TESTEMUNHAS DE JEOVÁ E SUAS SUPOSTAS LUZES DE PROVÉRBIOS 4:18.

Quando as TJs mudam, de vez em quando (322 vezes já) seus ensinos, afirmam que receberam novas luzes de Jeová., conforme Provérbios 4:18. O que dizem as evidências? Será que Jeová realmente usa o Corpo Governante delas para "alimentá-las" com ensinos? 

A resposta é: Claro que não, pois a Bíblia ensina que quando Deus aprimora o entendimento do seu povo, Ele o faz, não para reconhecer que o entendimento que ele mesmo havia dado anteriormente estava errado, mas com novas informações aperfeiçoa o conhecimento de seus adoradores. Foi o caso das leis cerimoniais do Antigo Testamento. Quando Cristo veio, a igreja entendeu que elas se cumpriram em Jesus.

Mas os ensinamentos do Corpo Governante já mudaram 322 vezes, e sempre para reconhecer que os ensinos anteriores estavam errados. Para tentar justificar essas mudanças, as TJs usam Provérbios 4:18, onde lemos:
"Mas a vereda dos justos é como a luz da aurora, que vai brilhando mais e mais até ser dia perfeito." - Provérbios 4:18.
Assim, quando o Corpo Governante muda de interpretação, as TJs ficam felizes, porque dizem elas que a luz brilhou. Mas será que Provérbios 4:18, quando fala de vereda dos justos e da luz está se referindo a mudanças de ensinos do Corpo Governante? Não, pois na época da escrita de Provérbios esta luz já brilhava de certa forma, mas não havia Corpo Governante.

Uma interpretação bem mais plausível seria a de que essa luz poderia se referir à própria Palavra de Deus, a Bíblia, que é lâmpada e luz para nossas vidas (Salmo 119:105), a qual vinha sendo aos poucos revelada, até que, quando foi completada por volta do ano 98 d.C., brilhou definitivamente.

Além disso, poderíamos afirmar que Deus ilumina seu povo para entender sua Palavra e aplicá-la na sua vida. Quanto mais cada pessoa busca a sabedoria de Deus, mais ela acha. (Provérbios 2:1-6; 3:1-5) Parece-me que as TJs não buscam interpretação e sabedoria das Escrituras, mas aguardam que o Corpo Governante publique para elas em que elas devem crer. Elas afirmam que tal Corpo Governante é o escravo fiel e discreto de Mateus 24:45-47, composto atualmente de sete membros, que alimenta quase 8 milhões de TJs com as verdades resultantes da iluminação de Jeová sobre tal Corpo. Será que isto procede?

Em primeiro lugar, no texto de Mateus 24:45-47, não há menção de um Corpo Governante, e sim do escravo fiel e discreto (Tradução do Novo Mundo). Cremos que todos nós podemos ser um escravo fiel e discreto, principalmente quando alimentamos quem tem fome da Palavra de Deus. Muito mais plausível, não acha? Além do que, podemos nos alimentar uns aos outros, com palavras e estudos resultantes desta busca por tesouros escondidos da Palavra de Deus.

Assim, quando Jesus voltar, deseja achar este escravo fiel e discreto, ou seja, a igreja dele, alimentando o povo com a Palavra de Deus. Mas em parte alguma na Bíblia se diz que a função do escravo fiel e discreto é interpretar cada versículo da Bíblia e obrigar seus seguidores a crerem nele, sob pena de expulsão caso discordem de qualquer interpretação, mesmo daquelas que tempos depois o Corpo Governante mesmo muda.

Em segundo lugar, esse Corpo Governante não pode ser usado por Jeová para ensinar verdades, visto que, se admitirmos Deus mudar para melhor as interpretações da Bíblia, ele não ficaria mancando em duas opiniões diferentes como fazem as TJs. (Leia 1 Reis 18:21) Muito menos ficaria acendendo e apagando luzes de ensinos. Por exemplo, Jeová não ensinaria seu povo a crer num ensino X, depois mudá-lo para Y, e depois retornar para o X ensinado antes. Será que temos provas de que isso acontece nessa organização do Corpo Governante? Vejamos:

Remédios feitos com frações de sangue
1a. LUZ – É correto usar remédios feitos com frações de sangue. "O uso de frações de sangue para criar tais anticorpos não é o mesmo que tomar sangue. […] Seria, portanto, assunto de decisão individual quanto a aceitar ou não tais tipos de medicação."- A Sentinela 1.º de fevereiro de 1959, páginas. 95 e 96.

