PAUL, O POLVO QUE PROFETIZOU MELHOR QUE OS FALSOS PROFETAS


A Bíblia diz aos preguiçosos: "Vá ter com a formiga, ó preguiçoso!" (Provérbios 6:6) Com essas palavras, o proverbista exortava o preguiçoso a trabalhar. Com isso em mente, não seria nenhum exagero criarmos a frase: "Vá ter com o Polvo Paul*, ó falso profeta".

Tais palavras caem como uma luva quanto àqueles que brincam de profetizar, tanto quanto a prever o futuro ou como atuar como "boca de Deus". Jesus predisse: "Levantar-se-ão muitos falsos profetas e enganarão a muitos". (Mateus 24:11) João, no final do primeiro século, havia escrito: "Pois muitos falsos profetas saíram pelo mundo afora". (1 João 4:1) Em todas as épocas da história do Cristianismo as palavras de Jesus acima têm se cumprido.

Na foto acima, observamos personagens que provam isso. Ellen G. White, dos Adventistas do Sétimo Dia, declarou algo que jamais aconteceu:
“Quando a Inglaterra declarar guerra, tôdas as nações terão seu próprio interesse em acudir, e haverá guerra geral e confusão geral.” - Testemony for The Church, vol. I, citado no livro Subtilezas do Erro, página 42.
Joseph Smith Jr., fundador da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (Mormonismo), predisse o que também jamais ocorreu:
"Uma revelação de Jesus Cristo ao seu servo Joseph Smith [...] A palavra do Senhor com respeito à sua Igreja, como que pela boca do seu profeta, para a restauração do seu povo e para o ajustamento dos seus santos que permanecerão sobre o Monte Sião, o qual será a cidade Nova Jerusalém, (...) no limites ocidentais do Estado de Missouri, e dedicado pela mão de Joseph Smith Jr. E outros com quem o Senhor se comprazia. (...) Pois na verdade esta geração toda não passará, sem que seja construída uma casa ao Senhor.” - Doutrinas e Convênios, 1950, página 157.
Charles Taze Russel, fundador das Testemunhas de Jeová, profetizou o que jamais se cumpriu
“Não vemos nenhuma razão para mudar os números, nem poderíamos nós mudá-los se quiséssemos. Eles são, nós cremos, datas de Deus, não nossas. Tenha em mente que o fim de 1914 não é a data do começo, mas do fim do tempo de tribulação. Não vemos qualquer razão para mudarmos de opinião...” - Torre de Vigia de Sião de 15 de julho de 1894, página1677 - reimpressão em inglês.
William Marion Braham, da Seita Tabernáculo da Fé, predisse o fim para 1977, nas seguintes palavras:
“A era Laodiceiana começou por volta da entrada do século vinte, talvez em 1906. Por quanto tempo ela se estenderá? Como servo de Deus que tem uma infinidade de visões, NENHUMA das quais jamais falhou, deixem-me predizer (Eu não disse profetizar, mas predizer)** que esta era terminará por volta de 1977. Se me perdoam uma referência pessoal aqui, baseio esta predição em sete visões principais e contínuas que me vieram um Domingo de manhã de junho, em 1933.” - A dispensação da Igreja de Laodicéia, página 6. Nada disso aconteceu. 
David Berg, da Seita Meinos de Deus, hoje conhecida como A Família do Amor, "Fixou o ano de l993 para o retorno de Cristo. Usou o argumento de que Jesus disse somente que não podíamos saber o dia e nem a hora, mas nada falou sobre o ano, semana ou mês". (Fonte: CACP; Clique aqui.) Nada disso aconteceu. 

O ex-pastor batista José Luiz de Jesus Miranda, o último da foto, abaixo à direita, ainda vive, e após se declarar a encarnação do Apóstolo Paulo, hoje intutula-se a encarnação de Jesus Cristo Homem. Ele predisse que até 30 de junho de 2012, todos os seus seguidores já terão sido glorificados, inclusive ele. Depois de fracassada sua profecia, anunciou ao mundo que a transformação esperada pela seita não ocorreu porque de acordo com a parábola das Dez Virgens, o Noivo iria se atrasar. Desde o anúncio dessa famigerada profecia, já sabíamos que o verdadeiro Jesus pode voltar em qualquer dia e glorificar os salvos, mas com certeza nenhuma das palavras de José Luis de Jesus Miranda se cumpririam.

Mas o que dizer do Polvo Paul? Ele acertou o vencedor de todos os jogos da Alemanha e o vencedor da Copa do Mundo de 2010, na África. (Clique aqui e confira). Ele acertou 100% das suas "profecias". Vão ter com o Polvo Paul***, falsos profetas! - Fernando Galli.
________

* O polvo Paul se tornou conhecido durante a Copado Mundo da África do Sul, em 2010. Em sete jogos, ele acertou o vencedor, inclusive a final. Colocava-se duas caixas transparentes de vidro com os nomes das seleções, uma em cada caixa, e aquele na qual ele se acomodasse corresponderia à seleção que ganharia a partida. Acertou todas!
** Qual seria a diferença entre predizer e profetizar quando o assunto em questão é religioso? 
*** O Polvo Paul já é falecido. 

Postagens mais visitadas deste blog

TESTEMUNHAS DE JEOVÁ - DESCULPAS PARA JUSTIFICAR SUAS FALSAS PROFECIAS PARA 1914, 1925 E 1975

APOSTILA - RAZÕES PARA JAMAIS SER TESTEMUNHA DE JEOVÁ - NÍVEL INICIANTE 1

ESBOÇOS DA FÉ - QUE TIPO DE UVAS VOCÊ PRODUZ? - ISAÍAS 5:1-7