TESTEMUNHAS DE JEOVÁ - "EU ESTOU NO PAI" OU "EU ESTOU EM UNIÃO COM O PAI"?


Na Tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas (TNM), a "bíblia" usada pelas Testemunhas de Jeová, lemos as seguintes palavras de Jesus dirigidas a Filipe:

"Não acreditas que eu esteja em união com o Pai e que o Pai esteja em união comigo? As coisas que vos digo não falo da minha própria iniciativa; mas o Pai, que permanece em união comigo, está fazendo as suas obras. Acreditai-me que estou em união com o Pai e que o Pai está em união comigo; senão, acreditai por causa das próprias obras." - João 14:10, 11.
Será que a TNM traduz corretamente o que o texto grego diz? Ou se trata de mais uma manipulação promovida por Satanás para esconder uma verdade?

O texto em grego reza o seguinte:


Perceba que no texto não se diz "em união com" mas "em o", ou seja "no". Jesus estava aqui declarando muito mais que ele estar unido com o Pai. Quando Jesus disse: "Se, de fato, me conhecêsseis, também conheceríeis meu Pai; e desde agora o conheceis e o tendes visto" (14:7), Filipe pediu para Jesus mostrar-lhes o Pai. (14:8) E Jesus respondeu a Filipe "Quem vê a mim, vê o Pai" e "eu estou no Pai e o Pai está em mim" (14:9-11) E quem visse a Jesus, via o Pai. Por quê? Por que apenas eram unidos? Não!  Neste texto especificamente, Jesus revela muito mais! Visto que o Pai e o Filho têm ambos a Natureza Divina, são um em essência Divina.

No entanto, uma Testemunha de Jeová poderia nos questionar: Se o fato de Jesus estar no Pai e o Pai estar em Jesus os tornam uma mesma essência Divina, então em João 17:21, 23 as expressões: "que também eles estejam em nós" e "eu neles, e tu em mim" indicariam que os discípulos teriam a mesma essência Divina que o Pai e o Filho, e isso não faria sentido. Todavia, aqui Jesus está usando estas expressões não para "mostrar" o Pai aos discípulos através dele mesmo. O contexto é outro. Então, o que Jesus queria dizer?

Jesus orava a Deus pedindo a unidade de seus seguidores (unidade entre eles), ou seja, que fossem um, assim como há unidade entre Pai e Filho ("tu em mim"). É claro que jamais seremos "um" no mesmo grau que Pai e Filho são "um" pois apenas Eles podem ser o mesmo Deus, assim como jamais seremos santos e perfeitos como o Pai é. (1 Pedro 1:15). O padrão de unidade é o relacionamento entre Pai e Filho. É como diz HENDRIKSEN:
"A unidade pela qual Jesus está orando não é meramente externa. Ele previne exatamente contra essa má interpretação. Ele pede que a unidade de todos os crentes seja parecida com a que existe eternamente entre o Pai e o Filho. Em ambos os casos, a unidade é de uma natureza definitivamente espiritual. Na verdade, Pai, Filho e Espírito Santo são um em essência; os crentes, por outro lado, são um em mente, esforço e propósito. Esses dois tipos de unidade não são os mesmos. Não obstante, existe uma semelhança. Deus é amor [...]. (1 João 4:8) Então, é exatamente em amar uns aos outros que a unidade de todos os crentes adquire expressão. [...] Daí entendermos agora como é que Jesus pode dizer "... que eles sejam um, como tu, ó Pai (estás) em mim, e eu estou em ti."¹ 
Os discípulos estarem no Pai e no Filho é muito mais do que apenas estarem em união com eles, mas muito menos do que eles serem tão Deus quanto o Pai e o Filho, porque as naturezas são distintas. Assim, uma coisa é Jesus falar dele e do Pai isoladamente como "um no outro", outra coisa é Jesus falar dos discípulos no Pai e no Filho.

O mesmo podemos dizer da expressão "se alguém está em Cristo, é nova criação". (2 Coríntios 5:17)* "Estar em Cristo" é muito mais do que estar em união com Jesus. Isto qualquer um pode declarar; é ser Filho de Deus pela fé em Cristo Jesus (Gálatas 3:26) e viver unido em sentido espiritual a Cristo, como parte de seu corpo. Mas "estar em Cristo" nada tem a ver com ser Deus porque não temos a natureza Divina, mesmo que usufruamos ou participemos dela pelo fato do Pai, do Filho e do Espírito Santo habitarem em nós. - João 14:23; 1 Coríntios 6:19; 2 Pedro 1:4.

Portanto, a TNM das Testemunhas de Jeová é pecaminosa. Como não creem na Trindade, seus criadores removeram do texto sagrado tantas evidências quanto possível para negar que Jesus é tão Deus e o mesmo Deus com o Pai. Quando traduzem João 14:10, 11 "estar no" por "estar em união com" o fazem para acomodar o texto sagrado à doutrina dessa seita. E quando comparam João 14:10, 11 com João 17:21-23 e 2 Coríntios 5:17, violam regras de hermenêutica e exegese bíblica pelo fato de que o significado de Jesus estar no Pai e o Pai no Filho é diferente de estarmos em Cristo e no Pai, tendo em vista nossas naturezas diferentes, humana e Divina.

Mudam a Palavra de Deus como se força os ponteiros de um relógio a se ajustarem ao horário que desejam. Chegará a hora de prestarem contas a Deus.- Fernando Galli.
_________________

* Observe um argumento de um assecla do Corpo Governante para refutar nossa crença na Trindade:
"Se concluirmos que Jesus disse que ele “estava no Pai” de modo literal como se fossem uma só pessoa, então concluiríamos também que em 1 Coríntios 1:30 o cristão se torna Jesus literalmente? Não diz este texto literalmente que estamos “em Cristo”? Significa que é uma unidade em substância? Claro que não!"
Refutação Cristã - Glória a Deus que esta TJ não acredita que o Pai e o Filho são a mesma Pessoa. Os cristãos também não creem nessa heresia chamada de Unicismo ou Modalismo. Todavia, é óbvio que Jesus e nós não podem ser uma só substância divina porque não somos o Deus Verdadeiro.
_________________

HENDRIKSEN, William. Comentário do Novo Testamento : João, página 773. São Paulo-SP: Cultura Cristã, 2004.

Postagens mais visitadas deste blog

VÓ ROSA - APOSTILA PARA ESTUDAR AS CRENÇAS DA SEITA

CONGREGAÇÃO CRISTÃ NO BRASIL - LIBERTANDO-SE DE UMA INVERDADE CABELUDA

ESBOÇOS DA FÉ - QUE TIPO DE UVAS VOCÊ PRODUZ? - ISAÍAS 5:1-7

O QUE SIGNIFICA SER MANSO?

APOSTILA - DEZESSEIS RAZÕES PARA NÃO SER TESTEMUNHA DE JEOVÁ - NÍVEL INICIANTE

MAÇONARIA - UM SEGREDO SOBRE AS ORIGENS DE SEUS SINAIS SOLENES.

CARACTERÍSTICAS DO VERDADEIRO AMIGO - PROVÉRBIOS 17:17

COMUNIDADE CRISTÃ AMOR E GRAÇA - ALGUMAS DE SUAS HERESIAS

DEBATE: BATISTA X ADVENTISTA: OS ESCRITOS DE ELLEN G. WHITE - INSPIRADOS POR DEUS OU NÃO? (PROFESSOR AZENILTO BRITO X FERNANDO GALLI)