TESTEMUNHAS DE JEOVÁ - FILHAS DE DEUS OU DE QUEM?

A enorme alegria de 99,13% das TJs
"Não somos ainda filhos de Deus!"

Quando uma testemunha de Jeová passa em sua casa, é necessário fazê-la pensar. Elas também procuram agir assim conosco, e estão corretas. Elas são treinadas e doutrinadas para esse fim, e eu aprecio muito o desafio delas, pois isso faz crescer espiritualmente aqueles que procuram uma resposta para elas. Faz parte do "dar uma razão de nossa fé" a elas. (1 Pedro 3:15, 16) Agora, é nossa vez de ajudá-las a crescer. Então, pergunte a elas: Em sentido espiritual, você é filho de quem?

As TJs ensinam que apenas o restante vivo dos 144.000 são filhos de Deus. Atualmente há cerca de 11.000 deles na terra, os quais esperam morrer para se juntar aos outros 133.000 que já subiram. Mas as outras 7,5 milhões de TJs não se consideram filhas de Deus, mas apenas amigas de Jeová. Jesus disse: "Não vos deixarei órfãos". (João 14:18) Então, eu creio que Jesus cumpriu o que prometeu. Eu não sou órfão. 

João também disse: "Os filhos de Deus e os filhos do Diabo evidenciam-se pelo seguinte fato: Todo aquele que não está praticando a justiça não se origina de Deus, nem aquele que não ama seu irmão." (Tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas)  Então, leia esse texto às TJs e pergunte a elas:

Você ama a seu próximo e pratica a justiça de Deus? Ela dirá que sim. Então, pergunte: Segundo esse texto, você então é filho(a) de quem? É nessa hora que veremos algumas TJs gaguejarem, pois suas consciências treinadas pelo seus mentores as colocam entre a Bíblia e suas publicações. Apele, então, para que busque ser sincera à Bíblia, e esqueça da literatura do corpo governante delas. Pergunte a elas: Se você não for filho(a) de Deus, de quem você seria? Existe meio termo?


As literaturas TJ ensina aberrações sobre isso. Veja o que uma publicação recente do corpo governante explicou sobre como e quando Deus começou a escolher a grande multidão de Apocalipse 7:9-13:
"Primeiro, Jesus eliminou dos céus todos os vestígios de oposição ao governo divino. (Leia Revelação 12:10, 12.) Em seguida, voltou sua atenção para o ajuntamento dos prospectivos membros de seu governo do Reino que faltavam para completar o número de 144 mil. Em meados dos anos 30 essa tarefa pelo visto já estava bem adiantada, e muitos dos que reagiam favoravelmente à obra de pregação não tinham o desejo de ir para o céu. O espírito não dava testemunho com o espírito deles de que eram filhos de Deus. (Note Romanos 8:16.) Em vez disso, eles se identificavam com as “outras ovelhas”, que têm a esperança de viver para sempre numa Terra paradísica. (João 10:16) Portanto, depois de 1935, o foco da obra de pregação mudou para o ajuntamento de “uma grande multidão”, aquela que o apóstolo João observou numa visão e que sobreviverá à “grande tribulação”. — Rev. 7:9, 10, 14."? ¹
Observe o absurdo em negrito. O corpo governante da seita TJ apregoa que desde 1935 Deus começou a ajuntar aqueles que o "espírito santo" das TJs não considerava como "filhos de Deus". Em Romanos 8:16 diz que o Espírito de Deus dá testemunho com o nosso espírito que somos filhos de Deus. Mas aonde a Bíblia ensina que os da grande multidão de Apocalipse 7:9, 10, 14 não são filhos de Deus? EM LUGAR NENHUM! Por que não pergunta isso às TJs? Elas precisam perceber a podridão espiritual que se encontram, pois chamarem de irmãs umas as outras e afirmar não ser filhas de Deus é uma piada de mau gosto apregoada por seus mentores, filhos do "deus" deles. Sabemos de quem se trata, não é mesmo?

Lemos em Gálatas 3:26: "Todos vós sois filhos de Deus mediante a fé em Cristo Jesus". Pergunte às TJs que lhe abordam: "Você tem fé em Jesus?" Ela dirá que sim. Então, leia Gálatas 3:26, e faça a pergunta novamente. Se ela responder que é filha de Deus, poderá ser por três razões: (1) Ela está mentindo. (2) Ela é dos 144.000. (Pergunte se ela pertence aos 144.000. Se for, o que é uma raridade encontrar, questione da mesma forma, mas pedindo provas bíblicas do por que ela é e a maioria não é filho de Deus). (3) Ela não sabia dessa crença TJ. (Certa vez uma TJ ficou pasma de ver nas publicações dela que ela não era filha de Deus, mas que seria apenas depois dos 1.000 anos, e perguntou a mim: "Ué, então eu sou filha de quem?" Espero que ela tenha se arrependido de tamanha heresia!

Quando revejo meu passado, penso: Fui TJ quase 17 anos! Como eu pude crer nisso? A Bíblia responde: "O deus deste século cegou a mente dos incrédulos". (2 Coríntios 4:4) Eu cria num Jesus e num evangelho que ensinava que eu não era filho de Deus? Sim! Então, concluo: Eu sou um milagre de Deus! Apesar dos meus erros, da minha personalidade constantemente sendo moldada conforme o caráter de Jesus, posso declarar que sou filho de Deus, porque está escrito: "A tantos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus". Por isso, minha alegria não é a mesma da foto acima. Mesmo que os apologistas TJs digam: "Somos felizes porque somos unidos, por que pertencemos a uma organização teocrática", ainda assim estão muito longe da alegria que sinto por ser filho de Deus. Qaunto a mim, meu Papai me segura nas mãos, e eu sorrio para ele, porque sou filhinho querido dele. Que possamos ajudar as TJs a se libertarem de seu pai atual. - Fernando Galli.

¹ A Sentinela de 15 de janeiro de 2008, páginas 22, 23.