TESTEMUNHAS DE JEOVÁ PREGAM DE CASA EM CASA PARA GANHAR A SALVAÇÃO?


Recentemente, o Site Oficial das Testemunhas de Jeová, www.jw.org, na seção perguntas frequentes, responderam à pergunta: "Vocês pregam de casa em casa com o objetivo de ganhar a salvação?" Vamos considerar, então, os três parágrafos da resposta do site TJ para verificarmos se ela condiz com os fatos, ou se não foram plenamente honestos. Seguem-se a fotocópia da resposta e o comentário cristão.



Comentário Cristão - Perceba que a pergunta não foi se as TJs creem que a salvação está garantida porque pregam de casa em casa. A resposta não é honesta, mas desvia o foco da pergunta.. Sei muito bem que as TJs se consideram candidatas à salvação. Elas não têm certeza da salvação! Então, de fato, elas não acham que pregar de casa em casa lhes garantirá a salvação. Mas escondem em toda a resposta sua crença de que trabalham de casa em casa para se candidatar à salvação. Vamos ver se eu estou mentindo?

A Sentinela 1o. de outubro de 2005, página 25.
Então, aqui está claro que as TJs trabalham de casa em casa para se candidatarem a receber as bênçãos eternas de Deus, ou seja, a vida eterna. Então, a resposta não condiz com a crença TJ e parece ter sido dada com a intenção de fazer o leitor achar que as TJs não creem em salvação pelas obras. Parece ser uma isca para o leitor desatento. Continuemos com o segundo parágrafo.


Comentário Cristão - Esta resposta é extremamente contraditória. Primeiro porque compara a salvação com um presente dado para quem obedece as instruções para ganhá-lo. Se quem não obedece não o ganha, então quem obedece ganha. E o que a pessoa precisa fazer para ganhar o presente? Ir a determinado local e data. Então, a pessoa fez algo para receber o presente. Portanto, a pessoa não receberia o presente por mera generosidade, mas teria que fazer (obras) algo.

Será que as TJs ensinam que as obras salvam? Veja a resposta:

A Sentinela de 1o. de junho de 2005, páginas 14,  18.
Observamos claramente aqui a crença de que as obras em si não salvam, ou seja, só as obras não salvam, mas elas são importantes. Percebam o título do artigo em negrito "Salvos, não só por obras, mas por benignidade imerecida." Sejamos honestos: Ao ler isso, você concluiria que as TJs não creem que obras salvam e que não pregam com a intenção de ser salvas? 

Todavia, num outro texto, o Corpo Governante TJ parece dar a entender que as obras não salvam. Mas como eu fui TJ 17 anos, sou autoridade para interpretar sem manipular os fatos. Veja:


Se uma TJ não pode merecer a salvação quaisquer que sejam as obras que fazem, pois a vida eterna é dádiva de Deus e não um pagamento pelas obras, as TJs estariam plenamente corretas. Viva! Mas no começo do parágrafo acima, preste atenção na ilustração: 'Um homem diz que ama a noiva, mas se não fizer algo, ou seja, pedi-la em casamento, não a terá como esposa.' Então, entraram em contradição, pois se não merecemos a salvação pelas obras, por que ensinam em outros textos com suas comparações e ilustrações que as obras são importantes para se conseguir algo, no caso, a salvação? A resposta: Ou querem nos confundir, ou não entendem do assunto, ou no fundo creem também na salvação pelas obras além da fé. 

Mas eu tenho uma resposta melhor. O Corpo Governante crê que as obras são importantes para a salvação mas não a garantem, porque são meros candidatos. Ou seja, fazem, fazem e fazem não porque são salvos, como expressão de agradecimento por tão grandiosa salvação, mas para serem candidatos. Sendo candidatos, um dia estarão diante de Deus para receberem ou não a vida eterna. 

Mas continuemos com o último parágrafo da resposta oficial TJ à pergunta sobre se as TJs pregam de casa em casa para ganharem a salvação.

Comentário Cristão - Parecem até cristãos quando falam de salvação imerecida! Neste parágrafo, as TJs estão de parabéns. Nada mesmo que façamos pode nos fazer merecedores. Mas qual é o erro do comentário? A crença como um todo. Nenhuma obra faz as TJs merecedores, mas as tornam candidatos à salvação, e Deus diz sim ou não para cada TJ.

Veja a seguir mais duas evidências de que as TJs trabalham de casa e casa não para serem merecedoras da salvação, não porque já consideram a salvação garantida, mas para terem chances de serem salvas:


Novamente, se promete que Jeová recompensará ricamente quem tem uma participação plena na obra de pregação e ensino. E qual é essa recompensa? O que estão nos textos de Hebreus 6:10-12 e Tito 1:2 - a Vida eterna. 

Quanto a nós, cristãos, evangelizamos pelas casas, nas praças, pela internet, e de tantas outras formas variadas, não para ganhar a salvação, mas para agradecer pela salvação garantida. É uma forma de gratidão. Em nenhum momento se ensina salvação pelas obras, mas se ensina obras para os salvos. Por isso, as obras são uma consequência de quem nasceu de novo, de quem foi convertido pelo Espirito Santo de Deus. Não fazemos obras para sermos candidatos, mas como vitoriosos em Jesus Cristo (Romanos 8:37), fazemos porque somos salvos pela graça de Deus por meio da fé (isso não vem de obras) e, consequentemente, somos criados para as boas obras, pois obras são a consequência de quem é salvo. - Efésios 2:10. 

Portanto, para ser bem sincero e educado ao mesmo tempo, a resposta acima do Corpo Governante para seus leitores virtuais é fazer parecer que a fé deles é parecida com a nossa. Mas não é!  Então, ajudemos as TJs a se livrarem de sua crença errônea. - Fernando Galli.
_________________

[1] http://www.jw.org/pt/testemunhas-de-jeova/perguntas-frequentes/salvacao-pregacao-casa-em-casa/

Postagens mais visitadas deste blog

TESTEMUNHAS DE JEOVÁ - DESCULPAS PARA JUSTIFICAR SUAS FALSAS PROFECIAS PARA 1914, 1925 E 1975

APOSTILA - RAZÕES PARA JAMAIS SER TESTEMUNHA DE JEOVÁ - NÍVEL INICIANTE 1

ESBOÇOS DA FÉ - QUE TIPO DE UVAS VOCÊ PRODUZ? - ISAÍAS 5:1-7