TESTEMUNHAS DE JEOVÁ - COMO DEUS PODE SER ONIPRESENTE SE 1 REIS 19:11, 12 PROVA O CONTRÁRIO?

Em 1 Reis 19:11, 12 lemos o seguinte: "E Deus lhe disse: Vem para fora e sobe o monte diante do SENHOR. Então o SENHOR passou, e um grande e forte vento separava os montes e despedaçava os penhascos diante do SENHOR; mas o SENHOR não estava no vento. Depois do vento veio um terremoto; mas o SENHOR não estava no terremoto. E depois do terremoto veio fogo; mas o SENHOR não estava no fogo. E depois do fogo veio uma voz mansa e suave." Então, nossos amiguinhos TJs enchem o peito e concluem: "Viu? Como Jeová pode ser onipresente se ele não estava no vento e no terremoto e no fogo"?


Antes de respondermos sem maiores dificuldades à pergunta acima, convém lembrar que o "deus" dos TJs realmente não é onipresente mesmo. Os adeptos dessa seita estão corretos em crer assim. Satanás não pode ocupar sequer dois lugares ao mesmo tempo. Mas o DEUS DA BÍBLIA, o TODO-PODEROSO, pode. Lemos em 1 Reis 8:27 que os céu dos céus não pode conter Deus. Deus é infinitamente maior que sua criação. O salmista disse que para onde ele fosse, tentando fugir do Espírito de Deus,  "lá TU ESTÁS". (Salmos 139:7) Observe que o salmista está se referindo à pessoa de Deus, com o pronome "TU", e não a uma suposta energia ou força de Deus, com apregoam os adeptos da seita TJ.

Quanto à pergunta bastante alegre dos TJs, uma resposta simples: Deus se manifestou a Elias de uma forma que Elias percebesse a presença dEle. O relato diz que "Deus passou". Assim, nesta manifestação, o relato inspirado narra sobre a presença de Deus do ponto de vista de Elias. Ele "viu" Deus passar, de forma limitada é claro, pois quem ver Deus morre. (Êxodo 33:20) E nessa manifestação limitada, Elias percebeu a presença de Deus num local apenas. Como não percebeu a presença de Deus no vento, no terremoto e no fogo, o relato afirma que Deus não estava nesses três elementos. 

Além disso, nessa manifestação divina, o vento tinha a função de separar os montes e despedaçar tudo; o terremoto e o fogo tinham também a sua função destruidora, embora não mencionada no texto. Por que Deus, nesta manifestação, não se fez ser presente nesses três elementos? Porque os três elementos tinham como alvo destruir algo, e não Deus, óbvio! A forma didática como Deus se mostrou a Elias ensinava a ele que Deus pode agir sem ser percebido, mas age. Elias se sentiu só, e necessitava de que Deus o fortalecesse. (1 Reis 19:10) Mas quando Deus usa suas forças para cumprir seus propósitos, tudo o que Deus promete se cumpre na vida de Elias.

E para concluir, os TJs imaginam que o "deus" deles não pode ser onipresente porque se o fosse seria um Deus mais fraco. Observe a linha de raciocínio deles: Se Jeová estivesse em todos os lugares ao mesmo tempo, não seria todo-poderoso, pois lhe seria muito fácil, estando em todos os lugares, saber de tudo. Ou como expressou certa TJ num site:


Quando li isso, fiquei pasmo. Quem disse que Deus é onipresente para saber das coisas? Isso parece piada! É como certo dissidente da seita TJ, que ainda carrega heresias consigo, o qual me disse: "Deus não sabe de todas as coisas, mas sabe de algo no futuro apenas quando quer saber. Se ele já soubesse de todas as coisas, ele não teria poder para saber delas. Consequentemente, não seria todo-poderoso." Pobres coitados! Adoram um "deus" que não é onipresente, porque precisa usar sua força ativa para ir até um lugar, e não é onisciente, pois tem muito a aprender quando quer aprender.

Muito bom! Adoram um "deus" que precisa usar o poder que tem para ser Todo-Poderoso, quando na verdade, SER TODO-PODEROSO NÃO DEPENDE DE NADA. É o "deus" que deve exclamar a cada descoberta: Vivendo e aprendendo! - Fernando Galli. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

TESTEMUNHAS DE JEOVÁ - DESCULPAS PARA JUSTIFICAR SUAS FALSAS PROFECIAS PARA 1914, 1925 E 1975

APOSTILA - RAZÕES PARA JAMAIS SER TESTEMUNHA DE JEOVÁ - NÍVEL INICIANTE 1

ESBOÇOS DA FÉ - QUE TIPO DE UVAS VOCÊ PRODUZ? - ISAÍAS 5:1-7