MINISTÉRIO CRESCENDO EM GRAÇA E COMUNIDADE CRISTÃ AMOR E GRAÇA - O DIABO FOI DESTRUÍDO ASSIM QUE JESUS MORREU?


Atualmente, proliferam movimentos que apregoam o diabo como um personagem já destruído. Dois deles são o MINISTÉRIO CRESCENDO Em GRAÇA e a COMUNIDADE CRISTÃ AMOR E GRAÇA. Quais seriam as razões para se ensinar Satanás como ser já destruído? Vejamos as argumentações do MINISTÉRIO CRESCENDO EM GRAÇA, que são parecidas em essência com os da COMUNIDADE CRISTÃ AMOR E GRAÇA, e analisemos as refutações abaixo, as quais poderemos usar para com os dois movimentos. (clique aqui para ver o original): O DIABO NÃO EXISTE.
Heresia 1 - "Houve outras duas aquisiçoes com sua morte, o cumprimento de uma das promessas que fez antes de ir para cruz, quando disse: “Agora é o juízo deste mundo: agora o príncipe deste mundo será jogado fora.” Jo. 12:31. Isto se materializou, quando na cruz, Ele destruiu a Satanás junto a todos seus principados e potestades. Vejamos:
Resposta Cristã - Há um fundo de verdade na explicação acima para justificar uma heresia. A verdade é que na cruz determinou-se a derrota de Satanás, o diabo. Quando lemos "agora" é o juízo, não podemos entender como no exato momento que Jesus disse estas palavras. Pois foi somente na cruz que o mundo foi julgado. F. F. Bruce comenta:
"O mundo está julgado da perspectiva da cruz, tanto por sua responsabilidade por crucificar o Príncipe da Vida quanto pelo fato de que o seu momento de vitória vai se tornar, por meio da ressurreição, o momento de sua completa derrota".¹
Jesus não disse "agora foi lançado o príncipe deste mundo", mas "será lançado" fora. D. A. Carson vai mais a fundo quando explica, à luz do texto bíblico em questão:
"O agora no v. 31 aponta mais precisamente para o início da "hora". Ela é imediatamente identificada como a hora do julgamento. Parece que o julgamento em mente era uma condenação geral da presente ordem do mundo por intermédio da cruz. Para os que chegam à fé por intermédio dela, o julgamento já ocorreu na cruz, por meio da qual eles receberão o livramento. [...] O instrumento que Satanás concebeu para derrotar Jesus tornou-se o meio de destruir o seu próprio poder." ²
Assim, o texto fala sobre restrição do poder de Satanás, diante da cruz, não de extinção dele. O ser lançado fora ocorreu na cruz, mas não significa a destruição dele, pois Apocalipse, Mateus e João falam do inferno ser o local onde o diabo e seus anjos sofrerão no fogo eterno preparado para o diabo e seus anjos. (Mateus 25:41; Apocalipse 20:10) Isso significa que assim como o "será lançado agora" se referia a uma ação futura, o "agora é o juízo deste mundo" também o é. A morte de Jesus, de fato, lançou fora o poder do pecado naqueles que depositaram fé verdadeira em Jesus. Por isso, a frase "agora o príncipe deste mundo será lançado fora" deve ser ligada a frase seguinte de Jesus, no versículo 32: "E eu, quando for levantado da terra, todos atrairei a mim". (João 12:32) Por isso, William Hendricksen comenta:
"O fato de e atrair todos os homens a Cristo significa a expulsão do diabo. Ele perde seu poder sobre as nações".³
Por que o diabo ser lançado fora tem a ver com ele perder seus poderes sobre as nações? Porque o contexto sugere isso. Em João 12:20-50 mostra gregos (os das nações, portanto não-judeus) querendo ver Jesus. Enquanto Deus lidou com Israel, os gentios, aqui representados pelos gregos, estiveram sob escravidão ao diabo, mas a partir do Pentecostes de 33 d. C., vemos as nações se reunindo para servir ao Deus vivo. Isso implica em que Satanás perdeu poderes sobre as nações. Mas nada aqui sugere a destruição do diabo e seus anjos. Portanto, o texto seguinte usado pelos seguidores do Crescendo  nada prova sobre destruião do Diabo. Veja o texto que usam:
Texto mal aplicado da heresia 1 - “e despojando aos principados e as potestades, os exibiu publicamente, triunfando sobre eles na cruz…” Col. 2:15.
A ideia aqui é expor e humilhar os principados e potestades, e não destruí-los. Temos dois verbos gregos aqui, e o entendimento deles, é de suma importância para a correta interpretação do texto todo. "Despojando", do verbo grego "apekduomai", significa "desarmar", portanto, Jesus não destruiu o diabo e seus anjos, mas os desarmou. Além disso, praticou a ação de os "exibir publicamente". Aqui, no grego, temos "deigmatidzo", que significa expor para a vergonha, desprezo." [4] Portanto, temos aqui claramente a metáfora de um exército desarmado, derrotado, mas não destruído, exposto para a vergonha. Satanás e seus demônios foram derrotados na cruz, e aguardam com atuação maligna reduzida (embora se esforcem como leões que rugem procurando alguém para devorar) a execução do julgamento de Deus.

Continuando na tentativa de ensinar a destruição do diabo, usam outro texto. Observe:
Texto mal aplicado da heresia 1 - “…ele também participou do mesmo, para destruir por meio da morte ao que tinha o império da morte, isto é, ao diabo.” Heb. 2:14.
Resposta cristã - O grande problema aqui é ler textos isolados do restante das Escrituras. A morte de Jesus na cruz destruiu o diabo por torná-lo limitado, mas sua destruição final, na acepção de sumir para sempre do cenário da criação salva de Deus, ocorrerá no futuro, conforme prediz Apocalipse 20:10: Será atormentado pelos séculos dos séculos. Será que esta interpretação faz sentido? 

