IGREJA MESSIÂNICA MUNDIAL E O SEU SALVADOR


Você já ouviu falar de Mokiti Okada? Foi ele o fundador da Igreja Messiânica Mundial, em 1 de janeiro de 1935, no Japão. O nome espiritual dele é Meishu-Sama, que significa "O Senhor da Luz". Segundo ele, teria recebido de Deus uma revelação para estabelecer o Paraíso na terra. Aqui no Brasil, esta organização religiosa iniciou seus primeiros trabalhos com a vinda de missionários em novembro de 1954, e a data oficial para início de sua obra é agosto de 1955, ano da morte de Meishu-Sama. Mas qual o valor que os seguidores de Meishu-Sama dão a ele?

Seus seguidores o encaram como o Salvador. Creem conforme está escrito numa das obras dele:
"Cremos que, no presente, quando o mundo vagueia em tão caótica situação, Deus enviou o Mestre Meishu-Sama, fundador da Igreja Messiânica Mundial, com a suprema missão de realizar o Seu sagrado objetivo de salvar toda a humanidade. Por conseguinte, visando a concretização do Mundo Ideal, de eterna paz, perfeitamente consubstanciado na Verdade-Bem-Belo, empenhamo-nos em fazer sempre o melhor, erradicando a doença, a pobreza e o conflito, as três grandes desgraças que assolam o mundo. - 11 de março de 1950." [1]
Resposta Cristã - Para o Cristianismo, Jesus Cristo é o único Salvador. Ele morreu para esse fim. (Atos 4:12; 2 Coríntios 5:14, 15) E faz tempo, há uns 1950 anos! De modo algum pretendemos afirmar que os ensinos do Sr. Meishu-Sama são todos errôneos. Mas considerar-se o Salvador de toda a humanidade trazendo todas as benfeitorias supracitadas não se cumpriu jamais com tal senhor. E nem se cumprirá! Por quê?

Porque as três grandes desgraças que assolam o mundo, conforme o Sr. Meishu-Sama elenca - a doença, a pobreza e o conflito - têm uma única causa: O pecado. E Jesus voluntariamente se fez homem para que através de sua morte o pecado não mais tivesse poder sobre aqueles que creem em Jesus. Segundo a Bíblia, aqueles que creem em Jesus um dia herdarão os novos céus e uma nova terra, onde neles há de morar a justiça (2 Pedro 3:13), portanto, não haverá pobreza nem conflito. E de acordo com Apocalipse 21:3, 4, não haverá morte, pranto e dor neste local destinado aos salvos de todos os males. Será vida eterna! - João 3:16. 

Mas Meishu-Sama,  não poderia ter vindo dar mais um passo, além do de Cristo, para trazer a salvação ao mundo? Não, pois somente Jesus pode nos salvar. Por quê? Porque a salvação envolve religar o homem a Deus, e somente Jesus, o qual é Deus (João 1:1; 20:28) e homem (João 1:14) pode fazer este papel. Por isso, ele é chamado de único mediador entre Deus e os homens. - 1 Timóteo 2:5.

Conclusão

Quando encontrar um adepto da Igreja Messiânica Mundial, seria muito bom ouvi-los com educação e respeito. São pessoas agradáveis e sociáveis, abertas ao diálogo. Poderemos, então, raciocinar com elas sobre o conceito elevado que os cristão têm sobre a obra salvífica de Jesus e compará-la com a suposta salvação que Meishu-Sama veio trazer. Que sejamos instrumentos nas mãos de Deus para testemunhar a eles sobre a tão grandiosa salvação em Cristo Jesus, começando pelo que ele fez em nossa vida. - Fernando Galli.
_________________________

[1] SAMA, Meishu. Alicerce do Paraíso : Ensinamentos de Meishu-Sama. Página 15. 13a. Edição. São Paulo : Fundação Mokite Okada, 1998.

Postagens mais visitadas deste blog

TESTEMUNHAS DE JEOVÁ - DESCULPAS PARA JUSTIFICAR SUAS FALSAS PROFECIAS PARA 1914, 1925 E 1975

APOSTILA - RAZÕES PARA JAMAIS SER TESTEMUNHA DE JEOVÁ - NÍVEL INICIANTE 1

ESBOÇOS DA FÉ - QUE TIPO DE UVAS VOCÊ PRODUZ? - ISAÍAS 5:1-7