2a. LUZ – É errado usar remédios feitos com frações de sangue. "É errado suster a vida mediante infusões de sangue, plasma, glóbulos vermelhos ou várias frações de sangue? Sim! ... Quer seja sangue integral quer fração de sangue ... a lei divina se aplica" - A Sentinela de 15 de março de 1962, página. 174.

3a. LUZ – É correto (novamente) usar remédios feitos com frações de sangue. "Que dizer, então, do uso dum soro que contenha apenas uma fração minúscula de sangue […]? Cremos que isto deve ser decidido pela consciência de cada cristão." - A Sentinela de 15 de outubro de 1974, página 640.

4a. LUZ – É errado (novamente) usar remédios feitos com frações de sangue. "Certos fatores plasmáticos da coagulação acham-se agora em amplo uso... todos receberam sangue integral, plasma ou derivados sangüíneos que continham os fatores. Naturalmente, os verdadeiros cristãos não utilizam este tratamento potencialmente perigoso, acatando a ordem da bíblia de ‘abster-se de sangue’". - Despertai! de 22 de agosto de 1975, página 29.

5a. LUZ – É correto (mais uma vez) usar remédios feitos com frações de sangue. - "Alguns cristãos acham que aceitar uma pequena quantidade de derivado de sangue para tal fim não é... desrespeito pela lei de Deus... adotamos atitude de que esta questão precisa ser resolvida por cada pessoa, por decisão pessoal." - A Sentinela de 1 de dezembro de 1978, página 3.*
Transplantes de órgãos - questão de consciência ou canibalismo?
1a. LUZ – É correto fazer transplantes de órgãos. - "A questão de a pessoa colocar o seu corpo, ou partes dele, à disposição de homens de ciência ou médicos no momento da morte para fins de experiências científicas ou substituição em outras pessoas, é vista com desagrado por certos corpos religiosos. Contudo, não parece que qualquer princípio ou lei das Escrituras esteja envolvido. Portanto, esse é um assunto que cada indivíduo tem de decidir por si mesmo. Se ele está convencido na sua mente e consciência que esta é uma coisa certa a fazer, então pode fazer essa provisão, e ninguém o devia criticar por fazê-lo. Por outro lado, ninguém devia ser criticado por recusar entrar em qualquer de tais acordos." - The Watchtower [A Sentinela], de 1.º de Agosto de 1961, página 480, em Inglês (Sentinela de 1.º de Fevereiro de 1962, página 96).

2a. LUZ – É errado fazer transplantes de órgãos. -" ... Quando existe um órgão doente ou defeituoso, a maneira normal em que a saúde é restaurada é tomando nutrientes. O corpo usa o alimento para reparar ou curar o órgão, substituindo gradualmente as células. Quando homens de ciência concluem que este processo normal já não funciona e sugerem remover o órgão e substituí-lo diretamente com um órgão de outro humano, isto é simplesmente um atalho. Aqueles que se submetem a tais operações estão assim a viver da carne de outro humano. Isso é canibalístico. Contudo, ao permitir que o homem comesse carne animal, Jeová Deus não deu permissão aos humanos para tentarem prolongar as suas vidas por tomarem canibalisticamente nos seus corpos carne humana, seja mastigada seja na forma de órgãos inteiros ou partes do corpo tiradas de outros." - The Watchtower 15 de Novembro de 1967, p. 702, em Inglês, A Sentinela, 1.º de Junho de 1968, páginas 349-350, Volume Encadernado.*

