TIRA A VIGA DO TEU OLHO

.Apontar falhas nos outros - grande façanha! Descobrir o óbvio - imperfeição no próximo, no seu irmão em Cristo. 

Jesus, criticando a hipocrisia de seus opositores, diz: 
"Como poderás dizer a teu irmão: Deixa, irmão, que eu tire o argueiro do teu olho, não vendo tu mesmo a trave que está no teu? Hipócrita, tira primeiro a trave do teu olho e, então, verás claramente para tirar o argueiro que está no olho de teu irmão." Lucas 6:42.
Hipocrisia mesmo, e todos nós já fizemos isso. Quando acentuamos os erros dos outros, esquecemo-nos de que também cometemos falhas até piores, mas por uma questão de conveniência, de sobressair-se no meio de outros, é muito fácil dizer: "Aquele cara é difícil!" E nós, não somos? Quantas vezes, já convertidos, não pensamos eroticamente, comentendo adultério no coração? (Mateus 5:32) Quantas vezes, depois de convertidos, já pecamos por cometer "prostituição, impureza, lascívia, idolatria, feitiçarias, inimizades, porfias, ciúmes, iras, discórdias, dissensões, facções, invejas, bebedices, glutonarias e coisas semelhantes a estas?" (Gálatas 5:19-21) Os que praticam tais coisas, diz Paulo, não herdarão o Reino de Deus. 

Ou seja, todos nós, em pensamento ou ações, já cometemos falhas que caracterizam os que na verdade nunca se converteram verdadeiramente! Mesmo assim, em vez de ajudar nosso irmão, abraça-lo e convidá-lo a refletir sobre suas atitudes, preferimos falar mal dele pelas costas, sem permitir que ele se defenda, ou com ousadia mesclada com uma tremenda hipocrisia, julgamos nosso irmão perante ele. Condenar os outros não seria falhar no exercício do perdão? - Mateus 7:1-5.

É interessante que Jesus, no grego, diz: "Retira primeiro a viga (dokós) que está no teu olho para depois tirar o cisco (kárphos) do teu irmão". Ou seja, muitas condenamos nosso irmão por falhas bem menores do que as nossas. A Bíblia de Estudo de Genebra, comentando Mateus 7:1-5, diz: "só uma crítica suave e humilde, que primeiro reconhece a grandeza das suas próprias faltas, pode ajudar alguém." 

Há algo muito pior do que um hipócrita julgar seu irmão que errou: Dois ou mais hipócritas se degladiarem com suas "vigas", um querendo ferir o outro, derrubá-lo de seus cargos na igreja, de seu emprego, de sua reputação. Disso, muitas igrejas se dividiram, irmãos saíram aos palavrões e socos dos famosos "cultos administrativos" de suas igrejas; e em noites não dormidas, nossos olhos, talvez pelo tamanho das "vigas", não se fecharam por sonharem acordados com nossas maldades projetadas por nossas mentes férteis. Perdão SENHOR!. - Fernando Galli.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

TESTEMUNHAS DE JEOVÁ - DESCULPAS PARA JUSTIFICAR SUAS FALSAS PROFECIAS PARA 1914, 1925 E 1975

APOSTILA - RAZÕES PARA JAMAIS SER TESTEMUNHA DE JEOVÁ - NÍVEL INICIANTE 1

ESBOÇOS DA FÉ - QUE TIPO DE UVAS VOCÊ PRODUZ? - ISAÍAS 5:1-7