TESTEMUNHAS DE JEOVÁ E A "EX-VERDADE" SOBRE OS TRANSPLANTES DE PERSONALIDADE


As testemunhas de Jeová acreditam que são membros da única religião verdadeira. Ensinam que não pode haver duas verdades quando uma não concorda com a outra mas já mudaram 317 vezes de ensinos. 


O conceito cristão de verdade baseia-se nos absolutos divinos. Deus é a verdade (Romanos 3:3, 4), Jesus é a verdade (João 14:6), o Espírito Santo é a verdade (João 16:13) e a Palavra de Deus é a verdade (João 17:17).  Fora disso, a verdade é relativa. A Igreja é "baluarte da verdade", mas não é, em si, a verdade absoluta, pois aprende a verdade com Deus, e de forma limitada.

No âmbito humano, a Igreja Cristã ensina verdades, mas não todas, e pode compreender erroneamente certas partes das Escrituras por ser composta por intérpretes imperfeitos. Por isso, a Igreja Verdadeira precisa começar com este conceito de verdade para ser verdadeira quanto à sua dependência de Deus. 

Podemos compreender gradativamente a verdade? Sim. Por isso mesmo uma denominação cristã não pode jamais se considerar a verdade em detrimento das outras. Todas elas, conquanto cristãs, podem aprender cada vez mais das verdades de Deus, e até no Reino dos Céus, por toda a eternidade, continuaremos aprendendo. 

Todavia, as TJs apregoam que a verdade está numa só denominação religiosa, a delas. Mas até que ponto podemos confiar em suas interpretações? Por exemplo, você sabia que as TJs ensinavam entre 1967 e 1980 que era canibalismo receber órgãos humanos através de uma cirurgia? Sabia que chegaram a ponto de ensinarem o transplante de personalidade através do transplante de órgãos, ou seja, por exemplo, se uma prostituta doasse um rim para uma mulher, a receptora poderia desenvolver as mesmas práticas da prostituta? Veja como isso é verdade, e como usavam a Bíblia para defender essa interpretação.
"Um fator peculiar às vezes notado é o chamado ‘transplante de personalidade’. Quer dizer, em alguns casos, o recebedor parece adotar certos fatores da personalidade daquele de quem procedeu o órgão. Certa jovem promíscua, que recebeu um rim de sua irmã mais velha, conservadora, bem comportada, no princípio parecia muito perturbada. Depois começou a imitar sua irmã em grande parte da conduta desta. Outro paciente afirmou ter obtido um conceito mudado sobre a vida, depois de seu transplante de rim. Após um transplante, um homem brando tornou-se agressivo igual ao doador. O problema talvez seja na maior parte ou inteiramente mental. Mas, pelo menos é de interesse notar que a Bíblia relaciona intimamente os rins com as emoções humanas. — Compare Jeremias 17:10 com Revelação 2:23." - A Sentinela de 1 de março de 1976, página 135, volume encadernado [ou a avulsa, página 7].
Errar, todos erramos. Se as TJs concordam com isso, e que estavam equivocadas com a interpretação acima, então por que ensinam ser a única religião verdadeira? Que pena!Tantos cristãos de tantas igrejas que professam o Cristianismo lutando ao redor do mundo para anunciar a salvação em Cristo Jesus, muitos até morrendo por isso em países muçulmanos, e as TJs querem que acreditemos em suas interpretações como verdades de Deus! - Fernando Galli.