JOVENS E ADOLESCENTES - O AMOR DIVINO NO NAMORO

Deus é amor. (1 João 4:8) Tão inexplicável quanto Deus, é o amor que dEle emana! E tal amor é o alicerce para todo tipo de relacionamento. Até no namoro? Sim! Por isso cremos que os namorados devem ser um casal segundo o amor de Deus. Profundo, não? Então, aqui vão algumas reflexões sobre refletir o amor de Deus no namoro.

Deus deseja que no namoro os jovens reflitam este amor tão especial. Amar no namoro não é apenas o tocar nas mãos, mas a motivação divina e inspiradora ali contida e expressa; amar no namoro não é o apenas o abraçar bem forte, mas sentir o abraço de Deus aprovando o namoro; amar no namoro não é apenas o beijar longo, louco e bem molhado, mas quanto cada um desses gestos glorifica a Deus; amar no namoro não é fazer amor antes do casamento, mas esperar o tempo de Deus para isto";

Amar com o amor de Deus é namorar com Jesus do lado; é dialogar sobre o que Deus gosta de ouvir;

Amar verdadeiramente é cumplicidade total, pois Deus ensina a se importar um com o outro.

Amar também é compartilhar sentimentos, e isto envolve saber ouvir. Isto implicará em dividir o céu e o inferno de cada um;

Amar é demonstrar transparência, clareza e sinceridade.

Amar é mais do que perdoar - é viver perdoando; é mais do que tolerar; é andar em tolerância; é mais que liberar; é caminhar liberando: a paz, a bondade, a benignidade, o autodomínio.

Amar é ajudar quem caiu a levantar-se e continuar a caminhar, mas algo mais nobre: às vezes amar é cair juntos, assumir a culpa mútua, e buscar o perdão de Deus, que refaz tudo mais belo.

Amar no namoro é semear momentos divinos para colher um casamento lembrado por muitas gerações.

Amar no namoro é dormir em camas separadas esperando o dia certo de estrear a cama de casal.

Amar no namoro é ser fiel.

Amar no namoro é o preparar-se para ser uma só carne. - Fernando Galli.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seus comentários devem contem no máximo 500 caracteres