3a. LUZ – É correto fazer transplantes de órgãos. "No que se refere ao transplante de tecido ou osso humano de um humano para outro, é um caso de decisão conscienciosa de cada uma das Testemunhas de Jeová. - The Watchtower 15 de março de 1980, p. 31, em Inglês, A Sentinela 1 de setembro de 1980, página 31, em português.
Os habitantes de Sodoma e Gomorra serão ou não ressuscitados?
1a. LUZ - Serão ressuscitados - "‘Lembrem-se’, diz Cristo acerca dos sodomitas, que ‘Deus fez chover fogo e destruiu a todos.’ Portanto, se se fala da restauração deles, subentende a ressurreição deles." - Watchtower (A Sentinela) de julho de 1897, página 7.
2a. LUZ - Não serão ressuscitados - "Portanto, aqueles que morrerem no Armagedom sofrerão a mesma punição que os habitantes de Sodoma; isto é, não terão uma ‘ressurreição de julgamento’ durante o dia do juízo, de 1.000 anos; ficarão mortos para sempre." - A Sentinela de 1 de abril de 1955, página 200, em inglês.
3a. LUZ - Serão ressuscitados (de novo) - "Ao dizer isso, Jesus mostrou que pelo menos algumas das pessoas injustas das antigas Sodoma e Gomorra estarão presentes na terra durante o Dia do Juízo. Embora tenham sido bastante imorais, podemos esperar que algumas delas sejam ressuscitadas. (Gênesis 19:1-26) Jeová, em sua misericórdia, as trará de volta. - Poderá Viver Para Sempre No Paraíso na Terra, edição de 1983, página 179, parágrafo 9.
4a. LUZ - Não serão ressuscitados (de novo) - "Serão essas pessoas, tão terrivelmente iníquas, ressuscitadas durante o Dia do Juízo? Pelo que parece, as Escrituras indicam que não. Por exemplo, Judas, um dos discípulos inspirados de Jesus, escreveu primeiro sobre os anjos que abandonaram seu lugar no céu para terem relações com as filhas dos homens. Daí, acrescentou: "Assim também Sodoma e Gomorra, e as cidades em volta delas, as quais, da mesma maneira como os precedentes, tendo cometido fornicação de modo excessivo e tendo ido após a carne para uso desnatural, são postas diante de nós como exemplo de aviso por sofrerem a punição judicial do fogo eterno." (Judas 6, 7; Gênesis 6:1, 2) De fato, por causa de sua excessiva imoralidade, as pessoas de Sodoma e das cidades circunvizinhas sofreram destruição, da qual pelo que parece nunca serão ressuscitadas. — 2 Pedro 2:4-6, 9, 10a." - Poderá Viver Para Sempre No Paraíso na Terra, edição de 1983, página 179, parágrafo 9.
Quem são as autoridades superiores de Romanos 13:1?
1a. LUZ - São os governantes humanos - "Eles ensinavam a igreja a obedecer às leis, e a respeitar os em autoridade por causa do cargo deles, mesmo que não fossem pessoalmente dignos de estima, a pagar seus impostos estipulados, e, exceto onde entrassem em conflito com a lei de Deus (Atos 4:19; 5:29) a não oferecer resistência alguma a qualquer lei estabelecida. - Romanos 13:1-7." - O Plano Divino das Eras, 1886, página 266, em inglês.
2a. LUZ - São Jeová e Jesus - "Quem são pois, "as autoridades superiores"? Jeová Deus é supremo e Cristo Jesus é seu oficial principal, a quem conferiu todo poder e autoridade para efetuar seu propósito. E por isso, as autoridades superiores são Jeová e Cristo Jesus" - Salvação, página 227, em português, 1940.
3a. LUZ - São os governantes humanos (novamente) - "Na edição inglesa de A Sentinela de 15 de novembro de 1962, publicada em ucraniano em 1.° de julho de 1964 (em português, no número de 15 de junho de 1963), apresentou-se um novo entendimento sobre o capítulo 13 de Romanos. Até então, havíamos entendido que as "autoridades superiores" mencionadas no versículo 1 eram Jeová Deus e Jesus Cristo, mas A Sentinela disse que as "autoridades superiores" na realidade representam os governos terrestres e que estes se acham ‘colocados por Deus nas suas posições relativas’. — Romanos 13:1." - Despertai! de 22 de outubro de 2000, página 22.
Conclusão

