MORMONISMO - CONCEITO DETURPADO DE GRAÇA E SALVAÇÃO


Uma das marcas da Igreja verdadeira é sua compreensão da salvação pela graça de Deus, por meio da fé em Cristo Jesus, e não pelas obras. (Efésios 2:8-10) No caso dos mórmons, há um entendimento totalmente deturpado sobre graça e salvação. O que ensina a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias? Quão diferente é este ensino da Sã Doutrina Cristã?

Para a Igreja Cristã, há uma verdade incontestável:
"O vocabulário da "graça" [...] denota bondade espontânea e atos de generosidade fundamentados em disposições de compaixão para com o necessitado. [...] Cerca de dois terços de todas as referências no NT a charis estão nas epístolas paulinas (i. e., 100 de 154 ocorrências). Nelas há a afirmação de que toda a salvação reside na iniciativa de Deus, que a única fonte de salvação é Deus e que os propósitos salvíficos de Deus se expressam no único acontecimento da graça, o ato redentor de Jesus Cristo." [1]
Em outras palavras, nenhuma obra nos salva exceto à de Deus: Ele toma a iniciativa de nos salvar por graça, através de Cristo. Não merecíamos, mas recebemos. Isto é graça. Por isso, Paulo diz que se é por graça, já é pelas obras." (Romanos 11:6) Por quê? Porque se fosse pelas obras, teríamos méritos, portanto, mereceríamos a salvação. Mas como não merecemos, é pela graça de Deus.

A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, por outro lado, afirma o seguinte [2]:


Aqui temos um grande problema, na verdade uma heresia. A graça de Deus não é uma ajuda para a nossa salvação, como se nossas obras fossem o outro lado da ajuda. A graça, por si mesma, é o ato de salvar conforme a Bíblia. Mas eles insistem em afirmar que precisam fazer de tudo, o que puderem, para receberem a plenitude da graça e se tornarem dignos da vida eterna!

Interessante que o Livro de Mórmon, em seu apêndice, afirma que a graça de Deus é um auxílio ou fortalecimento divino concedido pela misericórdia e amor de Deus, e em 2 Nefi 25:23 temos a confirmação de que os mórmons só terão esta graça depois de tudo o que tiverem feito:


Com isso em mente, qual é o papel então da graça do processo de Salvação de acordo com os mórmons? Conforme dizem RHODES e BODINE sobre este errôneo entendimento, numa obra que nos ajuda muito a argumentar com os mórmons:
"Na teologia mórmon, a graça é simplesmente o poder capacitador de Deus que permite que as pessoas 'agarrem a vida eterna e a exaltação depois de terem feito os seus melhores esforços'. A graça auxilia as pessoas enquanto elas procuram (por esforço pessoal) alcançar a perfeição." [3]
Se dependêssemos de nossas obras, continuaríamos condenados ao inferno. Mas pela graça de Deus, seu favor imerecido, somos salvos em Cristo Jesus. Por isso, lemos na Bíblia:
"Não por méritos de atos de justiça que houvéssemos praticado, mas segundo a sua misericórdia, ele nos salvou mediante o lavar da regeneração e da renovação realizadas pelo Espírito Santo, que ele derramou amplamente sobre nós por Jesus Cristo, nosso Salvador." - Tito 3:5.
Então o grande desafio nosso é pregar o verdadeiro evangelho da salvação para os mórmons. Quando virmos um par de jovens simpáticos trabalhando como missionários mórmons, ou outros membros desta organização, o que você e eu poderemos fazer por eles? Como iremos ajudá-los? Tudo começa quando compreendemos a sã doutrina sobre a Salvação pela graça por meio da fé em Jesus e acreditarmos que Deus poderá nos usar para libertá-los de onde estão. É o mínimo que podemos fazer para agradecer tão grandiosa salvação em Cristo Jesus. - Fernando Galli.
_________________________

[1] ALEXANDER, T. Desmond e ROSNER, Bryan S. Novo Dicionário de Teologia Bíblica, páginas 809-811. São Paulo-SP: Editora Vida, 2009.
[2] Sempre Fiéis - Tópicos do Evangelho, página 91. Edição de 2004, em Português.
[3] RHODES, Ron e BODINE, Mirian. Argumentando com os Mórmons, página 343. Rio de Janeiro - RJ: CPAD, 2006.