TESTEMUNHAS DE JEOVÁ ACUSAM EX-ADEPTOS DE MENTALMENTE DOENTES


O que é um apóstata? É uma pessoa que se desviou de um caminho e abraçou as crenças de outro. Ela é assim considerada porque discorda de suas crenças anteriores. Por exemplo, se um presbiteriano deixa o Cristianismo para se tornar budista, ele discordou formalmente da sã doutrina. Se visitar um lar cristão, precisaremos deixar a ele claro que não o receberemos em nosso lar para apregoar uma outra doutrina. Isso é bíblico. (2 João 7-11) Mas para essa ação contra o apóstata ser válida, o caminho que ele se desviou precisa realmente ser cristão.

As Testemunhas de Jeová ensinam corretamente a ordem bíblica de não receber nos lares aqueles que prevaricaram ou se adiantaram nos ensinos de Jesus. (2 João 7-11) Assim como nos dias de João, em que 'cristãos' se desviaram para crenças que negavam Jesus vindo na carne (proto-gnosticismo), assim também pode haver aqueles que viveram entre nós mas não eram dos nossos (1 João 2:19), e agora tentam convencer seus ex-irmãos de suas novas crenças. Mas para que as Testemunhas de Jeová estejam corretas, elas precisam se encaixar no rol de ensinos cristãos, e suas crenças também. Com isso em mente, proponho-me a fazer uma refutação da Revista A Sentinela de 15 de julho de 2011, páginas 15 e 16. Vejamos o modo como o Corpo Governante refere-se aos que apostataram e concluamos se o tratamento por eles recomendado vem do verdadeiro Cristianismo, ou se apenas trata-se de uma seita ensinando seus asseclas a forma aparentemente bíblica de tratar os que debandam para outras doutrinas.


O primeiro parágrafo introduz uma verdade: Placas erradas podem dirigir as pessoas para um caminho errado. E certamente deveríamos acatar os avisos daqueles que nos alertassem: A placa está informando errado. Será que os ensinos do Corpo Governante são placas corretas, ou placas incorretas? Veremos. Você decidirá isso.


Novamente, o Corpo Governante usa verdades irrefutáveis das Escrituras para preparar seus leitores ao objetivo central do artigo todo. Concordamos que Satanás é um inimigo perverso, que ele quer desencaminhar muitos do caminho através de suas "placas", e precisamos mesmo refletir sobre os claros alertas de Jeová NA BÍBLIA e acatá-los. Mas será que as Testemunhas de Jeová são esse "caminho" do qual fala Isaías 30:21? Veremos e você decidirá.


Mais uma vez, concordamos piamente com o Corpo Governante! Os falsos instrutores são como poços sem água - cisternas rotas - que apenas causam desapontamentos. Já imaginou, por exemplo, você correr com tanta sede a um poço e descobrir que ele está seco? Que desapontamento, não é mesmo? O mesmo poderíamos dizer do seguinte fato: Conheço uma seita que previu o Armagedom para 1914, 1925 e 1975. Já imaginou a sede com que muitos correram para se saciarem até 31 de dezembro de cada um desses anos, e o desapontamento que tiveram no dia 1o. de janeiro de 1915, 1926 e 1976? E que desapontamento foi para aqueles que perderam pessoas queridas na morte porque elas não podiam receber um transplante de órgão até 1980 (antes de 1962 podia). De fato, quero elogiar o Corpo Governante por reconhecer o risco de se acreditar em homens que surgem de dentro de seu próprio rebanho para ensinar exatamente o que Cristo não ensinou: "Nem eu sei o dia e a hora, mas apenas o Pai". (Mateus 24:36) Então, quem são esses falsos instrutores? Vejamos.


Emociona-me ver o Corpo Governante concordar com os cristãos sobre o fato de os apóstatas ensinarem coisas deturpadas, de eles quererem atrair os discípulos a si [cristãos de verdade] como lobos vorazes, e de tentarem fazer isso especialmente com os desavisados. Mas precisamos determinar se esses apóstatas são aqueles que deixaram as igrejas (batistas, presbiterianas, metodistas, congregacionais, assembleias de Deus, etc) para se tornarem Testemunhas de Jeová ou se deixaram as Testemunhas de Jeová para se tornarem membros dessas igrejas. Ou para ser mais específico: Eu, Fernando Galli, apostatei da verdadeira fé quando me tornei TJ ou quando deixei as TJs para ser cristão batista? Veremos.



