O APOCALIPSE E VOCÊ - A IGREJA DE ÉFESO ANTIGA E MODERNA. - 2:1-7.

Depois de João ter sido levado em espírito ao dia do Senhor e ter tido uma visão em que Jesus Cristo revelava-lhe que os sete candelabros eram as sete igrejas da Ásia e as sete estrelas em suas mãos eram os anjos-pastores destas igrejas, João, movido pelo Espírito de Deus, recebe a ordem para escrever o seguinte ao anjo da igreja em Éfeso:
(2:1) Escreve ao anjo da igreja em Éfeso: Assim diz aquele que tem as sete estrelas na mão direita e anda no meio dos sete candelabros de ouro:(2:2) Conheço tuas obras, teu trabalho e tua perseverança. Sei que não suportas os maus e que puseste à prova os que se dizem apóstolos, mas não são, e descobriste que são mentirosos.(2:3) Tens perseverado e sofreste por causa do meu nome; e não te desanimaste.(2:4) Tenho contra ti, porém, o fato de que deixaste o teu primeiro amor.(2:5) Lembra-te, pois, de onde caíste, arrepende-te e volta às obras que praticavas no princípio. Se não te arrependeres, logo virei contra ti e tirarei o teu candelabro do seu lugar. (2:6) Mas tens a teu favor que odeias as obras dos nicolaítas, as quais eu também odeio.(2:7) Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas. Ao que vencer, eu lhe permitirei comer da árvore da vida, que está no paraíso de Deus.



Comentário - A igreja em Éfeso merecia elogios, censura e conselho para se restaurar. Observe um resumo desses pontos abaixo:


Sejamos gratos a Deus porque em nossos dias há irmãos em Cristo que demonstram obras cristãs como forma de agradecer tão grandiosa salvação através do sacrifício de Jesus. (Hebreus 2:3) Eles são provas vivas de que, quais novas criaturas, são salvos pela graça de Deus, por meio da fé em Jesus Cristo, e criados em sentido espiritual para as boas obras. - Efésios 2:8-10.

Outros prestam serviço a Deus digno de elogios. Não medem esforços na obra de Deus, e têm muito o que fazer na obra do Senhor. - 1 Coríntios 15:58.

Há aqueles também que são perseverantes diante das adversidades. São provas vivas também de que a prova da sua fé em Jesus produz perseverança. (Tiago 1:3) São exemplos para toda a Igreja de Jesus Cristo.

Outros ainda são bem doutrinados e não se deixam contaminar pelos ensinos dos falsos apóstolos da era moderna. Sabem muito bem que esses malandros não são apóstolos como eram os verdadeiros apóstolos dos dias de Jesus aqui na terra, ou como Paulo, mas são Judas Iscariotes modernos, que se valem do nome de Jesus para vendê-lo por quantos caminhões de sacos de trinta moedas for possível.  Não se deixam levar pela conversa malandra que visa abusar da boa fé de um povo carente de Deus e de salvação, ou de crescer na fé, em alguns casos. Reconhecem-nos pelos seus frutos. (Mateus 7:20) Afirmam fazer obras milagrosas em nome de Jesus, mas receberão de Jesus um vergonhoso nunca vos conheci, obreiros da iniquidade. (Mateus 7:21-23) Nada como uma identidade cristã fundamentada na Palavra de Deus. É a melhor forma de se testar impostores e malfeitores que jamais se arrependem de maquinar o mal contra o povo de Deus.

Outro exemplo para igreja moderna são os que sofrem por causa do nome de Jesus. Em nosso país, não temos perseguição religiosa como havia nos dias de João, da parte de Roma e seus imperadores, ou como atualmente, nos países onde, por exemplo, o Islamismo com seus seguidores radicais e ultrarradicais matam pessoas apenas por serem cristãs. Mas há os que sofrem por causa do nome de Cristo em famílias religiosamente divididas. Sofrem zombaria, desprezo e humilhação. Mas a recompensa deles é grande no Reino dos céus. - Mateus 5:10-12.

Bom também é nos lembrar dos que não se desanimam. Há filhos de Deus que sempre demonstram a alegria do Espírito Santo quando passam até mesmo pelas mais duras provações. Alguns, até à beira da morte não desfalecem espiritualmente, pois têm certeza de sua salvação e de que estão à beira do paraíso prometido por Jesus. - Lucas 23:43.

E, por fim, na igreja moderna, há aqueles que, como na igreja em Éfeso, não toleram os ensinos dos nicolaítas de hoje. Não se tem muita certeza do que poderia significar ser um nicolaítas, mas algumas hipóteses têm sido lançadas. Poderia se referir aos gnósticos, que valorizavam o conhecimento de assuntos espirituais como marca dos salvos e que negavam Jesus tendo vindo na carne, pois para eles a matéria era sempre má, enquanto que o espírito sempre bom. João já havia alertado para nem receber nos lares tais pessoas. (2 João 7-11) Outros estudiosos sugerem que se referia a um grupo de seguidores de um diácono chamado Nicolau, que apregoava falsos ensinos. E outros ainda relacionam nicolaítas com falsos apóstolos que conquistavam pessoas através da fraude, pois em grego, Nikolaos, significa aquele que conquista. ¹ Seja como for, há muitos, por assim dizer, nicolaítas em nosso meio. Apregoam falsos ensinos, procuram conquistar pessoas pela fraude, tanto financeira, quanto espiritual, como por exemplo as interpretações bíblicas forjadas e manipuladas para levar os incautos como suas vítimas. Chegam a se proclamarem não apenas apóstolos, mas patriarcas, líderes sobrenaturais, como se fossem a própria boca de Deus proferindo suas profecias jogadas ao acaso, com múltiplas interpretações para que de uma forma ou de outra acabem se "cumprindo" na vida de quem não conhece as Escrituras. Que nossa intimidade com o Deus do Apocalipse nos mantenha sempre afastados desses falsos apóstolos e profetas gananciosos! E quanto mais íntimos formos da Palavra de Deus, mais conheceremos o que Jesus odeia, e passaremos a adiar também.

