IGREJA TABERNÁCULO DA FÉ - A TRINDADE É A MARCA DA BESTA?

William Marrion Branham
O falso profeta William Marrion Branham, fundador do movimento Tabernáculo da Fé, não apenas negava a doutrina da Trindade, pois ensinava que o Pai veio como Filho morrer por nós, mas também apregoava que a Trindade é a marca da besta, ou o 666. Observe o que ele escreveu:

"Com o sistema mundial de igrejas sujeito a ela, Roma estará controlando, e esta imagem (sistema de igrejas) será obediente à Roma, porque Roma controla o ouro do mundo. Desse modo, todas as pessoas têm que pertencer ao sistema mundial de igrejas ou ficar à mercê da situação porque não podem comprar nem vender sem a marca da besta na mão ou na cabeça. Esta marca na cabeça significa que terão que aceitar a doutrina do sistema mundial de igrejas a qual é o trinitarismo, etc., e a marca na mão que significa fazer a vontade da igreja mundial. Com esse grande poder esse sistemas eclesiásticos perseguirão a verdadeira noiva.." ¹
Os seguidores do já falecido William Marrion Branham abordam os cristãos questionando diretamente nossa crença na triunidade de Deus. Tentam nos convencer de que o Pai e o Filho são a mesma pessoa, todavia a Bíblia prova que são Pessoas Distintas:
  • Na eternidade: Jesus ora ao Pai para que receba a glória que teve junto dele antes de haver mundo. - João 17:5.
  • Antes da Encarnação de Jesus: Davi menciona um diálogo entre Pai e Filho no Salmo 110:1: "O SENHOR diz a meu Senhor: Senta-te à minha direita."
  • Durante a Encarnação de Jesus: Jesus refere-se ao Pai como Pessoa distinta centenas de vezes. Por exemplo, ele e o Pai são duas testemunhas necessárias para se comprovar algo, de acordo com a Lei. - João 8:17, 18.
  • Depois da encarnação e ressurreição: A Bíblia menciona que o Filho entregará o Reino ao Pai. - 1 Coríntios 15:24-28.
Depois, tentam provar que o Espírito Santo é uma outra função de Deus, sendo a primeira ter sido o Pai, a segunda ter sido o Filho. Mas a Bíblia é a prova contundente e final que o Espírito Santo coexiste com Pai e Filho:
  • No Batismo de Jesus, Pai, Filho e Espírito Santo são citados atuando de forma separada. - Mateus 3:16, 17.
  • Paulo menciona a atuação das Três Pessoas de forma distinta: Jesus dá a graça, Deus dá o amor, e o Espírito Santo dá a comunhão. - 2 Coríntios 13:13.
Por fim, a Bíblia chama a cada Pessoa da Trindade de "DEUS", mas afirma que Deus é um só. (Deuteronômio 6:4; 1 Coríntios 8:5; João 1:1; 20:28; Atos 5:3, 4) Também, há cerca de 180 textos apenas nos Evangelhos onde o Pai conversa com o Filho, o Filho relaciona-se com o Espírito Santo de alguma forma, ou o Pai envia o Filho e o Espírito Santo, ou então o Filho dirige-se ao Pai.

Com as bases da doutrina da Trindade bem definidas de acordo com a Bíblia, a marca da besta não se refere a este santo ensino, mas a toda e qualquer forma que identifique o anticristo como se opondo a Deus, ao seu Filho Jesus e ao Espírito Santo. Que possamos ajudar os adeptos desta seita a aceitarem o verdadeiro Deus da Bíblia e a renunciarem sua dependência espiritual ao seu falso profeta fundador. - Fernando Galli.
_______________________________

¹ As Sete Eras da Igreja, página 341.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

TESTEMUNHAS DE JEOVÁ - DESCULPAS PARA JUSTIFICAR SUAS FALSAS PROFECIAS PARA 1914, 1925 E 1975

APOSTILA - RAZÕES PARA JAMAIS SER TESTEMUNHA DE JEOVÁ - NÍVEL INICIANTE 1

ESBOÇOS DA FÉ - QUE TIPO DE UVAS VOCÊ PRODUZ? - ISAÍAS 5:1-7