Em primeiro lugar, quero ser justo com ambos os lados. Há ex-evangélicos que hoje são TJs e que mentem ou generalizam fatos sobre ex-evangélicos, e há ex-TJs, hoje evangélicos ou até ateus, que mentem sobre as TJs. O que me interessa aqui não são esses maus exemplos, pois não sou assim. Aprecio provas concretas. Odeio calúnias. (Lucas 3:14) Pois se um dia eu for processado, posso afirmar para Deus e as autoridades humanas: Aqui estão as provas! Em segundo lugar, tanto o Corpo Governante acha que eu deturpo as Escrituras para acomodar minhas prórpias ideias como eu também acho que as TJs fazem isso. Então, não é o simples achar que provará o certo e o errado. Portanto, ambos os lados usarão verdades acima citadas na revista A Sentinela para "puxar a sadinha para o seu lado". Então, quem está com a razão? Você decidirá.


Novamente, o Corpo Governante está certo! Precisamos evitar os apóstatas que abandonaram a Jesus Cristo, ao Deus da Bíblia. Eles são desleais, são mentalmentes doentes (em sentido espiritual), pois querem contagiar outros com suas novas crenças contrárias à Palavra de Deus. Então, preciso ser honesto: Tanto de dentro das TJs como dentro de nossas Igrejas Cristãs podem surgir falsos instrutores. Por exemplo, já vi pastores batistas ensinarem que a Bíblia apenas contém, mas não é totalmente, a Palavra Deus. Enquanto fui TJ, conheci um camarada que ensinava escondido dos anciãos que o Deus Jeová no Antigo Testamento é um falso Deus. Certamente, era um falso instrutor. Então, há apóstatas nos dois lados. Mas qual dos lados é cristão para corretamente considerar o outro como apóstata do diabo? Você vai decidir.


Aqui começamos a perceber quem está com a mentira. Percebeu que antes desse parágrafo, todos os textos citados estavam corretamente aplicados? Mas o que dizer deste último parágrafo? Os textos bíblicos realmente proíbem as TJs de ler material de ex-TJs? Não! Por exemplo, o Salmo 31:5 fala de YHWH ser o Deus da verdade. Mas aqui se proíbe a ler o que os outros pensam ou acredita? Não! João 17:17 mostra Jesus dizendo "a tua Palavra é a verdade". Eu acredito nissso piamente. Então, por que proibir pessoas de lerem o que eu escrevo? Da mesma forma, João 6:66-69 mostra que não devemos abandonar Jesus, pois para aonde iríamos, se apenas Jesus tem declarações de vida? Mas neste texto nada diz sobre Organização da Torre de Vigia.

Como então decidir quem fala a verdade e quem são os apóstatas do diabo de fato? É simples! Se eu considerar o meu grupo religioso como a verdade, todos os que deixarem minha igreja serão apóstatas, para mim. Mas se eu considerar que JESUS É A VERDADE (João 14:6), então todos os que abandonam Jesus, para ensinar que um grupo é a verdade, principalmente quando esse grupo foi fundado por um carinha de 18 anos, há 137 anos,  que fez falsas profecias, e que teve seus ensinos mudados 114 vezes pelo seu sucessor, então todos os que abandonam ao Jesus sempre crido desde a origem da Igreja de Jesus Cristo é que são os apóstatas.