Conforme observamos, o Corpo Governante das Testemunhas de Jeová não está sendo usado coisa nenhuma para dar alimento espiritual aos seus seguidores. Não queremos dizer com isso que tudo o que ensinam sobre a Bíblia seja errado. Vivi 17 anos como TJ e aprendi muitas verdades bíblicas, como normas de conduta, conselhos sobre como lidar com problemas, como pregar ensinos verdadeiros. Mas tais verdades que aprendi não são ensinos exclusivos das TJs, pois são verdades óbvias encontradas na Bíblia. Mas no que tange a ensinos polêmicos, que precisam de malabarismos textuais, aí então revela-se a identidade do falso profeta Corpo Governante.

Qual deveria ser o proceder correto das TJs e de sua liderança mundial? Admitirem que não são a única religião verdadeira, e caminharem conosco na busca de verdades. Mas não! Consideram-se os únicos corretos e ainda nos chamam de filhos do diabo, membros de Babilônia, a Grande, o império mundial da religião falsa. E ainda ensinam a tratar os que saem da seita como se fossem doentes mentais em sentido espiritual. Até mesmo o Sr. Rubens Dantas, proprietário do Site Tradução do Novo Mundo Defendida, TJ convicto, professor de hebraico e grego, disse o seguinte sobre ex-TJs, ou como ele considera, apóstatas:

http://traducaodonovomundodefendida.wordpress.com/2014/08/12/como-tratar-um-apostata/

Já encaminhei o PDF do artigo que ele escreveu para a central da seita dele. A luz do "deus" deste Rubens Dantas não brilhou ainda sobre ele para saber como tratar as pessoas. conforme Colossenses 4:6. Mas não sei se o alerta vai adiantar porque numa revista A Sentinela passada, o próprio Corpo Governante disse que os "apóstatas" são doentes mentais em sentido espiritual.

É uma pena que os defensores desta organização religiosa não percebem que estas provas concretas destroem por completo a crença deles nessa suposta "luz". E ainda, algumas TJs em seus sites na internet, cientes do que sabemos sobre as 322 mudanças de ensinos, escrevem pérolas do tipo:


Será que os cristãos que já foram TJs rangem os dentes quando percebem uma organização religiosa mudar de ensinos X para Y e retornar para X? Não, realmente não. Por quê? Porque a luz quando brilha mais não apaga a luz anterior. Se você chega em casa, ao entrar acende a luz da sala. Mas se precisar de mais luz, instalará mais lâmpadas, para ter mais luz. A nova lâmpada não anulará a primeira, mas se somará a ela. Essa é a luz que brilha mais e mais. Mas a luz TJ, em muitos casos, nada tem a ver com a luz de Provérbios 4:18. A mais recente luz pisca-pisca TJ foi o caso da geração de 1914 que não passaria. Veja esta matéria que escrevi para mostrar as trapalhadas do Corpo Governante em explicar a identidade desta geração. (Mateus 24:34) - CLIQUE AQUI.

Então, devemos crer que quanto mais nos aproximarmos do dia da volta de Jesus, mais a Igreja conhecerá sobre Deus, mas não através de uma luz sem brilho como a das TJs.

