TESTEMUNHAS DE JEOVÁ E SUAS PERGUNTAS CONTRA A TRINDADE


De vez "em sempre" as TJs usam seu artefato bélico espiritual para questionar a doutrina da Santíssima Trindade. É o assunto preferido deles porque para se defender biblicamente tal doutrina é necessário um bom preparo teológico. Para ajudar meus irmãos em Cristo a defender sua fé no Deus Triuno, analise e estude as respostas às vinte e uma perguntas que as TJs acham que não sabemos responder.

1.      Se Deus é e sempre foi uma Trindade, será que os judeus encontravam este ensino nas Escrituras Hebraicas (“Velho Testamento”)?

Resposta Cristã – Aos judeus não foi revelada a Triunidade de Deus. Deus assim se revelou: gradativamente. Os judeus adoravam exclusivamente a YHWH. Mas com a vinda de Jesus, o Messias prometido, muito mais se revelou sobre sua identidade. Deus se revelou como o Filho, por isso, Jesus é chamado de Deus (João 1:1; 20:28); E com a revelação da obra do Espírito Santo na Igreja Cristã, muito mais se revelou sobre o Espírito Santo, pois Ele é Deus. - Atos 5:3, 4; 2 Coríntios 3:17.

2. O que dizem as Escrituras Hebraicas sobre Deus? — Deuteronômio 6:4; Salmo 145; Zacarias 14:9.

Resposta Cristã – As Escrituras Hebraicas ensinam que Deus é um só, e nisto, nós, cristãos, cremos. Jamais ensinamos que Deus sejam três Deuses. Lemos em Zacarias 14:9: “O SENHOR (YHWH) será rei sobre toda a terra; naquele dia haverá um só SENHOR (YHWH), e o seu nome será único.” E cremos que YHWH, o único Deus, que subsiste em Três Pessoas – Pai, Filho e Espírito Santo – será o Rei sobre todos. O interessante é que Jesus é chamado de Rei dos reis. (Apocalipse 19:13) Isto significa que Jesus é tão Rei quanto seu Pai. Isto é um forte indício de que há igualdade de algumas funções na Trindade. Quanto ao Espírito Santo, a função dEle não é ser Rei, portanto, a Bíblia não o chama de Rei.

3. Será que as Escrituras Hebraicas mencionam o espírito santo? — Juízes 15:14; Zacarias 4:6.

Resposta Cristã – Em Juízes 15:14, lemos que o Espírito do SENHOR (YHWH) se apossou de Sansão. Em Zacarias 4:6 diz: “Nem por força, nem por poder, mas por meu Espírito.” Com estes textos em mente, os judeus criam que o Espírito de YHWH era a manifestação do seu poder, não um poder ou força militar, mas o poder Divino. Todavia, no Novo Testamento, revelou a real identidade do Espírito Santo. Ele é um ser Pessoal que guia, ensina, fala, ouve, ordena e fica até triste. (João 16:13, 14; Atos 13:2; Efésios 4:30) E o mais importante: O Espírito Santo tem poder, e não é apenas a manifestação do poder de Deus. Por isso, lemos em Romanos 15:13, 17 a expressão “poder de Espírito Santo”. Isso significa que o Espírito Santo tem poder, assim como na expressão “poder de Deus” significa que Deus tem poder, e não que é poder.

4. Nas Escrituras Hebraicas, é o espírito santo mencionado como se fosse uma pessoa ou como a força ativa de Deus? — Juízes 14:6; Isaías 44:3.

