmente, este homem se aposentou da polícia e tornou-se ele mesmo testemunha de Jeová.” – A Sentinela 1 de Março de 1972, página 158, Volume Encadernado.
[13] “Por que negou-se ele, em face da morte certa, a participar no serviço militar? Porque, para ele, os genuínos seguidores de Jesus “não fazem parte do mundo”, assim como Jesus não fazia parte do mundo. Ademais, ele achava ser espiritual o combate dos cristãos, em harmonia com as palavras do apóstolo Paulo: “Não travamos combate segundo o que somos na carne. Porque as armas de nosso combate não são carnais.” — João 17:16; 2 Coríntios 10:3, 4.” – A Sentinela 15 de Outubro de 1990, página 21.
[14] “Contudo, as Testemunhas de Jeová não se envolvem na política, nem interferem nas decisões dos outros quanto a se filiar a um partido político, candidatar-se a um cargo eletivo ou votar nas eleições. Jesus disse que seus discípulos não fariam parte do mundo. Esse é o motivo de as Testemunhas de Jeová não participarem na política.” – Adore a Deus, p. 163.
[15] "Embora Jeová, à base do sacrifício de resgate de Cristo, declare justos os ungidos, como filhos, e os das outras ovelhas, como amigos, surgirão divergências pessoais enquanto vivermos na Terra neste sistema mundial. (Rom. 5:9; Tia. 2:23)" - A Sentinela 15 de julho de 2012, página 28. "As “outras ovelhas” de Jesus não se tornarão filhos de Deus antes do fim dos mil anos. No entanto, visto que se dedicaram a Deus, elas podem apropriadamente dirigir-se a ele como “Pai” e ser consideradas membros da família de adoradores de Jeová. — João 10:16; Isa. 64:8; Mat. 6:9; Rev. 20:5." - A Sentinela 15 de janeiro de 2010, página 5, nota de rodapé. 
[16] Leia 2 Pedro 3:13. Os “novos céus” são o Reino celestial de Deus [...] Esse governo régio compõe-se de Cristo Jesus e seus 144 mil corregentes. (A Sentinela 15 de Julho de 2010, p. 5) “Essa “grande multidão” sobreviverá à iminente “grande tribulação” com a perspectiva de vida eterna no Paraíso, como membros permanentes da “nova terra”. (Revelação 7:9-14)” – A Sentinela 15 de Janeiro de 2004, p. 13.
[17] “Em Revelação 5:10, aqueles a quem se confia a regência são encarregados da terra, exercendo domínio sobre os que moram nela. O assunto deste texto é a regência; portanto, logicamente, a palavra grega epi não traz a atenção o lugar onde estão os regentes, mas o domínio sobre o qual exercem autoridade.” – A Sentinela 15 de Julho de 1975, p. 448. Volume Encadernado.
[18] “Quem deve comer o pão e tomar o vinho? [...] Com o novo pacto, Jeová torna possível que muitos sejam abençoados por meio de poucos. Os que fazem parte desse pacto são poucos, apenas 144 mil. [...] Só eles devem comer o pão e tomar o vinho, porque foi com eles que Jeová fez o novo pacto, validado por meio do sangue de Jesus.” — Leia Lucas 12:32; Revelação (Apocalipse) 14:1, 3.” – A Sentinela 1 de Março de 2012, p. 17.
[19] “Desde que se tornou o Rei messiânico em 1914, Jesus tem promovido a justiça na Terra.” – Achegue-se a Jeová, p. 156.
[20] “Será que o Deus Todo-poderoso criou tal lugar de tormento? Ora, qual era o conceito de Deus quando os israelitas, seguindo o exemplo dos povos vizinhos, começaram a queimar seus filhos? Ele explica na sua Palavra: “Construíram os altos de Tofete, que está no vale do filho de Hinom, para queimarem no fogo a seus filhos e suas filhas, coisa que eu não havia ordenado e que não me havia subido ao coração.” — Jeremias 7:31. Pense nisso. Se a mera idéia de assar pessoas no fogo nunca subira ao coração de Deus, parece razoável que ele tenha criado um inferno ardente para os que não o servem? A Bíblia diz que “Deus é amor”. (1 João 4:8) Será que um Deus amoroso realmente atormentaria pessoas para sempre? Faria você tal coisa?” – Poderá Viver Para Sempre no Paraíso na Terra, pp. 81, 82.
[21] “Muitos de nós sabem de cor o texto de Provérbios 4:18: “A vereda dos justos é como a luz clara que clareia mais e mais até o dia estar firmemente estabelecido.” Isso significa que a nossa conduta e o nosso entendimento dos propósitos de Deus melhoram com o passar do tempo.” – A Sentinela de 15 de Julho de 2011, pp. 29, 30.
[22] A Sentinela de 1 de Fevereiro de 1959, pp. 95 e 96.
[23] A Sentinela de 15 de Março de 1962, p. 174.
[24] A Sentinela de 15 de Outubro de 1974, p. 640.
[25] Despertai! de 22 de agosto de 1975, p. 29.
[26] A Sentinela de 1 de dezembro de 1978, p. 3.
[27] “Assim, segundo a Palavra de Deus, as pessoas enquanto vivas estão cientes da existência da morte. Depois que morrem, contudo, não sabem de mais nada. Não ficam ao lado de seu corpo, observando o que é feito dele. No estado de inexistência não há nem prazer nem dor, nem alegria nem tristeza. Os mortos não estão cientes da passagem do tempo, pois o seu estado de inconsciência é bem mais profundo do que no sono.” – A Sentinela 15 de Maio de 1995, p. 5.
[28] “Nós vimos que, de acordo com a Bíblia, Jesus foi ao Seol, ou Hades, quando morreu, e não ao céu. Ficou morto durante três dias, inconsciente na sepultura comum da humanidade. (Eclesiastes 9:5, 10)” – A Sentinela 15 de Abril de 1984, p.5.
[29] “Este corpo, porém, não foi preservado para ser usado pelo ressuscitado Jesus, visto que o apóstolo Pedro diz que Jesus foi “morto na carne, mas vivificado no espírito”. (1Pe 3:18) Portanto, parece evidente que Deus miraculosamente deu fim a tal corpo, não permitindo assim que se decompusesse ruinosamente.” – Estudo Perspicaz das Escrituras, p. 392, Volume II.

