JOVENS E ADOLESCENTES - O CRISTÃO E A MASTURBAÇÃO

.
Escrever ou falar sobre masturbação é realmente desafiador. Todos nós já praticamos isso. Nos anos da minha adolescência, lutei contra esse vício, e procurava não magoar a Deus nesse respeito. Quando eu falhava, tentava ficar o maior número de dias possível sem cair. Graças a Deus, meu récorde foi de um ano e três meses. Todavia, houve épocas que realmente falhei muitas vezes. Confesso que havia um sentimento de culpa. Hoje, já à beira dos meus quarenta anos, posso com certeza afirmar: Mesmo falhando, passando por momentos difíceis nessa área, busquei o perdão de Deus. Muitas vezes quis negociar com Ele, tentando acreditar que Deus pudesse achar a masturbação como uma forma de evitar a fornicação. Ledo engano! Embora a Bíblia jamais use a palavra "masturbação", ela contém princípios que nos ajudam a compreender a maneira de Deus pensar sobre isso.
A Bíblia e o Vício Solitário.
O apóstolo Paulo, certa vez, escreveu ao Colossenses: "Portanto, eliminai vossas paixões carnais: prostituição, impureza, paixão desejo mau e avareza, que é idolatria." - Colossenses 3:5, Almeida Século 21.
No grego, "eliminai" pode ser traduzido por "fazer morrer". Usa-se também "impureza" como significando "toda prática sexual impura". Deus sabe nossos pensamentos, e se preocupa com eles. Deus deseja que nossa mente se concentre em assuntos espirituais, não carnais. (Ler Filipenses 4:8) Por exemplo, a masturbação é praticada geralmente no banheiro, na hora do banho, ou para os mais afobados, a qualquer momento em que se esteja sozinho ali. Outros preferem fazer isso nas madrugadas de insônia, como forma de aliviar-se de seus impulsos sexuais. Muitas vezes, jovens e adolescentes, e até os veteranos, ao observarem na TV uma cena de conteúdo sexual, procuram rapidinho um modo de se entregar a essa prática. Como Deus se preocupa com nossos pensamentos, surge a pergunta: Em que ou em quem pensamos quando fazemos isso? Há um jovem que me tentou argumentar: "Bem, e se eu me masturbar pensando em outra coisa, tipo assim, no meu carro, na reforma da minha casa?" Minha resposta foi: "Transforme isso num curso. Você ficará rico." Ora, impossível isso. São os pensamentos, as fantasias, que alimentam a vontade de se masturbar, desde a ereção do pênis até a ejaculação (ou, no caso das mulheres, desde os primeiros toques com a mão na vagina até outras sensações de prazer, incluindo o orgasmo ou não). Não se pode bater um pênalti pensando na conta bancária. Mesmo que alguém, durante a masturbação, consiga pensar em outra coisa que não seja sexo, como forma de tentar diminuir a tristeza de Deus pelo seu erro, ainda assim ele pensará sim em sexo.


