A TRINDADE É UMA INVENÇÃO DO QUARTO SÉCULO OU É BÍBLICA?

A Doutrina da Trindade é Bíblica. Embora tenha sido formalizada no Concílio de Niceia, em 325, os pais da Igreja já ensivam ser Jesus o único Deus, com o Pai e o Espírito Santo muito antes de Niceia. Sobre ela, BERKHOF afirma:
"A Igreja confessa que a Trindade é um mistério que transcende a compreensão do homem. A Trindade é um mistério, não somente no sentido bíblico de que se trata anteriormente de uma verdade anteriormente oculta e depois revelada, mas também no sentido de que o homem não pode compreendê-la e não pode torná-la inteligível. É inteligível em algumas de suas relações e de seus modos de manifestação, mas é ininteligível em sua natureza essencial." ¹

De acordo com as Escrituras Sagradas, delineei numa de minhas brochuras publicadas o seguinte:
- O Pai é Deus – “Recomendou-lhe Jesus: [...]: Subo para meu Pai e vosso Pai, para meu Deus e vosso Deus.” – João 20:17.

- O Filho é Deus - “No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus.” – João 1:1.

- O Espírito Santo é Deus – “3 Então, disse Pedro: Ananias, por que encheu Satanás teu coração, para que mentisses ao Espírito Santo, reservando parte do valor do campo? 4 Conservando-o, porventura, não seria teu? E, vendido, não estaria em teu poder? Como, pois, assentastes no coração este desígnio? Não mentiste aos homens, mas a Deus.” – Atos 5:3, 4.

- MAS DEUS É UM SÓ. – “Lembrai-vos [...] : que eu sou Deus, e não há outro, eu sou Deus, e não há outro semelhante a mim.” - Isaías 46:9.
Da mesma forma, podemos dizer o mesmo sobre a palavra “Senhor”.
- O Pai é Senhor – “Naquela hora, exultou Jesus no Espírito Santo e exclamou: Graças te dou, ó Pai, Senhor do céu e da terra, porque ocultaste estas coisas aos sábios e instruídos e as revelaste aos pequeninos. Sim, ó Pai, porque assim foi do teu agrado.” – Lucas 10:21.

- O Filho é Senhor – “Responderam-lhe: Crê no Senhor Jesus e serás salvo, tu e tua casa.” – Atos 16:31.

- O Senhor é o Espírito - “O Espírito Santo é o Senhor, e onde há o Espírito do Senhor, ali há liberdade.” - 2 Coríntios 3:17.

- MAS NÃO SÃO TRÊS SENHORES, POIS HÁ UM SÓ SENHOR. – "Há uma só fé, um só Senhor, um só batismo". - Efésios 4:5.²
Assim, temos as bases bíblicas para crermos numa Doutrina que somente Deus pode explicá-la. Seria como termos base bíblica de que Deus não tem princípio nem fim (Salmo 90:2), mas não podermos explicar como isso é possível para Deus. Afirmar "Deus é Todo-Poderoso" é a resposta do por quê, mas não temos a resposta do como. Mistério.

Evidentemente, as seitas e os questionadores da sã doutrina questionarão: Mas como pode 1 + 1 + 1 ser = 1? Esse questionemento é pernicioso, porque compara a lógica humana com a divina, como se a matemática humana provasse como é Deus, que é Todo-Poderoso. Dirão também que Moisés e os juízes foram chamados de "Deus" (Êxodo 7:1; Salmo 82:6), por isso Jesus é "deus" não no sentido de ser o próprio Deus verdadeiro, mas por ter poder ou ocupar um alto cargo. Todavia, isso só piora a argumentação, porque usar o fato de se chamar humanos de "deus" para interpretar Jesus como Deus é um tremendo erro. Também diriam que o diabo é chamado de "deus", conforme 2 Coríntios 4:4, então Jesus, que é mais poderoso que o diabo, poderia ser chamado de "deus" também. Isso seria uma heresia, pois o diabo serviria de referência para se interpretar a divindade de Jesus.

Por isso, não caiam não conversa de sectários. Diga a Jesus, SEMPRE, o que Tomé disse-lhe após duvidar da ressurreição de Jesus: "HO KYRIOS MOU KAI HO THEOS MOU" (TRAD: "O SENHOR DE MIM E O DEUS DE MIM"). - João 20:28. - Fernando Galli.
_________

¹ BERKHOF, Louis. Teologia Sistemática. Página 85. Cultura Cristã. 3a. Edição. São Paulo. 2007.
² GALLI, Fernando. O Veneno das Seitas e Heresias. Página 32, 33. Produção Independente. São Paulo. 2005.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seus comentários devem contem no máximo 500 caracteres