Comentários

  1. Simplesmente, espetacular. Mostrei a nosso pastor, aqui em Sorocaba, Belo Horizonte, e ele perguntou se podemos fazer 500 cópias e distribuir na cidade? Abraços, e que Deus te abençoe amado irmão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza. É para fazer isso. Por favor, compartilhe aos montes. Apenas hoje, 9.5.2017, até às 18h, mais de 2 mil pessoas haviam acessado a página da apostila. Espalhe no facebook.

      Excluir
    2. Maldito apóstata filho de Satanás, você vai ser destruído no Armagedom! Morra!

      Excluir
  2. Olá Sr. Fernando Galli, sou ancião e admiro muito sua coragem. Aqui em Feira de Santana somos cinco anciãos que discordam da torre mas não podemos sair senão perdemos nossa família. Creio na trindade. Mas prego contra. É difícil. Parabéns pelo site.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá. Eu espero muito em Deus que o senhor encontre forças para sair e não viver esse fingimento angustiante que é estar numa seita e crer o contrário, e viver com medo de ser descoberto. Continue crescendo no amor e na graça de Deus.

      Excluir
  3. Aqui em Sorocaba os anciãos Tj dizem que você é filho do diabo. O tal Pedro Calvache não gosta nenhum um pouco de você.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas eu gosto dele. Eu o conheço pessoalmente. É uma pessoa de excelente caráter. DIga que eu o amo em Cristo Jesus!

      Excluir
  4. Que trabalho lindo,Sr.Fernando. Deus o abençoe! Posso adicioná-lo no meu wats?Abços.

    ResponderExcluir
  5. Nós da Assembleia de Deus aqui em Sorocaba te agradecemos demais, Pastor Fernando Galli, por essa ajuda maravilhosa. Quando vai sair a apostila iniciante II?

    ResponderExcluir
  6. Pastor Galli, aqui em Curitiba-PR, nossas Igrejas evangélicas estão distribuindo cópias e mais cópias de sua apostilha das heresias TJs. Um ancião dos jeová disse para nós que você é filho de Satanás e que vai morrer no armajedom.

    ResponderExcluir
  7. Naira Lima, Sâo Caetano do Sul, SP.15 de maio de 2017 01:27

    Irmão Fernando, parabéns pela apostila. Com certeza eles irão fazer uma para refutar o irmão. E se eles fizerem?

