OS MÓRMONS E A DIVINDADE DE JESUS CRISTO

Os mórmons têm sido uma das seitas pseudo-cristãs que mais crescem no Brasil e em diversos países. Há estimativas de que nos últimos dez anos cresceram quatrocentos e cinquenta por cento. O segredo? Falam muito de Jesus, e o ensinam como Deus encarnado. Então, fazem o seu "outro evangelho" parecer-se com o Evangelho autêntico de Jesus Cristo.

Em um dos livros da seita, declara-se sobre Jesus:

"Leiam o Sermão da Montanha [ver Mateus 5-7] e depois perguntem a si mesmos se não está acima e além de tudo o que foi ensinado pelo homem. Isso confirma minha crença de que Jesus não era simplesmente um homem, mas, sim, Deus manifestado na carne. Essa é a doutrina da vida eterna. Todo homem que viver essa doutrina jamais morrerá; por meio dela caminhará por sendas agradáveis, e, se viver de acordo com seus preceitos, conhecerá a verdade, e a verdade o libertará."
Imagine tais palavras nas mãos de alguém deprimido, se conhecimento das Escrituras, decepcionado com as mazelas de algumas igrejas que professam o Cristianismo. Que condições teriam tais de distinguir o certo do errado? - Hebreus 5:13, 14.

Os mórmons, de fato, creem que Jesus é "Deus", mas um "Deus" à parte do Pai. Observe:
"Cada uma das pessoas é um Deus, é evidente [...] que existe uma pluralidade de Deuses. Para nós, falando no sentido finito adequado, esses três são os únicos deuses que adoramos. Mas, além desses, há uma infinidade de personagens santos, tirados de um sem número de mundos, que passam pela elevação e são, portanto, deuses." - Mc Conkie, Bruce. Doctrinal New Testament Commentary. Volume 2. Página 576. Salt Lake City, Utah, EUA: Bookcraft 1976.
Então, percebemos que dentre os deuses, ex-mórmons elevados a esta condição, presente em diversos mundos, os mórmons aqui na terra adoram apenas os três deuses deles: O Pai, o Filho e o Espírito Santo. Então eles creem na Trindade? Não! Embora chamem de "trindade", creem numa tríade, ou seja, três deuses unidos num propósito. 

O Cristianismo crê na Santa Doutrina da Trindade. Deus é um só, subsistindo em Três Pessoas Distintas. Os mórmons creem em três pessoas distintas, cada uma delas sendo um deus diferente. Por exemplo, para os cristãos, O Filho é Jeová como Deus, O Pai é Jeová como Deus e o Espírito Santo é Jeová como Deus. Jeová (YHWH) é Triúno. Para os mórmons, só Jesus é Jeová. 

Os mórmons precisam entender que Deus é um só. Ensinar um deus Todo-Poderoso, com outro Todo-Poderoso, e em outros mundos outros Todo-Poderosos, adorados por habitantes de lá, destroi a crença deles mesmos; pois um deus Todo-Poderoso anularia o outro. O Deus Cristão, apesar de tremendas heresias como estas dos mórmons, está de braços abertos para o arrependimento destes. Certamente há muitos mórmons predestinados antes da fundação do mundo para serem salvos. Eu fui uma 'testemunha-de-jeová por dezessete anos, e a graça irresistível de Deus me alcançou pelo evangelho de Cristo. Confie, então, que muitos mórmons não resistirão ao Espírito Santo de Deus. Evangelizemo-los com amor. - Fernando Galli.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

VÓ ROSA - APOSTILA PARA ESTUDAR AS CRENÇAS DA SEITA

CONGREGAÇÃO CRISTÃ NO BRASIL - LIBERTANDO-SE DE UMA INVERDADE CABELUDA

ESBOÇOS DA FÉ - QUE TIPO DE UVAS VOCÊ PRODUZ? - ISAÍAS 5:1-7

TESTEMUNHAS DE JEOVÁ - DESCULPAS PARA JUSTIFICAR SUAS FALSAS PROFECIAS PARA 1914, 1925 E 1975

O QUE SIGNIFICA SER MANSO?

APOSTILA - RAZÕES PARA JAMAIS SER TESTEMUNHA DE JEOVÁ - NÍVEL INICIANTE 1

CARACTERÍSTICAS DO VERDADEIRO AMIGO - PROVÉRBIOS 17:17

MAÇONARIA - UM SEGREDO SOBRE AS ORIGENS DE SEUS SINAIS SOLENES.

COMUNIDADE CRISTÃ AMOR E GRAÇA - ALGUMAS DE SUAS HERESIAS