EVIDÊNCIAS ASSOMBROSAS DA PLENITUDE DA DIVINDADE DE JESUS

Os pensamentos" de Deus registrados na Bíblia, suficientes para que o concebamos como o Todo-Poderoso, dão-nos uma pequenina idéia sobre o Ser Divino. Lemos em 26:14 sobre quanto sabemos dele: "Eis que isto são apenas as orlas dos seus caminhos! Que leve sussurro temos ouvido dele!" E desse sussurro divino, quanto podemos assimilar sobre a sua natureza? 

Quando conheci o Deus da Bíblia, do modo como Ele se revelou em sua Palavra, respeitando nossas limitações, deparei-me com um grande mistério: O DEUS TRIÚNO, totalmente diferente do "deus" explicável em que cri por 17 anos como testemunhas-de-jeová. Por oito anos tenho dedicado a me aprofundar nas evidências deixadas por Deus na Bíblia desse mistério insondável, inexplicável: O DEUS TRIÚNO. Quanto mais me aprofundo, mais descubro sobre esta verdade.

Jesus, através da irresistível graça de Deus, salvou-me. Em nome dEle, tenho meditado sobre duas grandes evidências de que Jesus é o Deus Todo-Poderoso. Primeiro, Deus é amor. (1 João 4:8) Deus, em toda a eternidade amou. E quem Ele amou em toda a eternidade, antes de criar os anjos? Se Deus fosse o deus dos unicistas, uma pessoa apenas, com três modos de se manifestar em épocas distintas, ou se fosse o deus da Igreja Local de Witness Lee, que existiu primeiro como Pai e depois veio à terra como Filho, mas com o Pai junto, e depois veio como Espírito Santo, mas com o Pai e o Filho juntos, de modo que só o Pai existia primeiro, ou se Deus fosse como o "jeová" das TJs que só conseguiu ser o Pai, mas não Filho e Espírito Santo, e viveu toda a eternidade sozinho - pergunto: Se o Deus da Bíblia fosse assim, a quem ele teria amado por toda a eternidade?

Não que Ele precisasse amar, mas porque Ele é amor, Ele amou por toda a eternidade no relaciomento entre Pai, Filho e Espírito Santo. E amou até mesmo antes de criar o tempo. Mais que isso não posso explicar. Em segundo lugar, chego à conclusão de que Jesus é Deus por ele ter criado todas as coisas, visíveis e invisíveis (João 1:3; Colossenses 1:15-18). Entre estas "coisas" está o tempo. Se Jesus criou o tempo, e "sem Ele [Jesus] nada do que foi feito se fez" (João 1:3b), Ele existia antes do tempo. E se Ele criou tudo, antes de criar havia apenas o nada absoluto. Então, pense: Se Jesus criou tudo do nada, e isso inclui o tempo também, Jesus é o Deus-Todo Poderoso, pois se Deus tivesse criado Jesus para criar tudo (coisas visíveis e invisíveis) do nada, então Jesus não teria criado tudo, pois ele mesmo já havia sido criado e após a criatura Jesus vir a existência, o nada absoluto teria deixado de existir. 

E se Jesus criou o tempo, como Jesus poderia ter sido criado e ter um começo? Poderia algo ou alguém existir antes do tempo ser criado, que não fosse Deus? E se Deus tivesse criado primeiro o tempo para depois criar Jesus? Da mesma forma, Jesus não teria criado tudo, pois daí o próprio Jesus e o tempo já teriam sido criados. Bem, sou muito limitado. Peço perdão a Deus se tentei explicar um pouco dEle. Mas louvo a Ele por falar muito dEle. É para a glória dEle. - Fernando Galli.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

VÓ ROSA - APOSTILA PARA ESTUDAR AS CRENÇAS DA SEITA

CONGREGAÇÃO CRISTÃ NO BRASIL - LIBERTANDO-SE DE UMA INVERDADE CABELUDA

ESBOÇOS DA FÉ - QUE TIPO DE UVAS VOCÊ PRODUZ? - ISAÍAS 5:1-7

TESTEMUNHAS DE JEOVÁ - DESCULPAS PARA JUSTIFICAR SUAS FALSAS PROFECIAS PARA 1914, 1925 E 1975

O QUE SIGNIFICA SER MANSO?

APOSTILA - RAZÕES PARA JAMAIS SER TESTEMUNHA DE JEOVÁ - NÍVEL INICIANTE 1

CARACTERÍSTICAS DO VERDADEIRO AMIGO - PROVÉRBIOS 17:17

MAÇONARIA - UM SEGREDO SOBRE AS ORIGENS DE SEUS SINAIS SOLENES.

COMUNIDADE CRISTÃ AMOR E GRAÇA - ALGUMAS DE SUAS HERESIAS