PARA QUEM QUER SER FELIZ NO AMOR


Não há nada mais lindo do que o amor de Deus. Deus é amor. (1 João 4:8) O amor, quando de Deus, seja nos momentos do éros (amor erótico), do storgé (amor entre membros da família), do filéo (amor entre amigos) ou do agápe (amor baseado em princípios divinos) - sim, quando de Deus faz os amantes e enamorados vivenciarem momentos inesquecíveis. Mas há problemas!

Muitos vivem desesperadamente à procura de um amor, e sem bons critérios de busca e seletividade. A carência e o medo de ficar sozinho(a) pode tirar do foco a paciência em esperar por pessoas verdadeiramente íntegras. Daí surgem os relacionamentos condenados ao fracasso. Eles nunca deveriam ter começado. Eles só servirão para aprendermos com muito ou pouco custo lições divinas sobre quem está à altura de compartilhar a cama conosco, desde os bafos matinais até os gemidos e suores de um amor bela e poeticamente sob o design divino.

Enquanto há pessoas dispostas a vender sua virgindade por milhares de dólares, e perdê-la numa viagem de avião, há homens e mulheres que cresceram na graça e no conhecimento de Deus e sabem que sua maior riqueza vem das alturas, do céu.

Não se entregue a qualquer pessoa, e quando se entregar de corpo e alma, que sejam como casados. Não se deixe levar pela poesia de lábios que jamais louvam a Deus. A poesia deles é teórica, ledo engano, e carência poderá cegar uma boa escolha. Não namorem e nem se casem com incrédulos, com a desculpa de que Deus fará a obra; Deus não precisa de namoro missionário, muito menos de evangelismo boca à boca (beijos) para converter corações. Espere em Deus por seu eterno amor.

Não se aluda também com cristãos apenas de rótulo. Se fazem declarações de amor a você, xingam em casa suas mães. Se te mandam lindas mensagens por e-mail, nos bate-papos mandam mensagens com nenhum grau de integridade para com Deus. Se juram te amar por toda vida, depois que casam vão matando aos poucos seus cônjuges com um jeitinho brasileiro de amar: Sexo, só!

Enfim, se você quer ser feliz no amor, espere no Deus que é amor, em oração, pela pessoa ideal. E lembre-se: Um casamento feliz é a união de dois bons perdoares. No meu casamento, eu tenho problemas. Tenho a certeza de que minha esposa não gosta de várias fatias do meu ser, e eu também não gosto de várias fatias do ser dela. Mas nos amamos, e pronto. A evidência disso? O perdão concedido muitas vezes com lágrimas e abraços a três: Ela, eu e Deus. Lindo! E para terminar mesmo, aprendi com o Frei Clemente, Católico, uma frase sensacional: "Se você quer ser feliz, não se case, mas se quiser fazer o outro feliz, então se case." E eu completo: Se vocês querem ser felizes, não se esqueçam de que a única possibilidade diante de Deus para um casamento a três é quando o terceiro é Deus. Será para sempre. Deus abençoe a sua jornada de amar até que a morte os separe. - Fernando Galli.

Postagens mais visitadas deste blog

TESTEMUNHAS DE JEOVÁ - DESCULPAS PARA JUSTIFICAR SUAS FALSAS PROFECIAS PARA 1914, 1925 E 1975

APOSTILA - RAZÕES PARA JAMAIS SER TESTEMUNHA DE JEOVÁ - NÍVEL INICIANTE 1

ESBOÇOS DA FÉ - QUE TIPO DE UVAS VOCÊ PRODUZ? - ISAÍAS 5:1-7