Resposta Cristã – Em Juízes 14:6 lemos que o Espírito de YHWH se apossou (ou se tornou ativo) em Sansão. E em Isaías 44:3 lemos que YHWH derramaria o Espírito Santo sobre seu povo. Provam estes textos que a impessoalidade do Espírito Santo? Se não houvesse as Escrituras Gregas, ou o Novo Testamento, realmente faltariam elementos textuais para ensinar a Pessoalidade do Espírito Santo. Mas temos muitos versículos no Novo Testamento que atestam sua pessoalidade, conforme já mencionamos. Mas o que dizer da expressão “derramarei o meu Espírito”? Evidentemente que o verbo derramar aqui é o termo simbólico, pois se fosse literal o Espírito Santo seria líquido. Uma vez sendo linguagem figurada o verbo “derramarei”, então entendemos que tal derramamento simboliza o ato de Deus de dar Seu Espírito Santo a seu povo como dá água dos céus a ele: em abundância. Por isso, ficamos cheios de Espírito Santo. – Atos 2:4.

5. Mencionam as Escrituras Hebraicas um prometido Messias, ou Ungido? — Daniel 9:25, 26.

Resposta Cristã – Sem dúvida nenhuma que mencionam! Mas ser Jesus o Messias não prova que Ele não seja o Deus verdadeiro. Apenas prova que Ele veio como homem para nos salvar.

6. Existe algum versículo das Escrituras Hebraicas que iguale o Messias a Deus? — Salmo 2:2, 4-8; Isaías 45:18; 61:1.

Resposta Cristã – O messias aqui na terra era igual ao Pai em divindade, mas inferior em posição. Jesus jamais deixou de ser Deus. Ele, existindo na forma de Deus, humilhou-se a si mesmo e fez-se homem. (Filipenses 2:5-8) Portanto, mesmo existindo como Deus, Ele era homem, e como homem morreu por nós. Na família, ocorre o mesmo: O marido é o cabeça da esposa. (1 Coríntios 11:3) Sendo assim, ele é igual à esposa em natureza, ou seja, tão humano quanto ela, mas superior em posição. Todavia, isso não torna a mulher inferior em natureza em relação ao homem.

7. Existe algum versículo das Escrituras Hebraicas que dê base sólida para se crer que Jeová é três pessoas em um só Deus? — Isaías 44:6; 46:9, 10.

Resposta Cristã – Apenas nas Escrituras Hebraicas não temos como construir perfeitamente a doutrina da Trindade. Temos a Bíblia como um todo e através desse todo compreendemos a revelação triúna de Deus. Em Isaías, Deus é único. E continua sendo em toda a Escritura. Mas é no Novo Testamento que vemos Três Pessoas serem chamadas de “o Deus”: O Pai (1 Coríntios 8:5); o Filho (João 20:28) e o Espírito Santo (Atos 5:3, 4).

8. Quem enviou Jesus à Terra? Então quem é superior? — João 5:19, 23, 30; 8:42; 14:28; 17:3.

Resposta Cristã – Quem enviou Jesus à terra foi Deus-Pai. Mas indica isso que Jesus seja em natureza inferior a Deus Pai? Não! Como Deus subsiste em Três Pessoas, uma delas, Jesus, foi enviado para executar a função de morrer para salvar muitos. (João 3:16) Como enviado, Jesus é submisso, mas não inferior em natureza. Se assim fosse, o Espírito Santo seria inferior ao Pai em natureza, pois o Pai o envia (João 14:26) e seria inferior em natureza a Jesus também, pois Jesus também o envia. (João 15:26). A resposta é simples: No plano de salvação, Jesus e o Espírito Santo são submissos ao Pai. Mas isso não os torna inferiores em natureza: Todos são o mesmo Deus.

9. Disse Jesus alguma vez que ele era Deus? — João 7:28, 29; 14:6.

Resposta Cristã – Se Jesus, existindo na forma de Deus, humilhou-se a si mesmo e se fez homem, então como Ele poderia sair dizendo que Ele era Deus? As TJs ensinam que Jesus é o arcanjo Miguel. Veja que como homem Jesus era inferior até aos anjos! (Hebreus 2:7) E Jesus nunca disse, enquanto na terra, e nem enquanto nos céus, que era anjo! Então, esse questionamento não presta para provar a crença TJ.