A seguir, proponho uma série de perguntas às TJs quando elas vierem até nós promovendo suas boas novas:
  1. Você sabia que há cinco interpretações diferentes do Corpo Governante sobre se seria ou não correto um testemunha de Jeová aceitar remédios feitos com frações de sangue? (Espere uma resposta e mostre-lhe as referências.) Então, qual dessas interpretações é a verdade?
  2. Vocês creem que Jeová revela novas luzes. Mas quando o Deus que vocês acreditam revela novas luzes, ele cancela a luz que ele havia dado antes? Você acha mesmo que Jeová teria ficado mancando entre duas opiniões por cinco vezes sobre as frações de sangue, sendo que Jesus disse: "Deixai simplesmente que a vossa palavra Sim signifique Sim, e o vosso Não, Não; pois tudo o que for além disso é do iníquo." - Mateus 5:37, Tradução do Novo Mundo.
  3. Ponha-se no lugar de uma mãe, com um filho que precisasse de um remédio feito com frações de sangue para sobreviver. Seu filho vinha tomando esse remédio, mas de repente ele para porque o Corpo Governante proibiu. Daí ele morre fiel. No entanto, alguns anos depois, o Corpo Governante libera o mesmo remédio. Como você se sentiria? Seu filho teria morrido fiel a Jeová, se ele aceitou uma proibição que mais tarde deixou de existir, ou fiel a homens?
  4. Você sabia que o Corpo Governante em 1961 disse que cada indivíduo TJ poderia aceitar transplantes de órgãos, mas em 1967 afirmou que fazer transplantes seria o mesmo que canibalismo, e em 1980 voltou atrás e novamente passou a ensinar que os transplantes seria uma questão de consciência?
  5. Se Jeová realmente dirigisse essa organização, não acha que ele jamais teria permitido o Corpo Governante abandonar o ensino correto em 1967 sobre os transplantes e ficar 13 anos apregoando que os transplantes seria o mesmo que canibalismo, e só depois disso, em 1980, voltar a ensinar o correto?
  6. Quem tem culpa de sangue pela morte das pessoas foram fiéis ao Corpo Governante em não aceitar, por exemplo, um transplante de rim?
  7. O profeta Elias disse povo Judeu: "Até quando ficareis mancando em duas opiniões diferentes?" (1 Reis 18:21) Assim, sobre a ressurreição dos habitantes de Sodoma e Gomorra, por que a organização de Jeová mancou em 100 anos entre duas opiniões diferentes? (Mostre as provas.) Como pôde Jeová mandar uma luz, cancelá-la, acendê-la outra vez e cancelá-la novamente?
  8. Em 1886 Russell ensinava que as autoridades superiores de Romanos 13:1-5 eram os governos humanos. Mas em 1929 houve uma mudança e o livro Salvação, página 227, de 1940, disse que essas autoridades eram Jeová e Jesus. Daí, o Livro Seja Deus Verdadeiro, página 241, 242, de 1955, disse que os inimigos religiosos das Testemunhas de Jeová "insistem que esses governadores [políticos, conforme o contexto] sejam as autoridades superiores." Ora, então esses inimigos tinham razão, pois em 1962 o Corpo Governante passou a concordar com eles. (Prove isso.) Acha mesmo que esse Corpo Governante merece crédito em suas interpretações?
Que Deus nos dê coragem e paciência para lidarmos com as vítimas das falsas luzes do Corpo Governante. - Fernando Galli.

Postagens mais visitadas deste blog

CONGREGAÇÃO CRISTÃ NO BRASIL - LIBERTANDO-SE DE UMA INVERDADE CABELUDA

VÓ ROSA - APOSTILA PARA ESTUDAR AS CRENÇAS DA SEITA

ESBOÇOS DA FÉ - QUE TIPO DE UVAS VOCÊ PRODUZ? - ISAÍAS 5:1-7

O QUE SIGNIFICA SER MANSO?

APOSTILA - DEZESSEIS RAZÕES PARA NÃO SER TESTEMUNHA DE JEOVÁ - NÍVEL INICIANTE

MAÇONARIA - UM SEGREDO SOBRE AS ORIGENS DE SEUS SINAIS SOLENES.

CARACTERÍSTICAS DO VERDADEIRO AMIGO - PROVÉRBIOS 17:17

COMUNIDADE CRISTÃ AMOR E GRAÇA - ALGUMAS DE SUAS HERESIAS

DEBATE: BATISTA X ADVENTISTA: OS ESCRITOS DE ELLEN G. WHITE - INSPIRADOS POR DEUS OU NÃO? (PROFESSOR AZENILTO BRITO X FERNANDO GALLI)