Sim. Por exemplo, a Bíblia diz que a morte reinou. (Romanos 5:17) Então, se reinou, não reina mais. Por quê? Porque quem deposita fé genuína em Jesus tem vida eterna. (João 3:16) Mas ainda morremos. Portanto, Jesus destruiu a morte, ou seja, o reinado dela, na cruz, pois em Cristo Jesus temos vida eterna. (Romanos 5:12; 6:7) Mas a morte será destruída para sempre, para os salvos (1 Coríntios 15:54) que estiverem vivos na volta de Jesus, e isso será no futuro. Assim também Jesus fez com o diabo: foi destruído na cruz, ou seja, o reinado ativo e poderoso dele sobre todas as nações, mas no futuro será destruído do mundo dos salvos por ser colocado para sempre no lago de fogo. - Apocalipse 20:10.
Heresia 2 - "Por tanto, hoje em dia temos um chamado a entender que Satanás e suas potestades tiveram sua existência até a cruz do Calvário. Mas, não somente Jesus conseguiu isto para sua igreja, senão que também a trasladou a seu reino. Vejamos: “…o qual nos tem livrado da potestade das trevas, e trasladado ao reino de seu amado filho…” Col. 1:13. Satanás ou Diabo é uma história do passado que a religião utiliza para continuar abusando dos crentes, mantendo-os escravizados debaixo de temor. Quando, claramente, o crente despois da cruz, está posicionalmente em Graça e por consequência, completo, perfeito, abençoado, livre das trevas e no reino de Jesus Cristo Homem.
Resposta cristã - Quantos equívocos! Poderíamos usar textos de 1 Pedro 5:8, onde lemos que o diabo está procurando a quem tragar. Embora limitado, atua. Paulo também cria que o diabo e seus demônios, depois da cruz, continuavam existindo.
  • Romanos 16:20 - "Deus [...] em breve esmagará debaixo de vossos pés a Satanás". 
  • 1 Coríntios 5:5 - "Entregue a Satanás para a destruição da carne".
  • 1 Coríntios 10:20 - "As coisas que eles sacrificam é a demônios".
  • 1 Coríntios 10:21 - "Não podeis beber o cálice do Senhor e o cálice dos demônios".
  • 2 Coríntios 7:5 - "Para que Satanás não vos tente por causa da incontinência".
  • 2 Coríntios 2:11 - "Para que Satanás não alcance vantagem sobre nós".
  • 2 Coríntios 4:4 - "o deus deste século cegou o entendimento dos incrédulos". 
  • 2 Coríntios 11:14 - "O próprio Satanás se transforma em anjo de luz".
  • 2 Coríntios 12:7 - "Foi-me posto um espinho na carne, mensageiro de Satanás, para me esbofetear".
  • Efésios 4:27 - "Nem deis lugar ao diabo".
  • Efésios 6:12 - "Temos uma pugna (luta) [...] contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais".
  • 1 Tessalonicenses 2:18 - "Quisemos ir até vós [...] mas Satanás nos barrou o caminho".
  • 2 Tessalonicenses 2:9 - "O aparecimento do iníquo é segundo a eficácia de Satanás".
  • 1 Timóteo 1:20 - "Himeneu e Alexandre, os quais entreguei a Satanás".
  • 1 Timóteo 3:7 - "A fim  de não cair no opróbrio e no laço do diabo".
  • 1 Timóteo 4:1 - "Alguns se desviarão da fé por obedecerem a espíritos enganadores e a ensinos de demônios".
  • 1 Timóteo 5:15 - "Algumas se desviaram, seguindo a Satanás".
  • 2 Timóteo 2:26 - "Livrando-se eles dos laços do diabo"
Assim, fomos livrados da potestade das trevas. Ela não pode tirar a salvação de nenhum dos escolhidos. (Romanos 8:38, 39; Efésios 1:4) Mas precisamos lutar, resistir ao diabo (e seus anjos) e ele fugirá de nós. Tiago 4:7.

Portanto, o diabo não tem mais domínio sobre as nações como antes, está limitado e derrotado, destruído e humilhado pela morte de Cristo e sua ressurreição, que o condenaram de uma vez por todas ao lago de fogo.  Mas ele ainda existe e com ele atuam os seus demônios, e mesmo com esse agir limitado muitos estão se desviando da fé e prestando atenção a seus ensinos. Que possamos ajudar os escolhidos que se desviaram a retornarem, e que preguemos as verdades bíblicas para anunciar a salvação aos escolhidos ainda perdidos nas garras de seitas com ensinos contradizendo as Escrituras. - Tito 1:9. - Fernando Galli.
_______

[1] BRUCE, F. F. Comentário Bíblico NVI. Página 1734. São Paulo : Vida. 2009.
[2] CARSON, D. A. Comentário Bíblico Vida Nova. Página 1582. São Paulo : Vida Nova, 2009.
[3] HENDRICKSEN, William. Comentário do Novo Testamento : João. Cultura Cristã: São Paulo, 2004. 
[4] CHAMPLIN, R. N. O Novo Testamento Versículo por Versículo. Volume 5. Página 123. Hagnos : São Paulo, 2002.  

Postagens mais visitadas deste blog

TESTEMUNHAS DE JEOVÁ - DESCULPAS PARA JUSTIFICAR SUAS FALSAS PROFECIAS PARA 1914, 1925 E 1975

APOSTILA - RAZÕES PARA JAMAIS SER TESTEMUNHA DE JEOVÁ - NÍVEL INICIANTE 1

ESBOÇOS DA FÉ - QUE TIPO DE UVAS VOCÊ PRODUZ? - ISAÍAS 5:1-7