A MAÇONARIA E A EGRÉGORA


Pode um cristão conviver numa organização de sincretismo e o misticismo religioso? Para aqueles que ainda insistem que um cristão pode ser maçom, segue uma declaração extraída de um livro, cujo o autor é maçom,  sobre a Egrégora. Do que se trata isso?

Diz Rizzardo da Camino:
"A Maçonaria aceita a presença da Egrégora em suas sessões litúrgicas. A Egrégora é uma "entidade" momentânea; subsiste enquanto o grupo está reunido; é formada pelas partículas espirituais de cada maçom presente. 
Para que surja a Egrégora, é necessária a preparação ambiental, formada pelo "som", pelo "perfume" do incenso e pelas vibrações dos presentes; surge quando da abertura e leitura do Livro Sagrado; brota do livro como tênue fio espiritual adquirindo corpo etéreo com as características humanas.
Os mais sensitivos percebem esta entidade; ela se mantém silenciosa, mas atua de imediato em cada maçom presente, dando-lhe a assistência espiritual de que necessita, manipulando as "permutas" de maçom para maçom, construindo assim a Fraternidade.
Para cada Loja forma-se uma Egrégora específica. Quando as lojas reúnem-se em congressos e se apresentam ritualisticamente, observada a liturgia, essas entidades específicas podem formar uma Egrégora para cada grupo.
Os céticos não aceitam esta entidade; porém, o maçom espiritualizado deve procurar os seus efeitos e esforçar-se para visualizar a sua Egrégora." ¹
Na Wekipedia, encontramos a seguinte definição para Egrégora:
"Egrégora, ou egrégoro para outros, (do grego egrêgorein, Velar, vigiar), é como se denomina a entidade criada a partir do coletivo pertencente a uma assembleia, ou seja, é um campo de força criado no Plano Astral a partir da energia emitida por um grupo de pessoas através dos seus padrões mentais e emocionais." ²
Trata-se, então, de uma entidade formada a partir do coletivo. Não se trata de um clima gerado, como alguns maçons mentirosos tentam definir para esconder de nós o real conceito de Egrégora. Em sites de maçons podemos observar que para se entender o que é Egrégora é necessário crer no espírito e na vida após a morte.³ E esta entidade surge no plano astral no momento em que se lê o Livro Sagrado (dependendo o país, a Bíblia, a Sutra, o Alcorão, o Tripitaca, etc.)

Então, a pergunta é: O que um cristão busca na Maçonaria senão se meter em confusão espiritual e pisar em solo perigoso? Embora haja maçons cépticos quanto a isto, os maçons "espirituais" e sensitivos percebem a Egrégora. Quão lamentável é ver cristãos achar que podem mesclar a ação do Espírito Santo (1 Coríntios 6:19) com a Egrégora maçônica! Se duvidar, é bem capaz deste "professo cristão" ser mais sensível à Egrégora do que ao Espírito de Deus.

Por fim, para piorar a situação de quem se mete com a Maçonaria, diz-se num site maçônico:
"Não devemos esquecer que a Egrégora de nossa ordem inclui todos os maçons vivos e aqueles que passaram pela transição e hoje vivem no Oriente Eterno."
Portanto, alertemos os cristãos, principalmente nossos pastores (que por serem líderes são os maiores alvos da Maçonaria) a jamais aceitarem convites para o ingresso nessa ordem diabólica travestida de "fraternidade". Como seria bom se nossas Igrejas dessem um ano para os seus membros que perambulam na Maçonaria se retirassem dela, confessando em público que se arrependeram de ali terem estado! - Fernando Galli.
_________________________

¹ CAMINO, Rizzardo da. Breviário Maçom : Para o dia a dia do Maçom, página 132. 6a. edição. São Paulo-SP : Masdras, 2012.

Postagens mais visitadas deste blog

TESTEMUNHAS DE JEOVÁ - DESCULPAS PARA JUSTIFICAR SUAS FALSAS PROFECIAS PARA 1914, 1925 E 1975

APOSTILA - RAZÕES PARA JAMAIS SER TESTEMUNHA DE JEOVÁ - NÍVEL INICIANTE 1

ESBOÇOS DA FÉ - QUE TIPO DE UVAS VOCÊ PRODUZ? - ISAÍAS 5:1-7