TESTEMUNHAS DE JEOVÁ - O QUE SIMBOLIZAM OS DOIS BASTÕES QUE SE TORNAM UM?

Em Ezequiel 37:15-17, lemos sobre dois bastões se tornarem um. Leia o texto, analise a correta interpretação dessa passagem e segure o fôlego, porque no mínimo achará cômica a interpretação incompetente que o Corpo Governante das TJs dão para o cumprimento moderno deste texto.
"E a palavra do SENHOR veio a mim: Ó filho do homem, pega um pedaço de madeira e escreve nele: Para Judá e para os israelitas, seus companheiros. Depois pega outro pedaço de madeira e escreve nele: Para José, madeira de Efraim, e para toda a casa de Israel, seus companheiros. E junta um ao outro, para que se unam e formem um só pedaço na tua mão."
Qual a interpretação correta do texto? Um de nossos comentários bíblicos responde:
"Quase três séculos antes, desde o final do reinado de Salomão, o povo de Israel fora dividido em dois reinos, Israel e Judá. Serão não somente restaurados, como prometido no oráculo anterior, mas também formarão novamente uma única nação." - Comentário Bíblico Vida Nova, página 1116.
Unir as duas varas ou bastões num só não significa nada mais do que isto: Uma profecia de restauração em que as tribos setentrionais e do sul se uniriam numa única nação. Todos os israelitas dispersados entre as nações retornariam sob um único pastor, Davi, um meio de se prever que se Israel obedecesse a Deus, nunca mais seriam duas nações. Como Israel cedeu anos à frente à idolatria e se desviou dos propósitos de Deus, negando até mesmo o Rei dos reis, Jesus Cristo, o Davi Maior, por assim dizer, Israel foi rejeitado por Deus e caiu nas mãos de nações pagãs. 

Qual é a interpretação do Corpo Governante? Para os dias de restauração de Israel, a seita TJ segue a mesma linha de interpretação nossa. Mas a piada surge quando o Corpo Governante tenta estabelecer um paralelo profético entre as duas varas para nossos dias. Observe:

A Sentinela 1o. de julho de 2016, Pergunta dos Leitores.
Com este quadro acima, o Corpo Governante interpreta que a vara para Judá representava os ungidos, desde 1919, e a vara de Efraim as outras ovelhas da Grande Multidão (João 10:16; Apocalipse 7:9-13), que eles propositalmente não põem data, pois segundo a seita começaram a ser ajuntadas em 1935 - algo que a Bíblia jamais menciona. Assim, querem dizer que os atuais do restante ungido, que esperam viver nos céus (há uns 15 mil deles ainda vivos) e os da Grande Multidão (quase 8 milhões de TJs) que esperam viver na terra para sempre se tornaram um só rebanho, um só pastor. 

Esta interpretação é um disparate. Significa brincar com a Bíblia. Nem precisaríamos nos aprofundar muito para mostrar quão ilógica ela é, mas a título de fazer os TJs raciocinarem, faremos umas perguntas:
  1. Quando foi que os ungidos e a grande multidão se dividiram, ou viveram separados, quer politicamente, quer religiosamente, de modo que fosse preciso Jeová uni-los novamente?
  2. Ezequiel 37:25 diz que esse povo unificado viveria para sempre na terra. Mas como se parte dele irá para o céu e a outra parte viverá na terra? 
  3. Os TJs ensinam que os 144 mil reinarão lá dos céus sobre a Grande Multidão. Qual parte da profecia de Ezequiel prevê esse acontecimento, de uma parte da nação reinar sobre outra, se esta profecia mostra que o povo unificado de Jeová teria um só Rei, o Davi Maior, Jesus Cristo?
Compreende que essa seita não merece o menor crédito na interpretação das Escrituras? Então, se você é TJ, por favor, abandone o mais rápido possível essa VELHARADA de maus intérpretes da Bíblia e converta-se a Cristo. Vá brincar com a Bíblia assim bem longe de nós! - Fernando Galli.