    ResponderExcluir
  8. Graça e paz, irmão Galli. Aqui em SINOP teremos um seminário sobre seitas e heresias, e sua apostila será distribuída no evento gratuitamente. Costuma ter entre 500 e 700 pessoas. Muito obrigado pela grande ajuda. Espero ler outras.

    ResponderExcluir
  9. MUITO BOM!! DEUS ABENCOE SUA VIDA MEU AMADO!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado por seu elogio! Deus te abençoe!

      Excluir
  10. Você é um porco imundo que voltou ao lamaçal, e Jeová vai destruí-lo em pedacinhos, seu porcão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ofensas pessoais não resolvem nada! Converta seus dedos a Cristo e pare de xingar e fazer falsas profecias.

      Excluir
  11. Fiz 300 cópias dessa apostila e distribui no bairro inteiro. tá todo mundo alertado. e minha tia leu a apostila e parou de estudar com as tjs.

    ResponderExcluir
  12. https://traducaodonovoimundodefendida.wormpress.com/category/doutrina-da-trindade/

    ResponderExcluir
  13. Uma dica a todos que ficaram admirados com as respostas de Fernando GAli sobre as crenças das tjs:
    Verifiquem ao pé dá letra com alguma tj se a forma como se apresentou a crença aqui está totalmente correta, por que vi alguns detalhes que não batem com o que as Tjs pregam.
    Principalmente nos primeiros.
    Fernando apresentou seu entendimento sobre nossas crenças expostas nas publicações referidas no final
    Quer saber o que uma tj prega
    Pergunte diretamente a ela

    ResponderExcluir
  14. Aí vai um conselho a todos os admirados com as respostas de Fernando GAli sobre as crenças Tjs:
    Você quer saber o que uma tj é ensinada e passa a crer e ensinar como verdade?
    Estude com elas diretamente.
    Não deixe que alguns por algum motivo que não sabemos qual, ficou indignado e revoltado com esta religião.
    Sua interpretação de nossas crenças tem alguns rodeios que saem fora dá crença tj, mesmo que há referências das publicações Tjs no final para reforçar sua acusação, elas são apresentadas de uma forma não muito condizente com o que se ensina nas casas das pessoas e nos locais de adoração.
    Ao apresentar as argumentações a uma tj que esteja bem familiarizada com os ensinos cristão vc vai perceber que "curvas" são essas.

    ResponderExcluir
  15. Detalhe:
    Esse meu comentário tem que ser aprovado?
    Já estou vendo o que vai acontecer:
    Serei expulso daqui mais uma vez neh Fernando.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espertalhão. Mostra onde foi que eu deturpei as crenças de vocês. Mostra que eu publico! Te dou 1000 caracteres para cada comentário. Vamos! Coragem! Prove às pessoas que eu deturpei.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Bem, eu havia dito que a igreja cristianizou festas pagãs. Eu quis dizer que com isso ela purificou o que havia de errado. Quanto ao bolo, se você souber como purificar esgoto para incluí-lo na receita, fique à vontade. Agora só me responda com sinceridade: Para fazer uma comparação e uma pergunta dessa, você anda experimentando esse bolo xará?

      Excluir
  16. Tem que dizer para essas TJs que ofensas pessoais não resolvem nada.
    Eles chamam os apologistas cristãos de "farsantes, mentirosos, filhos do diabo" etc e vem pagar uma de santinho pro seus seguidores? Hipocrisia é o segundo nome dessas TJs.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Seus comentários devem contem no máximo 1000 caracteres

Postagens mais visitadas deste blog

VÓ ROSA - APOSTILA PARA ESTUDAR AS CRENÇAS DA SEITA

CONGREGAÇÃO CRISTÃ NO BRASIL - LIBERTANDO-SE DE UMA INVERDADE CABELUDA

ESBOÇOS DA FÉ - QUE TIPO DE UVAS VOCÊ PRODUZ? - ISAÍAS 5:1-7

O QUE SIGNIFICA SER MANSO?

MAÇONARIA - UM SEGREDO SOBRE AS ORIGENS DE SEUS SINAIS SOLENES.

CARACTERÍSTICAS DO VERDADEIRO AMIGO - PROVÉRBIOS 17:17

COMUNIDADE CRISTÃ AMOR E GRAÇA - ALGUMAS DE SUAS HERESIAS

DEBATE: BATISTA X ADVENTISTA: OS ESCRITOS DE ELLEN G. WHITE - INSPIRADOS POR DEUS OU NÃO? (PROFESSOR AZENILTO BRITO X FERNANDO GALLI)