10. Muitas pessoas viram Jesus, mas será que algum homem já viu a Deus? — João 1:18; 6:46.

Resposta Cristã – Nenhum homem jamais vu a Deus, pois se o visse, morreria. (Êxodo 33:20) Mas Jesus foi visto. Significa isso que ele não é Deus? Não! Apenas significa que ele veio como homem. É simples! Por exemplo, as TJs dizem que Jesus é anjo. Mas Jesus aqui na terra foi visto como homem ou como anjo? Como homem, não é mesmo? Mas supondo que Jesus fosse anjo, o fato de ele ter sido visto apenas como homem provaria que ele não fosse anjo? Não, pois uma coisa nada tem a ver com a outra. Raciocínio horrível das TJs.

11. Disse Jesus que ele era o ‘Filho de Deus’ ou que era ‘Deus, o Filho’? — João 10:36; 1 João 4:15; 5:5, 13.

Resposta Cristã – A Bíblia identifica Jesus como o Filho de Deus. Todavia, diz que Ele é Deus também. (João 1:1, 18) Preste atenção: Será que Deus Pai sempre foi Pai ou um dia se tornou Pai? Ora, se Jesus é Pai da eternidade, quanto mais Deus Pai! (Isaías 9:6, 7) Deus sempre foi Pai, mas Pai de quem? De quem sempre foi seu Filho, ou seja, Jesus. Portanto, Deus Pai é Pai de Jesus desde toda a eternidade! Por isso Jesus é o Alfa e o Ômega, o Primeiro e o Último. (Apocalipse 1:8, 17; 22:13) Em outras palavras, Jesus sempre foi o Filho amado de Deus. Assim sendo, ser Jesus o único Filho de Deus significa que Ele é o único jamais criado, o único tão igual ao Pai em natureza. Ele é o “eu sou” de Êxodo 3:14, conforme João 8:58, texto este que na “bíblia TJ” o diabo pôs a mão dele e inspirou seus representantes a verterem o texto por “eu tenho sido”, ou seja, um tempo verbal que em grego não existe. Uma vergonha! Joguem no lixo essa porcaria de tradução do novo mundo.

12. Disse Jesus alguma vez que ele é igual ao Pai? — João 14:28; 20:17.

Em João 14:28, Jesus disse que o Pai era maior do que ele. A palavra grega usada para “maior” é “meidzon” e é usada para referir-se à maior em posição, não em natureza. E isto se dá devido ao fato de Jesus se humilhar para vir como homem à terra. Até os anjos são maiores do que Jesus enquanto Jesus estava na terra. – Hebreus 2:7.

Em João 20:17, Jesus disse a Maria que não havia ascendido para “o meu Pai e vosso Pai e para o meu Deus e vosso Deus”. Repare que Jesus não disse: “Para o nosso Pai e nosso Deus”. Por quê? Porque o Pai é Pai de Jesus numa acepção diferente de ser o nosso Pai. E o Pai é Deus de Jesus numa acepção diferente de ser o nosso Deus. O Pai é Pai de Jesus desde a eternidade, e nós fomos adotados como filhos de Deus pela fé em Jesus. (Gálatas 3:26; Romanos 8:15).O Pai é Deus de Jesus porque ali é o homem Jesus ressuscitado que falava, tanto que foi apalpado por Maria Madalena, e como tal, Jesus reconhecia a superioridade do Pai em ressuscitá-lo, mas não em superioridade de essência, mas de posição ou função. O Pai é nosso Deus porque nós o adoramos.

