LBV INTERPRETANDO O TEMPLO DE APOCALIPSE 7.

Templo da Boa Vontade
Os simbolismos contidos no livro de Apocalipse vêm se tornando inspiração para interpretações absurdas, fora de contexto, geralmente com seu cumprimento atribuído na história e nas pessoas de cada movimento heterodoxo.

A LBV - Legião da Boa Vontade, nas palavras do Sr. Paiva Netto, interpreta o templo (grego: naós) mencionado em Apocalipse 7:14, 15 de uma forma no mínimo imodesta.

João, o discípulo amado, obtém explicações sobre a grande multidão nos dizeres: "São estes os que vêm da grande tribulação, lavaram suas vestiduras e as alvejaram no sangue do Cordeiro, razão por que se acham diante do trono de Deus e o servem de dia e de noite no seu santuário [templo]; e aquele que se assenta no trono estenderá sobre eles o seu tabernáculo". Como o Sr. Paiva Netto interpreta esse templo? Observe:
"Que templo é esse citado no versículo 15 do capítulo 7? Tudo indica, pelo seu papel altamente solidário, que se trata do Templo do Ecumenismo Irrestrito e Total, que a Legião da Boa Vontade levantou em Brasília." - NETTO, Paiva. As Profecias sem Mistério, página 199. 70a. Edição. 1998. Editora Elevação. São Paulo-SP.
Para o Sr. Paiva Netto, a grande multidão de todas as "nações, tribos, povos e línguas" representa o Ecumenismo Irrestrito e Total. E Deus teria permitido a construção desse templo em Brasília para essa missão ecumênica. Inclusive, conforme o mesmo livro supracitado, o antecessor do Sr. Paiva Netto, Sr. Alziro Zarur, afirmou: "Quando Jesus voltar, encontrará erguido o Templo da Boa Vontade".

Segundo a LBV, a proposta do Ecumenismo é superar as diferenças insuperáveis entre os homens através da ação de Deus, e uma dessas diferenças encontra-se na multiplicidade de religiões. Então, Deus uniria os povos em Cristo, e o Templo de Apocalipse 7:15, onde pessoas de todas as partes do mundo adoram a Deus, seria o TBV - Templo da Boa Vontade.

Todavia, Deus pretende e de fato une pessoas em Cristo Jesus, conforme Romanos 6:5. Mas todos os que são unidos em Cristo creem nas doutrinas centrais do Cristianismo, entre elas, que Jesus é Deus. A LBV, como doutrina espírita, não tem essa fé, claramente ensinada nas Escrituras. (João 1:1; 20:28; Filipenses 2:5-8; Tito 2:13) Enquanto a LBV ensina o tal ecumenismo, a Bíblia ensina a Salvação apenas em Jesus Cristo, e não num outro "Jesus" que uniria os povos numa adoração sincretista. - 2 Coríntios 11:4.

A Bíblia afirma haver um só Senhor e uma só fé. (Efésios 4:5) Quando a Bíblia menciona pessoas nesse Templo de todas as nações, tribos, povos e línguas não pretende ensinar pessoas de todas as religiões, denominações e seitas, mas que todas essas pessoas, conforme o contexto direto de Apocalipse 7:15, "lavaram suas vestiduras e as alvejaram no sangue do Cordeiro". Isto significa que creram no sacrifício expiatório de Jesus, em sua morte redentora. A LBV, por ensinar a doutrina da reencarnação, nega Jesus como Salvador, mas apregoa que nós nos salvamos através de sucessivas reencarnações e por méritos próprios.

Portanto, se essas pessoas de todas as nações, tribos, povos e línguas depositam sua fé na salvação em Cristo Jesus através do seu sangue derramado na cruz, os que creem na reencarnação não estarão entre elas. E muito menos, quando Jesus voltar, irá se preocupar com o TBV (Templo da Boa Vontade) em Brasília; mas sim em buscar a sua Igreja, que ele comprou com seu próprio sangue.

Mas e quanto ao Templo, ou santuário, de Apocalipse 7:15? A que se refere? Ao céu como um todo, onde todos os crentes são constituídos como sacerdotes para nosso Deus. (Apocalipse 1:6) E o próprio Jesus entrou no templo celestial, no mais alto dos céus, no Santo dos Santos, após sua ressurreição. (Hebreus 9:24) Naqueles idos em que já se mencionava haver um templo no céu, nem o Hexa-avô do fabuloso Oscar Niemeyer, o arquiteto de Brasília, sonhava em existir, quanto mais João e sua audiência imaginaria ser este templo um terrestre com ideais espíritas.

Diz o Apóstolo das Nações, Paulo, que "Deus não habita em templos feitos por mãos" (Atos 17:24), que é o caso do TBV, mas no trono do templo celestial, onde Ele está assentado, conforme o texto de Apocalipse 7:15. Óbvio que Deus está em toda a parte, mas a visão aqui fala de um Templo Celestial, onde há um trono, e diante desse trono estão povos salvos em Cristo Jesus. - Apocalipse 7:9-15.

Ao levarmos Cristo, o verdadeiro (1 João 5:20), para os adeptos da LBV, precisamos ensiná-los sobre o plano de salvação de Deus, sendo este para os que crerem em Jesus. (João 3:16) Mas com educação, podemos apontar, no devido tempo, para as interpretações errôneas que esta seita faz da Bíblia. Deus nos abençõe nessa tarefa árdua. - Fernando Galli.