A "HIPERGRAÇA" - UMA DESGRAÇA CHEGANDO AO BRASIL


Nos Estados Unidos proliferam seitas apregoando não existir mais pecado. Para elas, o pecado foi destruído na cruz, sendo assim, não há mais pecado. O que há são atitudes que trazem consequências boas ou más. Será que nossas Igrejas irão ensinar isto também? Respire fundo e leia a resposta.

A Bíblia fala de homens mudarem a graça de Deus em libertinagem (Judas 4, Almeida Século 21). Ou seja, a graça de Deus lhes é uma desculpa para praticarem o que quiserem. Assim, recebem em suas igrejas homossexuais, maçons, prostitutas, e praticantes de todos os tipos de pecados como estes e nada falam para se abandonar tais pecados. O evangelho que pregam, conforme dizia Spurgeon, é o com açucar. Veja que interessante:


Contrário ao evangelho da Bíblia, genuinamente cristão, os "pastores" da "Hipergraça" não falam do pecado, do arrependimento, muito menos se preocupam com as doutrinas do Cristianismo. Transformaram suas igrejas num clube social onde "tudo se pode naquele que os fortalece". Em vez de as pessoas ali sentirem-se amorosamente corrigidas por Deus através da Palavra que repreende, ensina, educa e disciplina (2 Timóteo 3:16, 17), saem do templo motivados com uma pregação de auto-ajuda que valoriza o ser humano, com um "chá de ânimo" por serem filhos de Deus e, como tais, o "papai bonzinho" tolera o pecador conformado com o pecado e tudo bem! É o deus-psicólogo-psiquiatra que em vez de combater o mal pela raiz, ou seja, o pecado, ele dá um cloridrato de paroxetina espiritual para combater as consequências, e o cara sai doidão de feliz dos cultos.

Desta raça de super crentes há aqueles que se encontraram com um "Deus" universalista, que vai acabar salvando até Satanás e os demônios (isso quando acreditam que eles de fato existam). Então, que mal há em curtir um "gaduzinho na maçonaria", um filminho pornô na internet, uma pitadinha de sexo infiel no casamento, quando não um swing gospel (troca de casais evangélicos)? Para eles, Deus é graça, então não há pecado, mas há sim um Deus amoroso que entende as nossas fraquezas. Portanto, nada de culpa! Nada de consciência pesada!

Doutrinas como o inferno de fogo, nem pensar. Para não assustar as pessoas, sumiram com os avisos de Deus sobre a doutrina das penas eternas. O lago de fogo seria apenas um simbolismo bíblico para alertar as pessoas sobre as consequências de atitudes errôneas (que Deus não considera mais pecado).

Aqui no Brasil, já vemos as primeiras ondas dessa desgraça espiritual engolir nossas igrejas. Pastores e líderes se divorciam e se casam de novo como se casamento fosse como carro e roupa - quando desgasta, vamos trocar. Pecados de imoralidade sexual são tratados com leviandade, e já tem pastor (vários) tolerando gente amasiada na liderança da igreja sob a escusa de a lei dos homens garantirem a eles os mesmos direitos de uma pessoa casada. Cuidado! Logo os gays também terão os mesmos direitos.

Também, há os adeptos de uma nova ortoxia onde a Bíblia nem sempre é inspirada por Deus. Só é quando lhes convém.

Até o estilo de pregar de vários líderes e pastores parece um stand-up - é só piadas e gozação até com a Bíblia. Falta reverência e postura cristã no púlpito, quanto mais entre os jovens e adolescentes engajados na conquista do sobrenatural. É como um jovem gritava na igreja por ter participado do encontro do G-12 (movimento celular): "Eu quero voar Jesus! Eu quero voar!" Por que não tenta?



E sem contar a atitude de certos pastores que consideram todas as igrejas cristãs como corpo de Cristo, mas quando recebem em suas igrejas cristãos repreendidos ou excluídos de suas ex-igrejas, recebem-nos por aclamação, não respeitando a decisão da Igreja anterior.  Para tais repreendidos, a melhor coisa a fazer depois de um adultério bem delicioso e uma punição bem exemplar é trocar de Igreja - aliás, pastores com estes mesmos pecados, para não perderem seus cargos, também usam desse artifício, então suas ovelhas têm para quem puxar.

Assim, será possível que esta igreja "emergente" das covas do inferno, com estes entalhes malignos, seja corpo de Cristo? Não acredito! Nada mais são do que uma caricatura da Igreja Coluna e Alicerce da Verdade. (1 Timóteo 3:15) Nada mais são do que uma vigota frágil que se afundará desgraçadamente com todo o peso de sua mentira. Nada mais são do que prostitutas pedindo carona nas ruas do caminho largo que conduz à destruição. - Mateus 7:13, 14.

Em contrapartida, temos a verdadeira Igreja - a união de todos os crentes verdadeiros em Cristo Jesus, que perseveram na doutrina dos apóstolos (Atos 2:42; Efésios 2:20). Quão bom é fazer parte dela e reunir-se com membros que dela também desfrutam bênçãos. (Hebreus 10:24, 25) Esta sim tem o cheiro de Cristo, e nela Deus nos trata desde nossas raízes - os nossos pecados. Aprendemos a ser como Davi, que orou a Deus: "Confesso minha culpa; entristeço-me por causa do meu pecado." (Salmo 38:20) E também como Tiago que instou seus leitores a confessar os pecados uns para com os outros. - Tiago 5:16.

Que possamos conscientizar o mundo sem Deus, através do evangelho de Cristo, que eles estão caminhando para o inferno de tormento eterno e que só Jesus Cristo pode salvá-los deste triste fim. - Fernando Galli.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

TESTEMUNHAS DE JEOVÁ - DESCULPAS PARA JUSTIFICAR SUAS FALSAS PROFECIAS PARA 1914, 1925 E 1975

APOSTILA - RAZÕES PARA JAMAIS SER TESTEMUNHA DE JEOVÁ - NÍVEL INICIANTE 1

ESBOÇOS DA FÉ - QUE TIPO DE UVAS VOCÊ PRODUZ? - ISAÍAS 5:1-7