CATOLICISMO ROMANO - A IGREJA CATÓLICA DE JESUS CRISTO É ROMANA?

O fato de a Igreja Cristã por volta do ano 107 ter sido chamada de “Igreja Católica”, por Inácio de Antioquia, indica que Jesus Cristo fundou a Igreja Católica Apostólica Romana?

Evidente que não! A Igreja que Jesus edificou jamais foi chamada de Católica Romana, por ele. Era composta de cristãos seguidores de Jesus Cristo. Inácio, por volta do ano 107, escreveu à Igreja de Esmirna, cujo bisco era Policarpo. Não há dúvida de que aqueles cristãos, com o tempo, devido à Igreja Cristã ter a missão de ser católica (universal), passaram a usar a expressão Igreja Católica e depois Igreja Católica Apostólica Romana.

Mas afirmar que Jesus fundou uma igreja com esse nome é correto? Creio que não! Mesmo porque os primeiros seguidores de Jesus, que incluíam os apóstolos, jamais se identificaram como católicos romanos, e aquela igreja era conhecida como “o caminho”. (Atos 9:2; 24:24) Infelizmente, há padres  que chegam ao cúmulo de ensinar em suas missas, em seus livros e em artigos (ou nos vídeos) na internet que a Igreja Cristã nasceu Católica Romana. Católica sim, pois essencialmente ela é universal, mas Romana? Com qual base bíblica?

Por outro lado, alguns cristãos acreditam que Constantino fundou a Igreja Católica Apostólica Romana. Isso não é verdade. Foi com o tempo que a Igreja Cristã, que já era chamada de Católica e Apostólica, assumiu o nome de Romana.

Atualmente, a Igreja Católica Apostólica Romana é considerada pelos protestantes e evangélicos como uma Igreja que se apostatou do Cristianismo puro e autêntico. Eu, particularmente, defendo que houve sim desvios, como também há desvios em muitas de nossas denominações cristãs. 

Outro erro que cristãos sinceros caíram vítima foi a falsa informação de que foi o Papa Teodósio em 381 deu o nome Igreja Católica. O texto em latim abaixo prova que o Papa apenas estava proibindo que aqueles que negassem a doutrina da Trindade não deveriam ser parte da Igreja Católica. Nada aqui diz que se estava oficializando o nome Igreja Católica. Observe:


Nós, cristãos protestantes e evangélicos, devemos ter a inteligência e honestidade de admitir que a Igreja Cristã foi realmente, bem cedo no história cristã, conhecida como Igreja Católica, no entanto, isso não prova em nada que a única forma de uma pessoa ser da Igreja de Cristo é ela ser Católica Apostólica Romana. Defendo que todos os que têm fé verdadeira em Jesus são membros do Corpo de Cristo, que é sua igreja amada (Efésios 5:25), sem nome institucional. E ali se encontram católicos, protestantes e evangélicos.

Portanto, se o evangelho foi pregado em toda a terra habitada e pessoas de todas as nações têm aceitado o Senhor Jesus Cristo como único e suficiente Salvador, antes e depois do protestantismo, passam a fazer naturalmente parte da Igreja ou Corpo de Cristo. Essa Igreja é Católica? Sim! Ela é universal! Nessa acepção, sou um Cristão Batista da Igreja Católica (Universal) do Senhor Jesus. - Fernando Galli.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

VÓ ROSA - APOSTILA PARA ESTUDAR AS CRENÇAS DA SEITA

CONGREGAÇÃO CRISTÃ NO BRASIL - LIBERTANDO-SE DE UMA INVERDADE CABELUDA

ESBOÇOS DA FÉ - QUE TIPO DE UVAS VOCÊ PRODUZ? - ISAÍAS 5:1-7

TESTEMUNHAS DE JEOVÁ - DESCULPAS PARA JUSTIFICAR SUAS FALSAS PROFECIAS PARA 1914, 1925 E 1975

O QUE SIGNIFICA SER MANSO?

APOSTILA - RAZÕES PARA JAMAIS SER TESTEMUNHA DE JEOVÁ - NÍVEL INICIANTE 1

CARACTERÍSTICAS DO VERDADEIRO AMIGO - PROVÉRBIOS 17:17

MAÇONARIA - UM SEGREDO SOBRE AS ORIGENS DE SEUS SINAIS SOLENES.

COMUNIDADE CRISTÃ AMOR E GRAÇA - ALGUMAS DE SUAS HERESIAS