O APOCALIPSE E VOCÊ - BEM AVENTURADO QUEM LÊ, OUVE E GUARDA A PALAVRA. - 1:3.

Qual a verdadeira razão que Deus dá para o cristão que se propõe a considerar um livro repleto de sinais tão difíceis de ser interpretados? O versículo que analisaremos a seguir responde a esta pergunta de forma muito poderosa!
(1:3) Bem-aventurados os que leem e também os que ouvem as palavras desta profecia e guardam as coisas que nela estão escritas, porque o tempo está próximo.
O termo bem-aventurados, em muitas traduções bíblicas, tem sido traduzido por feliz. Prefiro bem-aventurado, pois a palavra grega para este vocábulo, makárioi, é usada nas Escrituras Gregas para designar aqueles que recebe as bênçãos de Deus, ou a pessoa considerada por Deus como abençoada. Trata-se, conforme R. N. CHamplin, da verdadeira felicidade que inclui aquele bem estar ou estado de bem-aventurança, associado à correta relação do homem para com Deus.¹ 

Se você não sabe, esta é a primeira das sete bem-aventuranças do Apocalipse. Deus nos garante que somos bem-aventurados por ler, ouvir e guardar as profecias desta revelação, então, basta praticarmos estas três ações para sentirmos os efeitos dela em nossas vidas. Tudo o que está ali escrito confere bênçãos que emanam de Deus. Ler e ouvir, todavia, pode ser bem mais fácil do que guardar, na acepção de reconhecer as verdades ensinadas e aplicá-las. Como diz Simon Kistemaker, por intermédio dessas palavras de profecia, os mensageiros de Deus conclamam o povo a uma vida de obediência e amor a ele. São os ouvintes das palavras que são lidas; eles devem converter estas palavras em atos a fim de demonstrarem que realmente são filhos de Deus e seguidores de Jesus. Devem fazer com que estas palavras escritas nunca percam seu poder e autoridade.²

Talvez você questione: Mas faz quase 1920 anos que os cristãos estão lendo, ouvindo e guardando estas palavras, e o texto diz que deveriam fazer isto porque o tempo está próximo. Próximo? Como assim?

Calma! A primeira profecia bíblica, chamada de protoevangelho, em Gênesis 3:15, proferida no jardim do Éden, a nossos pais errantes, Adão e Eva, falam da vinda de um descendente que se mostrou ser o Messias, Jesus Cristo. Desde aqueles dias, quer por tradição ou palavra escrita e revelada, os leitores e ouvintes esperaram mais de quatro mil anos pela vinda de Jesus. Da mesma forma, e com um tom de urgência maior, a volta de Jesus e o tempo para o cumprimento de suas profecias sempre estão próximos. Cada geração de cristãos salvos esperou com perseverança pelo tempo de Deus cumprir sua vontade soberana.

Assim, em vez de brigar com o modo de Deus cumprir seus propósitos na corrente do tempo físico, ou crônos, submetamo-nos ao seu tempo divino, o kairós de Deus. Afinal, o filho de Deus fiel e bem-aventurado lerá, ouvirá e praticará a todo o tempo as lições do Apocalipse para a vida cristã. Se morrermos, somos bem-aventurados da mesma forma. - Fernando Galli.



¹ CHAMPLIN, R. N. O Novo Testamento Interpretado: Versículo por Versículo: Volume 1, página 303. São Paulo : Hagnos, 2002.
² KISTEMAKER, Simon. Apocalipse, páginas 110, 111. São Paulo : Editora Cultura Cristã, 2004.

Postagens mais visitadas deste blog

TESTEMUNHAS DE JEOVÁ - DESCULPAS PARA JUSTIFICAR SUAS FALSAS PROFECIAS PARA 1914, 1925 E 1975

APOSTILA - RAZÕES PARA JAMAIS SER TESTEMUNHA DE JEOVÁ - NÍVEL INICIANTE 1

ESBOÇOS DA FÉ - QUE TIPO DE UVAS VOCÊ PRODUZ? - ISAÍAS 5:1-7