Comentários

  1. Ótima explicação,Fernando Galli!!! Eles estão cada vez mais alucinados!!! Quanta besteira eles tem falado e os tolos dos membros acreditam,não examinam a Bíblia como deve ser examinada!!! Eles tem que ter um encontro com o verdadeiro Deus e tem que aceitar Jesus como único e suficiente Salvador pois não há salvação em outro nome !!! Atos 4:12

    ResponderExcluir
  2. Se a interpretação das Testemunhas de Jeová for ajuizada segundo o método histórico-gramatical, então realmente será problemática, porque fará violência ao sentido original, natural, contextual, do texto. Mas, e se as Testemunhas de Jeová estiverem justificadas em usar uma espécie de interpretação midráshica do texto? (Recomendo o artigo no link em anexo.) Como o Fernando sabe, os escritores do NT, na maioria das vezes em que citaram e interpretaram o AT, não o fizeram usando o que é hoje conhecido como o método histórico-gramatical. Eles sentiam-se livres (e acredita o Fernando, guiados pelo Espírito de Deus) em usar métodos típicos de exegese judaica do primeiro século. E isto envolvia recontextualizar passagens à luz do que eles vivenciavam e criam ser o plano eterno de Deus. A questão central é: É consistente da nossa parte atacar as Testemunhas de Jeová, que se sentem justificadas em usar interpretações midráshicas (o que incluem cumprimentos duplos de profecias) à luz das suas vivências e doutrinas mais fundamentais, e não fazer o mesmo em relação aos escritores do NT? Se as Testemunhas de Jeová estão ´brincando com a Bíblia´ ao usarem Ezequiel da forma como o fizeram, o que dizer do uso por parte de Mateus de Oseias 11:1? (Será que Jesus ofereceu sacrifícios a Baal – Oseias 11:2?) Ou que dizer do uso do Salmo 22 em João 19? (O salmo resulta num louvor a Jeová por vir em socorro do oprimido que clama – o que aconteceu com Davi diversas vezes. Mas com Jesus não, ele morreu mesmo!) E os exemplos se multiplicariam.

    http://www.etsjets.org/files/JETS-PDFs/51/51-2/JETS%2051-2%20353-381%20Pickup.pdf

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OBrigado, João, pelo comentário. Uma coisa é o autor sagrado, inspirado por Deus, recontextualizar passagens. Outra coisa é o intérprete fazer isso, e ainda mais para justificar crenças que a Bíblia não ensina. Por exemplo, Paulo fala sogre Sara e Agar representarem judeus e cristãos, mas as TJs vêm por cima dessa representação inspirada e afirmam que Sara representa os 144 mil e Agar a Grande Multidão. Pode isso? Não!

      Excluir
  3. Fernando Galli suas publicações são boas mais a ao mostrar os ensinos errôneos da seita e a mostrar as falsas profecias que eles fizeram.. Como não vem baseado em texto bíblicos eles pede pra mostrar a fonte de onde tiramos a informação ai quando fala que e de um ex TJ eles não querem mais saber.. Bom tem como ter copias da sentinelas?? Eles não acham no site JW e disseram não ter no seus salões

    ResponderExcluir
  4. Vou ver isso a partir de julho. Tem muita coisa para eu provar.

    ResponderExcluir
  5. Estou acompanhando os vídeos e textos buscando crescer no conhecimento da palavra, pois meu marido está envolvido com essa seita e a cada dia mais alienado e tentando impor o estilo de vida p meu filho, necessito de orações e de instruções de como proceder e copias das sentinelas e nome dos livros do Fernando aGalli.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezada irmã, não temos as cópias no momento. Apenas o CD ROM das literaturas provido pela própria seita. Se a irmã puder, tente marcar com seu esposo uma conversa entre nós e seu esposo, por telefone. Se ele concordar, ligaremos com horário marcado.

      Excluir

Postar um comentário

Seus comentários devem contem no máximo 1000 caracteres

Postagens mais visitadas deste blog

VÓ ROSA - APOSTILA PARA ESTUDAR AS CRENÇAS DA SEITA

CONGREGAÇÃO CRISTÃ NO BRASIL - LIBERTANDO-SE DE UMA INVERDADE CABELUDA

ESBOÇOS DA FÉ - QUE TIPO DE UVAS VOCÊ PRODUZ? - ISAÍAS 5:1-7

O QUE SIGNIFICA SER MANSO?

APOSTILA - DEZESSEIS RAZÕES PARA NÃO SER TESTEMUNHA DE JEOVÁ - NÍVEL INICIANTE

MAÇONARIA - UM SEGREDO SOBRE AS ORIGENS DE SEUS SINAIS SOLENES.

CARACTERÍSTICAS DO VERDADEIRO AMIGO - PROVÉRBIOS 17:17

COMUNIDADE CRISTÃ AMOR E GRAÇA - ALGUMAS DE SUAS HERESIAS

DEBATE: BATISTA X ADVENTISTA: OS ESCRITOS DE ELLEN G. WHITE - INSPIRADOS POR DEUS OU NÃO? (PROFESSOR AZENILTO BRITO X FERNANDO GALLI)