Deixe-me comentar sobre como a masturbação pode nos afetar. Já aconselhei pessoas sobre isso, e não raro pessoas casadas. "Fernando, estou negando fogo em casa." Homens casados, anteriormente viciados em masturbação, tendem a continuar com esse vício, depois que as relações sexuais com sua esposa caem na rotina, e que não há mais nada de novo (falta de criatividade é duro!) para alimentar aquela chama sexual que havia nas primeiras vezes. O homem, principalmente quando começa a ver defeitos no corpo da esposa (como se o corpo dele fosse sempre de um modelo), muitas vezes passa a pensar em outras mulheres. Jesus chama isso de adultério. Veja: "Eu, porém, vos digo que todo aquele que olhar com desejo para uma mulher já cometeu adultério com ela no coração." - Mateus 5:28, Almeida Século 21.
O que temos constatado nos aconselhamentos sobre isso? Que o homem (ou a mulher) dificilmente pensa na esposa (ou no esposo), ao entregar-se ao vício solitário. Ele busca novidades. Infelizmente, isso traz problemas para o casamento. Se a pessoa não adulterar com outra, literalmente, ela aos poucos perderá o desejo sexual pelo cônjuge, ou ele se reduzirá muito. As relações sexuais se tornarão esporádicas, e isso é um sinal que algonão está correto. Fico imaginando Deus, que criou o homem e a mulher, numa noite de luar, junto com os anjos, observando que a mulher tomou banho, ficou cheirosa, deitou-se na cama, com aquela langerie bem sensual, daí vem o camarada, deita-se na cama, e por já ter se masturbado no banheiro quando chegou do trabalho, pensando na secretária, vira as costas para a esposa, e dorme. Deus fica triste com isso. Sabe o que Deus esperava dessa ocasião? Leia:
"Que teu manancial seja bendito. Alegra-te com a esposa que tens desde a mocidade. Como corça amorosa e gazela graciosa, qu
e os seios de tua esposa sempre te saciem e que sintas sempre embriagado pelo teu amor." - Provérbios 5:19, 20, Almeida Século 21.
Viu que Deus romântico? O manancial de prazer sexual que Deus intenciona para o casal não pode ser interrompido porque um dos cônjuges, na maioria das vezes o homem, prefere masturbar-se a fazer amor. E por que ele prefere assim? Porque as milhares de vezes que ele se masturbou o ensinaram a ser egoísta, a pensar nele mesmo. Se você é cristão e deseja casar-se com a pessoa que Deus tem lhe preparado, pergunte-se: Tenho lutado contra o vício da masturbação, para que no futuro em possa dar conta do recado, e Deus então venha a ficar feliz comigo pelo modo como desfrutaremos das relações sexuais? Pense nisso com carinho.
A pornografia e a Masturbação.
A família é a primeira instituição do Criador. E Satanás quer destruir famílias. Ele começa cedo, levando porcaria aos jovens e adolescentes. Ele deseja que suas mentes sejam contaminadas com o sexo desonroso. Atualmente, ele tem usado a internet e as vídeo locadoras, bem como revistas e material pirata, de fácil acesso, para divulgar a mentira de que a mulher gosta de ser estuprada, que sexo antes do casamento é correto, que a gravidez indesejada pode ser evitada facilmente - tudo isso e mais um pouco através da pornografia. Ela se torna um combustível para que jovens e adolescentes se entreguem à masturbação. E a masturbação se tornará outro combustível para que você queira experimentar vários parceiros. E essa experiência poderá, no casamento, motivá-lo a ser infiel. Falaremos mais sobre pornografia em matérias específicas, mas tenha isso em mente: Jesus não morreu por nós para que nos entreguemos a essa forma de prazer ilícito, que nos motiva ao pecado sexual. A masturbação é sim um pecado contra Deus, e caso você precise de ajuda para vencer esse vício, Deus deseja que você lute, cortando o mal pela raiz, ou seja, evite tudo aquilo que lhe sirva de combustível mental. Ore. Peça conselhos e ajuda d uma pessoa experiente, em sua igreja. Leia a Bíblia regularmente. Ouça hinos e canções cristãs no banheiro. Acho que seria o cúmulo você se masturbar ouvindo, por exemplo, o Cid Moreira, lendo a Palavra de Deus. Se você lutar assim, quando e se eventualmente falhar, Deus entenderá que foi devido à imperfeição, e não porque você não luta. Que esse artigo possa lhe ajudar a ser vencedor nessa questão. Deus te abençoe.
Fernando Galli.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

TESTEMUNHAS DE JEOVÁ - DESCULPAS PARA JUSTIFICAR SUAS FALSAS PROFECIAS PARA 1914, 1925 E 1975

APOSTILA - RAZÕES PARA JAMAIS SER TESTEMUNHA DE JEOVÁ - NÍVEL INICIANTE 1

ESBOÇOS DA FÉ - QUE TIPO DE UVAS VOCÊ PRODUZ? - ISAÍAS 5:1-7