13. Será que as palavras “eu e o Pai somos um” provam a Trindade? — João 10:30; 17:21; Mateus 24:36.

Resposta Cristã – Jesus é um com o Pai, conforme João 10:30. Neste texto, Jesus falava de sua união ímpar com o Pai, a mesma que fazia seus acusadores o acusar de se fazer igual a Deus. Em João 17:21, Jesus pede a Deus que sejamos um assim como ele e o Pai são um, ou seja. Jesus não pedia que fôssemos uma trindade, mas que fôssemos unidos como Ele e o Pai eram. Aqui o contexto de “ser um” é outro. E em Mateus 24:36 lemos que o Filho não sabia do dia e da hora de sua volta, mas somente o Pai sabia. Será que isso prova que Ele não é Deus? De forma alguma! Jesus, como homem, era limitado. Mesmo que fosse apenas um anjo, como apregoam as TJs, ao se fazer homem não saberia de tudo o que sabe agora. O interessante é que as TJ afirmam que Jesus não é Deus porque não sabia o dia de sua volta, mas elas mesmas estabeleceram datas para a volta de Cristo: 1914, 1925 e 1975. Que vergonha!

14. Quem era Jesus, de acordo com seus primeiros discípulos? — João 1:29, 34, 41, 49; 6:69; 1 Coríntios 11:3.

Resposta Cristã – Com estes textos alistados, deixando de lado outros, Jesus era para os discípulos o Cordeiro de Deus, o Filho de Deus, o santo de Deus e aquele que tem Deus por cabeça. Provam estes textos aqui Jesus não é Deus? Não, pois além de ser tudo isso, os discípulos o chamaram de “meu Senhor e meu Deus”. (João 20:28) Então, não devemos cair na lábia de quem faz a pergunta e vem com textos selecionados a seu bel prazer para induzir o leitor ao engano e à malandragem.

15. Como Deus encarava Jesus? — Marcos 9:7; Lucas 2:9-11.

Resposta Cristã Novamente, a malandragem! Nestes textos, Deus considera Jesus como seu Filho amado. Todavia, o autor das perguntas esqueceu de arrolar o Salmo 45:6, 7 onde Deus chama a seu filho de Deus. E estas palavras são repetidas em Hebreus 1:8. Evidentemente, o Corpo Governante TJ deu um jeitinho brasileiro de modificar a tradução destes textos para não admitir que Deus-Pai chama a Jesus de Deus.

16. Será que as Escrituras Gregas (“Novo Testamento”) contradizem as Escrituras Hebraicas no que diz respeito ao espírito santo ser a força ativa de Deus? — Mateus 3:11; Lucas 1:41; João 14:26; Atos 1:8; 4:31; 10:38.

Resposta Cristã – Não se trata de contradição  Estes textos mostram apenas que o Espírito Santo tem o papel de infundir poder na vida do crente, como fazia nos servos de Deus do Antigo Testamento. Todavia, conforme Deus revelava o Novo Testamento, mostrou-nos com maior clareza a Divindade (Atos 5:3, 4) e a Pessoalidade (ou Personalidade) do Espírito Santo. Por exemplo, no Concílio de Jerusalém, a carta registrada em Atos 15:28, 29 afirma: “Pareceu bem ao Espírito Santo e a nós mesmos não vos acrescentar nenhum fardo adicional...!” (Tradução do Novo Mundo). Em outras palavras, “tanto aos apóstolos e presbíteros ali, como ao Espírito Santo”, tal expressão indica uma decisão em conjunto tomada por seres pessoais.

17. Por ocasião do batismo de Jesus, onde estavam o Pai, o Filho, e o espírito santo? Eram eles três em um? — Mateus 3:16, 17.

Resposta Cristã – Eis um texto onde se mostra a Trindade em ação. São Três Pessoas distintas: O Pai reconhecendo o seu Filho, o Filho sendo batizado, e o Espírito Santo em forma de pomba (não para indicar sua natureza, senão Ele seria bicho) para simbolizar a paz e a esperança para o recomeço da história espiritual humana em Cristo. Algumas TJs imaginam que se Deus fosse uma Trindade, teria aparecido no Batismo de Jesus um Deus com Três Cabeças. Isto é uma tremenda bobagem. Não cremos nisso. Isto seria uma tríade, e nosso Deus não é tal coisa.

18. Que posição ocupa Jesus nos céus, após sua ressurreição? — Atos 7:55, 56; Romanos 8:34; Colossenses 3:1; Hebreus 12:2.

