REFUTANDO O APOLOGISTA TJ DA MENTIRA - O CONCEITO ERRÔNEO DE RELIGIÃO VERDADEIRA


As mentiras do dia (22.03.2015) do vulgo Apologista da Verdade, membro da seita Testemunhas de Jeová, a serem comentadas, são as seguintes:


Resposta Cristã - Em primeiro lugar, nenhuma Igreja Local séria, ou denominação cristã, ensina que o Cristianismo é um modo de vida individualizado, que a pessoa levaria por se ler isoladamente as Escrituras. Pelo fato da seita TJ ter uma liderança mundial que dita tudo o que eles devem crer, oficialmente publicado em suas literaturas, então o "apologista da mentira" procura nesse texto insinuar que as denominações cristãs incentivam um modo de vida individualizado, cada um interpretando a Bíblia da sua forma. Isso é mentira! Não existe denominação cristã que ensine isso! O que ocorre é que NÃO SE PODE INTERPRETAR A BÍBLIA COM PERFEIÇÃO, por isso, existem as denominações cristãs com suas interpretações diferentes da Bíblia, exatamente o mesmo que ocorre com a seita TJ, que já mudou 329 vezes de ensinos.

O que realmente é uma unidade cristã - Uma seita que obriga todos seus adeptos a pensarem da mesma forma, e que não reconhece membros de outras igrejas como seus irmãos em Cristo, mas que muda sempre de ensino, ou várias denominações cristãs, com interpretações diferentes, mas unidas em servir a Cristo como seu único e suficiente Salvador, e que consideram os membros de todas essas denominações cristãs como irmãos em Cristo? A unidade do Cristianismo vem de Deus, porque une como irmãos pessoas que interpretam a Bíblia diferentemente, pois NINGUÉM A INTERPRETA COM PERFEIÇÃO. Mas o que existe nas testemunhas de Jeová é uma uniformidade, que até a minha avó consegue: Basta ensinar assim: "Creiam como nós, da liderança, senão você está fora, e só nós podemos mudar 329 vezes de ensinos! Por isso, confiem em nós."

Outro ERRO do texto do "apologista da mentira" é comparar os ensinos de Paulo, em cartas inspiradas, com os ensinos do corpo governante TJ, ou de nossos líderes, que não escrevem nada inspirado por Deus. É óbvio que Paulo jamais permitiria que uma Igreja se desviasse do padrão bíblico do que estava sendo escrito DE FORMA INSPIRADA.

Agora preste atenção na linguagem do "apologista da mentira". Ele disse que Jesus juntou um grupo de seguidores "SEDIADOS EM JERUSALÉM". Sediados lembra Sede! Em outras palavras, ele está fazendo apologia a se ter um Corpo Governante nos Estados Unidos para interpretar a Bíblia para as TJs. As TJs, bem instruídas nas doutrinas delas, são peritas em escolher palavras-chave, para enfiar na argumentação crenças que texto bíblico nenhum menciona. 

Outro ponto é: NÃO HAVIA UNIDADE DE ENSINOS COMO SE TODOS FOSSEM OBRIGADOS, PARA PERMANECER CRISTÃOS, INTERPRETAR A BÍBLIA TODA DE FORMA IGUAL, IDÊNTICA*. Isso nunca houve, nem sequer entre os primeiros cristãos. O próprio apologista da mentira reconhece em seu texto que os que supostamente lideravam a obra mundial do Cristianismo pediram para que cristãos se purificassem cerimonialmente, e ainda conclui que eles estavam equivocados. Veja:


É óbvio que estavam equivocados, porque não entendiam que com a morte de Cristo não se precisaria de purificação cerimonial. MAS QUEM DISSE QUE PELO FATO DE AQUELES HOMENS TEREM PEDIDO A PURIFICAÇÃO CERIMONIAL, QUE TODOS INTERPRETARAM QUE DEVERIAM FAZER O MESMO? Em lugar nenhum as TJs vão encontrar provas disso! A ordem que deram não fora inspirada por Deus, apenas o relato que narra a ordem deles é inspirado. Da mesma forma, em qualquer igreja ou seita, todos os líderes, por não serem inspirados por Deus ao interpretar a Bíblia, têm opiniões equivocadas e divergentes. A Igreja Protestante-Evangélica prefere que todos os irmãos em Cristo se reúnam em denominações diferentes, onde creem haver a melhor interpretação bíblica, podendo visitarem e até pregar em outras denominações, como eu mesmo faço, e nos CHAMARMOS DE IRMÃOS EM CRISTO! Isso é RELIGIÃO VERDADEIRA! É a prática de amar o irmão em Cristo, não porque ele segue a mesma interpretação de uma liderança mundail chamada Corpo Governante, mas porque ele procura da mesma forma como outros pela verdade, e está se empenhando nisso, porque ele é filho de Deus pela fé em Cristo Jesus (GÁLATAS 3:26) - COISA QUE O APOLOGISTA DA MENTIRA NÃO CRÊ, POIS ENSINA QUE SÓ OS 144 MIL JÁ SÃO FILHOS DE DEUS. - Fernando Galli.
______________________

* O alvo seria esse, mas nunca houve. Isso será assunto para outro texto. Eu tenho é dó de quem pensa que houve tal unidade, porque são pessoas com essas crenças as mais propensas a serem enganadas por uma liderança mundial, e que por ironia MUDAM SEMPRE DE ENSINOS. Desafio essa patota de hereges a mostrarem na Bíblia onde que os apóstolos mudaram de ensinos que eles mesmos haviam dado às Igrejas? Onde que a luz de Jeová brilhou para eles, mostrando que um ensino escrito nas cartas como oficial e inspirado mudou por se reconhecer que o anterior estava errado.