Quantos elogios para uma igreja moderna, que nos lembra a de Éfeso, não é mesmo? Mas você sabe que nem tudo é um mar de rosas. A igreja de Éfeso havia abandonado seu primeiro amor. Mas como haviam feito isso se receberam tantos elogios? Porque os efeitos de terem diminuído seu amor pela verdade ainda não haviam aparecido. Todavia, Jesus alerta esta igreja com antecedência. Isto é uma lição para os pastores das igrejas cristãs. É necessário dar conselhos preventivos quando a igreja ou que seja apenas uma ovelha dê sinais de que seu amor pela verdade está diminuindo. Devem imitar a Jesus que dava elogios e ao mesmo tempo corrigia se fosse preciso, como fez com Pedro, que após o ter elogiado , corrigiu-o com um para trás de mim Satanás. - Mateus 16:16-24.

É possível que este abandono do primeiro amor tenho ocorrido devido aos novos crentes, descendentes dos primeiros cristãos em Éfeso, bem como as novas famílias que se converteram a Jesus não demonstrassem o mesmo zelo e vigor que os primeiros, a quem Paulo, por exemplo, escreveu sua carta. (Efésios 1:1) E famílias fortes na fé constituem uma igreja forte. Daí a importância de todas na família fazerem empenho para crescerem na fé e se manterem assim sempre, dando exemplo para as novas famílias.

Neste ponto, Jesus aconselha, através de João, para que os pastores da igreja de Éfeso tentassem identificar onde caíram, ou como iniciou o declínio. Precisavam se arrepender e agir em harmonia com tal arrependimento, retomando à prática das obras que os caracterizava com o amor que tinham no princípio. É interessante que com tantos elogios, poderiam não se dar conta de que estavam caído. Uma correção no tempo devido. Será que acatamos a voz de Deus quando alguém nos diz que estamos sem aquele mesmo amor demonstrado anteriormente? Ficamos irritados, achando que não precisamos de ajuda? Se somos corpo de Cristo, não podemos achar que nos daremos bem caminhando sozinho. Não podemos ser uma célula que decide se desenvolver sozinha. Na medicina, isso se chama câncer. Na fé, doença espiritual. Qual o momento melhor para diagnosticar e curar um câncer? No início, antes mesmo de consequências mais sérias surgirem. - Leia Isaías 30:21.

Todos nós devemos ouvir o que o Espírito diz. Diz-se isso a todas as igrejas. (2:7, 11, 17, 29; 3:6, 13, 22) É Jesus falando através do Espírito Santo. Hoje, temos a Palavra inerrante de Deus, suficiente, para nos falar. Deus nos revelou tudo o que achou necessário para nos ensinar. E na Bíblia aprendemos o necessário para sermos fortes na fé, para a glória de Deus. E Jesus quer que diminuamos a brecha entre o saber e o fazer. Ele disse: Se sabeis estas coisas, sois bem-aventurados se as fizerdes. - João 13:17.

O assunto é tão sério que Jesus fala de tirar o candelabro deles. Ou seja, a igreja em Éfeso poderia deixar de existir, logo ou em futuras gerações. Se você não sabe, aquela igreja declinou durante os séculos a tal ponto que Éfeso são ruínas e a igreja nesta região hoje é uma minoria em meio à fé islâmica. Que pena! Daí, a importância de arrepender-se e agir, tomar atitudes urgentes, antes que a derrocada venha. Talvez, a igreja precisa ser doutrinada com amor a fim de que se fortaleça. Pode ser que precise retomar a prática do evangelismo e discipulado cristão. Há mutas igrejas condenadas à morte natural, porque não se evangeliza e nem se discipula, e os membros são idosos! Não há jovens e adolescentes. Também, há casos de igrejas se fechando e seus templos são vendidos até para seitas e religiões falsas. Um absurdo! Precisamos despertar!

Portanto, estejamos prontos a mudar para melhor quando ouvirmos correções da parte de Deus. As recompensas desse proceder, para a igreja em Éfeso, são mencionadas no texto: Uma igreja vitoriosa, que viverá no paraíso de Deus, ou seja, herdará a vida eterna. Sabemos que nem todos numa igreja são salvos, mas a igreja forte na fé, com grande amor pela verdade, tem muitos salvos. E salvos precisam viver como cristãos que dão frutos, não estagnados. É muito melhor vivermos desde já um paraíso espiritual, repleto de bênçãos espirituais, e aproveitando o máximo da vida cristã. - Fernando Galli.

¹ KISTEMAKER, Simon. Apocalipse, páginas 110, 111. São Paulo : Editora Cultura Cristã, 2004.

Postagens mais visitadas deste blog

TESTEMUNHAS DE JEOVÁ - DESCULPAS PARA JUSTIFICAR SUAS FALSAS PROFECIAS PARA 1914, 1925 E 1975

APOSTILA - RAZÕES PARA JAMAIS SER TESTEMUNHA DE JEOVÁ - NÍVEL INICIANTE 1

ESBOÇOS DA FÉ - QUE TIPO DE UVAS VOCÊ PRODUZ? - ISAÍAS 5:1-7