Resposta Cristã – Jesus, nestes textos acima, é descrito como estando à direita de Deus. Quem pode estar à direita de Deus senão um ser tão Deus quanto Ele, mas não outro Deus, pois Deus é um só? Quando se põe alguém à direita de outrem, ambos possuem a mesma natureza. Isto se dá na Trindade.

19. Quem deu essa posição enaltecida a Jesus? — Filipenses 2:9-11.

Resposta Cristã – Não podemos ser desonestos em sentido intelectual. Foi o Pai que deu a posição enaltecida a Jesus, mas nos versículos anteriores lemos que Jesus, antes de vir a terra, já existia na forma de Deus e assumiu a forma humana. (Filipenses 2:5-8) Sendo assim, submeteu-se ao Pai e permitiu que todas as suas ações aqui na terra fossem da vontade do Pai. (Lucas 22:42) Ele podia agir como Deus, se quisesse, mas agiu como homem em tudo. E como Filho submisso, ao cumprir sua tarefa, embora tivesse humilhado a si mesmo, não se enalteceu a si mesmo, mas deixou que o Pai o enaltecesse a uma posição superior a que teve na terra, pois aqui na terra era menor até que os anjos. (Hebreus 2:7) Portanto, Filipenses 2:5-11 prova a Divindade e a Humanidade de Jesus, bem como sua Humildade. E tudo isto para a glória de Deus Pai. O fato de ter sido Deus Pai quem enalteceu a Jesus não prova que Jesus não seja Deus, mas prova que na Trindade há funções para cada uma das Pessoas Divinas.

20. Será que isso torna Jesus a mesma pessoa que Deus, ou o torna o segundo no Universo, abaixo apenas de Deus? — 1 Coríntios 11:3; Filipenses 2:9-11.

Resposta Cristã – Não resta dúvida que em posição Jesus é o segundo abaixo de Deus Pai, no plano de Salvação do homem. Ele é submisso ao Pai antes, durante e depois de sua encarnação. Mas em natureza, Jesus não é inferior ao Pai. Em 1 Coríntios 11:3 diz que o cabeça de Jesus é Deus, e que o cabeça da mulher é o homem. Ser o homem o cabeça da mulher a torna, em posição, a segunda do lar. Mas em natureza, a mulher é tão humana quanto o homem. O mesmo ocorre na Trindade. Pai, Filho e Espírito Santo, em natureza, possuem a mesma Divindade, pois há um só Deus. Mas em posição, o Filho é submisso ao Pai, pois foi por ele enviado, e o Espírito Santo é submisso ao Pai (João 14:26) e ao Filho (João 15:26).

21. Quem é o Soberano Supremo do Universo? — Deuteronômio 3:24; Atos 4:24-27; 1 Coríntios 15:28.

Resposta Cristã – É Deus. Todavia, Deus se revelou como Pai, Filho e Espírito Santo. Aqueles que não aceitam tal revelação com a escusa de adorar um “deus” mais light e fácil de entender, que exerçam seu direito de pensar como quiserem. Quanto a nós, cremos na Triunidade do Deus Todo-Poderoso e adoramos a este Deus mesmo não conseguindo explicá-lo. Nós o conhecemos por nos relacionar com Ele, mas não podemos explicar, definir e sondar o Deus infinitamente superior a nós.

Que Deus possa nos capacitar a responder aos ataques de Satanás contra a Sã Doutrina. Mas façamos a nossa parte em crescermos no Conhecimento de Deus e de Sua Palavra. - Hebreus 5:11-13.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

TESTEMUNHAS DE JEOVÁ - DESCULPAS PARA JUSTIFICAR SUAS FALSAS PROFECIAS PARA 1914, 1925 E 1975

APOSTILA - RAZÕES PARA JAMAIS SER TESTEMUNHA DE JEOVÁ - NÍVEL INICIANTE 1

ESBOÇOS DA FÉ - QUE TIPO DE UVAS VOCÊ PRODUZ? - ISAÍAS 5:1-7