Mas então você dirá: Como eu faço para saber quem é o Jesus verdadeiro? É simples: O da Bíblia. Por exemplo, conheço uma seita de "mentalmente doentes" que ensinou a se adorar Jesus, depois a não se adorar Jesus, depois a adorar de novo (sempre menos que Jeová), depois a não adorar, depois a adorá-lo relativamente, e por fim a não adorá-lo de modo algum. Que credibilidade tem esse Jesus dessa seita? Mas o Jesus da Bíblia é o mesmo sempre (Hebreus 13:8), por isso a Igreja Cristã sempre adorou a Jesus, até os anjos nos céus. (Hebreus 1:6) Nas seitas, o "Jesus" delas muda até de identidade. Primeiro, ele é chefe de Miguel, depois é o próprio Miguel. Merece mesmo crédito esse Jesus? Nas seitas, o "Jesus" delas é o seu chefe, e muda 316 vezes (no caso de uma seita que prefiro nem dizer o nome) os ensinos de sua pseudo-"organização".

As seitas também tremem de medo que os desavisados descubram suas falcatruas passadas. Por isso, alertam seus adeptos para não pesquisarem livros que denunciam seus erros, sob o pretexto de tais denúncias constituírem inverdades, mentiras, ou "documentos falsificados". De fato, Jesus mencionou que muitos mentiriam contra os seus seguidores (Mateus 5:11), mas o problema é que em algumas seitas de líderes "mentalmente doentes", quando se investiga a fundo tais denúncias, descobre-se que realmente são procedentes. Então, as palavras de Jesus em Mateus 5:11 já não se aplicariam mais a essas seitas.

As seitas dos mentalmente doentes usa também falsos argumentos. Por exemplo, conheço uma seita que usa casos de pedofilia, roubo, abuso religioso, invasão de divisas, etc em nossas igrejas para "provar" que nossas igrejas são do diabo. Mas quando analisamos a fundo, descobrimos que nossas igrejas não ensinam tais crimes, e que os "picaretas" que cometeram tais atos horrendos o fizeram e ainda fazem porque são joio no meio do trigo. Seus erros não são ensinados pela liderança mundial de nossas igrejas. Enquanto isso, as seitas que previram diversos fins do mundo, mudaram de ensinos centenas de vezes, cometem tais erros porque sua liderança mundial os ensinou, e obrigou todos os seus asseclas a papagaiarem suas heresias. Isso é o que dá ser igreja à moda McDonald - o líder erra, todos erram juntos. Assim, seguem um líder, não a Cristo, que jamais erra. Assim, tenho o prazer de dizer que não sou sectário do diabo porque obedeço a Cristo, e a liberdade que Ele conquistou para mim até me permite criticar erros comentidos por pessoas em minha denominação. Jeremias, Isaías, e tantos outros criticaram o povo de Deus que vivia em pecado. Em Cristo, eu posso fazer o mesmo!

Para terminar, as seitas possuem mentiras tão frágeis que qualquer "apostatinha" de meia-tijela poderia desencaminhar seus asseclas. Imagine um APÓSTATA como eu, que possui todas as publicações da seita, DESDE A PRIMEIRA! Então, seus líderes mundiais agem como ditadores, proibindo qualquer leitura que faça seus filhotes raciocinarem. Como são ensinos que estão sempre a mudar, é preciso todo cuidado para seus assimilidores não serem desencaminhados por qualquer verdade.

Se você é membro de uma seita, CUIDADO! Pense que os cristãos são livres para pensar, e qualquer ensino mentiroso que nos for mostrado, nós temos o Espírito Santo de Deus que nos conduz a toda verdade.  (João 16:13, 14) Portanto, eu sei muito bem quem são os "mentalmente doentes", os falsificadores de documentos com suas biblinhas manjadas, os falsos instrutores com suas 316 mudanças de placas. GLÓRIA A DEUS por não mais morrer de sede da verdadeira água da vida, Jesus!

Então, decida. Sou cristão, amo a Deus Pai, a Jesus, Filho de Deus, ao Espírito Santo, amo a Palavra de Deus, vivo para defendê-la, sou pecador e confio exclusivamente em Jesus para obter o perdão dos pecados. Considero o Salvador como a razão do meu viver. DE QUEM EU SOU APÓSTATA? SERÁ QUE QUANDO EU DEIXEI DE SER TJ EU APOSTATEI DO CRISTIANISMO? Ou será que hoje sou cristão? - Fernando Galli.
- Fernando Galli.